Vida do muquirana vira game em Tio Patinhas nº549! [Prévia em Imagens] [Abril/2011]

Donald está viciado em games de computador, entrou para algumas competições e ganhou. Tio Patinhas acaba se interessanto no mercado de games, visando os lucros que pode ter e resolve criar um game chamado “A Saga do Tio Patinhas“. Donald e Tio Patinhas acabam competindo entre si, dentro do game inspirado na vida do muquirana! Rá! Interessante o game se chamar da mesma forma que o mega arco de Don Rosa, contando o passado do personagem já publicado aqui no Brasil duas vezes. Também gostei da brincadeira com a loja de videogame na quinta página da revista “CONTROLALTDEL GAMES“. Realmente um bom nome para uma loja de games de PC, apesar que também funcionario como uma loja de informática. XD

É preciso elogiar tambem a belíssima capa feita pelo inigualável Marco Rota, destaque mês passado na revista do Pato Donald e que aparece novamente na revista do pato (mas isso falo no post da revista). Apesar da capa ter sido feita pelo Rota, os desenhos da HQ Patinhas X Patinhas foram feitas pelo brilhante e bem detalhista Arild Midthun. Não lembra dele? É o mesmo desenhista da genial O Medalhão de Donaldus, que saiu em novembro do ano passado e rendeu muitos elogios pelos fãs pela arte super detalhista e madura, além do brilhante roteiro. Um último detalhe sobre a capa que devo elogiar, antes de continuar a falar sobre Midthun, são as cores que a Abril deu para a nossa versão. Veja ao lado a original, não tem comparação, eu adoro as cores que temos em nossas capas.

Midthun ainda aparece em dobro na edição do Tio Patinhas. É dele também os desenhos da 3ª história da revista, O Bandido Encapuzado, com os Metralhas. O traço está ainda mais impecável nesta HQ por sinal. E aqui, o roteirista da história é o mesmo da história do Medalhão do Donaldus que mencionei acima: Tormod Løkling. Então são duas excelentes HQs que só elas sozinhas já valeriam a edição do mês. Mas ainda tem mais coisa de qualidade! História que foi até destaque de capa Noruega, Suécia e Dinamarca (imagem ao lado).

Assim como os meses anteriores, o Superpato volta a ganhar seu merecido destaque na revista!  E volto a dizer que o personagem merece uma revista solo, pois sua fase italiana está fenomenal, e ainda existem muitos clássicos para se publicar. A HQ deste mês temos Superpato e Gastão numa história de 30 páginas (a maior da edição) com roteiro de Carlo Panaro, um italiano que gosto muito e desenhos de Marco Mazzarello, que é outro habilidoso desenhista da casa italiana dos personagens. Quem quiser dar uma olhada em seus últimos trabalhos, basta clicar aqui. Estava mesmo com saudades do Gastão numa HQ, e é raro vê-lo interagir com o Superpato. Sensacional! Obs: Ao lado a capa da Topolino onde esta história foi publicada.

Quanto as outras duas história da edição. Uma é curtinha, com o Donald, que poderia muito bem sair na revista solo do personagem, mas não faz mal ter saido aqui, pois a revista tem espaço pra isso esse mês. E a revista fecha com outra história produzida na Dinamarca com o clássico Vicar, um dos herdeiros da escola Carl Barks, que não aparecia aqui no Brasil já a um bom tempo e fiquei extremamente feliz de que a Abril lembrou desse grande Mestre! Uma HQ com traço de saltar os olhos de tão perfeita que é, com o o tema de páscoa.

Uma edição imperdível mesmo. O melhor pra mim foi descobrir que este mês, depois de muitos meses, não temos aquele contraste amargo de histórias inéditas produzidas na década de 70/80 saindo misturado com produções recentes. Todas as histórias são atuais, não criando aquele contraste amargo no leitor, que sempre faço questão de lembrar, já que a Abril não explica que quando o traço é feio, é porque a história foi feita décadas atrás. Este mês não temos este problema! Yeah!

Tio Patinhas nº 549 (80 págs – R$ 4,95)

  • Patinhas X Patinhas [17 págs] [2009] [Inducks] Roteiro: Olaf Moriarty Solstrand e Desenho: Arild Midthun
  • Superpato e Gastão: Entrando numa Gelada [30 págs] [2010] [Inducks] Roteiro: Carlo Panaro Desenho: Marco Mazzarello
  • Metralhas: O Bandido Encapuzado [12 págs] [2010] [Inducks] Roteiro: Tormod Løkling e Desenho: Arild Midthun
  • Donald: Uma Catapora, Por Favor [6 págs] [2008] [Inducks] Roteiro: Kai Vainiomäki e Desenho: Ignasi Calvet Estéban
  • Tio Patinhas: Não Ponha Todos os Ovos na Mesma Cesta [13 págs] [2004] [Inducks] Roteiro: Jens Hansegård e Desenho: Vicar






Obs: Amanhã a prévia de Paton Donald e Zé Carioca de Abril!

Isso também pode lhe interessar

4 Comentários

  1. Meus comentários sobre as histórias do TP deste mês que fiz lá no Forum Projeto Inducks (Já que não anda dando tempo de criar MdQs):

    Patinhas X Patinhas: Achei muito bacana a história e a lição de economia ao fim foi interessante. Adorei as piadinhas como “Lara Sploft” e “Principe da Inércia”, referencia de games como Lara Croft e Prince of Persia. Rá! Tambem gostei como já havia dito, da ideia do nome da loja de games, apesar de ter ficado meio insultado quanto o Huquinho, Zezinho e Luisinho perguntam “o que é aquele monte de nerds em frente a loja?” – Achei que soou meio preconceituoso.

    Mas a ideia d eum game sobre a vida do Tio Patinhas é ótima. Referencias a Saga do Tio Patinhas do Don Rosa, a clássica imagem de Carl Barks com o Patinhas carregando um saco de ouro na velha Yukon, além da própria Pepita Ovo de Ganso. Sensacional! Uma pena que as fases e referencias posterios, não foram tão glamurosas e marcantes assim.

    E aqui tb cabe uma crítica a ideia de um game. Donald e Tio Patinhas bricam para ver quem revive a vida do sovina e ganha mais dinheiro no fim do game. Mas ele só passam o tempo fazendo negocios, não há perigos e obstaculos no game, as vezes passa até a falsa sensação de que não é um videdogame. Faltou ação e adrenalina, um elemento que com certeza estaria presenta na HQ se o Don Rosa tivesse roterizado, porque em cenas assim, o Rosa é mestre!

    Uma ótima HQ, mas um pouco rala quando se pensa em videogames de verdade. O roteirista não deve ser tão habituado assim a esse universo ou não conseguiu transparecer no papel o mesmo de forma eficaz ou não tinha espaço o suficiente na HQ, já que ele é curtinha.

    Superpato: Entrando numa Gelada – Fraquíssima história e com um péssimo roteiro. Agora fica a dúvida, porque diabos a Abril trás historias assim? Qual o objetivo? Não é que o Superpato só tenha HQs ruins, pelo contrário, já vimos que não é assim. Eu mesmo acompanho a revista italiana dele e posso dizer que existem excelentes histórias que permanecem inéditas por aqui.

    A HQ deste mês não tem nada a vez e ainda é furada tanto quanto a do mês passado. O Gastão se faz presente na HQ, mas quase não serve pra nada. Nem sua habitual rivalidade com o Donald é mostrado na HQ, a ideia de uma sonda alienigena tb não foi muito feliz, muito menos a forma como a ação se desenrola na trama. E pior tem quadro no final da HQ que não sei dizer se é a cientista ou o gastão que estão falando, porque ambos estão com casacos e acabam bem parecidos… os desenhos não tem impacto algum ao leitor. 30 paginas que podiam ter sido usadas numa HQ bem melhor.

    Bandido Encapuzado – A MELHOR HQ DA EDIÇÃO! Sério. É engraçado e com aquele suspense do começo ao fim. Tio Patinhas está ótimo nesta história, e as soluções e os desafios que ele enfrenta nesta edição são ótimas. O clima é tenso e bem humorado do começo ao fim. Sem mencionar os belíssimos desenhos do Midthun. Poderia até mesmo ter sido o destaque de capa da edição.

    Uma catapora, por favor – Uma HQ que funciona tanto na revista do Tio quanto na do Donald. Engraçado e divertida, nada muito impressionante ou inovador. Uma HQ curtinha para o Donald se ferrar no fim. XD

    Não ponha todos os Ovos na mesma cesta – Também é uma HQ competente. Acredito que também funcionaria sem problemas na revista do Donald. Desenhos belíssimos e é sempre engraçado ver o Donald sem noção arranjando confusão. Roubando ovos de criancinhas, de passárinhos e até mesmo de galinhas, tudo para encontrar o Ovo de Ouro que o mané pegou sem querer da mesa do Tio Patinhas. XD – O prefeito tb é outro tapado já que nem se tocou do valor do ovo de ouro. XD – Só achei meio forçado a forma como o tio patinhas ganhou o ovo, que só serviu mesmo como pretexto para o final da historia, infelizmente não me surpreendeu porque a cena do músico com o donald falando de uma melodia perdida e do compositor perdido na neve acabou entregando de bandeja que se tratava do ovo do tio patinahs de alguma forma… final spoilado pela propria HQ. Mas ainda assim, uma excelente HQ de páscoa.

    1. Sendo assim vou fazer meus comentários sobre cada histórias separadamente também:

      Patinhas x Patinhas: concordo com praticamente tudo o que você disse, inclusive esse comentários dos 3 sobrinhos do donald sobre os nerds além de todos os figurantes em frente loja usarem óculos eu bastante preconceituosa para uma HQ atual. Quanto a não ter ação eu imaginei como uma visual novel, the sims ou algo assim, apesar de ser meio sem sentido o modo como o Donald fica viciado no jogo como se fosse algo emocionante.

      Superpato: Entrando numa gelada: concordo com tudo o que você disse, a falta de qualidade até me lembrou aquela história do Tio Patinhas em Atlântida, péssima, enredo fraco e totalmente sem sentido além de insistir em ser beeem longa.

      Bandido encapuzado: também gostei bastante, mas não me surpreendeu muito.

      Catapora, por favor: mesma opinião.

      Não ponha todos os ovos na mesma cesta: o final foi mesmo spoilado e previsível, porém eu curti xDme fez lembrar de uma história que li a algum tempo em uma revista meio antiga que tenho, em que o Donald faz cachorros quentes deliciosos pra vender e um dia falta já que é o próprio chefe e pode descansar quando quiser, ele é perseguido pro um time de futebol e depois acaba sequestrado XD muito boa, vou procurar na minha coleção pra reler.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.