Conversa de Mangá: Bakuman 173 – Yeah! Moment & The Last Volume

Yeah! Moment & The Last Volume já está no Portallos!

A Dakini já comentou aí embaixo no CdM de OP como as coisas funcionarão a partir de agora, teremos dias fixos, mas com isso ganhamos uma certa liberdade. Confesso que uma das coisas desgastantes do CdM é repetir o mesmo discurso furado para os mesmos mangás toda semana em que não há revelações que mutem muito os rumos a serem debatidos. Não mais meus caros.

Sempre quis comentar outros mangás aqui (esse texto de Beelzebub foi quase isso), e a oportunidade  surgiu. Então, me acompanhem nesta nova empreitada, cientes de que haverão spoilers a seguir!

Bakuman 173

Bakuman essa semana teve um tom geral interessante.

A questão toda de Reversi e sua continuidade, de fato, lembra demais Death Note e como tivemos tudo orquestrado maestralmente para o clímax da batalha entre Light e L, e ao fim tivemos uma continuação que não chegou aos pés da primeira parte.

Então coincidentemente (ou não) temos a mesma pergunta chegando aos autores essa semana. Devem ou não continuar? É interessante ver que Ohba, puxa a responsabilidade para Takigi, meio que denotando uma certa culpa talvez na continuação de Death Note. Mas ele não repete o mesmo erro duas vezes. E isso se refletiu na ação tomada por Takagi logo após, e possívelmente no prórprio mangá, que pode estar perto do seu possível fim, sem mais enrolações, sem mais delongas.

Talvez até pela necessidade de poder terminar o mangá quando se quer, foi trabalhado com os autores um ano em temporadas, cujo qual não depende muito de estar em andamento junto ao mangá.

Apesar disto tudo, pra mim soou como enrolação (apesar de fazer sentido) a história em que os sonhos do Mashiro e da Azuki não se concretizaram. porém acho que não deva ser problema resolver isso já no próximo capítulo.

Capítulo da semana muito bom, construiu um cliffhanger no capítulo todo, para que só ao final tivéssemos uma explosão de personalidade de um dos personagens para resolver a questão, como Ohba faz bem demais.

Isso também pode lhe interessar

15 Comentários

  1. Muito legal ver Bakuman em um CDM! Acabei de ler o capítulo e da mesma forma, não consigo pensar em outra coisa, se não em Death Note. Está clara a crítica do autor em não continuar um mangá, apenas por interesse da revista ou financeiro! Ah, estou falando sobre Bakuman… na vida real a coisa deve ser beeeeeem diferente. Tivemos uma mini saga com as dubladoras e agora vamos ter uma mini saga com o editor. Vamos finalmente enxergar toda a responsabilidade que um editor tem dentro de uma revista. Até agora no mangá só foram retradas coisas básicas sobre eles, Bakuman também deve estar chegando no seu Climax, não consigo ver uma continuação após o casamento… mas com certeza será algo épico para o final!

  2. Definitivamente um capítulo pra nos fazer pensar… o clímax maior de Bakuman está chegando, mas será que realmente seria o fim do mangá? Afinal, os sonhos estão se concretizando mas ainda há um quê de insegurança e parece que depois de anos nesse ramos os personagens estão mais maduros e buscando sempre mais (na verdade ta mais pra eterna luta entre Eiji e Ashirogi) e isso pode render bem, porém seria mais enrrolação ou mesmo novos sonhos e objetivos? Agora com a Azuki do lado deles… acho que em alguns capítulo atrás o Takagi até comentou algo sobre o fato deles buscarem sempre mais e mais sonhos para concretizarem (cap. onde ele passam o Ano Novo juntos_Kaya, Takagi e Mashiro), não sei se isso é suficiente pra que o mangá tenha uma expectativa maior do que já se espera, uma vez que queremos o povo todo junto e feliz.

  3. Excelente iniciativa em fazer CDM sobre Bakuman, ainda mais com o provável fim se aproximando… Só não seria o fim, se resolvessem mostrar a dupla mais velhos, mas acho que não tem neessidade disso, acredito que já foi abordado todo conteúdo relevante sobre criação de mangás, animes e relação Jump/Editores/Mangakas…

  4. CDM de Bakuman, que maravilha! Acho que, além de uma referência a Death Note, esse discurso pode revelar algo sobre o próprio Bakuman. Com o sucesso da obra, a Jump pode ter tentado fazer os autores enrolarem o máximo possível (PCP não ter virado anime ainda é, pra mim, um absurdo justificado somente para prolongar a estória, sem falar do Nananime). Dá para sentir o final se aproximando, de repente acaba mesmo em 8 semanas (seria uma metalinguagem fantástica!).

  5. Muito bom Bakuman em CDM, sempre quis comentar detalhadamente ele, pra mim só tem One Piece na frente dele na JUMP quando se trata de história. 😀

    Está claro que o Ohba colocou sua experiencia pessoal com Death Note, também estive pensando nisso desde quando o Eiji terminou Crow usando a promessa que ele tinha feito no inicio do mangá e essa parte eu achei genial, nunca imaginei que ele ia terminar seu próprio mangá.
    Falando sobre o capitulo dessa semana, foi ótimo, colocando toda a tensão para o próximo capitulo, se o departamente editorial vai aceitar a decisão dos autores ou não. Tudo pode acontecer e também acho que o mangá está perto do fim, se encaminhando com este capitulo para casamento do Mashiro e da Azuki e a batalha final por popularidade entre Zombie e Reversi que fará o Ashirogi Muto vencer definitivamente o Eiji.

  6. Bakuman passou por muitos momentos intensos, nesses últimos capítulos do mangá. Até eu, que de início ligava apenas para o lado profissional da trama, condizente ao modo de desenhar mangá e ao fato de ser publicado em uma revista de status como a Shonen Jump, apreciei todos esses conflitos internos, desde a briga para Reversi se tornar anime até o assunto do capítulo atual, sobre prolongar uma obra por mais tempo correndo o risco de comprometer sua qualidade. Confesso que nesse último detalhe não havia percebido a suposta crítica em relação ao que aconteceu em Death Note, e após ler a opinião do povo, neste conversa de Mangá sobre Bakuman, confesso que isso faz sentido. Ohba pensou em em um detalhe que pode levar o seu mangá ( não esqueci do Obata, certo? ) a ter um final ainda mais épico, e como Bakuman é fictício, praticamente tudo é permitido nele, inclusive revolucionar a Jump.

    Não me impressionaria, se o Mangá terminasse em algumas semanas, pois, ao que tudo indica, os sonhos de Mashiro e Azuki já estão praticamente concretizados, e Reversi pode ser o mangá que, mesmo curto, chegou a ser a obra ( ou uma das obras ) número um de Ashirogi Muto que superará Niizuma Eiji, pois sua qualidade foi a melhor possível e passou longe de ser comprometida. E se mesmo assim os protagonistas não superarem o autor de Crow e Zombie Gun, ainda existe a possibilidade de um final subentendido, que, se trabalhado corretamente, não chegará a ser ruim.

  7. Tava pensando aqui… será que uma resposta da Jump, como represária aos autores, seria a troca do mangá que será animado, ou seja, falar para empresa animar Zombie Gun e deixar Reversi na geladeira… Seria uma maneira de adiar o casamento também e extender o mangá mais um pouco.

      1. Também acho que seria tenso isso acontecer, iria enrolar a história sem necessidade e também com Reversi saindo como anime mesmo com o mangá acabando antes convencendo o departamente editorial seria também uma forma de mudar a JUMP, não é raro os editores quererem extender uma série contra a vontade do autor e ele ter que acatar a decisão. Com o Ashirogi Muto enfrentendo os editores e conseguindo surpreendê-los em qualidade no final e em vendas conseguindo a aprovação deles é uma mudança na JUMP.

  8. sobre a revoluçao na jump
    fikou na cara q é esse negocio de acabar uma serie quando achar q ja deu,ja vimos isso em tanto e em crow,e depois dos sonhos serem realizados o ashirogi muto vai viver de series pequenas ate mudar o estilo da jump pensar,por isso acho q bakuman vai ter mais uma saga com esse tema,e o time fukada vai se reunir por isso.

  9. CDM de bakuman no finalzinho do mangá, antes tarde do que nunca rsrsrsrs Muito bom ver isso!!!

    Bakuman foi uma serie que eu adorei no começo, pq eu sou um dos que tiveram o sonho de ser quadrinista, ainda o tenho, mas antes era um sonho igual mashiro e takagi! Mas depois todos os percalços no caminho eram muito bestas, tava uma qualidade muito fraca! Bakuman só ficava bom quando eles aprendiam algo e começa a subir nas toc e se aproximando do objetivo! Na verdade não considero a segunda fase de death note ruim, nem uma enrolação, encaro ela como uma 2º visão sobre o livro death note. Não acho que os dois "herois" superem o L. mas mesmo assim não considero aquilo enrolação. Sagas como a do nanami são enrolações, pq alem de fazer ele voltar, ainda vem com aquela lorota dele ser derrotado mesmo com o método dele, pq na realidade esse método não falharia não! Se bem que muito cacique para pouco indio não da certo rsrsrs
    Pra mim esse sonho do Mashiro e Asuki é uma besteira sem igual, surreal demais, bakuman sempre foi a vida dos mangás e não esse casamento ai!

  10. Eu adorei esse capitulo,confesso que desde o inico de bakuman quando eu não sentia uma certa inspiração ao ver o mangá,justamente pelo sonho escroto do mashiro e da Azuki,fazendo o mangá seguir um inicio bem fraco que conforme o tempo passava animava mais e depois de tantas coisas,chegar ao fim dessa maneira pra min não parece ser algo tão ruim até pq eu acho que não tem como prolongar Bakuman.se bem que o criador pode dar uma de trollador e explorar mais os sentimentos do Mashiro ou da pouco expressiva Azuki e prolongar algo mais porém ainda sinto que bakuman possa continuar sendo publicado por mais uns meses,só espero que não perca a qualidade.Quanto a historia que está ótima já que a situação em que o Mashiro e o Takagi se encontram é meio caotica (pra eles),me deixa feliz ao ver essa certa sensação de que Bakuman tem mais para nos monstrar.outra coisa que me deixou intrigado foi a preucupação do autor ao criar esse mini arcos e explorando sua obvia opnião do continuação do mangá por razões financeiras ou por interesse da revista,isso obviamente me lembro do Death Note! e me arrisco a dizer que mesmo tendo ganhado uma continuação da qual muita gente não gosto,eu até que achei estava em nivel oportuno,eu consegui ingerir todo conteudo sem ao menos desgostar de nada,talvez seja só eu mais eu até que gostei dessa segunda Fase do Death Note.

    1. Eu também gostei, da segunda fase de Death Note. O que me fez desgostar da obra foi [SPOILER] o fato de o personagem mais legal da série ter morrido: o L. E acredito que com a grande maioria dos fãs foi o mesmo, pois, pelo menos eu, não notei queda de qualidade em Death Note.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.