Dando Nota!Jogando

Gears of War 4 | Multiplayer Beta com simplicidade e sem megalomania! (Impressões)

Existe uma grande responsabilidade para o próximo game da série Gears of War. Afinal, depois de atingir o ápice na geração Xbox 360, com uma história e uma trilogia totalmente fechada, existe um certo receio do que será de Gears of War 4, especialmente depois do tombo que foi Gears of War Judgment. Não esquecendo que a IP está em casa nova, agora 100% exclusivo da Microsoft, em um novo estúdio, porém ainda sobre o comando de Rob Fergusson, um dos criadores originais da série. E com toda essa “pouca” pressão, temos um beta do multiplayer de Gears 4!

No momento em que escrevo estas impressões o beta segue em sua fase fechada, liberado apenas para aqueles que jogaram Gears of War Ultimate Edition e alguns outros que conseguiram os acessos por sorteios e passes de imprensa. Na próxima segunda-feira, dia 25 de abril, a Microsoft o liberará para todos os membros da Live Gold e assim ele ficará até dia 1º de maio.

Para quem andou viajando para outro planeta e perdeu parte das novas informações que foram liberadas pelo estúdio do game, a The Coalition, ao longo do mês de março, recomendo fortemente a leitura desta matéria aqui no site.

Visual do beta

A primeira coisa importante a ser mencionado aqui talvez seja a respeito dos gráficos que o game está apresentando nessa fase do beta, pois o que vi de jogadores reclamando em redes sociais, sem entender porque os gráficos estão como estão neste beta chega a ser meio que impressionante (ou assustador, depende do seu ponto de vista).

Não, o multiplayer de Gears of War 4 não terá com exatidão os gráficos que estão sendo exibidos para este beta. Rob Fergusson já havia comentando a respeito de fases de betas e como muitos estúdios andam usando essa ferramenta de desenvolvedores para entregar demos de luxos e como isso acaba confundindo um pouco os jogadores.

Gears of War 4 BETA (6)

O caso é que a modelagem dos personagens e até mesmo os gráficos do beta de Gears of War 4 ainda não estão totalmente finalizados. Este beta está rodando com um multiplayer praticamente em pré-alpha (segundo declarações do próprio Rob), ainda com muito a ser finalizado. Isso porque o objetivo aqui não é apresentar os gráficos do game, mas mostrar para a comunidade da série como o jogo em termos de mecânica, física e ritmo está ficando.

Talvez haja motivos para não revelar o visual final e polido dos personagens e mapas nesse momento. Eu acredito que pronto certamente este elemento devam estar, ou ao menos perto de estar. Afinal o lançamento do game está quase aí, daqui 5 meses e alguns dias. Talvez seja pelo potencial de servidores e da rede que não estejam prontos para um visual mais pesado, com muito mais textura e detalhes. Sabe-se até mesmo que nem todas as falas e áudios dos personagens estão presentes neste beta. Enfim, não que isso importante agora, porque meio que não importa mesmo, especialmente se for pensar a respeito do que o próprio Rob disse a respeito de betas não precisarem se comportar como demos.

Gears of War 4 BETA (7)

Dito tudo isso, também posso dizer que nem tudo está visualmente feio nesse beta. Eu gostei bastante dos cenários apresentando nos três mapas presentes aqui. Cheio de detalhes para todo o canto, sem entregar muito desse novo mundo da franquia, 25 anos no futuro da história da série.

Lembranças da megalomania de Gears of War 3

Há um consenso entre os fãs e comunidades de Gears of War que o melhor multiplayer de toda a série até hoje é Gears of War 3. E faz sentido ser. Foi o que trazia uma quantidade insana de mapas, foi o que criou muitos modos de multiplayer, trouxe um set de armas mais expansivos (eu adoro a Retro Lancer), muitas skins de personagens e consertou muitos problemas de conexões que Gears of War 2 possuía para quem não morava dentro dos Estados Unidos.

Foi o Gears 3 que aposentou a predominância da Gnasher, trazendo a Escopeta Serrada, foi quem trouxe a corrida da morte empunhando a Retro Lancer, foi quem trouxe mais modos do que conseguíamos jogar, além de eventos pontuais e recompensas para quem participasse destes eventos.

Mas também não foi um game perfeito na minha opinião. A megalomania de Gears of War 3 tinha seus problemas. Muitas salas e modos com poucos jogadores, tanto que a Epic ao longo do primeiro ano de lançamento do game mexeu nisso diversas vezes, tentando equilibrar e acertar. As armas tinham um desbalanceamento enorme, a Retro Lancer perigosamente quase aposentou as outras armas do jogo, de tão apelona foi em uma das fases iniciais do game, antes de um update trabalhar nisso e abaixar seu poder de dano. E o jogo ainda tinha o modo Horda, que era fantástico e o modo Bestas, uma boa ideia ainda em fase de amadurecimento. Era muita coisa, mesmo para tantos jogadores sempre online. Era tudo muito segregado.

E já foi mencionado que o multiplayer de Gears of War 4 foi desenvolvido pensando no fato da comunidade sempre eleger Gears of War 3 como o melhor multiplayer de toda a série, porém pelo que vejo aqui nesse beta, não é bem assim. É como se Gears of War 3 tivesse encontrado um equilíbrio, que talvez apenas o primeiro multiplayer de Gears of War possuiu.

Alias posso falar sobre o multiplayer do primeiro Gears of War, lá de 2006, com uma tranquilidade total. Joguei muito seu multiplayer. Tenho um sentimento todo nostálgico pelos primeiros mapas da franquia, como Gridlock, Mansion, Canals, Escalation e outros. Bons tempos onde tudo era novidade.

Gears of War 4 BETA (8)

O primeiro Gears tinha algo mais sombrio, mas pesado, mais tenso, não só em sua campanha, mas em seu multiplayer também. O jogador tinha apenas duas escolhas: Lancer ou Gnasher para se virar em quase toda a partida e o objetivo das partidas eram sempre um, o de dominar as zonas de armas especiais. Em Gears 3 isso nem sempre era necessariamente o cerne das partidas, afinal muitos gostavam da Espingarda Serrada, tal como a Retro Lancar. Não que fosse ruim, mas era um sentimento diferente. O jogador com uma destas armas não tinha medo de uma Boomshot ou uma Digger. Fora que eram tantas armas que situações clássicas, como os duelos de Gnasher eram mais raros.

Enfim, eu posso ficar o dia todo aqui relembrando fases e momentos do multiplayer dos antigos games da série Gears of War, mas acho que é prudente parar um pouco e focar no que vi neste beta de Gears of War 4. E o caso é que o beta abre mão dessa megalomania de muitas armas, muitas opções, para apresentar um Gears of War mais clássico. E isso é – parcialmente – muito bom!

Menos é mais!

Isso significa que as opções de escolhas no beta de Gears of War 4 são menores. Esqueça as armas de Gears 3 e retorne para o clássico. As armas presentes nesse beta são a boa e velha Gnasher, a sempre confiável Lancer e a que todos odeiam usar, mas quem sabe usar geralmente usa muito bem, a Hammerbuster. Fecham o set do jogador a pistola quebra galho Snub e a sempre confusa granada de fumaça. Sentimentos de volta para 2006 com o primeiro Gears of War? É um pouco por aí mesmo.

Ter menos opções significam partidas mais equilibradas e mais dinâmicas, por assim dizer. Pensei em escrever “partidas previsíveis“, mas isso soaria com uma conotação errada. Veja bem, fazendo a lógica reversa, o que quero dizer é que o caos nem sempre é um bom elemento. Aqui os jogadores sabem o que estão enfrentando e as surpresas seguem fixas nas habilidades de cada time e não na arma surpresa em que estes escondem. Não é uma questão de adaptação, mas de observação talvez. Há uma simetria nas partidas, que torna o game mais competitivo. Quando eu penso em Gears 3 no multiplayer, só consigo pensar em caos, com os desenvolvedores sofrendo para acertar o equilíbrio de tudo que criaram.

Gears of War 4 BETA (16)

Isso significa que Serrada e Retro não estarão presentes em Gears of War 4? Oh, eu espero sinceramente que não seja isso. Torço muito por um modo multiplayer com todas as armas malucas possíveis da série. Um modo caótico sim, mas não todos os modos e modalidades do multiplayer de Gears 4. De toda forma, fico aliviado de encontrar um beta multiplayer mais balanceado, mais contido na tecnicalidade dos jogadores do que em uma infinidade de armas, apenas para mostrar “olhe tudo que temos aqui“.

Em rota de confronto!

Até mesmo os mapas presentes neste beta, Dam, Harbor e Foundation, passam essa sensação de simetria. Não são mapas tortos, onde um lado chega a ser mais vantajoso do que o outro. Há alguns mapas do passado da franquia Gears of War que eram um pesadelo dependendo do lado em que um time desse respawn. E isso é legal, ver que a The Coalition realmente está pensando no balanceamento e simetria precisa ter no futuro, assim como nas vezes que já teve em seu passado.

Gears of War 4 BETA

Gostei muito dos novos mapas, pois eles possuem a identidade da série. Com bons pontos de combate e artimanhas que os jogadores podem criar para pegar os adversários de surpresa. Talvez o que menos goste seja Dam, que se passa em uma represa. Esta mapa possui três pontos principais de acesso a equipamentos especiais. A granada que fica no extremo do mapa deveria ficar ao meio, enquanto a arma especial do meio deveria ficar na ponta. É meio complicado sair do meio do mapa com uma arma especial, sabendo que o time adversário pode ter uma arma especial em uma extremidade e a granada na outra ponta.

Gears of War 4 BETA (18)

Já Foundation adorei seu cenário, que parece ser ficar nas proximidades de uma base da COG. A parte superior do mapa é ótimo para tocaias e pegar inimigos de surpresa, enquanto no piso inferior, onde há a arma especial, as batalhas lá dentro são intensas e quase sempre mortais. Apenas o corredor do meio do cenário me parece um pouco complicado, pois andar por ali parece ser morte certa sempre. Pra mim os desenvolvedores deveriam mexer ali, fornecer alguma cobertura ou estratagema para não ser tão perigoso andar por ali, fazendo com que os jogadores evitem o meio do mapa.

Gears of War 4 BETA (5)

Por fim, Harbor! Que mapa delicioso! Várias entradas, acesso a granada que pode virar totalmente a partida, bons esconderijos e armas especiais que fazem toda a diferença nas partidas. O cenário do mapa também é um show a parte, já que ele se passa dentro de um navio em meio a uma tempestade e um mar agitado. Melhor que isso só de o navio pudesse balançar em algum momento da partida, desequilibrando os jogadores. Isso seria incrível, porém infelizmente no momento os desenvolvedores já avisaram que não pretendem mexer com o elemento do clima – presente na campanha – no multiplayer do game. O que é uma pena, pois seria legal se alguns mapas tivessem certas armadilhas mortais para os jogadores ficarem de olho. Tal como o placar de um dos mapas de Gears of War 3 que poderia ser derrubado em jogadores e depois servia de cover aos sobreviventes.

Coladinho na mureta!

Em relação a um dos elementos mais clássicos da série Gears of War, há que se falar da cobertura! O sistema de cover em Gears of War 4 sofreu pequenas mudanças, que podem até mesmo se consideradas pequenas melhorias em relação à todos os outros games anteriores da série.

Agora é possível dar um puxão no oponente atrás de uma cobertura e, ao fazer isso com êxito, o oponente irá ficar meio baratinado (stunt em inglês), dando ao jogador alguns segundos para executa-lo. Assim fica fácil explodi-lo com a Gnasher ou serrar com a Lancer, mas também é possível fazer uma das novas finalizações da série, aquela que você já deve ter visto por aí na qual o personagem enfia uma faca no crânio do oponente. A parte gore continua presente na série.

Gears of War 4 BETA (14)

Essa nova técnica é bem interessante, apesar de não se possível ser utilizado em todo e qualquer cobertura, afinal é preciso de uma mureta de dois lados. Não dá para tirar o oponente de cover de uma parede por exemplo. E por mais que a finalização na faca seja maneira, ela não é realmente necessária, e nem mesmo pratica às vezes, já que o jogador precisa dar cover com o A, apertar X para puxar e finalizar com Y. Entre ficar mudando de botões ou apertar o gatilho pra mandar chumbo, fiquei com a impressão de atirar sempre é mais prático, até porque estando muito perto do inimigo acabo sempre ficando com a Gnasher em mãos. Na realidade gostaria que também fosse possível finalizar com a faca em outras situações, como com o oponente caído. Poderia, mas não é possível. Ao menos aqui no beta.

Aliás há riscos nesse novo sistema de cover. Da mesma maneira que o jogador pode dar o puxão no adversário, o adversário pode cancelar o puxão e desorientar o jogador que começou esse ato. E aí é um abraço pra ti.

Esse contra ataque também é válido para os jogadores que pulam a mureta e chutam o adversário em cover. O contra ataque é feito com o botão B e o tempo de resposta é menor que o do puxão, mas ele existe e acho que é só questão de tempo até todo mundo acertar o tempo certo de resposta a estes novos tipos de ataque.

Gears of War 4 BETA (3)

Aproveitando que comentei do pulo da mureta, e isso já existia no Gears 3, que consistia do personagem grudar na mureta e logo depois saltar sobre ela. Quem estivesse no lado oposto tomava um chute que o tirava da cobertura. Gears 4 deixou isso um pouco mais dinâmico, já que o pulo pode ser no exato momento em que o jogador chegar a mureta, porém aí precisa apertar o botão B no tempo certo para o pulo ser instantâneo. Admito que estas novas técnicas de cover, contra ataques e puxões ainda estou aprendendo e treinando, mas gostei bastante das mudanças desse sistema.

Modo Queimada!

O beta de Gears of War 4 vem com duas modalidades de partidas multiplayer, o clássico mata mata em equipe, que é meio aquilo que você espera desse modo, sem tirar e nem por, bem semelhante ao que já existia em Gear of War 3. Mas o que parece brilhar neste beta é o modo Dodgeball, uma espécie da brincadeira de Queimada que temos por aqui.

Nesta modalidade de multiplayer, cada vez que um jogador do seu time morre, ele só pode voltar a partida quando um adversário é morto. Ganha a partida quem conseguir eliminar todo o time oponente por completo.

São partidas com grande potencial para reviravoltas. Não é incomum em batalhas de 1 contra 5 a partida virar totalmente. Claro que há alguns macetes também. No geral senti que o time que tem as primeiras duas ou três mortes na partida possuem a chance de virar o jogo, pois estes acabam voltando com as primeiras mortes do time adversário e se segurarem o retorno do time adversário conseguem ganhar sem dar tempo de uma reviravolta. Mas essa não é uma matemática certeira, já que basta um bom jogador para eliminar todo o time adversário e não deixar eles voltarem a partida. O ideal acaba sendo que ao menos você consega duas mortes antes de morrer, pois com isso você retorna dois jogadores do seu time e vai para o banco de espera com a consciência de que fez a sua parte.

Gears of War 4 BETA (15)

Claro que por se tratar de um modo novo ainda há estratégias a serem criadas e formas de se adaptar às partidas. De qualquer forma, sem dúvida esse foi um novo modo que achei divertidíssimo e é mais do que bem vindo a Gears of War 4. É bom ver que a The Coalition veio com algo novo nesse sentido, ao invés de ficar apenas nos muitos modos já criados ao longo de todos os jogos da série.

Tudo bem que ainda resta dúvidas quanto aos outros modos que estarão presentes quando o game for lançado. Até mesmo no que diz a respeito ao tão amado modo Horda, que Rob Fergusson já diz saber que os jogadores amam e querem seu retorno, mas que duvido muito que venha a ser lançado junto com o game principal em outubro. Em todo caso eu apostaria no retorno do modo Horda como um update gratuito alguns meses após o lançamento. E estou OK com isso, não acho que ele precise estar no lançamento do game.

Personagens e o sistema de cartas

Ainda há outros aspectos que dá para comentar nesse beta. Em relação aos personagens, mesmo que a modelagem deles ainda não estejam 100% já é possível tem empatia por alguns e ficar pensando em seus papéis na história principal do game. Gostei das skins de alguns personagens, como o próprio JD que tem a postura do Marcus e da Kait, que lembra uma Anya mais descolada.

Gostei de ver finalmente como os novos inimigos, os Swarms, realmente são. E é, realmente eles lembram muitos os Locusts da trilogia original. Com a mais absoluta certeza (sem exatamente ter) de que eles devem ter alguma relação com os clássicos inimigos, os Locusts. Se bem que não poderia ser diferente em se tratando de manter as raízes da franquia neste primeiro momento.

Gears of War 4 BETA (19)

Só que mesmo que se trate de uma nova fase para a franquia, com novos personagens, um novo arco, acho que seria muito triste e falho se os clássicos personagens da série não pudessem aparecer nas skins dos personagens do multiplayer. Acho que a coerência histórica precisa ser relevada em pró da diversão do multiplayer. Quero ver o Marcus, Dom, Cole, Baird, a família Carmine, todos de volta nas disputas multiplayer, e não veria problema algum colocar as skins dos Locusts ao lados dos Swarms na equipe dos monstros no multiplayer. Afinal todo mundo sente falta do General RAAM na skins dos monstros, não? Espero que a The Coalition esteja considerando isso.

Gears of War 4 BETA (9)

Um último ponto a ser comentado aqui diz respeito às cartas de desafio que rendem pontos de experiência aos jogadores. Tal como Forza Mortorspot 6, como Halo 5 Guardians e como Rise of the Tomb Raider tiveram, Gears of War 4 também terá.

Eu sinceramente não vejo problemas aqui. Em Halo 5 o sistema de cartas foi muito bem implementado, e isso garantiu que todos os updates e mapas futuros que foram e ainda serão lançados não sejam cobrados um único centavo dos jogadores. Nada de DLCs pago desde então. E já foi confirmado que Gears of War 4 terá mapas a serem lançados futuramente, dentro de um sistema de rotação de 10 mapas fixos, e que os jogadores não precisaram pagar por isso, evitando assim a segregação de quem tem os DLCs e quem não tem, afinal isso era um grande problema em todos os games anteriores da série.

O sistema de cartas aqui não é feito para fortalecer o jogador ou dar algum benefício em partidas. Ele apenas rendem desafios extras que, se realizados em partida, garantem bônus de XP. O estúdio também já mencionou que haverá outros tipos de cartas, como permanentes que destravam skins de armas e personagens. E estas poderão ser adquiridas com o dinheiro do jogo ou dinheiro real. Isso ficará a cargo do jogador, inclusive usá-las ou não.

Gears of War 4 BETA (17)

Um futuro promissor

Por tudo que ando vendo e jogando nesse beta nestes últimos dias, saio contente com o que vi para o futuro da série. O beta não aborda todos os aspectos de Gears of War 4, e está sendo realizado para que os jogadores possam sentir como será a visão de multiplayer que a The Coalition quer para esta nova série da franquia. E parece que estão acertando por enquanto.

Nada de ir além do básico, refinando a experiência, preocupados com simetria e focados em apresentar um multiplayer pronto para um cenário competitivo, perfeito para o mundo do e-Sports. Acho justo essa importância para a longevidade e crescimento da franquia. Ganham os jogadores profissionais, mas também aqueles que jogam apenas pela diversão.

Por enquanto tudo certo, quanto às partidas do beta, quero dizer. Ainda não há tantos jogadores online quanto achei que teriam, porém às partidas já estão regionais, podendo mudar o servidor e sua região nas opções do game. Tive problema com desconexões, lags e situações onde o game não conectava. Situações previsíveis em se tratando de um verdadeiro beta. Antes isso acontecer aqui do que em outubro, quando o game sair. Mas no geral, o beta tem rodado e está sendo divertido. Termino está impressões já no level 16, faltando apenas mais quatro níveis até conseguir ganhar a recompensa do beta que será transferido ao game em outubro.

Gears of War 4 BETA (10)

Às partidas seguem com aquele sistema de ribbons que existem em Gears 3, tem sistema de medalhas que equilibram o encontro de partidas de acordo com as habilidades dos jogadores e, por enquanto, o jogo segue com o áudio e texto somente em inglês, porém é certeza que em seu lançamento ele estará totalmente localizado em português, como todos os exclusivos que a Microsoft vem lançando por aqui até então. Pena que não foi desta vez que descobrimos as vozes da nova dublagem do game.

O beta de Gears 4 tem apenas 7GB de espaço e conforme informei lá no começo, será liberado para todos os jogadores do Xbox One em 25 de de abril. Na minha opinião vale totalmente a pena se você tiver um Xbox One, aproveitar e instalar o beta e conferir por si próprio esta nova fase da franquia.

Pra mim, sem dúvida alguma, Gears of War está de volta! Ao menos seu multiplayer viciante e alucinante!

Recompensas do Gears of War 4 Multiplayer Beta!

Gears of War 4 Multiplayer Beta

Sistema de cover refinado, exigindo mais habilidade
De volta ao básico: Gnasher, Lancer e Hammerbuster!
Excelente design dos mapas apresentados
Clima original da série permanece presente
Modo Dodgeball brilha bonito aqui
Beta apresenta lags e desconexões em tempo hábil para consertos
Sistema de cartas são um bônus

Importante! Esta nota não reflete o game final (que ainda nem foi lançado), mas apenas as impressões que o beta proporcionou!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.