Dando Nota!Jogando

Tour de France 2017 | Muita estratégia, paciência e pedaladas! (Impressões)

Tour de France 2017 é a versão atual da famosa competição de ciclismo, que leva o mesmo nome e que acontece todos os anos na França desde 1903, por ser bem tradicional vem recebendo uma versão anual nos videogames nos últimos anos e temos em mãos a versão 2017 para destrinchar se realmente é um jogo apenas de nicho ou se qualquer um pode joga-lo e ter uma boa experiência.

Antes, para quem nunca ouviu falar a respeito do evento, posso indicar uma ótima matéria do site Pra Quem Pelada chamada Tour de France para Leigos e que resume bem o funcionamento do evento. Vale também recomendar o divertido animê Yowamushi Pedal, que pode ser assistido gratuitamente na Crunchyroll. A animação japonesa conta a história de Sakamichi Onoda, um garoto que está chegando ao que seria ao nosso equivalente ao nosso ensino médio e é meio “nerdão”, sem amigos e que de repente descobre ser um ciclista nato, sendo empurrado assim a participar do clube de ciclismo do colégio, precisando aprender assim todas as regras dessa modalidade esportiva.

Pedale, mas sem se cansar demais

Tour de France 2017 (ou também conhecido como Pro Cycling Manager 2017) não é exatamente um game de corrida do tipo “acelere e se mantenha no primeiro colocado até o fim“. Está mais para uma disputa esportiva na qual o jogador precisa micro gerenciar seu gasto de energia e se manter ativo durante toda a corrida, o que seria equivalente a um teste de resistência física.

Assim que entramos no game já podemos ver que os menus são bem distribuídos e o jogo conta com modos de jogo variados, os modos Tour, Pro Team, Challenge, My Tour e Training são os principais e onde você provavelmente irá passar maior tempo. Com diversas opções o jogador tem desde a experiência completa do Tour de France, como também criar seu próprio torneio, além de completar desafios de “pedale até X lugar em Y tempo”. O modo de treino não só facilita para os novatos que querem se acostumar aos comandos, mas também ajuda para que os jogadores mais familiarizados possam melhorar o seu desempenho.

Pena o game estar totalmente em inglês, sem nenhum tipo de localização para o português. Para quem gosta de multiplayer local, o jogo traz os modos Versus e Co-Op para serem jogados em duas pessoas em tela dividida, infelizmente Tour de France 2017 não possui nenhum modo online.

No jogo você encontrará uma grande opções de ciclistas para escolher, o que é um ponto positivo para quem esta familiarizado com os participantes do evento. O jogo possui um modo de edição que permite ao jogador alterar os nomes de equipes e ciclistas de forma bem fácil. Afinal quem nunca brincou de edição nos jogos de futebol e colocou toda a turma pra jogar? Aqui será possível pedalar contra a galera, também é possível editar os pontos de atributos de cada ciclista conforme a vontade do jogador, para deixar o seu favorito turbinado ou tentar balancear melhor as coisas.

A jogabilidade poderia ser um pouco mais fluída, em alguns momentos dá uma impressão de que estamos jogando um jogo de geração passada, mas apesar da física não impressionar, a imersão que o jogo propõe é satisfatória, com comandos bem simples para qualquer tipo de jogador, com pouco tempo é possível se acostumar com suas mecânicas. O game traz a necessidade do jogador traçar estratégias, já que dependendo do esforço utilizado na pedalada o ciclista pode ficar sem stamina, fora que também é preciso saber medir o uso de isotônico e água durante a corrida, que são limitados e dão um gás a mais ao participante.

É interessante que mesmo com o número elevado de ciclistas na tela, o jogo consegue manter um nível gráfico satisfatório, a paisagem é bonita apesar de ser totalmente estática, a plateia que fica ao redor do percurso é graficamente bem simplória, mas em compensação é totalmente animada, dá até um ânimo para terminar as corridas ao ver a alegria de quem está assistindo. O ponto fraco fica por conta dos serrilhados que são bem perceptíveis no começo mas que ao decorrer da experiência não fazem tanta diferença.

As animações de transições entre uma tela e outra são bem suaves, deixando o jogador bem imerso no jogo, os detalhes e estatísticas de cada corrida são dispostos na tela de forma bem completa, facilitando o acesso a todas as informações importantes, o que pode deixar a desejar em alguns momentos é o tempo de loading que tem uma certa demora.

Há corridas que são bem longas – até porque não é nada simples completar um percurso de 120 quilômetros em uma bicicleta né? – e é preciso muita paciência e estratégia para chegar até a vitória, muitas vezes vale mais a pena seguir com o pelotão em um menor ritmo do que sair correndo na frente e acabar ficando sem condições de disputar a vitória por conta do desgaste físico Nos níveis mais fáceis pode até ser que se consiga vencer com maior frequência, mas para quem quiser um maior desafio é obrigatório ir para os níveis mais altos e seguir a risca uma boa estratégia na corrida.

Veredito

Sabendo-se que o mercado de games deste tipo de corrida não é disputado, para quem é fã de ciclismo pode ser um ótimo atrativo, e para os mais curiosos pode ser um jogo que irá render boas horas de gameplay, porém é preciso se adaptar ao estilo e ter bastante paciência nas corridas que podem durar muito tempo.

Com gráficos que poderiam ter um capricho melhor pelos desenvolvedores e uma jogabilidade acertada com comandos bem intuitivos, o jogo acerta por permitir que qualquer pessoa consiga dominar a bike e descobrir facilmente o caminho necessário para chegar a vitória, apesar disso o jogo não apresenta um fator replay muito grande para quem não for um entusiasta do gênero.

No Brasil, Tour de France 2017 custa o preço cheio de 199 reais nas versões de Xbox One e Playstation 4. Pelo preço cobrado é um jogo que com certeza não passará pelos consoles de muitos jogadores brasileiros, porém vale a pena ficar de olhos em promoções mirabolantes nestas plataformas digitais, pois quem é fã do ciclismo poderá ter uma boa experiência com esse jogo.

Galeria

Gráficos são um pouco simples
Curva de aprendizado é imprescindível
Variedades de modos de Jogo
Ter uma estratégia faz parte da jogabilidade
Replay funciona melhor para entusiastas
Boa variedade de pilotos e equipes
Fácil se sentir imerso na competição

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios