Thief of Thieves: Season One chega ao Xbox One, e no Xbox Game Pass

Durante o último final de semana, aconteceu um evento da Microsoft no México chamado X018, em quê diversas novidades e anúncios foram realizados. A minha intenção é comentar alguns destes anúncio aqui no site nos próximos dias em posts como este aqui. Claro que quem quiser espiar há um artigo completinho no Xbox Wire (em inglês).

Há muitos jogos que vou ter tempo para comentar posteriormente, porém há um em específico que foi lançado justamente enquanto rolava o evento: Thief of Thieves: Season One. Inclusive o título saiu já com a disponibilidade de uso dentro do serviço Xbox Game Pass, que foi amplamente divulgado no evento (quase como a atração principal mesmo).

O título não é exatamente um lançamento inédito, pois o mesmo já havia sido lançado em julho deste ano no Steam, porém é sua primeira (e exclusiva, por enquanto) aparição em um dos consoles da atual geração. Thief of Thieves é baseado em uma série em quadrinhos criada por Robert Kirkman, autor de The Walking Dead. É publicado pela Image Comics nos Estados Unidos desde 2012.

A série brinca com uma história em torno de um ladrão que está cansado de infringir a lei, mas não consegue viver em roubar, e então o mesmo decide roubar de outros ladrões. No game, o jogador assume a história e o controle de Célia, jovem aprendiz do grande ladrão da trama dos quadrinhos (Redmond).

Em termos de mecânicas há dois focos principais: um deles é que o jogador haja como um verdadeiro ladrão das sombras, sendo furtivo e não sendo detectado. O game dá ferramentas para ser criativo e encontrar maneiras para que essa ação ocorra. O segundo ponto principal é narrativo e tem a ver com as decisões do jogador. Seu atos tem consequências, então tome cuidado com suas decisões.

Além disso, todo o game tem uma direção de arte que lembra quadrinhos interativos, com uma bela e penetrante arte para os fãs dessa arte. Um belo elenco de vocês também foi convocado para dar as vozes aos personagens do game: Fryda Wolff (Mass Effect: Andromeda), Stephen Stanton (Rogue One), Emily O’Brien (Death Stranding), Cissy Jones (Firewatch, The Walking Dead: Season 1), Fred Tatasciore (Kung Fu Panda 2), and Elias Toufexis (Deus Ex: Human Revolution).

Admito que com todos estes elementos o título me deixou curioso. Se não conseguir testá-lo em breve, eventualmente quando for renovar meu Xbox Game Pass, é um dos que estarei baixando de imediato. Provavelmente no próximo mês já estarei renovando a minha assinatura do serviço, especialmente com tantos outros games interessantes que estão chegando e sendo adicionado ao seu catálogo. A promoção de 1 real para o primeiro mês deve perdurar até as primeiras semanas de dezembro. Há tempo para isso!

Enfim, um jogo independente que certamente vale a pena conhecer e saber de sua existência. O game foi desenvolvido pela Rival Games, um estúdio fundado em 2013, localizado na Finlândia. É o segundo projeto do estúdio. Eis seu site oficial.

 

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

Reflexão | Nem todo internauta é picareta! (Brasil)

Não é fácil começar uma discussão sobre um tema assim. O motivo...
Read More