Jogando

Mazan: The Flash of Blade

Por mais que os consoles evoluam cada vez mais, e eu tenha um DS, uma coisa da qual eu não abro mão é ir de vez em quando a algum fliperama.

Um dos melhores que eu já fui é o Hot Zone, do Park Shopping Barigüi, em Curitiba. E da última vez que eu fui lá eles tinham uma novidade um tanto quanto curiosa, o arcade Mazan: The Flash of Blade (as fotos não são do Hot Zone).

 

Mais detalhes depois da pausa estratégica…

Trata-se de uma máquina criada pela Namco no final de 2002, que conta com um sensor de movimentos, onde os jogadores assumem o papel de samurais em um jogo com visão em primeira pessoa.

A pontuação e o sucesso dos jogadores, bem como a vida deles, depende da habilidade em acertar a espada no lugar certo e na hora certa. A máquina conta até com uma espécie de “modo tutorial” que explica as posições e os movimentos da espada, e a chave para vencer no jogo é “bloquear” os ataques inimigos e resistir até conseguir uma “abertura” e dar o golpe final, derrotando-os.

A ação rola toda em 3D numa tela de 50 polegadas, com várias animações para os ataques e as mortes dos inimigos, e os vários movimentos e ataques são feitos com os movimentos da espada.

Infelizmente não tive o prazer de jogá-lo – a fila estava grande e eu não tinha muito tempo – mas com certeza deve ser uma experiência interessante. Vejam algumas screenshots do jogo logo abaixo.

 

 

 

 

 

Fui!!…

Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios