AssistindoMiscelâneaOfertas e Descontos

Dica: BD da Trilogia Transformers em oferta!

Além de outras trilogias em blu-ray que merecem uma espiada!

Farei uma dica rápida hoje, mas bem interessante. O Submarino está com algumas coleções em blu-ray com um ótimo preço. Trilogias de filmes por R$ 69 cada. Clique aqui e dê uma olhada aqui na seleção feita dentro dessa faixa de preço. Não são títulos glamorosos ou coleções chiques, mas há coisas interessantes ali. Pensando que algumas dessas coleções possuem 3 filmes, cada BD sai por volta de R$ 23. Um preço justo para um filme em HD na minha opinião.

Há que se levar em consideração a sua paixão por cada título. Por exemplo, Matrix que está lá com seus três filmes. O box em BD aqui no Brasil é bem podre se comparado com o que você pode importar da lá de fora. Mas essa é uma opção para verdadeiros fãs de extras e conteúdos de filmes que são favoritos na prateleira. Se você quer apenas no filme em alta definição, o box nacional quebra o galho. Não é o meu caso com Matrix. Eu acho a trilogia fenomenal e pra mim os extras e os conteúdos adicionais são fantásticos e para tal, tive que importar o box internacional ano passado para ter eles na “BDteca”! Saiu bem mais caro é claro.

Não é o meu caso, porém, com a trilogia Transfomers. Nesse caso não me importo muito com conteúdo adicional além dos filmes em si. Só os filmes em HD já bastam pra mim. Curioso que nunca tive vontade de ter os BDs duplos da franquia. Acho galhofa o fato dos 2 primeiros filmes terem sido lançados no Brasil apenas com áudio em inglês. É ridículo disponibilizar um filme pipoca como Transformers e não colocar a versão dublada do filme. É por isso que até então não havia tido o interesse nos filmes em blu-ray aqui na coleção em casa.

Mas agora que eles finalmente caíram para um preço “OK”, até dá para engolir a falta da dublagem. Eu curto filmes legendados, até prefiro o áudio original, mas acho importante sim a dublagem. É por conta de absurdos como esses que até hoje não comprei Goonies em blu-ray ou o quanto acho porco o primeiro BD do Homem de Ferro que também não tem o áudio em português na versão lançada para nosso mercado. Em casos como esses, só mesmo deixando os títulos encalhando nas lojas e só comprando em último caso, em promoções como essas, onde o valor do filme fique realmente justo para o material mediano da nossa versão.

A dica aqui é válida então, mas só se você realmente não se importar com essas questão que envolvem  coleções meio capadas, sem discos adicionais de extras ou filmes que só possuem a opção de vê-los legendados em português. Mais para quem quer o filme em si, e não tem problema nenhum com o áudio em inglês e legendas no nosso idioma.

Ah mas dentro da seleção de títulos dessa oferta do Submarino existem coisas interessantes, como a primeira trilogia do Homem-Aranha, do De Volta para o Futuro, da Era do Gelo, de O Senhor dos Anéis, dos X-Men e até mesmo de O Poderoso Chefão, um clássico do mundo do cinema. Dentro dos citados aqui, possui o do Homem-Aranha e da Era do Gelo. Pra mim são versões normais, de filmes que já tinha na coleção em DVD e que por um preço baixo, valeu a troca para a versão em alta definição. Não preciso de versões turbinadas desses filmes. No caso do Senhor dos Anéis, optei pelas versões estendidas em BD, do De Volta Para o Futuro ainda prefiro o box nacional em DVD que tenho em casa e X-Men tenho os BDs individuais mesmo. Enfim, cada caso é um caso. Coleções nem sempre se fazem necessário a versão mais pomposa de determinado filmes. As vezes o que vale mesmo é o filme em si e a pipoca para comer enquanto ele rola na TV.

<<Veja a seleção de títulos: Clique Aqui>>

Fica a dica! 😉

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios