Lendo

Review DC – Liga da Justiça – Nº 71

Sinopse: Enquanto se preparam para celebrar o casamento do Arqueiro Verde com a Canário Negro, os membros da Liga da Justiça têm que lidar com Lex Luthor e sua… Liga da Injustiça! Flash: conheça os Tornados Gêmeos! Mulher-Maravilha: depois do conflito, a busca pelo sargento Steel!

Liga da Justiça – Liga da Injustiça: Sem Limite, Parte 1: Um problema quando se tem uma história com vários vilões e vários heróis é que não sobre muito tempo para uma algo mais profundo. Despedida de solteiro do Arqueiro-Verde e da Canário, que vão se casar, rolando nesse especial da Liga da Justiça, com mais páginas. Então óbviamente temos mais heróis dos que os habituais da revista. Lex novamente está reunindo uma liga da Injustiça, não seu qualé o do nome breca, desta vez com dezenas de vilões. A história é isso. A liga dos vilões surra o novo Nuclear, mas não o mata, Batman, Arqueiro Vermelho, Mulher-Gavião e Diana vão atrás dos culpados, não conseguem dar conta e Mulher-Gavião foge para avisar o resto dos heróis, fim de história e continua na próxima edição. Entretenimento, fórmulas cliches e mais do mesmo, porém, nem por isso não deixa de ser divertido.

Mulher-Maravilha – Húbris, conclusão: A história começa contando o fim parcial da mini-série O Ataque das Amazonas. Depois disso o que temos são eventos sem graça, com Diana e Nemese tentando achar o chefão do Departamento de Assuntos Meta Humanos que foi capturado pelo Homem-Comum duranta a confusão da Guerra. História medíocre para uma personagem que poderia ser muito mais no universo da DC. Alias não sei porque Mulher-Maravilha tem histórias tão ruins.

Mulher-Maravilha – Biografias: Sem o rastro do Ataque das Amazonas, essa história que começa e fecha nesta mesma edição é “menos ruim”. Reconta um pouquinho a história de Diana, suas parceiras e origens. No fim um mensagem que não é recebida, deixando aquele gostinho sem graça na mente do leitor e Nêmese e a Mulher-Maravilha novamente trocando cantandas sem ir mais além do que palavras. Não que eu não ache que Diana não mereça mesmo um namorado, deixaria a personagem mais humana, já que ela é sempre meio robótica quando se trata de emoções humanas, mas o personagem de Nêmese não tem tanta simpatía quanto poderia ter e quase sempre parece que os desenhistas se esforçam para que o leitor aceite logo o personagem e um envolvimento romantico entre a dupla inicie…

Flash – Os Tornados Gêmeos, crescendo rápido, Parte 1: Mais aventuras com Wally West e explicações a respeito dos filhos do personagem, que cresceram demais para 1 ano de sumiço do universo DC. O mais legal de tudo é que os gêmeos tem poderes envolvendo a força da aceleração e ambos sofrem com esse processo de metabolização rápido. Interessante ver também como Linda, a esposa, acabou se adaptando a essa vida e estudou com aliens de outra dimensão o processo de cura ou amenização do metabolismo das crianças. Com certeza Wally voltou com muitas novidades e que abre um nova gama de aventuras para o personagem.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios