Lendo

Prévia | Mickey #828 e Minnie #04! Aula de história sobre a Itália e Mickey e Pluto roubando a cena

As melhores mensais do mês de Setembro já mostrei aqui no blog (Pato Donald #2398 e Pateta #4), mas nem por isso as outras mensais estão ruins. Cada revista geralmente tem uma peculiaridade que a faz valer a pena. Hoje mostrarei as duas mensais do eterno casal Mickey & Minnie. Curiosamente ambas sem chamada de capa desta vez, apenas ilustrações no estilo GAG. A da Minnie é normal, mas a ilustração de Mickey na capa acho belíssima, do jeito que os italianas sempre prezam em suas capas (já que está foi capa de uma Topolino lá).

Mickey #828 conclui a história que começou em agosto, “A Itália Re-Unida“. Mês passado a aventura terminou com Mickey e Pateta alterando a história, causando um desastre de proporções épica na história da Itália e indo parar numa espécie de universo alternativo. Esta edição termina a aventura, que é mesmo uma verdadeira aula de história, contando muito bem os detalhes em torno da unificação da Itália, há 150 anos atrás, que nem mesmo eu lembrava das minhas aulas de história no colégio. É uma daquelas HQs que me farão lembrar de um fato real pro resto da vida. Igual Viagem ao Centro da Folha com o Tio Patinhas que li na minha infância permitiu que nunca me esquecesse sobre o processo de fotossíntese das plantas. Ou Comando Ozon, HQ brasileira que tratava sobre a Camada de Ozônio, muito antes de existir preocupação mundial sobre o aquecimento global. Esta é um dos motivos de adorar os quadrinhos Disney, as vezes a gente aprende algo de tal forma que enquanto lembrarmos da HQ, saberemos do fato o resto de nossas vidas. A Itália Re-Unida pode não ser uma grande história, com vilões, reviravoltas e emoção, mas é perfeita dentro da proposta na qual foi planejada, que é homenagear de forma clara e simples a Unificação da Itália. A primeira parte tem uma certa descontração, mas a parte final publicada este mês, Mickey, Pateta, Marlin e Zapotec vasculham com muitos detalhes esse período histórico da Itália a fim de descobrir onde foi que Mickey e Pateta mudaram a linha do tempo. É uma conclusão riquíssima em informações históricas. E a cereja do bolo são os fabulosos desenhos do Paolo Mottura. Tá pra nascer outro desenhista tão fabuloso quanto esse italiano. As cores e sombras da HQ são absurdamente belas.

Pode parecer bobo, mas além da HQ da Itália, eu gostei demais das outras curtinhas da edição do Mickey. A primeira, “Um Problema Pegajoso” é muito simpática. Mickey e Pateta estão de férias numa ilha, e o Pateta acaba conhecendo uma habitante da ilha e ambos passam a trocar flertes. Rá! Pateta é o maior barato quando evolve estes elementos de romance. A história em si também é bacana, mostrando tomates gigantes e caramujos gigantes. Ficção a serviço da ciência. A HQ “Ocupado” também é o maior barato, porque quem já não foi trollado pela campainha no momento que já está pelado no banheiro que atire a primeira pedra! Mickey até que foi paciente…

Minnie #4 entretanto dá uma tropeçada feia. A primeira HQ da revista é tão ruim que até dói só de pensar nela. Já está na hora de parar com estas HQs medianas dos anos 90. Pode sim continuar saindo material dos anos 90 (porque é meu período favorito da produção Disney), mas estas HQs bizarras da Minnie tem hora que insulta o leitor. Mas tirando essa primeira HQ, o resto da revista está agradável como sempre. Clarabela arrancou uma risada minha em “Deduções Afinadas“, nessa comparação de que Minnie e Mickey possuem certas afinidades. Casal é sempre assim, né? A última HQ, “Levando o Barco” também não chega a ser uma das melhores HQs do Paul Halas que já li, mas tem seu charme ao mostrar a “Gangue do Mickey” reunida numa competição relacionado a um desfile e tudo, é claro, acaba em confusão.

Mas o melhor da edição é realmente “Chá…chorrada!“. Ri do começo ao fim nessa história. Lembra bastante as histórias em desenho animados do Mickey com o Pluto. Na HQ ambos acabam sendo arrastados pela Minnie a um chá de ricaços da alta-classe, mas eles não são nem um pouco refinados e o chá da tarde acaba se tornando um desastre total. O Pluto está hilário nessa HQ e até mesmo o Mickey tem seus momentos (a parte da sopa). Excelente HQ, achei no ponto certo entre o público adulto e também ao infantil.

Após o continue, a prévia em imagens, além da seleção técnica das edições:

Mickey #828 [Setembro/2011]

52 páginas – R$ 2,95 – Distribuição Nacional

  1. Um Problema Pegajoso [16 págs] [2008] [Inducks] Roteiro: Carol McGreal, Pat McGreal / Desenho: Maximino Tortajada Aguilar
  2. Ocupado [03 págs] [1999] [Inducks] Roteiro: Peter Härdfeldt / Desenho: Jorge David Redo
  3. Mickey e a Itália Re-Unida – Parte Final [26 págs] [2011] [Inducks] Roteiro: Marco Bosco / Desenho: Paolo Mottura



Minnie #04 [Setembro/2011]

52 páginas – R$ 2,95 – Distribuição Nacional

  1. O Mistério da Cafeteria [18 págs] [1995] [Inducks] Roteiro: François Corteggiani / Desenho: Roberto Ronchi
  2. Deduções Afinadas [10 págs] [2010] [Inducks] Roteiro: Gabriele Panini / Desenho: Maurizio Amendola
  3. Chá… chorrada! [10 págs] [2006] [Inducks] Roteiro: Carol McGreal, Pat McGreal / Desenho: José Ramón Bernado
  4. Levando o Barco [07 págs] [2007] [Inducks] Roteiro: Paul Halas / Desenho: Angel Rodriguez




Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.