Jogando

Tales of Xillia: música tema, detalhes do sistema de batalha, nova personagem e mais! [PS3]

Mais um post da série “mantendo o blog atualizado sobre Tales of“. Como sempre, aproveito que alguma coisa nova foi revelada e já posto sobre as pequenas infos que vão saindo de vez em quando. O “importante” da vez são as scans em cor que saíram do jogo na Famitsu, mostrando uma nova personagem: Leia Roland. Seu design também foi feito pela Inomata, o que continua o padrão não oficializado de “mulheres -> Inomata; homens -> Fujishima”.

O engraçado é que na primeira scan que saiu dela, ainda monocromática, a Leia parecia muito mais “loli” do que é. Imaginei roupas/cabelo rosa ou qualquer coisa assim, haha. Ainda bem que não foi o caso, porque gostei do visual mais Natalia Lanvaldear (de Abyss). Sua dubladora será Hayami Saori, vejam vocês, a Miho de Bakuman. Quanto a sua participação na história, é a amiga de infância de Jude, e me pergunto se isso a classifica como o verdadeiro par do personagem, considerando que tem 15 anos e que a Milla tem 20 (Jude também tem 15).

Um pouco sobre a história de como ela e Alvin se encontram com os protagonistas. Pode ser considerado spoiler, então leiam com consciência. Como já havia sido dito, Jude está em um laboratório militar investigando mudanças no comportamento dos espíritos quando encontra Milla, e os dois acabam descobrindo o que não deviam e o exército passa a persegui-los. Conseguem fugir do laboratório, mas Milla descobre, no pior momento, que está incapaz de convocar seus espíritos, e são então cercados pelos soldados. Alvin – tãdã! – aparece para salvá-los, e os três se dirigem ao templo de Milla para que ela realize o ritual dos summons e obtenha seus poderes de volta.

Em outro momento (ou logo em seguida, não sabemos), o trio é forçado a sair da capital e chegam em Lu Rondo, cidade natal de Jude. Lá, Leia trabalha como aprendiz de enfermeira na única clínica médica da cidade, a dos pais de Jude. Lu Rondo está sofrendo com uma doença que está afetando seus moradores, e então Leia se junta à party em sua busca nas minas para uma cura. Tudo bastante conveniente, bastante clichê (mas eu gosto).

Quanto ao sistema de batalha, foi dito que o Link Mode terá uma barra que vai se enchendo à medida que os personagens atacam e que, quando cheia, automaticamente aciona uma Link Arte. Por exemplo, estando cheia, se Jude usar Majinken (Demon Fang) e Milla usar Wind Lance, a Link Arte Zeppuujin ocorrerá. O Kogahazan de Alvin e a Fireball de Milla geram Gurenken, e assim por diante. Além das Link Artes, foi revelado que cada personagem terá uma característica especial. A de Jude é “Integration Evasion” e o faz dar um backstep e em seguida se dirigir para trás do inimigo, podendo ser utilizada infinitamente. A de Milla é “Magi”, que permite a ela usar um feitiço sem ter que entoá-lo, mudando seu efeito. Uma Fireball simples mudaria, então, para Flare Bomb e causaria uma explosão. Por fim, a de Alvin é “Charge” e faz com que ele combine sua espada e sua arma de fogo para realizar uma Arte à escolha do jogador, alterando-a. A de Leia não foi revelada, tampouco a de outros (se existentes) personagens.

Outro aspecto do gameplay são as Map Actions: presione bolinha para interagir com o cenário de forma determinada, seja agachar, pular, subir escadas, etc. E de info, é isso. Passei esse link em um wallpaper que já não me lembro qual foi, mas passo de novo pra quem perdeu: várias imagens de Xillia. Ah, sim. Foi revelado que a música tema/de abertura do jogo, Making Fate, é de Ayumi Hamasaki, ou simplesmente Ayu, a “Imperatriz do Pop” no Japão. Alguns membros de fóruns em inglês traduziram a letra assim:

What will we find on the path we’ve chosen
The answers that we’re searching for, or something else?
The promise which we made that day
How long more should I hold onto it? Tell me

Don’t cry, don’t cry
The time is not right for these tears to travel to heaven
Don’t stop, don’t stop
We just got started

When the sun sets
I will hold your hand, and set off
I can’t just leave you
To face the fate you cannot change
And if saying “goodbye” can change your path
I will shout out my love as we go

[Via Abyssal Chronicles.]

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Dakini

Viciada em RPGs, sejam eles Final Fantasy e Tales of ou Mass Effect e The Elder Scrolls! Fã incondicional de animês e mangás, e ousem criticar meus favoritos sem bons argumentos! Fora isso, podem me chamar de “a dama dos wallpapers”, hahaha.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios