Os Homens Que Não Amavam as Mulheres

David Fincher + Karen O + Led Zeppelin – Tem como dar errado?

The Girl With The Dragon Tattoo Olha, sei nem por onde começar a falar desse filme, mas vamos lá… É uma refilmagem de um filme sueco, que por sua vez é uma adaptação de um livro. Os Homens Que Não Amavam as Mulheres é a primeira parte de uma trilogia de livros que é comumente conhecida por Trilogia Millenium. Eu também não conhecia os livros até assistir o filme original, que por sinal é muito bom.

Os filmes/livros são polêmicos por sempre retrarem a violência contra a mulher em suas tramas, isso é justificado pois o autor, Stieg Larsson, testemunhou o estupro coletivo de uma jovem quando ele tinha 15 anos. O autor nunca se perdoou por não ajudar a garota, cujo nome era Lisbeth – como a jovem heroína de seus livros.

Obviamente os livros/filmes têm uma temática mais adulta e traz cenas e diálogos bem fortes, não sendo recomendado para quem têm estômago fraco. Tanto que esse remake, que está sendo dirigido pelo fantástico David Fincher, está sendo vendido como o feel bad movie da temporada. Creepy.

Nessa primeira parte da trilogia, somos apresentados aos personagens Mikael Blomkvist (Daniel Craig) e Lisbeth Salander (Rooney Mara, irreconhecível!) em uma investigação sobre o desaparecimento de uma jovem herdeira de um império industrial em uma isolada ilha na Suécia. O trailer do filme você pode conferir aqui e a data de lançamento nacional é no dia 27 de Janeiro. Mas a razão para eu escrever este post é outra…

David Fincher é conhecido por criar sequências de abertura incríveis para seus filmes. Em Se7en – Os Sete Pecados Capitais por exemplo (veja aqui), o diário que aparece em cena, foi todo escrito e desenhado de verdade! Como se fosse um diário de um serial killer. Aliás, essa sequência de abertura é estudada e analisada até hoje. Mas eis que surge nas Internets a sequência de abertura do Homens… e não é que o cara acertou de novo? E ainda mais com esse cover lindo que a Karen O fez para a música Immigrant Song do Led Zeppelin, que deixou a coisa toda ainda melhor! VEJÃO!

Isso também pode lhe interessar

7 Comentários

  1. Não sabia que ia sair uma outra versão cinematográfica desse livro!!! Eu até soube que tinha saído a primeira versão, mais nem vi pois as caras dos atores me pareciam fazer que se eu assistisse seria uma bomba.

    A trilogia de livros desse autor me despertam atenção há uns 2 anos mais ou menos, só que quando quero compra-los sempre aparece algum problema pra me atrapalhar…mais enfim, vou ver se vejo esse filme e se gostar da história ali apresentada(como achei que iria gostar quando bati os olhos nessa trilogia no passado) vou ver se finalmente compro essa "bagaça".XDD

    Não sabia dessa coisa triste que o autor presenciou… mais de certo modo me faz ter ainda mais interesse pela obra dele.

  2. Ainda não vi o filme, mas não gostei de terem modificado o final. Até porque existe uma continuação…. Acho que se é baseado em um livro a história deveria ser a mesma. Quanto aos livros, eu gostei muito. Vale a pena ler.

  3. Espero que a versão do David Fincher fique boa, pq eu não gostei muito da sueca, mas os livros conseguiram me prender de uma maneira que eu não esperava.

  4. A história parece ser bastante interessante e o fato do autor ter presenciado um estupro, que o motivou a escrever, torna tudo mais interessante. Ver ao filme, eu acho que não vou, mas talvez eu leia os livros…

  5. o filme é muito bom!! Apesar de ser longo (muia gente nao gosta…) eleconsegue prender vc até o final (vc nao vai ter vontade de ir embora nem dormir) …. Top 5 do ano !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.