JogandoReflexões & Opiniões

Lego Batman | O quanto um game pode repetir uma fórmula?

Ontem recebi algumas unidades de Lego Batman para colocar no Mercado Livre, porém resolvi ficar com uma já que gosto muito da franquia Batman e me diverti muito com Lego Indiana Jones.

Joguei apenas o primeiro level, já era tarde e não puder mais que isso, prometo que final de semana regaçarei de jogar para fazer sua análise. O caso é que para quem já jogou Indiana Jones e Star Wars em suas versões Legos, o terceiro game da série não inova muito. Pelo contrário, continua apostando na fórmulas do anteriores e de certo modo não muda muito.

A barrinha de lego studs, o dinheiro do game, continua, tendo que encher 100% em cada level; as peças escondidas que ao final formam alguma coisa; as dezenas de personagens diferente do universo do game, cada um com habilidade únicas importantes para a caçada de todos os itens do game; Fases em que se torna obrigatória serem jogadas mais de uma vez para acesso a áreas secretas e aos itens extras; muita exploração e puzzles misturados com beat-up e plataforma; e o excelente modo cooperativo para 2 jogadores.

Ainda assim é notável que após 3 séries, esperava-se que a Traveller’s Tales implementasse algumas melhorias. Claro que o modo cooperativo é fantástico, mas seria melhor ainda se funcionasse online. No mercado atual esse requisito é quase que obrigatório. Poderia incluir assim um multi com mais do que 2 jogadores.

O caso é também não imagino muitas outras mudanças no sistema de gameplay, até porque após 3 três, ainda acho divertido jogar Lego. E aqui abro a pergunta que dá título ao post, mais quantos games serão necessários até a franquia desgastar?

Quanto ao game do Batman, joguem. Ficou muito engraçado todos os personagens em forma de Lego, os poderes das armaduras de Batman e Robin são mais legais e permitem uma dinâmica maior que o jogador tinha em Indiana Jones. Não arrisco dizer se ficou maior ou menor que o Indy, pois nem comecei a arranhar o game. Os cenários escuros de Gotham dão um clima bem mais sinistro ao game do que o ensolarado Indiana, alias a tela de Start de Lego Batman é fantástica, com Batman em cima de um prédio e uma lua enorme atrás. E a Batcaverna ficou sinistra com os veículos do herói em formato de peças Lego. o/

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.