Lendo

Review – Os Melhores do Mundo – Nº 11

Sinopse Panini: Mulher-Maravilha: o resgate de Nêmese e a volta de Circe! Íon: a jornada de Kyle chega ao fim! Flash: Inércia reúne perigosos vilões e parte para o ataque! E ainda: no futuro, ninguém pode ouvir a Legião gritar!

Eu li:
Mulher Maravilha – Amor e Morte, Parte 2: Continuando a histórinha da Mulher Maravilha da edição passada, Diana continua tentando se acertar nesse mundo e vai atrás de seu parceiro no Departamente de Assuntos Meta-Humanos, nal qual ela age sobre o disfarce de Diana Prince, que foi capturado por Circe na edição passada. O caso é que a revista continua dando voltas e voltas sobre o mesmo tema e não avança. Continua aquela coisa de Mulher Maravilha matou Maxwell Lord há um ano atrás e que ainda não é reconhecida por muitos como heroina mais, os vilões ficam jogando isso na cara dela e blá blá blá. No fim ela se deixa capturar pelo departamento do governo. Enquanto isso na Ilha das Amazonas, que não está mais na Terra, algo começa a se mover… uma nova trama espero. O caso é que para a terceira heroina da DC no tripé, Superman, Batman e Mulher Maravilha, a revista é bem fraca.

Flash – Velocidade Máxima, Parte 3: Esta aqui sim começa a ficar mais interessante desde que Bart resolver de vez assumir o manto de Flash e parou de nos deprimir com o peso da responsabilidade em seu ombro. A trama de que a Galeria de Vilões novamente irá se reunir, que num futuro Bart irá morrer e que no meio disso tudo ele resolve revelar sua identidade secreta dentro da delegacia, deixa a história em clima de ação e aventrura sem derrubar a peteca.

Legião dos Super-Heróis: As histórias da Legião são sempre ótimas,  aqui continua a linha de enredo que começou algumas edições atrás quando todo o planeta terra foi invadido pelos Dominions e um vírus disseminou e destruiu toda a tecnologia do Planeta. Sonhadora no começa da história, Mon-El morrendo e Brainy 5 ainda não achou a cura, invasão, heróis caindo e tortura Domínion resultando numa armadilha para toda a Legião em poucas páginas, deixando a luta final para a próxima edição. Excelente história.

Íon – Enterrando o Passado, Parte Final: E chega o fim Íon! Próxima edição começa outra revista no mix da Panini. Alias a capa desta edição 11 é bem falsa, já que se você acompanhou Íon até aqui sabe que ele não vai morrer e sim sua mãe que já estava com o pé na cova. O caso é que essa última edição deixou muito a desejar. Não revelando alguns mistérios em torno deste novo tipo de Lanterna Verde, o que os monitores realmente querem e farão. A parte em que Kyle revive sua mãe para se despedir é incrivelmente forçada e na última página, uma nova trama se abre, dando a entender que se trama da Guerra do Anel, a Tropa Sinestro, e um aviso que em Julho ela continua na revista Liga da Justiça.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios