Anime: Yugi-Oh Zexal! Criador da série original volta para tirá-la do ostracismo em que caiu!

Pois é, dito e feito, o novo protagonista da mais nova empreitada da franquia Yugi-Oh, bem como a trama que vai rolar em torno dele já foram revelados, Yugi-Oh Zexal é o nome da nova série que estréia já no ano que vem e para variar o herói já é de longe, o mais colorido e espalhafatoso de todos, lá no primeiro lembro-me de ter estranhado bastante aquele cabelo do Yami Yugi, mas com o tempo relevei, o visual do Jaden deu uma normalizada na situação, o do protagonista de 5D’s ficou no meio termo para mim, já o visual de Yuuma (nome do mais novo jogador de monstros de duelo) se manteria na média não fosse o rastreador a lá Dragon Ball Z que leva na cara.

A história vai se passar no futuro, acho que ai está a desculpa (ou não) para a lente verde feiosa, Yumma com 13 anos (nem das fraudas saiu ainda) descobre uma entidade chamada Astral, vinda de outra dimensão que surge em meio a uma luta com seu arqui rival (por que ele não seria um bom herói se não tivesse um), basicamente é isso, o que vem depois só assistindo para saber, posso até estar enganado, mas essa história de viver no futuro e  criaturas atravessando dimensões me cheira a um planejado resgate dos antigos protagonistas da série, apesar de isso já ter rolado em GX e no último filme da franquia, mas como fan service nunca é demais, nada pode ser descartado, a nova história também promete um modo novo de se duelar com as cartas, com regras e condições diferentes para invocar determinadas criaturas (para mim só faltam elas sairem das cartas e se assumirem Pokémons, alguém aí sabe se isso já ocorreu?). Além do anime, um manga também já está em circulação por lá e não sei porque, mais em mangá esse novo Yugi-Oh parece bem mais atrante do que na TV, o que me lembra que até hoje não pude correr atrás da coleção lançada aqui no Brasil pela JBC.


Curioso é saber que tanto o enredo quanto o visual deste novo anime estão a cargo do autor original da série, Kazuhi Takahashi, parei de acompanhar Yugi-Oh há muito tempo, realmente não sabia que o autor havia deixado a sequências GX e 5D’s a cargo de terceiros (e olha no que deu…), a princípio não parece nada de excepcional, a verdade é que esses animes com multi criaturas estão aí mesmo é para vender muita bugiganga nas lojas (aliás, que anime não é assim, não é mesmo?), tanto que muitas vezes nem enredo constroem direito, mas como é o próprio criador da série que está na liderança desta vez, talvez valha a pena conferir, porque  no ramo dos monstrinhos japoneses o único que ainda faz barulho mundialmente falando é Pokémon, o resto  mais pareceu fogo de palha, fazendo um sucesso meteórico com o público infantil (claro que não  são apenas crianças que gostam do anime, mas são elas quem mais alimentam essas febres passageiras, vide o atual e odioso Bakugan). Será que agora o legado de Yugi sai do buraco? Se não sair, por favor não dêem continuidade, pois de mortos vivos, já bastam os atuais Sentais e Kamen Riders na TV japonesa, muito agradecido.

Isso também pode lhe interessar

12 Comentários

  1. Olha, pelo que eu saiba, o único envolvimento do Takahashi nessa série é só no design dos personagens, assim como nas outras.

    Comentando sobre as séries anteriores, eu realmente não gostei do GX. Mas quando se passa do conceito ridículo do 5D’s (CARD GAMES ON MOTORCYCLES) até que a série diverte.

  2. Nessas horas entendemos porque os criadores de pokémon mexem pouco na fórmula que fez sucesso e faz até hj tanto no anime, quanto o game, apenas acrescentam algumas bugigangas e novos pokemons,mas a estrutura é a mesma…

    Era fanzasso do primeiro yu gi oh, os personagens eram carismáticos e os duelos de cartas relativamente inteligentes, apesar do Yugi ser tipo um Chuck Norris dos animes, invencivel e apelão… quando começaram a inventar demais se perderam, acho que os esquema era colocar novas cartas, talvez novos personagens e não apelar nas bugigangas e história igual fizeram… e o principal manter os personagens principais ou criar novos muuuuuuito bem estruturados…

    Talvez por isso os criadores do anime de pokémon mantém o Satoshi/Ash, com 10 anos e a mesma burrice do começo, mesmo depois de claramente, na história ter se passado no minimo 4 anos… a audiencia e o carisma dos personagens já conhecidos não tem preço, falando bem ou falando mal, aparece pokémon no Cartoon, Rede TV, na transmissão japonesa, a audiencia sobe!!! Mantem-se até de forma ridicula, a formula consagrada em nome da audiencia de no minimo manter os fãs das antigas e as crianças novinhas…

    Comparando de forma ridicula podemos dizer que tirar o Yugi, o Joey, o Kaiba de Yu gi oH, é como tirar o luffy, zoro e usopp de one piece, acaba com o carisma… como o oda é genial ele mantem a historia por anos com qualidade e os autores de pokemon e yu gi oh visam os lucros sem pensar na qualidade, mas pelo menos os jogos de pokémon são viciantes e o anime tem os mesmos personagens e fica a curiosidade de ver os pokemons legais do jogo em forma animada… yu gi oh daqui a pouco perde até isso por não ter mais os personagens carismaticos…

    Que testamento que escrevi, rsrsrsrs, pretendia escrever uma ou duas linhas e me perdi nas idéias, igual os criadores de yu gi oh!!! rsrsrsrsr…

  3. Eu ainda curto os super sentais(o problema são aquelas adaptações americanas horríveis)mas em relação a Yu gi oh também acho que já foi o seu tempo e acho que pokémon só tem essa notoriedade mundial por causa dos games que são lançados.

  4. Não vou ver, não gostei do personagem e não teve nada na historia q chamasse um pouco a atenção. Pelo menos no primeiro tinha as questões ligadas ao egito q dava um cara diferente

  5. “criaturas atravessando dimensões me cheira a um planejado resgate dos antigos protagonistas da série.” Concordo que uma coisa meia batida a ideia, mais na minha opnião eu gostaria que isso acontecese seria muito interessante os resgates de jaden e do yugi ~e do personagen do 5D

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.