Japão

[Origens] Dragon Ball

Hoje a coluna Origens volta depois de um longo sono. Na verdade o sumido aqui fui eu, atolado de obrigações de final de curso. Mas eu não morri, e trago a vocês uma edição do “Origens” como eu sempre quis que fosse, rápido, curto, objetivo e informativo.

Hoje falaremos da série de mangá e anime mais famosa do mundo, Dragon Ball!

A idéia

Querendo romper a tradição de colocar influências ocidentais nas séries, Akira Toriyama decide criar uma série de mangá que é modelada no conto chinês Journey of the West. Com Dragon Ball, Akira também evoluiu sua outra série de mangá, Dragon Boy, lançado em 1983 pela Fresh Jump num único volume. Esse novo trabalho combinava o humor da sua série de sucesso, Dr. Slump, com um enredo mais voltado à ação. Além de prestar homenagem ao ator lutador de artes marciais, Jackie Chan.

Ao criar personagens femininas em DB, Akira não queria passar a idéia de “mulher fraca”, uma característica atribuída à mulher na tradição japonesa antiga. As mulheres em DB são fortes, não apenas lindas e sexys. Além disso, foi contra as tradições até então que os personagens mais fortes seriam os mais “ogros”. Em DB, muitos dos mais fortes personagens são pequenos, como Goku. No final, o objetivo de Akira era de ser não-convencional e contraditório aos costumes até então.

Idéia toma forma

Escrito e ilustrado pelo Akira, DB foi lançado inicialmente pela Weekly Shonen Jump, em 1984. A série terminou em 1995 quando estava muito cansado e sentiu que precisava de um tempo longe dos desenhos. Os diversos capítulos lançados pela revista foram coletados e lançados em volumes.

NOTA: A revista Shonen Jump publica semanalmente diversos mangás, mas apenas cerca de 17 a 19 páginas da série que ainda está sendo produzida, como Naruto e Bleach. Após um certo tempo, esses mini-capítulos são colocados num volume (chamado tankobon) e lançado tudo junto.

Recepção pelo público

Dragon Ball é a série de mangá mais famsa de seu tempo, e continua entretendo leitores mundo afora. Até o ano 2000, mais de 126 milhões de cópias dos “tankobons” tinham sido vendidos no Japão. Até 2007, esse número havia ultrapassado os 150 milhões. O sucesso de DB deve-se ao fato de sue enredo ser cíclico e sem fim: “a jornada de Goku e sua força sempre em crescimento resultou num personagem que cativou a admiração de jovens por todo o mundo”.

[Traduzida e adaptado – Wikipedia]

Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.