Gears of War 3: Forces of Nature é o 4º DLC!

Último pacote expansivo do Season Pass chega em 27 de março

E aí está o 4º DLC de Gears of War 3! Mais mapas, mais personagens, mais armas e alguns easters eggs. É o último conteúdo do Season Pass, o que já me deixa apreensivo para saber se teremos um 2º Season Pass ou até mesmo se teremos mais DLCs para Gears 3 ao longo de 2012.

Forces of Narture trará então 5 mapas, sendo três totalmente inéditos (Aftermatch, Artillery e Cove) e dois grandes remakes dos games anteiores: Jacinto (Gears 2) e Raven Down (Gears 1). Todos os mapas serão baseados em desastres naturais, por isso o nome tema do DLC. Gostei do retorno de Jacinto, que era um dos remakes mais solicitados pelos fãs no forum oficial do jogo, enquanto Raven Down parece levantar bastante polêmica, pois assim como Escalation (que saiu no DLC 3) é um mapa bem desbalanceado e até mesmo pequeno. Mas é isso que torna o multiplayer de Gears divertido na minha opinião. Mapas de vários tamanhos e formas que obrigam os jogadores a se adaptarem as suas condições.

O DLC também trará mais skins de personagens e também de armas. Serão 4 novos personagens, três vindo dos exclusivos de pré-venda e um inédito: Commando Dom LE, Mechanic Baird LE, Savage Grenadier Elite LE e Savage Hunter. Para as armas são 7 novas skins, sendo que cinco estarão disponíveis de imediato e as outras duas serão destraváveis. Eu adorei a skin laranja que aparece nos vídeos acima, seria Metal Liquid Orange? Só sei que curti.

Além disso haverão pequenos easters eggs nestes novos mapas. Haverá 4 novas armas chamadas de “Elemental Cleavers”. Não ficou muito claro se elas poderão ser utilizadas no modo versus, mas estão confirmadas ao menos no modo Horda. Duas delas foram reveladas: Snow Cleaver e Emulsion Cleaver. A Snow irá deixar o inimigo mais lento, como se estivesse para ser congelado, impedindo que ele avance de forma rápida por suas defesas, já a Emulsion irá atirar o tal combustível natural do planeta Serah a longas distâncias, causando danos aos inimigos.

Imagens dos novos mapas e as descrições de cada um (em inglês), após o continue!

Aftermatch

Aftermath is a government park after a tsunami. There is seaweed and wreckage everywhere, and the main play space sits under a huge cargo ship which was deposited on top of a building during the storm. The area floods and quakes during gameplay, as the whole thing is teetering on the edge of falling into the water below. This has gameplay implications as it is difficult to aim during the quakes, and difficult to be stealthy while splashing through the water.

Artillery

Artillery starts out looking like an ordinary military base, but during gameplay a storm kicks up. Lightning begins to flash on the horizon and eventually a tornado develops and sweeps near the play space. Dust and debris are kicked up making it difficult to see, and the buffeting winds can mask your approach.

Cove

Cove is a small port that the Stranded have taken over and turned into a little village. The map is very open with long lines of sight, but there is a really, really heavy layer of fog that masks just about everything. There’s a really nice sniper nest inside a central ship, but the sniper’s form is silhouetted by the low angle light shining through the fog.

Jacinto(GoW2)

Jacinto was a beautiful city, but huge stalks have popped up through the buildings and flooded the entire area with imulsion. Half of the map is dead and crumbling, with imulsion fumes hanging in the air. To make matters worse, the drizzle that is present when a match begins quickly develops into a heavy rain storm that impedes visibility and lines of sight as water starts sheeting off the buildings.

Raven Down (GoW1)

Raven Down is a very small crossroads that is blanketed in a blinding snow storm. A Raven helicopter has crashed in the storm, and crashed through an elevated train on its way down, so there’s train wreckage to deal with as well. The snowstorm ebbs occasionally, but is more often so heavy that it’s difficult to see more than a few meters ahead at any given time.

Isso também pode lhe interessar

20 Comentários

  1. Esse Season Pass de Gears 3 foi a minha pior compra no ano passado.

    A unica coisa que valeu foi a DLC do RAAM, as outras só veio Mapas e personagens, que pra mim não serve de muita coisa porque o Multiplayer do jogo é muito chato, no jogo só vale o co-op na Campanha/Beast/Horde.

    Se tiver outro Season Pass, pensarei 10x se compro ou não.

    1. Gears of War, assim como Call of Duty ou Halo, são games com 80% de foco no multiplayer versus, então eu comprei o Season Pass totalmente consciente que a grande parte dos pacotes seriam mapas e conteúdos do versus. E se fosse o contrário, deixaria muitos jogadores e fãs da série putos. Então pra mim o Season Pass foi perfeito e num segundo, o compraria na mesma hora que saísse.

      Nada contra quem curte campanhas e jogar solo mode, mas pra mim o DLC que menos aproveitei foi justamente o Raam’s Shadow. Joguei e fechei num sábado a tarde e nunca mais rejoguei… enquanto os mapas e versus eu jogo todo fim de semana, por horas a fio, desde o lançamento do game. Campanha é legal. Você joga, termina e pronto. Chama uns amigos, joga no insano e pronto. Gasta-se poucas horas e depois acabou. Não há mais o que fazer.

      Multiplayer versus é que mantém a longevidade de títulos assim. Então pra mim, é mais do que lógico e óbvio que os DLCs de Gears sejam em grande parte voltados ao versus. Jamais pensei que teria mais do que Raam Shadow dentro do season pass. Uma mini-campanha foi mais do que suficiente.

      Só fiquei chateado com o modo Beast, pois achei que a Epic iria incluir novos Locust. Também achei ralo esse modo, com apenas 12 waves. Deveria ser muito mais e ter um pouco mais de estratégia e dificuldade. Horde é fodão sim, mas pra mim os mapas novos são ótimos pra horda, porque jogar horda nos mesmos mapas também enche o saco!

      Season Pass pra mim foi perfeito, exatamente o que eu esperaria de conteúdos de Gears of War.

      1. O ruim é que o Multi de Gears 3 é muito chato, já era no 2, mas esperava que ficasse melhor.

        Tem Multiplayer MUITO melhor no mercado, as vezes jogo Multiplayer de Gears 3 com os amigos, é duas partidas e já ouço, “vamos pro Reach” ou então “Vamos pro BF3”, quando eu mesmo não falo uma das duas frases. LOL

        Gears 3 é um puta jogo, mas o Multiplayer não me cativou, nem a mim nem a meus amigos.

        1. Bem aí concordamos em discordar, porque acho o multi de Gears 3 o máximo! Jogo com vários conhecidos na Live, sempre tem gente jogando, salas cheias, não tem os bugs escrotos de Gears 2, tem várias armas, estratégias e modos que mantem a longevidade do titulo.

          O fato é que tem pessoas que gostam mais de FPS do que TPS… na minha lista de amigos tem quem curte ambos os tipos de jogos. Se na sua só tem gente de FPS, fica dificil mesmo. Mas eu jogo com bastante desconhecidos e curto bastante também.

          Gears 3 só é chato pra quem quer que seja chato. Eu acho a melhor coisa que existe no Xbox 360. Pra mim é Gears > Halo > Call of Duty. Por sinal acho Battlefield 3 um porre. XD

          Opinião é opinião. Gosto é gosto. Cada um é cada um. 😛

          1. “Gears 3 só é chato pra quem quer que seja chato.”
            Tipo, acho q tu errou aí. 😛 Não q eu acho GW3 chato mas às vezes as pessoas estão só acustumadas com outros tipos de jogos e não “colam” nelas. Gears mesm, eu não queria q ele fosse chato mas pra mim ele acabou sendo, quando fui jogar, tive a impressão q os devs estavam fazendo um fps e de última hora decidiram trocar pra tps*, aí não deu, não consegui gostar do jogo, pelo menos não o suficiente pra jogar o multi, só a campanha e olhe lá.

            *Vou explicar: desde q aprendi a jogar shooters num controle [não tem jeito, mouse é + fácil] com GTA em que o personagem anda em qq direção ficou meio difícil me acostumar com Gears. Quando eu viro o analógico pro lado, o personagem passa andar de lado! Tipo, eu achei bizarro e acabei deixando de lado. Enfim, realmente não é meu tipo.

            PS: Já pra mim Battlefield é o melhor. 😛 Sei lá, esses MP em geral são todos padrões com mapas pequenos onde só importa matar o primeiro q vê pela frente. Aí quando comecei a jogar BF e ver aqueles mapas gigantes com várias possibilidades de rotas… Putz, tive um êxtase cerebral… 😛

          2. Nunca joguei o MP de Halo mas também acho o MP de BF o melhor de longe, pois tem uma proposta que me agrada mais, depois vem GoW e Killzone, que até acho legais, mas CoD eu acho um lixo, nem a campanha consigo jogar mais direito.

  2. Não que eu não goste de novos mapas, mas PQP, será que é dificil lançar novos capitulos pro modo campanha?! ¬¬’ Quando comprei o Season Pass esperava pelo menos que fosse 2 DLC’s de campanha e dois de multiplayer.

    1. Com certeza é difícil sim, não é a toa que Raam Shadow custa muito mais do que os outros DLCs. E a Epic NUNCA disse que faria mais do que 1 DLC relacionado a campanha. Não ao menos dentro do Season Pass.

    2. Joguei não, eu jogo GoW 3 deve vez em quando no 360 do meu irmão (Tenho PS3), a live que eu tenho é mais para jogos de PC. Mas depois de ver o Mass Effect 3 funcionando com os comando de voz do kinect, tenho me segurado para não fazer a loucura de comprar um 360 para mim agora, mas acredito que lá para o meio do ano eu acabe pegando um ae vou pegar GoW Triple Pack+GoW 3+Halo Reach (Vou ver se gosto) numa tacada só, além do ME3 é claro, só torço para que baixe um espiríto de bom samaritano na MS e ela lance uma versão de GoW3 já com todos os DLC’s incluídos, ae seria muito bom para meu bolso.

  3. @Lucas Vinícius

    Cara não faz sentido isso que vc disse:

    “tive a impressão q os devs estavam fazendo um fps e de última hora decidiram trocar pra tps*”

    Gears revolucionou a forma como se desenvolve um TPS. Em nada tem a ver com FPS.

    Você não deve estar jogando o mesmo jogo que eu. XD – Sem mencionar que odeio shooter por teclado ou mouse. Sempre joguei no controle mesmo. De forma alguma acho esquisito ou ruim a movimentação dos personagens. Pra mim eles são completamente naturais a forma de se mover.

    Quanto a BF3, também não faz sentido a comparação. Gears é combate frontal, não é pra acampar e ficar escondido esperando o inimigo. Gears é matar ou morrer, é mais adrenalina, é confrontar mesmo o inimigo. Não significa que prefira ir pra cima como louco, vc pode colocar estratégia, mas a ideia é sempre avançar e confrontar, e não ficar parado escondido rezando pra alguem entrar no seu campo de mira. Isso é coisa de FPS como BF3… Gears não é assim.

    No mais, não acho errado a minha frase “Gears 3 só é chato pra quem quer que seja chato” – Pelo contrário, o que você disse só reafirma o que eu disse. É chato pra quem quer que seja chato. Se você jogar Gears pensando na forma como joga no PC, ou GTA, ou BF3 ou FPS vc nunca vai jogar Gears de verdade. Gears se joga pensando em Gears of War. Simples assim.

    Gears não é GTA, não é PC-Game, não é Call of Duty ou Halo ou Battlefield, não é FPS. Gears é Gears, sistema de cover, armas overpower, confronto e combate direto. É um gênero próprio, imitado massivamente ao longo desta geração.

    1. “Gears revolucionou a forma como se desenvolve um TPS. Em nada tem a ver com FPS.
      Você não deve estar jogando o mesmo jogo que eu”
      Vou tentar explicar: quando eu disse q PARECIA q eles estavam fazendo um FPS foi pq a maneira de se movimentar é a mesma. Em praticamente todos os tps antes de gears a movimentação era como gta, moveu o analógico, o personagem vira e anda naquela direção, já em gears a movimentação parece um fps pq o personagem só olha pra frente e quando vira o analógico ele passa a andar de lado como um fps [não é a mesma coisa? num fps o personagem só olha pra frente (óbvio) e se mover o analógico pro lado ele vira pro lado], totalmente diferente de gta [a qual eu estava acostumado] e eu acabei não gostando disso.

      E a comparação com BF… bom pra mim são todos shooters e cabe q apesar das diferenças a premissa básica é a mesma, só muda o gosto e maneira de jogar de cada um.

      1. De forma alguma. Putz se movimentasse assim (tipo GTA, Crackdown ou jogos de sandbox) seria um lixo enorme! Tem que ser travado na visão frontal sim. Cruzes! Aí não seria Third Person Shooter!

        Todo TPS atual é assim, você é a primeira pessoa que diz que não gosta da mecânica, fiquei assustado até. O_o

        O pior sistema é o dos antigos Resident Evil, onde vc virava dentro do eixo do personagem, 360 graus e depois andava. GTV ainda usa a visão TPS para tiro, só é livre para andar, mas ainda assim não é tão bacana como Gears na minha opinião. Prefiro o sistema de TPS. Curto muito sandbox, mas só quando o jogo É sandbox.

  4. Ow, Thiago, acho que já joguei contra vc, seu gamertag tá escrito Machuca? Ou foi alguém com o mesmo sobrenome que o seu, pq me lembro bem de já ter visto jogando GoW3

    1. É bem possível que tenha sido eu. 🙂 (afinal nunca vi alguém na Live com a Tag Machuca… a minha é TTHIAGO MACHUCA)

      Eu jogo bastante Gears 3 no público, partidas rápidas, então estou sempre jogando com outras pessoas além da galera da minha Dash. 😉

      1. (Quase um mês depois, achei a página de novo =P) Então acho q foi vc mesmo, pq lembro q no nome tinha uma letra dobrada, no caso o T, minha tag é RobertWHarper, eu costumo jogar Rei do Pedaço em partida rápida, não sou muito chegado em mata-mata, mas ultimamente ando deixando o videogame ligado pra fazer um boost, e qdo vou jogar mesmo é Gears 2, também com o propóstito de fazer boost com a cambada =D

  5. E eu achei mesmo que essa última DLC seria voltada um pouco para o modo Besta, tendo em vista que o primeiro foi para a Horda, o segundo Campanha, o terceiro Versus… Faltou um pouco de criatividade pro povo lá hein

  6. Gostaria de saber se eu comprar o Season Pass (2.400MS) se já vem tudo ou se ainda existe MAIS coisa pra comprar? abs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.