JogandoMiscelânea

Guia de Compra: Smartphone Android!

Olá meus caros! Decidi criar um post para tentar ajudar aqueles que pensam em comprar um celular Android no Brasil. Como muitos devem ter percebido, a plataforma teve um crescimento absurdo e uma penetração bem interessante, sobretudo no setor dos smartphones. Que estão popularizando-se cada vez mais no país, fazendo as companhias reverem suas políticas.

Vamos começar falando das vantagens e desvantagens de ter um Android powered, ante um Apple iPhone.

Android X Apple iPhone

O Android é focado naqueles que buscam um aparelho com ampla integração aos seviços do Google, GMail, GTalk, Calendar, Latitude e tantos outros. Além de contar com seus contatos do GMail em sua conta e assim tendo todos eles salvos na nuvem. Mudou de aparelho? Você manterá seus contatos sem depender de seu chip.


Recomendo um aparelho com Android para quem procura por música, Internet e redes sociais mas que pretende pagar nada ou muito pouco por aplicativos. Acho que uma das vantagens do Android está no seu Market, existem muitos apps gratuitos disponíveis e, se você encontrar um app pago, pesquise um pouco mais e poderá encontrar um gratuito com quase todas as funções que o pago oferece.

Por sua vez o iPhone é um aparelho para quem gosta de música e tem total apreço por detalhes estéticos; tem mais interesse em redes sociais e jogos. Costumo brincar que os donos da Apple são designers. O grande problema de ter um iPhone, está no fato de que muitos dos jogos (e aplicativos) não estão disponíveis aqui no Brasil, pois por aqui todo jogo deve ser classificado pelos orgãos internos, mas a Apple já os classifica e não vê porque pagar mais para poder reclassificá-los. E assim ela optou por simplesmente remover o conteúdo para o nosso país. Também não é possível comprar músicas na App Store, pois o contrato da Apple com as gravadoras só compreende os EUA e Canadá, entre outros países.

Para ambos os casos, há formas de burlar essa restrição e poder comprar os jogos e música. É uma forma semelhante ao que é feito para a PSN e a XBox Live, comprando cartões. O processo todo é explicado aqui pelo Gizmodo.

Dicas antes de comprar Android no Brasil

Mas vamos ao que interessa! A primeira dica antes de comprar o aparelho com sistema Android: conheça a política das operadoras.

De todas as operadoras no Brasil, a Claro é a que requer mais atenção. Os aparelhos vendidos pela operadora sofrem uma retaliação, com o Google Talk removido e algumas vezes até o GMail! Para as demais operadoras não há nenhum problema, pelo menos que eu tenha descoberto até o momento. Embora haja meios de instalá-los isso é no mínimo uma pena.

O Android está atualmente na versão 2.3, mas a oferta de aparelhos com versão mais atual do sistema no país é fraca. Não pense em comprar um aparelho esperando uma futura atualização, pois elas dependem em grande parte do fabricante do aparelho, e é um processo complicado, além de caro, que envolve customizações e integração com hardware. Na maioria dos casos, é um investimento que não compensa.

Compre somente celulares com Android 2.1 ou superior. As diferenças entre as versões podem ser mínimas, mas acreditem, muitas vezes elas valem a pena. Há como atualizar seu aparelho de maneiras não oficiais e existem desenvolvedores engajados em fazer essas alterações. No fórum XDA Developers, há roms completamente funcionais e outras com recursos que não estão funcionando por completo, basta ficar atento as descrições dos programas.

É possível ainda obter acesso de super usuário em seu Android e assim desinstalar aplicativos não permitidos, dentre outras coisas. Nos EUA, a partição de root é legalizada, bem como a prática de jailbreak no iPhone, mas no Android trata-se apenas de acesso de super usuário, você continua pagando por apps.

Andoids baratos

Dividi em duas categorias, os celulares mais baratos e os celulares mais robustos.

Para os androis baratos, temos várias opções, mas agora eu só me lembro do Xperia X10 Mini Pro, que vem com teclado QWERTY, além da habitual tecla de toque. Mas o teclado físico surge para compensar a tela pequena, com resolução baixa. O X10 Mini é uma ótima experiência para quem quer começar com um Android. Os únicos problemas são que ele não permite multi-toque e devido a tela pequena, alguns aplicativos não são compatíveis com ele. Detalhe importante: ele vêm com o Android 2.1.

Outra boa opção é o Samsung Galaxy 5, com android 2.1 também. Ele é a versão barata do Galaxy, outro bom celular, mas com resolução pequena. Não posso falar muito dele, pois eu não pude testar o aparelho ainda, mas parece ser uma boa opção.

Um celular com Android 2.2 que me pareceu muito interessante é o Optimus One da LG. Tenho minhas dúvidas quanto a celulares da empresa, já tive péssimas experiências com ela, mas gostaria de pôr as mãos em um desses para ver o que ele tem a oferecer. Dessas três opções que citei, o Optimus One é o que parece ser melhor.

Androids robustos no mercado

Se você é mais exigente e está disposto a desembolsar um dinheiro a mais, essas são as melhores opções que estão presentes no mercado.

O Motorola Milestone 2 vem com Android 2.2 e teclado QWERTY, que é ótimo se você precisa de agilidade e praticidade na digitação. O Milestone 2 vêm com uma tela comum de LCD com boa resolução. É um bom celular para acesso a internet.

A Sony Ericson também tem disponível o Xperia X10. Um ótimo celular, que atualmente tem o Android 2.1, e até o fim do ano receberá o Android 2.3 oficial. É o aparelho que possuo e provou ser uma boa opção: tem um bom acabamento e um sistema bem estável. Pecando apenas na sua câmera de 8.1 megapixels, que não tira fotos tão boas assim, e também pela falta de um flash de verdade, tendo apenas uma luz que fica ligada o tempo todo.

O Samsung Galaxy S é um celular com Android 2.1, mas que não possui atualização. Tem uma boa interface e uma tela simplesmente linda de Super AMOLED, que possui uma definição superior a Retina Display do iPhone. O Galaxy S vem com um teclado SWYPE, que se mostra as vezes bem mais ágil que um QWERTY, possui tela multi-toque, além da dispensável TV digital.

Um conceito novo que acaba de chegar é o Motorola Atrix, com Android 2.2. É um celular que pode ser usado como um computador pessoal. Para entender melhor, confira o vídeo abaixo:

Um celular que pode se tornar o seu PC, por meio do lapdock. Isso é algo que promete se tornar uma tendência no futuro. O Atrix seria minha escolha de compra atualmente.

Concluindo

Por ora é isso meus caros. Como os preços tendem a variar muito, sugiro que antes de comprar os aparelhos, pesquisem nas principais lojas e tentem fazer as compras vinculadas as operadoras, já que isso diminui consideravelmente o preço do aparelho. Importante frisar que falei apenas de algumas opções de aparelhos, mas existem finitos celulares com o SO da Google. Se não gostou dos modelos citados aqui, dê uma olhada em outros sites e ficar atento ao que está por vir por aí. Quem sabe um dia as empresas me enviem aparelhos para teste, e aí sim eu consiga fazer reviews com mais propriedade. Mas vocês podem compatilhar suas experiências de uso e discutir os prós e contras de cada aparelho nos comentários.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Pikachu

Gamer e nerd, meus gêneros favoritos são RPGs e Adventures, e claro que adoro Pokémon. Aprecio uma boa música também, em especial o bom e velho Rock N' Roll e o Metal e suas vertentes.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios