Jogando

Desabafo | Região Free do Xbox One não é mais tão “Free” assim…

xbox games store

Se você participa de algum fórum ou comunidade na internet sobre o Xbox já deve estar sabendo do burburinho que anda rolando a respeito de comprar pela Xbox Live em outras regiões fora da Live brasileira, prática comum considerando o preço dos games praticados oficialmente aqui no Brasil. E novamente é aquela história que não me canso de repetir: nunca acharei justo um game custar 199 reais.

Mas o caso é que desde seu lançamento o Xbox One foi anunciado como um console de Região Free, ou seja, você pode configurá-lo para qualquer região na qual o serviço exista. No Xbox 360 isso era possível também, mas uma fez configurado, você só poderia alterar a sua região uma vez por ano. A mudança de região de um sistema assim precisa existir, pois imagine alguém que se mude de país, a opção de mudar a região de seu console deve existir pois várias razões, desde compra na moeda local a games que são lançados apenas em certos mercados.

E faz algumas semanas que anda rolando esse papo de que apesar de ainda ser possível mudar a região do Xbox One, não está mais sendo possível realizar qualquer compra dentro do serviço com cartão internacional em outras Lives estrangeiras, ainda que o mesmo já esteja configurado no console e já tenha sido usado vezes anteriores com sucesso. Posso confirmar que isso é realmente verdade e o bloqueio me parece que está sendo feito por IP, independente de onde a sua Live era originalmente.

Há duas semanas atrás fiz a minha pré-compra de Halo: The Master Chief Collection através da Live US, pagando os 59 dólares do mercado americano, usando o cartão que sempre usei para comprar no Xbox, seja no One ou no 360. E estava tudo funcionando perfeitamente. Até que neste final de semana resolvi comprar Sunset Overdrive, aproveitando que a fatura do cartão fechou e a cobrança só viria no próximo mês. para minha surpresa: erro na compra. Tentei novamente, depois tentei no site do Xbox, dei uma tentativa para o Smartglass e nada da compra ser realizada. Não era o cartão, pois ele sempre funcionou e havia saldo de sobra.

Isso serviu para constatar o que já vinha ouvindo ser mencionado em fóruns. Não estava mais sendo possível adquirir games de outras regiões da Live com cartões internacionais. A princípio parece que esse bloqueio surgiu para a comprar na Live Índia e Hong Kong, isso porque havia muitos brasileiros comprando os games através destes regiões, pois eles saiam mais baratos do que qualquer outro lugar do mundo. Até aí tudo bem, eu entendo os motivos de bloquear compras de outras regiões, em especial, destas de outros mercados tão diferentes do nosso, em especial o asiático, justamente devido a esta diferença grande entre as moedas e o câmbio. Mas achei estranho e errado o bloqueio da principal região da Live, a US (dos Estados Unidos) já que ela era o ponto em comum de todas as Lives do mundo inteiro, e sendo que muitas contas que existem são de origens da US, oriundas de uma época onde não haviam outras Lives pelo mundo.

Pude constatar também que o bloqueio não advém de um problema com determinado tipo de cartão ou configuração do console. O bloqueio é realmente de IP (que diz em qual país você está). Fiz um teste que para muitos é muito chato e complicado, que é ativar um sistema de VPN (que esconde seu IP e faz parecer que sua conexão é de um outro país) e tentei realizar a compra do Sunset Overdrive pela Live US pelo mesmo cartão que havia dado falha anteriormente. Funcionou e comprei o game.

Aí restava apenas o risco de ver o download cancelado ou com erro em seu fim, o que felizmente não ocorreu. No Xbox 360, a VPN precisa ser ligada nos momentos finais do download para que o conteúdo seja novamente autenticado pelo serviço e seja concluído. E eu só sei disso porque por muitos anos os DLCs de Gears of War eram bloqueados na Live US para o Brasil, o que sempre foi uma merda porque sempre limitou o acesso da galera a eles por aqui. Parece que, por enquanto, esse tipo de verificação ainda não acontece no Xbox One, mas não duvido que em breve isso possa mudar. E aí volta todo aquele esquema chato, burocrático e cansativo de ficar fazendo VPN (além dos riscos disso ser considerado violação dos termos da Xbox Live e ter sua conta banida). E para dar aquele toque terrorista ao assunto, há murmúrios que muito em breve nem mesmo os Gifts Cards de outras regiões irão funcionar se o IP não bater com a região do cartão na hora da compra.

Ou seja, se a Microsoft quiser combater essa prática de comprar conteúdo em Live diferente de onde o jogador estiver, ela pode e há muitos meios de recursos para tal.

Isso gera novamente alguns conflitos dentro da comunidade. É válido esse tipo de imposição da Microsoft? Quer dizer, há realmente um problema grande impedir que você compre um lançamento por 59 dólares ao invés dos 199 reais da Live BR? Ela sai realmente perdendo com isso? Porque a meu ver, antes comprar numa Live americana do que aqueles tempos de pirataria desenfreada que aconteceu no Xbox 360 por um tempo.

É uma grande discussão porque, como já disse diversas vezes aqui no blog, sou totalmente contra esse modelo do mercado nacional que acha tudo bem vender um game por 199 reais. Não acho um preço honesto e nem justo. Por questões de princípio prefiro esperar o tempo que precisar para baixar um game e pegar ele num preço mais honesto por aqui, mas não pago 199 nele. No final da geração passada, os jogos estavam começando a custarem o correto, entre 149 a 159 no lançamento. Preço equiparado e próximo dos 60 dólares do mercado americano. Para nossa realidade ainda é um alto valor, porém mais justo no sentido de que valia a pena apoiar o mercado nacional e deixar pra lá o preço americano. Mas uma nova geração começou e as empresas acharam OK ferrarem tudo e voltarem com os malditos 199 reais (ou mais, como no caso do lançamento de Titanfall por aqui). Não dá para apoiar isso. Eu não consigo.

Outra questão fica por conta das mudanças que estão ocorrendo nessa nova geração com os games digitais. Se já era complicado comprar um game de caixinha por 199 reais, onde ou você tem aquele apelo colecionista ou a opção de vender o jogo como usado mais a frente e rever parte do gasto, fica ainda mais complicado pagar 199 reais por um game digital, sabendo que até o momento você não pode vender a licença do game e parte alguma pode voltar pra ti quando cansar do mesmo.

O mercado está mudando, a forma de se adquirir games também. E esse bloqueio da Região para compras de games no Xbox One me parece um pequeno retrocesso no mercado. Sinceramente? Isso não irá me obrigar a pagar 199 reais do game nacional. Só me fará jogar menos, ou buscar mais promoções em outros lugares, optando pelas mídias físicas e atravancando o crescimento e a tendência do mercado digital, infelizmente. Nos piores cenários isso pode até fazer uma pessoa a mudar de plataforma. E nesse sentido, todo mundo só tem a perder um pouco.

Fica esse pequeno desabafo do que anda rolando atualmente entre alguns usuários do Xbox One. Não sei exatamente como é na linha do PlayStation atualmente, mas imagino que não esteja tão chato e burocrático assim. Já tive um PSP no passado e apesar de achar um porre a ideia de adicionar créditos na minha conta da PSN para comprar games online (porque meus cartões não funcionavam diretamente, e não era possível adicionar o valor exato que queria, ou sei lá o que acontecia na época) nunca li ou vi qualquer papo a respeito desse tipo de bloqueio através da PlayStation Network.

E é isso, no momento é torcer para ao menos as Gifts Cards continuem funcionando e que a compra dos games não passem a serem bloqueados individualmente por região tal como era no Xbox 360. Parece que as dores de cabeça dessa nova geração estão só começando!

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.