Dando Nota!Jogando

Sonic Mania | Amor, legado e respeito como fórmula para excelência! (Impressões)

No momento em que escrevo estas impressões todo mundo se não jogou já deve ter visto um pouco de Sonic Mania por aí, certo? Então provavelmente pode soar redundante dizer que o game é uma declaração de amor a todos os fãs do Sonic e um dos melhores games do ouriço de todos os tempos. Que seja, mas quero me juntar ao mesmo coro que tem pregado tais afirmações. Sonic Mania é realmente incrível e ponto final.

O título, que junto com Sonic Forces (que será lançado em novembro), faz parte das celebrações de 25 anos do Sonic. A grande virada de Sonic Mania foi a brilhante decisão da Sega de permitir que seu desenvolvimento ficasse a cargo de desenvolvedores indies que já havia trabalhado em excelentes fangames do personagem, provando competência, profissionalismo, que entendiam muito bem o universo do personagem e soubessem respeitar o legado e o passado dos clássicos títulos da época do Mega Drive.

Assim, Sonic Mania virou um projeto desenvolvido pelos estúdios PagodaWest Games e Headcannon, liderados por Christian Whitehead, um desenvolvedor famoso na comunidade do ouriço, que já havia trabalhado com a Sega em alguns projetos com o personagem, como alguns ports de games antigos do Sonic para mobile. A equipe de Sonic Mania teve uma galera de vários lugares do mundo trabalhando remotamente no desenvolvimento do game. Para saber mais de como foi tudo isso, vale muito à pena ouvir o MotherChip #146, podcast do site Overloadr, com o Midio, artista brasileiro que é um dos ilustradores da equipe do game.

Sonic Mania (clip7)

Para encerrar essa rodada, a belíssima tela de início do game junto com a fenomenal abertura animada! Não me canso de rever! #SonicManiaJá percebeu alguns dos detalhes que existem na abertura? Como os números (e letras) no elevador, ou como Sonic entra dentro das argolas que representam os mundos presentes no game. Tem a liberação dos animaizinhos e os robôs que dão um contexto da história do game, entre outras coisinhas.A abertura animada só aparece no game se o jogador não apertar qualquer botão após a belíssima animação do Sonic na tela inicial. Precisa esperar uns segundinhos!

Posted by Portallos on Wednesday, August 23, 2017

Nostalgia pura

Falar em nostalgia é uma das melhores formas de explicar porque Sonic Mania é tão bom. Todo mundo sabe que os melhores games do Sonic, seus melhores momentos, foram os anos dourados da Sega, quando a empresa brigava com a Nintendo e com Super Mario para ser o sistema que todo pequeno jogador de videogame queria ter em casa.

Sem querer ficar chafurdando demais o passado, porque todo mundo conhece mais ou menos tanto a história do abandono da Sega da produção de um console próprio e de como o Sonic passou por anos e anos recebendo games focado jogabilidade e gráficos 3D, porém é interessante dizer que Sonic CD (de 1993) foi um dos últimos games a manter essa identidade clássica que tornaram seus games um sucesso.

A Sega até tentou algumas coisas no ambiente 2D, mas de uma forma modernizada ou simplesmente remodelando estes clássicos. Há games nos portáteis da Nintendo, como Sonic Advanced e Sonic Rush que fizeram exatamente isso. Há também o fiasco de Sonic The Hedgehog 4, que até hoje não consigo entender como deu tão errado e porque os responsáveis pelo desenvolvimento fizeram o game com uma física de jogabilidade tão ruim, nada equiparado com tudo que representavam ser bom os games 2D do personagem. Enfim, o fato é que usar literalmente o arquétipo de clássicos como Sonic 3 (& Knuckles) e Sonic CD nunca havia se tentando. Até agora.

E Sonic Mania se consagra exatamente ao apostar nessa volta as premissas básicas. Não só mecanicamente, mas visualmente, apostando em uma belíssima pixel art que emula exatamente estes gráficos da Geração 32 Bits. Não são gráficos exatamente do tempo do Mega Drive, pois estão muito mais rico em detalhes de cenário, ambiente de fundo, animações, mas imita com louvor a atmosfera dos games dessa época. É um resultado lindo, que facilmente emociona quem cresceu nos anos 90 com jogos nesse estilo gráfico.

Estando em um ambiente propício a ativar certas memórias afetivas, todo o restante do conjunto da obra se apega a essa passado. A jogabilidade é muito fiel a como eram os controles da época, com uma precisão regulada para os modernos controles de hoje em dia, a trilha sonora puxa muito o bit sound, remixando trilhas clássicas e novas faixas, e o game é uma reunião de momentos, elementos e lugares comuns que os melhores e maiores games do Sonic entregaram ao passado, enquanto usa toda essa carga nostálgica para entregar em paralelo muitos elementos inéditos, mas que de uma certa forma, soam como familiares.

Sonic Mania (clip4)

Que tal mais trechos de #SonicMania? Aqui algumas das novidades feitas para Chemical Plant Zone que direcionam o Sonic para novos locais.Agora há estes novos líquidos que dependendo da cor mudam o quão alto serão os saltos do Sonic, tem a bolha que leva ele para parte superiores da fase. A nova versão da Chemical Zone ficou realmente incrível.Esse é o segundo ato dela, pois o primeiro segue um padrão mais fiel ao que ele é em Sonic 2. A trilha sonora também segue o esquema da Green Hill, com a música bem fiel ao original no primeiro ato e ganhando novos arranjos nesse segundo ato que dão aquela sensação de novidade que se faz necessário ao game. Ah e perceba que o Tails não está ficando exatamente ao lado do Sonic. Isso acontece porque tal como os jogos clássicos, é possível dar o controle dele a um segundo player, que passa a controlar a raposinha.É um recurso ótimo para quem tem filho pequeno. Nesse caso meu filho de 5 anos estava se divertindo horrores controlando o Tails aqui, mesmo com uma certa dificuldade para ficar na mesma tela que o Sonic. 🙂

Posted by Portallos on Wednesday, August 23, 2017

Fidelidade em tudo

Sonic Mania tem uma fidelidade e respeito impressionante ao legado dos games do Sonic. Muitas zonas, como são categorizado os mundos nos games do Sonic, são versões parcialmente remasterizadas dos antigos games, mas nunca integralmente.

Estes estágios começam de uma forma similar as suas antigas versões, mas oferecem novos caminhos e diversas novidades pelo seu percurso. Em alguns casos o primeiro ato (pois cada zona possuem duas fases) tem essa preocupação em honrar a memória original do estágio na qual foi inspirado, enquanto o segundo ato é mais livre para que os desenvolvedores pirassem loucamente, colocando elementos e mecânicas jamais vistas em jogos do Sonic, mas que encaixam perfeitamente com seu universo.

Gosto inclusive de como cada ato tem uma trilha sonora própria, onde o ato um recria uma trilha original se a Zona existir nos antigos games e no segundo ato essa trilha ganha novos arranjos e se molda em uma nova faixa de som.

Sonic Mania (clip2)

Aqui já é o segundo ato de #GreenHill, perceba como a música clássica sutilmente sofre novos arranjos de som. Está fantástico!Nesta parte Green Hill soa como algo mais original, trazendo diversos novos elementos e mecânicas características desse universo do Sonic 2D. Quando o primeiro ato muda para este segundo há um clique cerebral imediato que diz "isto é um novo Sonic, mas com muita nostalgia e respeito aos bons tempos do ouriço".Putz, a bolha de água! Adoro o som que faz quando se aperta um botão para forçá-la a pular! Todos os efeitos de som estão bem fiéis ao que essa fase do Sonic foi no Mega Drive. E como os controles estão perfeitos! Respondem responde bem e da forma como devem!Ao fim da fase, o Doutor! O que será que está acontecendo aqui em #SonicMania? Em alguns dias terá análise e impressões do game no site!

Posted by Portallos on Wednesday, August 16, 2017

Em estágios mais a frente da campanha, quando começam a surgir zonas inéditas, como Press Garden Zone, o primeiro e segundo ato se tornam coisas completamente diferentes em termos de trilha musical, visuais e mecânicas. É realmente muito difícil de bom em palavras o quão fantástico são estas transições entre os dois atos de um mesmo mundo.

Sonic Mania também coleta muitos elementos clássicos. Como as caixas que podem dar um escudo ao personagem, exatamente como existia em Sonic 2. Um escudo normal, um de água (perfeito para respirar embaixo d’água), um elétrico (que atrai argolas e concede um pulo duplo) e o de fogo (que permite um dash horizontal durante um pulo).

Lembra de como era possível um segundo player controlar o Tails enquanto o jogador principal controlava o Sonic nos antigos games? Isso está também está presente aqui. Ao se jogar com Sonic & Tails, é possível ter um segundo jogador controlando a raposa, ou se for o caso de estar sozinho controlar parcialmente o Tails de forma que ele voe e segure o Sonic para alçar uma certa altura (há um limite, depois o Tails se cansa e desce).

Pacote recheado

Sonic Mania é um game recheado de conteúdo. Possui um alto valor de replay. Se for comparado com os games antigos do Sonic é o maior, pois possui ao todo 13 zonas divididas em 25 atos (fases). É muito maior em comparação com antigos games, considerando que grande parte deles são compostos de apenas 7 zonas (uma para cada Chaos Emerald), com a exceção de Sonic & Knuckles que possui 14 Zonas, mas isso porque o S&K reúne seis destas zonas vindas direto de Sonic The Hedgehog 3.

Além dos estágios normais, existem os especiais e de bônus, que se dividem entre 7 especiais, cujo o objetivo é correr atrás de um OVNI para coletar as setes Chaos Emerald (que só obtendo elas é que se pode jogar na última zona e ver o final verdadeiro do game) e 32 estágios bônus, que resgatam aquele mini game das bolinhas azuis e vermelhas em um ambiente tridimensional originário lá de Sonic 3 (& Knuckles). Estes estágios bônus com as bolinhas não são para se coletar a Chaos Emerald, mas para coletar medalhões que destravam outros extras no game.

O estágios especiais são acessíveis por meio de argolas gigantes escondidas em todas as fases do game. Houve alguns estágios em que topei com o acesso à esse estágio em dois locais distintos, o que me leva a crer que há duas delas escondidas em algum lugar em todas as fases (como todos os atos tem caminhos diferentes, faz sentido essa argola estar em dois locais diferentes). Existem então muitas chances de conseguir as sete Chaos Emerald antes de chegar ao final do game.

Porém caso não consiga, não faz mal. Quando se termina o game pela primeira vez, sem ter coletado todas as esmeralda, há um final, mas não completo, porém o melhor é que isso faz com que o save do game receba um seletor de fases. Assim o jogador pode jogar qualquer uma das Zonas de Sonic Mania, continuar coletando as esmeraldas (pode ficar fazendo isso na primeira fase do game, por exemplo) e o jogo vai salvando essa coleta. Pegou as setes? Basta ir para a última zona novamente. É bem útil tal possibilidade.

Sonic Mania (clip3)

Esse é o divertido estágio para coletar a Chaos Emerald. É preciso correr até alcança-la, coletando as argolas e bolinhas! Ainda estou tentando entender a necessidade da coleta das bolinhas azuis. Percebi que elas enchem um medidor (talvez isso acelere o Sonic e a fase), enquanto as argolas seguram o tempo da fase, impedindo que a mesma acabe antes do Sonic chegar até a #ChaosEmerald.Lembrando que para o verdadeiro final de #SonicMania será necessário coletar todas as Chaos Emerald, escondidas ao longo da campanha do game. E claro, coletando todas eis que veremos o Super Sonic em ação!

Posted by Portallos on Wednesday, August 16, 2017

E não se engane, alguns dos estágios especiais são verdadeiramente difíceis. É preciso jogar alguns deles diversas vezes até pegar o jeito da corrida, que é realizada em um ambiente também tridimensional, onde o Sonic precisa coletar argolas para segurar o tempo da fase, enquanto pega bolinhas azuis para ficar mais rápido. Não pode bater nos espinhos ou cair da fase, senão é preciso de uma nova tentativa. Morrer na fase normal para entrar na mesma argola não é uma opção, ela some caso você morra e retorne ao local em que a encontrou. A dica nestes estágios especiais é realmente não tomar dano e ir pegando argolas e bolinhas até estar rápido o suficiente para alcançar o OVNI. Pegue atalhos, mas só se isso não lhe custar argolas demais, já que estes estágios são como uma pista de corrida. O jogador fica dando voltas e voltas, até alcançar o OVNI, então é preciso seguir caminhos diferentes para ir coletando os itens que segura o tempo e lhe acelera.

Quanto aos estágios bônus, estes são liberados quando o Sonic passa pelos postes de checkpoint com mais de 25 argolas. Normalmente o ritmo do game meio que desacelera se em todo poste o jogador para e entra nestes estágios, mas nas primeiras vezes você vai querer fazer isso. E você vai querer destravar os extras do game, pode apostar.

Existem remakes destas fases de bolinhas que foram resgatadas de Sonic 3 (& Knuckles) e também novas fases. E há algumas realmente cabeludas de se conseguir. Existem duas foras de vencer estes estágios. Um é coletando todas as bolinhas azuis, que dão ao jogador uma medalha prato e uma onde o jogador precisa transformar as bolinhas azuis em argolas (contornando elas e deixando as do meio ainda azuis). Pegando todas as argolas e boinhas azuis, o game lhe confere um medalhão de ouro. Para destravar os extras o jogador só precisa das 32 medalhas de prata, então em um primeiro momento não esquente em pegar medalhas de ouro.

A cada determinado número de medalhas, alguns extras vão sendo liberados. Alguns são uma surpresa, então não vou ficar revelando aqui, mas dá para dizer que dentro os extras, estão modalidades que permitem jogar Sonic Mania com mecânicas de antigas habilidades do Sonic vindo de Sonic CD e Sonic & Knuckles. Além de um modo Knuckles & Knuckles. Jogar com dois Knuckles? Sim é possível!

Isso para não dizer que o game também tem outros modos, como um Time Trial para se competir pelo tempo mais rápido com um placar de líderes globais (e contra seus amigos). Ou um modo competitivo em duas telas onde dois jogadores podem em tela dividida ver quem chega ao final de um estágio primeiro, com direito a efeito de tela esticada, deixando a coisa mais nostálgica ainda.

Também existe a possibilidade de jogar toda a campanha de Sonic Mania apenas com o Sonic (sem o Tails seguindo para auxiliar), apenas com o Tails e apenas com o Knuckles. Em cada uma destas situações o jogador acaba tendo uma experiência diferente, pois os personagens possuem habilidades diferentes e acessam partes onde somente eles conseguem chegar. Há casos onde existem atos inteiros feitos para um personagem em específico, como em Mirage Sallon Zone, onde Sonic & Tails acessam a área por uma fase em um avião, enquanto o Knuckles segue por terra.

Alias, já ia me esquecendo, mas cada estágio de Sonic Mania tem uma batalha de chefe, diferente dos antigos games, onde o chefe só era presente no final do segundo ato. Aqui, não. Todo ato tem um chefe e eles são muito criativos e diferente uns dos outro. Tudo bem que boa parte deles consistem apenas em bater com o Sonic neles, mas muitos exigem que  jogador descubra quando é o momento de atacar e quando precisa esperar e desviar de seus ataques.

Considerações finais

Sonic Mania tem exatamente tudo que existe de maravilho nos clássicos games do Sonic. A jogabilidade está perfeita, não há nada de errado com ela. Existe uma novidade porém, chamada Drop Dash. Essa habilidade consiste em segurar o botão de pulo após utiliza-lo até que o Sonic aterrisse no chão. Isso fará o ouriço sair em disparada, como se o jogador tivesse usado aquele clássico movimento em que o Sonic baixa e acelera sem sair do lugar até que o jogador diga para ele sair.

O movimento parece ter agradado novos jogadores, já que isso acelera e muito a mobilidade do personagem. Eu, velho e desatento, só fui perceber que o Drop Dash existia bem tarde do game, mas sequer senti falta disso, de tão imerso estava na velha jogabilidade. É algo que está ali e não te obriga a usar, usa quem curtir.

O game lhe envolve, lhe abraça. É pálpebra o amor que a equipe de desenvolvimento deu ao game, aos minúsculos detalhes que poderiam ser passiveis de qualquer crítica. E sinceramente não tenho nenhum ponto negativo para trazer nesta análise no que diz respeito ao jogo, seja em suas mecânicas, seja nas fases escolhidas, no que foi resgatado ou no que foi criado do zero como novidade. Simplesmente não encontrei um único ponto em que olhei e pensei “isso podia ter ficado melhor” ou “eu não gostei disso“. Não há.

Os estágios novos estão sensacionais, as novas mecânicas casam perfeitamente com tudo que essa atmosfera do Sonic clássico sempre foi, os chefes, os personagens, a animação, a trilha sonora. Tudo realmente combina. E essa é uma opinião pessoal de um jogador das antigas, que tem uma memória afetiva pelos clássicos, que viveu na época em que eles eram a sensação dos videogames.

Resta agora torcer para que essa nova geração de jogadores comprem o game, curtam e gostem de tudo que existe de mágico oriundo do que eu gosto de chamar fase de ouro dos videogames. A Sega precisa continuar fazendo mais games assim. Eu quero um Sonic Mania 2! Não precisa ser pra ontem, mas que existe a possibilidade desse legado, desse resgate, continuar existindo. E que isso possa inspirar outras empresas a fazer o mesmo. Imagine se Mega Man ou até mesmo um Super Mario sofresse esse tipo de tratamento? Seria de chorar até soluçar de alegria.

É muito bom que a Sega não tenha se influenciado em Super Mario Maker e decidido fazer um game do Sonic de construção de level. Não que Mario Maker tenha algo errado, porque ele também é fantástico, mas o resultado de Sonic Mania prova que não preciso só pegar skins e paletas antiigas e dar a qualquer um para criar sua própria fase do Sonic. Há muitos profissionais super competentes, que cresceram e são apaixonados por estes clássico que se convidados a fazer uma homenagem a seus clássicos que inspiraram elas a serem o que são em suas profissões, aceitariam em um piscar de olhos. É preciso dar esse frescor a antigas séries. Deixar fãs e novos profissionais olhar e ver em que eles podem contribuir pelo legado desses games. Sonic Mania é a prova incontestável de que um estúdio pode abraçar desenvolvedores indies e deixá-los cuidar de suas IPs de uma forma que respeito e faça algo que essa mesma corporação não parece mais conseguir com a naturalidade e jovialidade que teve em seu passado.

Voltar às origens, rever o passado. Eu quero mais disso nos videogames. Obrigado, Sonic Mania!

Galeria de imagens

Nostálgico do jeito certo
Gráficos e visuais retrô, sem as limitações do passado
Jogabilidade perfeita, com nova mecânicas
Alto valor de replay, com muitos extras
Muitos estágios, fases bônus, e incríveis surpresas
Fantástica trilha sonora, faixas do passado e inéditas

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios