A geração dos Achievements e Trophies?

Será que sempre vivemos sem eles? Você se importa com eles? Troféus, Achievements, Conquistas. Chame do que quiser, goste ou não goste,  o fato é que estes são regentes importantes (e atualmente indispensáveis, em termos comercias) no mundo dos games.

 

PC e Wii são meio que exceções a regra. O primeiro pela facilidade que jogos indie tem para se lançar (até por ser sempre a plataforma mais acessível), e que acaba – muitas vezes até por apostarem na simplicidade, como VVVVVV, um jogo genial o qual você pode conferir a demo aqui – deixando de lado este aspecto.

Já o Wii acredito que a Nintendo não encontrou forma hábil de inserí-los em um contexto de seu firmware, e do seu sistema. Apesar de ter um foco claramente familiar, os já apelidados “casuais”, não creio que a Nintendo venha deixar uma característica que abrange as outras plataformas não figurar em seus futuros lançamentos. Mesmo sendo uma função mais “hardcore” digamos assim, ainda acho que a empresa se importa com esse segmento – até por estar se preocupando com seu hardware no Wii U – e vai tentar inserir um sistema semelhante dentro da plataforma.

A coisa já se tornou tão presente que vejo muitos games, sem os achievements por exemplo no Wii ou no próprio Steam diretamente, mas in-game é possível ver que estão lá camuflados. Algo como “Vença X corridas”, ou “Mate 1000 inimigos”, que conferem novos itens estão quase sempre presentes.

Isso leva a um ponto interessante. O sistema atual não surgiu de uma hora pra hora, aliás ele é só uma integração do que já existia em jogos mais antigos, com a mesma filosofia, porém não de forma integrada como é hoje. Lembro de jogos como Tony Hawk que se baseavam exatamente em “achievements” nas pistas para liberar a próxima fase. “Faça 5000 pts”, “Descubra XYZ secreto”, isso é basicamente o que existe hoje, contudo mostrar o geral de um jogador (como tudo que ele já jogou junto de uma forma rápida) eu gosto muito. Seja com os levels no PS3 ou os Gamerpoints do 360, dá pra saber rapidamente se aquele jogador gosta de fazer o famoso “100%” ou não. Também avaliar se tal pessoa gostou muito de um jogo a ponto de buscar completá-lo até o fim.

Existem jogos que recebem um DLC, e tal passa a fazer parte do 100% do jogo, e acabam “tirando” o status do jogo zerado para o jogador, e o obriga a comprar tal para não perder esses status. O que vocês acham disto? Sei que tem muita gente que não se incomoda, mas eu por exemplo ficaria bem chateado se fizesse 100%, e o perdesse por causa de um conteúdo “extra”. Afinal, sendo algo a parte, além do jogo, não deveria ser tratado como tal? Apesar qu DLCs hoje em dia já vem muitas vezes em disco, o que faz transparecer a imagem que se gostaríamos de ter o jogo completo deveríamos comprá-los, mas essa conversa foge um pouco do tema principal.

O PS3 com o sistema de “Platina” concerta isso muito bem ao meu ver. O troféu é conferido às pessoas que conseguiram todos os outros originais, sem contar DLCs, e serve como um certificado que a pessoa debulhou o jogo em sua versão “pura” inteiramente. Falando em DLCs aliás um amigo me falou esses dias de uns Achievements no 360 que meio que te “obrigam” a ter certo periférico, no caso o Kinect. Não é todo mundo que gostou da câmera que captura movimentos da Microsoft ou então não está disposto a pagar o preço bem salgado pelo acessório para “completar” o jogo. O caso que me foi citado foi do jogo Forza 4, que possui uma conquista, a “Look Ma, No Controller!” que são ridículos de se fazer mas exigem essecialmente o uso do acessório. Existem alguns achievements como em TF2, quesão quase ridículos de tão difíceis, por serem na vida real… Sim, vida “real”. Quando foi lançada a possibilidade de salvar replays das partidoas e uplodea-los para o YouTube a Valve soltou uma série de achievements, e com  eles alguns que envolviam views dos vídeos.  Pasmem o mais difícil deles que é de conseguir 100.000 views para um video, haha, nem jogo bem assim para fazer as pessoas olharem o meu vídeo. E percebam, ali embaixo tem vários “truques” para fazer teu vídeo aparecer mais vezes nas pesquisas, nos relacionados etc.

Outra questão é: até que ponto achievements devem ir na dificuldade? Existem jogos que ela já está embuída no jogo, como o próprio Dark Souls, ou Catherine, porém outros se utilizam de fatores como “faça um combo de 273642376 de golpes sem cair no chão em menos de 1 minuto”. Eu acho que os achievements tem de ser bem balanceados. No Xbox tem o sistema de pontos, e no PS3 de cor. Às vezes tem jogos que vejo um troféu de prata zilhões de vezes mais difícil que um de ouro (que é na maioria das vezes “termine o modo história”), isso me irrita um pouco sabe? O esforço não ser muito proporcional a “cor” ou a pontuação do troféu ou achievement.

Claro estas coisas que eu cito são para aquelas pessoas que curtem os benditos, pois sei que tem muita gente que ainda curte só terminar o jogo, pegar os colecionáveis até, mas só. Nada de fazer aquele combo maluco, ou situação específica para tal achievement.

E o futuro das conquistas? Bem a Namco já deu uma ideia bem legal para o seu maior uso, como o jogo da série Katamari para o Vita. As fases que virão por DLC poderão ser desbloqueadas por achievement! É uma forma bacana de premiar os jogador que realmente jogaram o jogo a fundo, uma recompensa por fazer os tais 100%. Mas ainda existe a opção, para os jogadores menos preocupados com isso, de comprar as fases pela store. Imaginem ganhar skins para multiplayer quando você atinge tal conquista? Algo in-game pra falar “ei, tá vendo aquele cara? Derrubou mais de 10 caras sem morrer!”. O Team Fortress até tem isso, mas não é algo tão exclusivo assim…

E deixo a pergunta: Pra você que está lendo este texto, gosta de achievements? Procura correr atrás de todas as conquistas? Ou faz como eu, só quando gosta bastante de um jogo que o faz?

Os créditos da tirinha vão para o Lukali do DeviantART.

Isso também pode lhe interessar

28 Comentários

  1. Sei lá, até hoje não entendo a neura de certas pessoas com Achievements… eu só consigo aqueles que se consegue jogando normalmente, e só corro atrás de algum se ele for realmente divertido de se fazer.

    Ficar bravo porque o jogo colocou Achievements estranhos… não sei, eu não entendo, sério mesmo.

  2. Eu gosto de correr atrás de todos os troféus no PS3, principalmente de jogos que gosto! Concordo com você quando diz que alguns de prata são mais difíceis do que alguns de ouro e gostei da nova ideia da Namco. Além de tudo o que foi dito acredito que os Achievements e Trophies aumentam o tempo de vida dos games.

  3. Acho legal conseguir todas as conquistas no XBox, mas quando é muito difícil (algumas vezes quase impossível), ou de um jogo que não gosto muito, eu desanimo.

  4. Curto os troféus! Desde sempre eu curtia fazer 100%, ou tentar, nos jogos de que gostava muito, e isso veio me incentivar ainda mais! Hoje em dia procuro fazer 100%, platinar, quase tudo que jogo. Claro, um jogo ruim eu não vou ficar me torturando só pra ganhar trophies, assim como não compro jogos com troféus ridiculamente fáceis só pra aumentar meu level na PSN rapidamente. Mas é muito, muito legal tu poder ficar com um jogo depois de tê-lo terminado, jogando mais, pegando tudo, e ser recompensado por isso.

    Também tem os trophies de "atinja um combo de 28432794693x com o personagem x". Isso não é algo que faríamos ou tentaríamos fazer se não houvesse o trophy! Tem gente que se irrita, porque é muito difícil e tal, mas se a pessoa já não liga pra trophies, que importa a porcentagem deles pra ela? Eu gosto bastante desses também, é meio que um desafio. Faço se eu quero, ora bolas, e é muito legal pegar troféus que a maioria das pessoas desistiu de tentar. Platinar as coisas dá um orgulho bom também, e nem sei explicar direito o porquê.

    Se tem algo negativo nessa história, na minha opinião, é que agora deixo de jogar coisas sem troféu, digo, não deixo, né, mas atraso o "começar", porque me parece que falta algo. Haha, pura verdade, e é meio sad. Por isso que fiquei mega feliz do Vita também ter trophies, e morreria de infarte se a Nintendo anunciasse isso pro Wii U, já que no 3DS ela não quis colocar. Eu não vejo por que alguém seria ~contra~ trophies. Não é como se eles alterassem alguma coisa no teu gameplay, se tu não gosta deles. Mas enfim, cada opinião é uma opinião. =]

    Quanto ao que tu falou da dificuldade não padronizada, Rackor, é verdade. Tem trophies de prata ou mesmo bronze muito mais difíceis do que vários de ouro por aí, culpa de isso ser livre para as developers escolherem. Eu também gostaria de algum tipo de padronização!

  5. Normalmente eu dificilmente fico indo atrás desses objetivos. Eu só vou quando são divertidos (o que é raro), ou quando têm algum significado dentrou do jogo, seja pela história ou jogabilidade.

    Quem nem, no Metroid Prime: eu procurei pegar todas as expansões de mísseis/vidas/bombas, porque isso me daria um final secreto, e não era tão difícil de fazer. Mas eu não peguei todos os scans, porque eu teria que começar o jogo de novo pra pegar as que eu tinha perdido, e o prêmio era só uma galeria de imagens da produção do jogo. No Metroid Prime 2 eu fiz a mesma coisa.

  6. Igualmente por aqui, gsoto muito dos trofeus e das conquistas e acabo deixando os jogos de PS3 que não tem parados num canto para jogar um dia quem sabe…. É algo que eu avcabei gostabndo e agora não consigo viver sem. Mas é claro que somente vou a fundo a ponto de platinar se curto muito o game e se platinar é possivel é claro, pois tem uns trofeus que tenha santa paciencia né, exigem coisas absurdas para serem conquistados. Como jogo mais o PS3 do que o 360 e Wii acabo tendo mais trofeus do que conquistas, mas o esquema é o mesmo e tambem gostos das conquistas.

  7. Eu já disse e repito, troféu/conquista pra mim é uma grande bobagem, não agregando nada de valor ao jogo, não recompensando o jogador, não melhorando em nada-nada-nada o design de um jogo. Odeio do fundo da alma e acho ridículo não ter a opção de ignorá-los em meu sistema. Não sou incentivado a jogar mais ou menos por eles, pra mim isso é algo que o jogo em si tem a oferecer, sem máscaras. Tem quem goste e eu espero que a pessoa que goste seja feliz com eles, mas só vou dar atenção a isso quando de fato tiver alguma coisa que (re)compense.

    Quem sabe na próxima geração…

  8. A Nintendo SEMPRE TEVE esse sistema, mesmo que implicitamente. Um exemplo é o Super Smash Bros., que tem os trophies, que são basicamente conquistas por ter alcançado determinado objetivo, ou seja, achievements.

    E Eric, você podia deixar de ser infantil atacando o Wii sem motivo. "O console X não tem um desenhozinho escrito que matou 1000x o Dragonzord? Que porcaria!". É baby-rage sem motivo.

  9. Minha história é meio bizarra. Passei quase 1 ano com o PS3 sem dar a mínima pra trophies e platinas. Nunca liguei pra fazer 100% nos jogos, também. Terminava os trophies obrigatórios e às vezes pegava uns extras que fossem divertidos e/ou interessantes de se fazer, mas nada demais. Olhava os troféus de platina e sempre pensava "lol coisa de louco/outro mundo/trabalho demais".

    Aí comprei Heavy Rain, e terminei o jogo, curtindo bastante a história e a ideia de "filme interativo". E um amigo me convenceu a tentar platinar, justamente por ser bem fácil (Teria que jogar mais uma vez com algumas decisões específicas, fazer todos os finais, e um específico chatinho de dirigir um carro sem bater… só.) Fiz tudo em 4 dias no total (myps3t tá aí pra provar XD). Quando eu vi aquele trofeuzinho brilhante subindo, tomei gosto pela coisa.

    Voltei pra um dos jogos que eu tinha olhado originalmente e pensado "meu deus, nunca vou nem TENTAR platinar isso", Demon's Souls, até então meu favorito do console. Tinha terminado uma vez, criado alguns chars pra testar outras builds, e deixado de lado pra jogar outras coisas. E bem, não vou entrar em detalhes quanto à platina de Demon's Souls mas é preciso terminar e recomeçar em New Game+ pelo menos 3 vezes. Fui fazendo os trophies de upgrade pouco a pouco, pegando o que precisava e os trophies que faltavam iam diminuindo. A sensação de olhar aquele JOGO IMPOSSÍVEL e ver 3 troféus faltando é bem peculiar, "agora vai dar" você pensa. Bastantes lutas e farm depois, consegui o troféu, e foi… a definição de felicidade. Até hoje é minha platina favorita x]

    A partir daí desandei, cada jogo jogado me faz olhar direitinho a trophy list ao terminar, para ver se é fácil ou não de platinar. Os que gosto, tento sempre que possível. E nos meus favoritos, faço sempre todos os que posso – a platina geralmente vem por consequência. É um ótimo jeito de prolongar a vida de um jogo que você curtiu, principalmente alguns que se demora 1 semana pra terminar, e 1 mês pra platinar XD Em mim tem o efeito de dar mais "significado" àquele jogo, em vez de ser só mais uma coisa na prateleira. Gosto muito de todos os jogos que platinei, e o fato de os ter platinado só aumenta meu gosto por eles (er… com exceção de inFAMOUS, mas ~caso à parte~).

    Troféus me fizeram gostar e curtir mais os jogos que tenho. Diria até que troféus me fizeram gostar mais de videogame. Inclusive comecei a ter vontade de fazer 100% até mesmo em jogos sem troféus, como Bastion (tem achievements, mas IMO não é a mesma coisa, por causa da contagem da PSN. Se eu jogasse mais no PC, talvez, mas tá longe de ser algo frequente.) Por outro lado, como dito pela Dakini acima, é mais difícil de ter vontade de começar jogos que não dão trophies, por causa da sensação de que "falta" algo. Geralmente consigo quando acabo de subir de nível na PSN, porque o "hype dos 9x%" passa =P (aconteceu em setembro deste ano – peguei lv13 -> 2 meses sem jogar PS3.) Há quem critique e me chame de "trophy-whore" por causa disso, dizendo que jogo apenas por causa deles e etc. Mas, heh, não são eles que pagam minhas contas e já aprendi a ignorar.

    Maior comentário que já fiz no Portallos? Acho que sim, mas o tema merece. XD

  10. Troféu hoje em dia é essencial. Literalmente, né, já que PS3 e Xbox 360 obrigam os jogos a ter. Mas ainda bem. No fim das contas é simplesmente uma praticidade, já que centraliza as conquistas dos vários jogos em um só sistema, sendo que praticamente todos os jogos sempre tiveram conquistas internas, por mais sutis que fossem.

  11. A única vez em que me preocupei de verdade em conquistar todos os troféus foi em Super Smash Bros Melee ( sistema do próprio jogo, assim como no Brawl ), o que me deixou satisfeito pelo resto da vida ( só sabe o quanto é difícil quem já tentou ). A maioria dos jogos pouco me importa. Vou conquistando uns troféus, enquanto jogo, mas sem a ganância de completar 100%.

  12. Quanto ao desbalanço dos pontos, um site achou um jeito de melhorar isso. É o http://www.trueachievements.com.
    Quanto menos pessoas fizeram a conquista, mais trueachievements points ela ganha. Por exemplo, aquela conquista que todo mundo faz (tipo apertar start no jogo dos simpsons) é multiplicada por uma fator 1, mas se for uma conquista q pouca gente fez é multiplicado por 3, 4, 5 ou mais (por exemplo as conquistas mais hard dos guitar hero)

  13. Eu costumo correr atrás dos trophies no meu PS3. Eu acho um sistema divertido, que desafia o jogador, em alguns jogos, especialmente quando o requerimento é secreto, e dá gosto quando você consegue o maldito quando faz aquela coisa que você nunca teria pensado. Além disso, aumenta a vida do jogo. Eu não tenho certeza se teria a paciência de zerar Metal Gear Solid 4 tantas vezes para pegar todos os "emblemas" do jogo. Zerei 18 vezes. E quando consegui todos me senti tão satisfeito, como se fosse o melhor espião do mundo. Aprovo do sistema, mas odeio ser obrigado a jogar online para certos troféis. Não sou muito fã de jogar online…tavez seja só eu, meio anti-social, hehe…

  14. Ótimo post!

    Pra mim o sistema de troféus é a melhor novidade desta geração!
    Não sei pq tem gente que "odeia" … elas podem simplesmente ignorá-los !

    Mas para quem gosta de correr atrás de objetivos e aproveitar um game até a última gota, vale muito a pena.
    E dizem que o sistema é falho pq não tem recompensa… po, uma PLATINA é algo muito recompensador ! 🙂

    http://myps3t.com.br

  15. O mais bacana dessa história de trophies e achievements é que, quando bem feitos, te incentivam a explorar diferentes maneiras de jogar o jogo, seja por utilizar aquela arma que você não curte tanto para matar x número de inimigos ou até mesmos aqueles jogos que tem vários finais diferentes.

    Unificar e quantificar essas conquistas pra mim é só a cereja do bolo, embora eu não seja competitivo a ponto de ficar comparando com outras pessoas e acompanhar rankings e coisas do tipo aprovo 100% a ideia.

  16. A única coisa que me "irrita" nessa história toda de troféus é posições como a da Dakini que deixam de jogar algo por não terem algo do tipo. Dá vontade de estapear a pessoa. xD

  17. Eu curto pegar troféus… não me sinto bem quando olho a lista de jogos e vejo que estão sem a platina (ou sem o 100% no caso dos PSN Games). Para mim foi uma grande sacada da Microsoft em trazer esse tipo de "recompensa" ao jogador e ainda bem que a Sony embutiu os troféus no seu sistema. Isso me fez jogar de maneira diferente. Antigamente eu pegava o jogo e simplesmente terminava! Se os colecionáveis não mudavam em nada a jogabilidade, eu deixava de lado, terminar no HARD?! Para quê?! Acho que os troféus me fizeram dar muito mais valor ao jogo… eu o esgoto até ter a platina! Para mim, jogo colocado no PS3 é jogo platinado! Não tem jeito… não me permito deixar um jogo sem a platina! E uma dica para galera que curte troféus e quer ter um gamecard maneiro ou mesmo conseguir aquela dica marota para conquistar tal troféu… acessem o maior portal brasileiro de viciados em troféus… faça parte do ranking… venha disputar conosco… http://www.myps3t.com.br

  18. Sim, isso sim é sensacional, mas sabe, eu gosto quando o jogo me incentiva a fazer isso por ele mesmo.

    Antigamente você ganhava extras como armas, roupas e fases por cumprir certas condições. Hoje, por cumprí-las, tu ganha uma medalhinha virtual, e os itens e fases tu tem que comprar via DLC. é isso que fode.

    Troféu/Conquista bem feita é que aquele que faz bom uso do gameplay do jogo, mas como a adição deles é obrigatória, tem muita desenvolvedora que não tem tempo de fazer uma boa aplicação e apela para aquelas coisas tipo "mate trocentos inimigos" "termine a fase sem morrer" "vença 5 rounds seguidos", etc. Ora, isso é algo que não agrega nada para mim, pois quem jogou da geração 8-bit em diante já experimentou e gosta dessas coisas.

    Mas vai ver que a geração leite com pêra precisa de "incentivos' pra jogar…

  19. Tenho o 360 e antigamente ate ficava preocupado em pegar os achievements, mas com o tempo fui percebendo que muitos ao inves de mostrar um lado diferente ou mais complexo do jogo são simplesmente achievements fillers, como no Fallout: New Vegas vc tem a possibilidade de começar o jogo de forma mais dificil(tendo que beber agua, comer, dormir) tudo isso pra que no fim vc receba um achievements, entre muitos outros, coisas que ao inves de trazer um lazer melhor só serve pra deixa agente louco pra consegui a conquista, ao inves de como citado acima liberar um plus e trazer uma jogabilidade melhor

  20. Bom, eu acho o lance dos troféus muito bem bolado só acho que deveria haver algum tipo de recompensa pelo 100% com DLCs e talz, isso estimularia muitas pessoas a continuarem jogando m jogo apos ter terminado. Eu sou pobre em platinas rs só posso 1 mais pra mim é bem honrada (Dark Souls) agora estou intusiasmado em pegar platina no Uncharted 3, são jogos que realmente conseguiram me prender. Mas tudo com bastante calma, só o Dark Souls que realmente viciei hahaha mas ja superei isso rs

  21. Eu acho muito maneiro pegar troféus, claro sempre tem aquele troféu idiota, porém existem aqueles que agregam sim ao jogo, um ótimo exemplo é quando em alguns jogos a conquista te diz para testar tal arma, muitas vezes eu passaria direto por tal arma, isso aconteceu comigo em Resident Evil 5, onde tem a arma que dá choque nos zumbis, um nunca pensaria em usá-la se não existisse algo me falando para usar.

  22. Conquistas é algo que hoje não consigo viver sem, aumenta e muito o fator replay do jogo.

    Um jogo jogado normalmente, não fica mais ou menos divertido por causa de conquistas/trofeus, mas ele acrescenta muito a um fator de replay ou pra te tornar um jogador melhor, se um jogo exige que você faça um combo de 100 hits ou mate 30 inimigos sem morrer, você vai correr atrás disso e sem perceber, após pegar a conquista estará jogando melhor.

    Hoje no PS3 dá pra subir automático os troféus do PS3 pro Twitter e Facebook, no X360 é manual, isso me irrita muito, deveria ser automático também.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.