Dando Nota!Jogando

Análise | Call of Duty: Modern Warfare 2 Campaign Remastered

Disponível para Windows, PS4 e Xbox One

É assim que Sheperd inicia a história de Call of Duty: Modern Warfare 2 Campaign Remastered:

“Quanto mais as coisas mudam, mais elas continuam as mesmas.”

Desde 10 de novembro de 2009, milhões de jogadores em todo o mundo ouviram essa frase. Pouco mais de uma década depois, essa frase ressurge com toda a força da nostalgia em nossas mentes, agora com o lançamento da remasterização para Windows, Xbox One e PlayStation 4. E comigo não podia ser diferente. E coisas boas não precisam mudar tanto, não é mesmo?

Afinal de contas, o multiplayer online da série Modern Warfare foi o que fisgou minha atenção para as disputas em rede. Cheguei no meio do caminho na época do primeiro Modern Warfare, e logo que passei a jogar online praticamente todos os dias, veio o anúncio do lançamento de Modern Warfare 2. Era o momento de acompanhar tudo desde o começo. Cheguei inclusive a migrar para o PS3; quantas recordações estão sendo despertadas agora!

Ávido por experimentar o tiroteio insano e frenético característico da série, já comecei com tudo no multiplayer online, disposto a subir no ranking e evoluir meu personagem para descobrir novas armas e equipamentos, deixando de lado os outros modos de jogos para serem apreciados em outro momento.

Logo deu para entender que esse multiplayer não era tão equilibrado assim, e era difícil se dar bem no começo. Mas tudo bem, o jogo anterior me deu a mesma sensação, e então lá se foram noites e noites evoluindo minhas classes de personagem. Era uma delícia descobrir armas novas e tentar criar um jeito de jogar fazendo máximo proveito dos equipamentos.

Fiz um monte de amizades na PSN, participei de clãs, mas nunca me considerei um bom jogador. Sempre joguei mais para me divertir do que para ser um terror para o time adversário. Porém, isso me levou a adotar estilos de jogo que proporcionaram muitas risadas, como utilizar o famigerado escudo. Escutar meu personagem dando pancadas com aquele escudo enorme e desajeitado e em seguida ouvir alguém bravo no chat era garantia de muitas risadas.

O mais legal era que as partidas eram rápidas e movimentadas, não se podia piscar sem algo estar acontecendo e campers eram altamente criticados. Eu não conseguia gostar de jogos como Battlefield por serem jogos onde o mapa era grande demais, e todas as ações que se tinha de fazer demoravam demais.

Missão Cumprida, e com satisfação!

Algum tempo depois, quando eu já estava bem próximo de conseguir meu primeiro prestígio, fui me aventurar no modo Campanha, e, caramba, não é á toa que até hoje ela é memorável. Missões variadas e dignas de um bom filme de ação, davam uma imersão absurda, complementadas com um primor técnico da mais alta tecnologia que se podia contar na época. Era comum eu parar e ficar apenas admirando elementos do cenário.

Quem jogou sabe como as emoções afloram na pele até os últimos minutos do game, seja estando em um aeroporto em uma missão sangrenta ou correndo pela neve, sem falar em outros momentos em que você realmente queria estar lá para executar a ação final, como todo bom videogame devia fazer nos sentir. Pergunte a um fã da franquia sobre suas emoções ao jogar e veja um sorriso aparecendo!

Inclusive ano passado eu comprei o MW2 na versão do X360 para matar um pouquinho da saudade. Pena que com todo esse tempo os hackers estragaram um pouco da diversão, e é difícil encontrar uma boa partida com boas conexões entre os jogadores. Mas quando a encontrava, era só nostalgia correndo nas veias. Cara, dá vontade de largar tudo agora mesmo e ir lá jogar.

Nova geração, e vale a pena estar nela!

Em 2016, juntamente com o Call of Duty: Infinite Warfare, foi lançado o primeiro Modern Warfare totalmente remasterizado para a geração atual, uma delícia para poder matar a saudade desse outro jogo icônico que deu início a essa saga. E é claro que desde então todos pensavam no momento em que chegaria o segundo capítulo também adaptado. Demorou mais do que devia, mas esse momento chegou.

Ou melhor, chegou “quase” tudo. Dessa vez, somente veio o modo de Campanha, com os modos multijogadores de fora. Um gostinho agridoce, sem dúvida. Mesmo que as declarações da Activision neguem que um dia tenhamos o multiplayer também remasterizado, tenho a certeza que todos aqueles que jogaram ele o desejam. Esse foi um tremendo ponto negativo para a Activision. Estamos de olho em vocês, caras!

Mas, em se tratando do que temos em mãos, tudo está muito bem. O jogo original era da Infinity Ward, mas a remasterização ficou a cargo principalmente da Beenox. Foram feitas muitas melhorias técnicas, inclusive com adições em termos de animações, melhorando um pouquinho mais o que já era bom, e que inclusive o game se mostra surpreendentemente bom de se jogar mesmo uma década depois. Impressionante.

Acredito que alguém que seja novo em videogames nem deve notar que se trata de algo lançado dez anos atrás, algo raro. E considero até mesmo superior a muita porcaria que se tem visto nos jogos FPS nos últimos anos. É o tipo de game que eu adoraria indicar para quem não tem costume de jogar, por apresentar uma mecânica de jogo mais objetiva e ter uma boa história.

Remasterizado e ainda bem!

Se o visual já ganha elogios, a parte sonora está no mesmo nível. A música continua épica, mas os sons em geral também ganharam novas melhorias e um bom headset é recomendadíssimo, coisa que dez anos atrás não era tão comum, eu mesmo jogava apenas usando um headset mono, apenas para conversação. Era outro mundo mesmo…

Enfim, se você viveu aquela época chegou a hora de reviver pelo menos a história sensacional, e cruzar os dedos por uma atualização que traga os modos multijogador. E para os recrutas, fica aqui meu convite para irem atrás do primeiro e do segundo Modern Warfare!

Dando uma nota

Remasterizado com qualidade - 9
O aúdio se tornou ainda melhor nos combates - 8.5
Ausência do modo multijogador é triste - 3
Uma aventura curta, mas cheia de emoções - 10
É Modern Warfare 2! - 10

8.1

Ótimo

Uma década depois de seu lançamento, Modern Warfare 2 chega remasterizado para nos fazer lembrar como é bom jogar um game bem feito. Vale a pena jogar de novo!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Mauri Link

Um gamer inveterado desde a primeira geração de consoles, aficcionado por histórias em quadrinhos, nerd de carteirinha, e super-herói nas horas vagas!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.