AssistindoJapão

CdZ: The Lost Canvas & Extreme Ghostbusters disponíveis na Netflix

Duas excelentes adições para o catálogo da Netflix!

Admito que fiquei bem surpreso com estas duas novas estréias dentro do catálogo da Netflix (serviço de TV por streaming). Extreme Ghostbusters é uma série animada bem rara, de 1997, e não tem o mesmo sucesso que o desenho clássico (The Real Ghosbusters), mas ainda assim é muito bem vindo para relembrar essa ideia de uma nova geração de Caça-Fantasmas. Vale lembrar que até hoje se discute uma sequência da franquia no cinema e um dos muitos planos para isso seria criar um novo time, tal qual o desenho fez em 1997.

Claro que era a década de 90, então o desenho tem muitos tipinhos estranhos. Fora que o traço do desenho é o mesmo de outros clásicos da época, como MIB – Homens de Preto e Godzilla. Eu acho muito bacana esse estilo de animação, mas acredito que a galerinha mais nova vai estranhar pra caramba. Mesmo assim é um desenho que vale pela nostalgia. A série está completa na Netflix, com seus 40 episódios.

E Cavaleiros do Zodíaco, hein? Não foi dessa vez que a série clássica ficou disponível para gente, mas ter The Lost Canvas, que muitos consideram como a melhor coisa que já fizeram com a franquia, não é pouca coisa. Eu mesmo admito que tenho curiosidade pra ver Lost Canvas mas nunca tive um acesso fácil ao conteúdo. Baixar ela hoje em dia é um saco com essa política escrota dos fansubs e links quebrados para episódios lançados num passado nem tão distante. Comprar pelos DVDs da Playarte jamais e como é uma série que não passa na TV… estava mesmo esperando uma oportunidade como essa!

A melhor coisa nisso é que parece que a Netflix escutou seus clientes. The Lost Canvas está disponível com áudio original em japonês com legendas em português! Mas não curte áudio original? Tem dublagem também! Um detalhe importantíssimo na minha opinião. Até hoje não assisti Kekkaishi na Netflix, e nem vou assistir, enquanto só existir áudio em inglês no animê.

Ao todo a série tem 26 episódios, mas hoje, a Netflix disponibilizou apenas a primeira temporada, com seus 13 episódios. Mas com certeza o restante dos episódios deve chegar em algum momento futuro. O serviço não tem o hábito de largar as coisas pela metade.

E para encerrar, hoje a Netflix mandou um comunicado para todos seus assinantes. A assinatura do serviço subiu de R$ 14,99 para R$ 16,90. Para quem é assinante antigo, o reajuste virá apenas em 1º de agosto, para os demais já está valendo a partir de hoje. Não é um aumento absurdo na minha opinião e se isso é necessário para o serviço continuar e o catálogo de opções continuar a crescer está ótimo pra mim. Afinal, não é R$ 1,91 que vai quebrar meu orçamento mensal. Acho justo, o serviço chegou ao Brasil em 2011 e até hoje nunca havia sido reajustado, sendo que há muitos outros serviços hoje em dia e com um preço maior do que o cobrado pela Netflix. E como os conteúdos bacanas continuam chegando (ainda que num ritmo mais lento do que o primeiro semestre de 2012), não acho injusto o pequeno reajuste. Mensalidades de TV por assinatura costumam ser bem mais agressivos que isso e o aumento vem todo ano. Vale a pena continuar assinante da Netflix? Na minha opinião sim.

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.