Comunicados de ImprensaJapãoLendo

Fairy Tail Zero, Your Name, Guia FMA e as novidades da JBC

 // Comunicado enviado via assessoria de imprensa da Editora JBC //
// Checklist Capas Mangás JBC  – Agosto 2017 //

São Paulo, agosto de 2017 – Preparem-se fãs dos magos mais poderosos dos mangás! Tem novidade chegando. A JBC trará para o Brasil Fairy Tail Zero, o mangá que conta a origem da guilda de Natsu, Elza, Grey e Lucy e de seus fundadores.

Escrito e desenhado também por Hiro Mashima, criador da série original, Fairy Tail Zero se passa 105 anos antes das aventuras do herói cuspidor de fogo e seus amigos. Neste prelúdio do mangá principal, Mashima apresenta Mavis, a jovem que se tornará uma das responsáveis pela fundação da guilda ao lado dos aliados que faz em meio ao entrave entre duas guildas rivais.

Fairy Tail Zero tem sua história contada em um one-shot (edição única) e foi lançado pela editora japonesa Kodansha em 2015. A aventura de Mavis e seus companheiros também ganhou uma versão em anime, exibida no Japão em 2016.

A História

Mavis Vermillion é uma menina de seis anos que trabalha para a guilda Red Lizard e que acaba se tornando a única sobrevivente ao lado de Zera, filha do líder dos “Lagartos Vermelhos”, após um ataque da rival Blue Skull.

Sete anos após o confronto, um bando de caçadores de tesouros chega à Ilha onde as guildas ficavam em busca do Orbe de Sirius.

Mavis terá de se unir à Zera e aos caçadores e partir para tentarem juntos recuperar a jóia sagrada. Mas a missão não será fácil. No caminho para Magnólia, a jovem terá de lutar contra fortes inimigos e despertar poderes como maga.

Sobre o autor

Nascido em 3 de maio de 1977 na província japonesa de Nagano, Hiro Mashima sempre quis ser um mangaká (desenhista de mangá) desde criança. Começou a arriscar alguns traços baseando-se nas obras que seu avô lhe dava. Graças a isso, Mashima posteriormente emplacou títulos que conquistaram fãs do mundo inteiro como Rave Master (cujo anime é bastante conhecido pelos brasileiros por ter sido exibido pelo Cartoon Network), Fairy Tail e Monster Hunter Orage; este último lançado no Brasil também pela Editora JBC.

Dono de um talento nato e autodidata, Hiro Mashima chegou a frequentar uma escola especializada na formação de mangakás após terminar o Ensino Médio, mas, depois de obter conhecimentos básicos, decidiu desenvolver a sua arte por conta própria, como observar diversos filmes para aprender a dar os ângulos e as definições de seus personagens.

Apesar das suas fontes de inspiração, para desenvolver cada título Mashima procura sempre pensar no que os seus leitores gostariam de ver. Inclusive confessou que lê cada e-mail de seus aficcionados que recebe, ouve seus elogios e principalmente suas críticas. “A coisa que mais gosto de fazer é ouvir os fãs, até mesmo as opiniões negativas que me deixam um pouco chateado… mas, ainda assim, gosto de ter o feedback deles”, declarou.

Sucesso mundial, Your Name. é lançado em mangá pela Editora JBC em agosto

São Paulo, agosto de 2017 – Sucesso mundial, Your Name. ( Kimi no na wa ), chega em agosto ao Brasil pela Editora JBC. Baseado no longa-metragem animado dirigido por Makoto Shinkai que bateu todos os recordes de público no Japão. A versão em mangá terá ao todo 3 volumes bimestrais adaptados por Ranmaru Kotone.

Your Name. conta a história do solitário Taki e da entediada Mitsuha, os quais, certo dia, acordam misteriosamente um no corpo do outro. Essa troca é temporária, mas acaba se tornando frequente. Dali, surge um relacionamento inusitado entre os dois, que começam a se conhecer por meio de recados e mensagens que deixam um para o outro.

A animação, que deve chegar em breve ao Brasil, foi o maior sucesso nos cinemas japoneses de 2016 e a quarta maior bilheteria na história do Japão – o que valeu a Makoto Shinkai ser chamado de “o novo Miyazaki” pelos críticos japoneses de cinema. Além do filme animado, Shinkai também lançou com sucesso a história de Mitsuha e de Taki em versão romanceada.

A história

Mitsuha é uma estudante do Ensino Médio que vive no interior com a família. Seu pai, prefeito da cidade onde mora, pouco lhe dá atenção e a vida no interior a faz se sentir entediada. Por isso, Mitsuha sonha que numa próxima existência seja um menino e que more na cidade grande.

Por outro lado, Taki é um jovem de Tóquio que divide os dias entre a escola e seu emprego de meio período. Ele se sente sozinho mesmo em meio à multidão, mas se mantém calado sobre o assunto.

Um dia, Taki e Mitsuha acordam com a sensação de estarem no corpo de outra pessoa. Ambos acham que estão apenas sonhando, até que no dia seguinte começam a ser questionados por atitudes estranhas quando retornam para seus respectivos corpos.

As trocas se tornam recorrentes e eles começam a registrar as alterações que fazem na vida um do outro. Uma misteriosa amizade surge entre eles e abre caminho para sentimentos novos, até então desconhecidos.

Sobre os autores

Makoto Shinkai é escritor, autor de mangás, produtor e diretor de animações. Natural da província de Nagano, Shinkai estudou Literatura Japonesa na Universidade de Chuo.

Shinkai começou sua carreira em uma empresa de videogames, produzindo videoclipes para jogos e comerciais. Em 1999, lançou o curta-metragem She and Her Cat , pelo qual ganhou seu primeiro de muitos prêmios.

Entre os títulos mais conhecidos estão O Lugar Prometido em Nossa Juventude , Cinco Centímetros por Segundo , O Jardim das Palavras e o lançamento mais recente nos cinemas do mundo todo, Your Name .

A impressionante qualidade de suas obras lhe rendeu o reconhecimento do público e as comparações com o mestre da animação japonesa Hayao Miyazaki (A Viagem de Chihiro,O Castelo Animado, Ponyo) acabaram se tornando inevitáveis.

Já a mangaká Ranmaru Kotone começou a ter suas obras publicadas a partir de 2006.Kotone foi a escolhida pelo grupo Clamp (Card Captor Sakura) para desenhar a versão em mangá do vampiresco Blood-C.

Entre outras obras de sucesso que a autora assina a arte estão Toki o Kakeru Shoujo (A Garota que Podia Saltar no Tempo, numa tradução livre), mangá que desenhou ao lado do mestre Yushiyuki Sadamoto (autor de Neon Genesis Evangelion e Summer Wars) e Yoru wa Mijikashi Arukeyo Otome (A Noite é Curta, Vá em frente Mocinha, numa adaptação para o português).

Dados da edição
Your Name #01
Autores:
Makoto Shinkai e Ranmaru Kotone
Qtde de volumes: completo em 3 volumes
Preço: R$ 15,90
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Lançamento: 25 de agosto de 2017
ISBN: 978-85-457-0308-2
Editora JBC

São Paulo, agosto de 2017 – A Editora JBC está lançando no mercado o primeiro volume da versão especial de Fullmetal Alchemist – Guia Completo, uma verdadeira enciclopédia da obra de Hiromu Arakawa, e que terá ao todo três volumes. Com periodicidade semestral, cada edição acompanha uma parte da saga dos Irmãos Elric em busca da Pedra Filosofal. O primeiro volume, por exemplo, engloba as edições de 1 a 7.

Fullmetal Alchemist Especial – Guia Completo volume 1 terá distribuição nacional (bancas, livrarias e lojas especializadas), com o valor de R$ 19,90 e já está à venda.

Composto por uma entrevista exclusiva com a autora, sessões de perguntas e respostas, as famosas tirinhas cômicas estreladas pelos personagens do mangá e ainda uma história inédita com Ed e Alphonse, o guia viaja pelas entrelinhas de Fullmetal Alchemist e ainda inclui uma ficha detalhando cada um dos personagens da história.

Hiromu Arakawa ainda revela os bastidores da produção do mangá. Se apresentando como uma simpática vaquinha míope – animal que simboliza a área rural da província de Hokkaido, da qual a mangaká é natural –, a autora conta, entre outras curiosidades, como é o seu estúdio, carinhosamente chamado por ela de “estábulo”.

Sobre Fullmetal Alchemist

Numa desesperada tentativa de trazer a falecida mãe de volta à vida, os irmãos Edward e Alphonse Elric quebram o maior tabu da Alquimia: a transmutação humana. Mas, tudo dá errado e os garotos pagam um alto preço: Ed perdeu sua perna esquerda e Alphonse, seu corpo inteiro. Para salvar o seu irmão mais novo, Ed acaba sacrificando seu braço direito para fixar a alma de Al em uma armadura.

Desde então, os dois partem em uma jornada repleta de perigos, conspirações e grandes desafios para encontrar a lendária Pedra Filosofal, a qual dizem ser capaz de aumentar os poderes de um Alquimista. Assim, Ed – que agora usa próteses mecânicas chamadas automails no lugar dos membros perdidos – e Alphonse poderiam recuperar seus corpos.

Fullmetal Alchemist é um dos grandes sucessos dos mangás. Teve um total de 27 volumes publicados no Japão pela editora Square Enix, entre 2004 e 2011, e ganhou duas séries animadas (Fullmetal Alchemist e Fullmetal Alchemist – Brotherhood, ambas exibidas no Brasil), dois filmes animados e, um filme em live-action chegará aos cinemas do Japão em dezembro de 2017.

A primeira publicação brasileira do mangá teve 54 volumes. Atualmente, a série está sendo relançada pela Editora JBC em uma edição especial de colecionador e se encontra no volume 12. Ao todo, a nova versão do mangá será completa em 27 volumes, acompanhando o mesmo número de edições da versão original japonesa.

Dados da edição
Fullmetal Alchemist – Guia Completo Edição Especial #1
Autor:
Hiromu Arakawa
Páginas: 180
Preço: R$ 19,90
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Pré-venda: desde 13 de julho de 2017
Lançamento: agosto de 2017
ISBN: 978-85-457-0302-0
Editora JBC

Baseado no filme de Akira Kurosawa, mangá Samurai Seven sai em setembro pela JBC

São Paulo, Agosto de 2017 – O próximo lançamento confirmado para 2017 pela Editora JBC é o mangá Samurai 7 ( Samurai Seven ), de Mizutaka Suhou. Completo em dois volumes, o mangá é uma adaptação do filme Os Sete Samurais ( Shichinin no Samurai ), uma obra-prima do cineasta japonês Akira Kurosawa.

O clássico dos cinemas foi transformado em mangá pelas mãos de Mizutaka Suhou. No Japão, foi publicado pela editora Kodansha, na Magazine Great, em 2005. Com traços marcantes, Suhou reconta a história do Japão antigo com um filtro futurístico em um cenário com samurais e ciborgues gigantes.

Sucesso no Japão e no mundo, a narrativa criada por Kurosawa influenciou a história do cinema e chegou a Hollywood servindo de inspiração para filmes como Sete Homens e um Destino ( The Magnificent Seven ), Mercenários das Galáxias ( Battle Beyond the Stars ) e até a animação Vida de Inseto ( Bugs Life , 1998).

Em 2004, a obra de Kurosawa ganhou sua versão em animação japonesa, pelo estúdio Gonzo . Entre os fãs brasileiros, Samurai 7 ganhou inclusive uma versão dublada, sendo exibido na televisão pelo canal Animax, em 2006.

A história

Samurai 7 ( Samurai Seven ) é ambientado no Japão antigo, em um vilarejo que sofre constantes ataques de bandidos. Sem saber como lidar com os vilões, os lavradores resolvem pedir ajuda para aqueles que conhecem bem a arte da guerra: os samurais.

O problema é que a pobre vila só tem a oferecer uma única moeda de troca: o arroz que produz. Embora hesitantes, o experiente samurai Kambei Shimada e o jovem Katsuhiro resolvem aceitar a missão e vão atrás dos guerreiros certos para formar um clã.

Personagens

Kambei Shimada –  É um samurai sábio que sobreviveu a muitas batalhas, embora ele não sinta nenhuma alegria com elas. Muitos de seus amigos morreram nessas batalhas. Lidera o grupo durante suas batalhas e geralmente planeja estratégia. No final, se tornou um samurai bem sucedido, e passa sua espada para Katsushiro enquanto deixa a aldeia de Kanna. Kambei é o primeiro samurai.

Gorobei Katayama – É um samurai habilidoso que ganhou a vida desde o fim das guerras ao divertir as pessoas nas ruas da cidade. Ele também é um veterano da Grande Guerra, conhece Kambei pela reputação. Ele é muito hábil em esquivar golpes e pode arrancar flechas e dardos do ar. Katayama também é bastante inteligente. Ele é o segundo samurai.

Heihachi Hayashida – É um samurai genial que evita lutar tanto quanto possível e prefere comer arroz em vez disso. Durante a Grande Guerra, ele tomou posição como engenheiro de combate, o que o manteve longe da linha de frente, mas também usou suas habilidades mecânicas. Hayashida é descoberto cortando madeira em troca de comida ou dispositivos que o interessam. É muito útil dentro do grupo como mecânico, na construção de armas medievais. No entanto, ele guarda um profundo ódio por traidores, o que resultou na morte de toda a unidade. Ele é preso pela espada gigante de um Bandit, enquanto tenta detonar o explosivo que separaria os motores do Dirigível. Antes de morrer, ele grita para Katsushiro: “Encontre-me no arroz”. Dentro da série, ele fala sobre a antiga tradição dos “sete deuses do arroz” que vivem dentro de cada grão de arroz. Ele é o terceiro samurai.

Shichiroji – Lutou lado a lado na Grande Guerra com Kambei, e muitas vezes é referido como “velha companheiro de Kambei”. Ele deixa temporariamente o seu sucesso no mercado pós-guerra, e também, sua linda namorada, para se juntar a Kambei na batalha. Tem uma prótese na mão esquerda, seu dedo indicador parece um gancho. Em combate, ele usa um tipo de lança. É o único samurai que não usa uma espada. Sua namorada, Yukino, o apelidou de Momotaro, do tradicional conto japonês, porque o encontrou, gravemente ferido depois de uma batalha, flutuando por um rio dentro de uma cápsula que lembra um pêssego. Ele é o quarto samurai.

Katsushiro Okamoto – É um samurai jovem e inexperiente que deseja ser aluno de Kambei. Idolatra os princípios do bushido. Promete proteger Kirara, não importa como, é muito atraído por ela. Ao longo da série, ele vai amadurecendo e se tornando habilidoso e forte o suficiente para desviar o canhão principal da capital e derrotou inúmeros bandidos sozinhos. Também ganha força emocional e entende qual é a verdadeira razão para se tornar um samurai. Okamoto recebeu a espada de Kambei em reconhecimento como estudante. Ele é o quinto samurai.

Kyuzo –  É um guarda-costas misterioso e quase silencioso. Se junta ao grupo com a intenção declarada de lutar contra a morte de Kambei. É um lutador incrivelmente qualificado, empunhando lâminas duplas que se encaixam em uma bainha nas costas. Foi acidentalmente morto por Katsushiro quando ele usou uma arma para proteger Kambei. Ele é o sexto samurai.

Kikuchiyo –  É um cyborg com um exoesqueleto mecanizado. Antes era um camponês até se tornar um samurai para ajudar os outros. Muitas vezes é considerado um incômodo, por se irritar com facilidade e muitas vezes causa problemas com o barulho alto e as maneiras desajeitadas. É aceito como o sétimo samurai depois de revelar que também era um fazendeiro, como os camponeses de Kanna. Kikuchiyo carrega a maior das espadas, que também atua como uma motosserra. É ferozmente leal a Kambei, e muito apreciado pelos aldeões, especialmente pela pequena Komachi, que pede que ele se torne seu marido quando crescer, um pedido que ele aceita em troca de manter sua árvore genealógica falsa. Ele morreu numa explosão evitando que a aldeia de Kanna fosse destruída. Ele é o sétimo e último samurai.

Sobre os Autores

Mizutaka Suhou adaptou a obra cinematográfica Os Sete Samurais de Akira Kurosawa para os mangás.

Akira Kurosawa (1910-1998) foi um dos mais importantes cineastas japoneses, ele inspirou toda uma geração e possui uma carreira com mais de 50 anos, com mais de 30 filmes.

Em sua obra Os Sete Samurais (1954) Kurosawa explorou pela primeira vez o universo dos samurais, apresentando um Japão do século XVI, durante a era Sengoku. O filme rendeu ao cineasta o prêmio Leão de Prata do Festival de Veneza em 1954.

Dados da Coleção
Samurai Seven #01
Lançamento: Setembro de 2017
Autor:
Mizutaka Suhou
Qtde de volumes: completo em 2 volumes
Páginas: média de 232 páginas por volume
Preço: R$ 16,90
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Periodicidade: Bimestral
Distribuição: Nacional
ISBN: 978-85-457-0334-1
Editora JBC

Histórias inéditas de Blade

‘Blade – a Lâmina do Imortal’ chega em sua fase inédita no Brasil a partir do volume #10

O lançamento do 10º volume do mangá Blade – A Lâmina do Imortal, de Hiroaki Samura, pela editora JBC, marca um momento histórico para o título no Brasil. Iniciando uma fase inédita na saga criada pelo mangaká Hiroaki Samura, a publicação estreia um dos arcos de maior tensão e com muitas surpresas pelos caminhos de Manji, o ronin imortal.

Publicado no Japão pela revista Afternoon, da editora Kodansha, entre junho de 1993 e dezembro de 2012, Blade logo fez sucesso e passou a ser cultuado em todo mundo. O mangá chegou a ser foi publicado apenas parcialmente no Brasil há 13 anos. Mas, desde 2015, a Editora JBC conseguiu os direitos do título e trouxe de volta a história do ronin da era Tokugawa em um novo formato, juntando dois volumes em um, e que será completo em 15 volumes.

Enquanto, no Brasil, o mangá entra em sua fase inédita, no Japão, Blade ganhou uma versão para as telonas em live-action com produção da Warner Bros. No filme, quem interpreta Manji é o ator Takuya Kimura, estrela do filme Yamato–Patrulha Estelar (2010), e conhecido como integrante da banda SMAP.

Sobre Blade

Blade é ambientado no Japão Feudal, na metade da era Tokugawa (meados de 1780). Um ronin, de nome Manji, é contratado para matar aqueles que não pagassem impostos. Porém, ao perceber que estava matando inocentes, ele se revolta e mata o contratante e todos os seus 99 guarda-costas. Na luta, Manji fica gravemente ferido e recebe os cuidados de uma monja, que acaba lhe concedendo o “o elixir da imortalidade”. Acontece que não era bem o que ele queria e agora Manji terá que descobrir como recuperar seu “direito de morrer”.

Dados da edição
Blade – A Lâmina do Imortal #10
Páginas:
440
Preço: R$ 39,90
Formato: 13,5 x 20,5 cm
Periodicidade: Bimestral
Lançamento em livrarias e lojas especializadas
ISBN: 978-85-457-0295-5
Classificação etária: 16 anos

Sobre a Editora JBC – A JBC é uma editora fruto e reflexo da união entre duas culturas. É a única do setor no Brasil a se dedicar exclusivamente à difusão da cultura japonesa através de seus produtos. A editora imprime uma média de 12 a 15 novos mangás por mês, o que significa um novo mangá a cada dois dias. Por ano, são publicadas em média 180 edições, com tiragens que variam de 15 a 40 mil exemplares. A JBC tem ainda o maior portfólio de livros sobre a culinária japonesa em português, com mais de 50 títulos. Em 2011, a editora comemorou 10 anos desde o lançamento do seu primeiro mangá no país.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios