JogandoRapidinhas

Reúna seus heróis, pois The Wonderful 101: Remastered está chegando

Clássico da PlatinumGames estreia em novas plataformas no dia 19 de maio

Com uma incrível campanha de sucesso no Kickstarter, The Wonderful 101: Remastered reunirá todos seus heróis para combater o crime e qualquer catástrofe que ameaçar as pessoas, desta vez no Nintendo Switch, PlayStation 4 e PC. A partir do próximo dia 19 de maio. O título é a primeira experiência da PlatinumGames como auto-publisher, ou seja, além do estúdio ter desenvolvido o jogo, também fará sua distribuição global em todas as plataformas anunciadas.

The Wonderful 101 surgiu originalmente em 2013, tendo sido lançado como um exclusivo do console Nintendo Wii U. E hoje conseguimos analisar que as vendas totais do Wii U foram bem abaixo das expectativas – o console vendeu em torno de 13 milhões em sua vida, enquanto o Switch já consta com 55 milhões de vendas globais. Isso faz com que muitos títulos exclusivos do console sejam raridades que pedem por novas chances no mercado. Não é à toa que a própria Nintendo relançou diversos jogos seus do Wii U no Nintendo Switch, em versões Deluxes. E a PlatinumGames notou aí que existia essa chance de fazer o mesmo por The Wonderful 101, e a Nintendo (que foi publisher do título originalmente) deu permissão para tal.

A própria PlatinumGames comentou na época do lançamento da campanha de remasterização de The Wonderful 101 no Kickstarter que é uma vontade do estúdio aprender um pouco em atuar como publisher, afim de que futuros jogos do estúdio possam seguir por esse caminho. Isso a tornaria menos dependentes de certos acordos que nem sempre ajudaram o estúdio com suas franquias. Basta lembrar o cancelamento de Scalebound (que tinha um acordo com a Microsoft) ou até mesmo o caso de Bayonetta 2 (também saiu do Wii U e foi para o Switch), que só se tornou uma realidade mediante um acordo de exclusividade com a Nintendo, quando a Sega (publisher do primeiro Bayonetta) demonstrou que não queria assumir a sequência sozinha. Parece que a PlatinumGames quer aprender a fazer um pouco das coisas por conta própria, como tantos outros estúdio também fazem hoje em dia quando se veem sem ter acordos viáveis com publishers. Bem, e o estúdio tem se esforçado para revelar seus planos para o futuro.

Retornando a The Wonderful 101: Remastered, o título é um jogo de ação e aventura a qual o jogador assume o controle simultâneo de 100 heróis (você faz o 1 de 101, sacou?), enquanto precisa lidar com grandes desastres urbanos e vilões gigantescos, no melhor estilo Super Sentai. Tudo idealizado com aquele bom humor escrachado que a PlatinumGames tão bem entrega em suas obras. O jogo é uma obra de Hideki Kamiya e Atsushi Inaba, uma dupla que trabalhou em dois clássicos que particularmente adoro: Viewtiful Joe e Ōkami. IPs que ainda pertencem a Capcom e não a PlatinumGames, do período em que parte da equipe do estúdio trabalhava na saudosa Clover Studio.

Mas diferente de Viewtiful Joe, que tinha um estilo muito mais 2D e ação plataforma, The Wonderful 101 segue uma direção mais moderna, mais tridimensional. Ao assumir o controle de 100 personagens, o jogador pode formar combos criando enormes armas com os corpos dos heróis, utilizando massivos atavas contra inimigos enormes. Parte dessa ideia, que originalmente surgiu para ser feito na tela de touch do Wii U aqui foi readaptada para funcionar de uma forma mais funcional com os controles mais tradicionais.

The Wonderful 101: Remastered, tal qual como o nome sugere, chega a esta geração de consoles (exceto ao Xbox One) com gráficos aprimoradas, mas ainda mantendo a direção de arte bem semelhante ao que foi o jogo original. Com uma melhor resolução, loadings menores e uma melhora na taxa de quadros. A campanha no Kickstarter também garantiu um novo modo Time Attack, duas missões inéditas e também um novo remix de sua trilha sonora.

Soa como uma ótima oportunidade para conferir uma pérola da PlatinumGames, e quem sabe uma nova chance a uma série que talvez até mesmo pudesse ganhar uma nova chance eventualmente. Pense como uma sequência poderia elevar a ideia do jogo a um novo patamar. Seria interessante ver isso acontecer. Para mais The Wonderful 101: Remastered, pouse heroicamente em sua página oficial.

Obs.: sabe outro clássico da PlatinumGames que eu gostaria de um retorno? Madworld (Wii, 2009)!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.