JapãoMiscelânea

Você se Lembra? Abertura de animês em português!

No Brasil!

Todo mundo que viveu sua infância nos anos 90, presenciou o boom dos animes na TV aberta. É comum falarmos vez ou outra da nostalgia que eles trazem, quando o assunto vêm à tona numa roda de conversa ou mesmo numa discussão bem humorada enquanto voltando para casa. Lembrar daquelas manhãs ensolaradas que você sentava na frente da TV sem nenhuma preocupação apenas para ver o que os heróis iam fazer para resolver o problema do dia. Ou então, sim, para ver aquela abertura que você adorava pela milésima vez e odiar quando o canal decidia cortar ela naquele episódio.

As aberturas brasileiras, no passado, ainda que nem sempre totalmente fiéis ao conteúdo original, agradavam muito e suas versões adaptadas das músicas, grudavam em nossas cabeças e faziam crescer em nós um grande carinho por elas, fazendo com que acompanhasse-mos a letra, cantando a plenos pulmões.

Hoje, não sei como andam as coisas. Parei de assistir TV tem um bom tempo e não tenho paciência para acompanhar os desenhos infantis que tomam conta da programação. Mas como relembrar é viver, resolvi separar aqui as minhas cinco aberturas brasileiras preferidas e fazer vocês reviverem um pouquinho esse sentimento de nostalgia por esse tempo tão bom.

Essa lista de aberturas não tem ordem de preferência, assim como aquele Top 5 de séries que fiz a algum tempo. Não, aqui organizei mesmo pela ordem que veio na cabeça. Espero que apreciem comigo.

InuYasha – Mudar o Mundo

Começando pela música que me inspirou a fazer esse post. Certamente, desta lista, uma das que tem a letra mais bonita e mais tocante. A versão que vi na TV, na época, era meio cortada e não mostrava ela toda. Hoje, na Internet, ficou mais fácil ter acesso ao vídeo, e também crescido, deu para perceber melhor o quanto a letra é encantadora. Sobre o anime, assisti ele bem pouco, era período de férias, então só pude ver o quê? Uns 20 episódios? Até que gostava do anime, mas hoje não teria coragem de assistir novamente.

Dragon Ball GT

Para muitos, foi considerada a pior fase de Dragon Ball. É verdade, GT não era nem de perto o que foi o auge da fase Z ou as aventuras divertidas de Goku na série clássica. Mas não dá pra negar que a abertura era extremamente linda, com imagens bonitas, calmas e uma música agradável e um tanto romântica, o que é estranho, pois a letra não combinava muito com o anime. Mas isso é mero detalhe… O negócio é apreciar a melodia, cantar e permitir que os olhos dêem aquela suadinha básica, afinal é verão né?

Digimon Tamers

Outro anime questionado por muitos. Como sempre, os mais nostálgicos vão dizer que a melhor fase era a primeira e tudo mais. Eu vou meio que contra essa onda… Eu gostava bastante de Digimon Tamers, e só não assisti ele todo, também, justamente por causa das aulas, mas a história era bem fascinante aos meus olhos, e sinto vontade de ver ela qualquer dia. Mas voltando ao assunto que importa, a música era bem animadora desde o seu início. Alguns amigos meus brincavam dizendo que a letra tinha um quê de megalomania. Tendo ou não, era super divertido escutar essa música e ficar cantando. Música inesquecível!

Cavaleiros do Zodíaco – Pegasus Fantasy

Impossível não falar de Cavaleiros do Zodíaco que possui tantas aberturas marcantes, desde aquelas da Rede Manchete, até a clássica Pegasus Fantasy que resolvi escolher para colocar aqui. É, as outras ficam de fora por falta de espaço mesmo, mas mesmo assim elas têm um carinho enorme. Pegasus Fantasy traduz aquilo que CDZ é, um bom anime de luta que nos prendia na tela da TV, ansiosos para acompanhar o próximo episódio da Batalha das 12 Casas. Marcou para quem é dos anos 90.

Pokémon

Outro boom que ocorreu na TV aberta, trouxe consigo uma abertura bonita que despertava em quem assistisse a vontade de ser um treinador Pokémon. “Esse meu jeito de viver, quem nunca foi igual…” e completem o resto! Impossível esquecer isso e relembrar o tempo que você colecionava milhares de produtos relacionados aos monstrinhos de bolso, desde uma revista que saía, acho que, quinzenalmente, até os famosos tazos.

É isso gente, muita música legal ficou de fora, vale citar várias dela, mas acho que vou guardar para falar delas em outro post. E claro, tem as aberturas originais, as japonesas, que também pretendo fazer uma listinha das minhas preferidas. Enquanto isso, curtam estas aqui e lembrem-se: Relembrar é Viver!

Isso também pode lhe interessar

Raphael Meltoh

Bio: Gamer desde a infância, mas precisamente desde os 5 anos. Amo séries (comecei pela influência de Lost), e animes. Jogador de RPG e apaixonado por cinema. Descobri recentemente também o gosto por HQ's. Ah! E é claro, fã confesso de Phoenix Wright!
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.