Jogando

[Games em Produção!] Ghostbusters The Game

Ghostbusters (ou Caça-Fantasmas, da tradução para o Brasil) é uma franquia de cinema de fantasia científica e comédia criada em 1984. Se você nasceu no século XXI possa não conhecê-los, mas o fato é que muito pouca gente desconhece aquele famoso fantasminha verde nojento, o Geléia (ou Slimer =, no original). O nome trata-se de dois filmes de uma trupe de 4 integrantes de para-psicólogos, que em New York, resolvem caçar fantasmas que azucrinam a cidade, isso sendo o seu ganha-pão diário. Os filmes viraram febre mundial, rendendo séries animadas, HQs, games, bonequinhos, atração tema de parque de diversão e etc.

O conceito foi criado por Dan Aykroyd (também um dos integrantes do filme) e sua fascinação pelo paranormal. Ele se inspirou no “American Society of Physical Research Journal” e alguns artigos dele, bem como filmes como “Ghostchasers”. Segundo a revista, mesmo naquela época já existiam pesquisas plausíveis que apontavam para aparelhos que conseguiam capturar ectoplasma ou materialização, pelo menos no visual.

A primeira resenha de Aykroyd para o enredo era muito peculiar: os ghostbusters viajariam através do tempo, do espaço e de dimensões paralelas, capturando fantasmas, sendo que haveriam muitos outros fantasmas gigantes como o Stay-Puft. Graças ao diretor do filme, Ivan Reitman, essa “viagem” foi esquecida e o roteiro do filme foi refeito, preservando as idéias de Aykroyd. Também, a princípio, Eddie Murphy estava cotado para o filme, mas que por outros compromissos, teve que recusar.

Nos VGs, Ghostbusters debutou no PC primeiramente em 1984, e após no Atari 2600, NES, Sega Master System e Sega Genesis, Arcade, Gameboy e celulares. Uma das mais conhecidas e odiadas é a versão de NES, pela sua dificuldade insana, tosquice absurda, péssima jogabilidade, parte gráfica e sonora bem aquém e uma mensagem final após os créditos que dói o estômago de qualquer um que conheça o básico da língua inglesa: “Conglaturation !!! You have completed a great game. And prooved the justice of our culture. Now go and rest our heroes !” (escrito assim mesmo, com a péssima ortografia).

Pensando em acabar com essa tabu e em agradar milhões de fãs da franquia, a Sierra adquire os direitos e prepara um grande game de Ghostbusters, com o desenvolvimento a cargo da softhouse Terminal Reality (para as versões 360, PS3 e PC) e pela Red Fly Studio (versões Wii, DS e PS2).

Em Novembro de 2007, a revista Game Informer revela, na capa da mesma, o game. Dan Aykroyd está guiando boa parte do projeto, desde aconselhando o diretor, escrevendo os diálogos e até deixando sua própria voz no game. Por falar nisso, os 4 atores principais já estão confirmados, além da secretária magricela e namorada do Egon. Infelizmente, Sigourney Weaver e Rick Moranis estão fora. Mas 2 perdas aceitáveis até.

No jogo, você fará o papel de um novo recruta da trupe, no ano de 1991 (2 anos após o 2º filme), na mesma New York City, que está mudada. Segundo a IGN, a cidade estará fascinada a tudo relacionado a Gozer (o vilão principal do filme original). Há Stay Pufts em desenhos animados, caixas de fast foods e até um museu sobre Gozer será aberto na cidade.

Os Proton Packs (aquelas armas de raios) terão 3 modos principais: Proton, Electron e Slime) e com o progresso, claro que Egon irá fazer uns upgrades. Como no game você passará bastante tempo em corredores e salões, um novo modo das armas, o Shot-Blast, foi adicionado. É como uma shotgun, necessária para ataques à curta distância, e com grande poder de destruição. Segundo a IGN, as armas serão, como nos filmes, poderosas e instáveis, como se tivéssemos mesmo um não-licensiado acelerador nuclear nas mãos.

Sobre os fantasmas, sabe-se até agora que com seus poderes “ectoplásmicos”, eles se protegerão com objetos dos cenários. Cabe a você usar a sua estratégia e acabar com esses escudos antes de fritar os espectros.

Sobre a engine do game, chamada de Infernal Engine, ela trará “suporte à matéria”, raios, texturas detalhadas e uma física incrível. Física esta que permitirá centenas de objetos interativos e destrutíveis, tudo de uma vez só na tela (e até ao final da missão, haverá uma contagem de “danos” que você causou). Além disso, em uma cena em particular, durante a parada do “Macy’s Day”, vai contra com 3000 pessoas andando nas ruas. Por fim, a Infernal Engine permitirá que os caçadores fiquem cobertos de gosma de fantasma, ou de marshmallow, ao derrotarem Stay Puft.

A única reclamação da equipe IGN foi que, apesar do discurso “ainda estamos verificando”, provavelmente não haverá co-op online no game.

Haverão algumas diferenças entre as versões de Ghostbusters. Para Xbox 360, PS3 e PC, os gráficos soberbos irão predominar, com suporte a 1080p, Wide e anti-aliasing, e o foco será na jogatina single player. Já nas versões Wii, PS2 e DS, o foco estará na jogatina multiplayer.

Então é isso, desculpem pela extensão da coluna, prometo que não será assim sempre, é que precisava contar um pouco da série até chegar ao jogo.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=zn0BbAL_pho]

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios