Review [Parte 1 de 2]: Gears of War 2 – O Multiplayer! [X360]

Por que “parte 1 de 2“? Só porque ainda não pude terminar o modo campanha. Recebi minha edição de Gears of War 2 lá dos EUA com quase 40 dias de atraso do lançamento. Soma-se mais 1 semana tentando fazer o sistema de VPN para baixar o conteúdo que é meu por direito. Só pude testar GoW2 este final de semana. Mas depois de serrar, explodir e despedaçar alguns gringos, estou apto para comentar com os leitores do blog, como o game se saiu.

Defeitos? Sim, infelizmente há alguns bem chatos. Porém não se preocupe, pois com certeza Gears of War 2 é ainda um dos melhores games online do ano de 2008 e certamente de toda a biblioteca do X360 até o momento.

Não pare por aqui! Continue lendo após o “mais”…

Dados Técnicos
Plataforma analisada:
Xbox 360
Players: 1-2 Player [off-line] – 10 Players [On-line] Multiplayer: Modos cooperativos, competitivos e equipe.
Desenvolvedora: Epic Games
Distribuidora: Microsoft Games Studios
Lançamento: 07/Nov/2008

Around the World

Mas vou pelo pelo princípio: os mapas. Eles são Stasis, Security, Ruins, River, Pavilion, Jacinto, Hail, Day One, Blood Drive e Avalanche. Um vídeo montagem da IGN, colocado no You Tube. A qualidade não é das melhores, mas vale a pena dar uma olhada.

Além destes, há ainda 5 mapas do primeiro Gears que foram envelhecidos e modificados. Gridlock, Canals, Mansion, Tyro Station e Subway. Eles estão disponíveis para download a todos os americanos que compraram o game, gratuitamente, mediante um código que vem junto com o game. Veja os 5 mapas.

Quantos aos brasileiros, aqui na terra do carnaval, a versão comum do game veio sem o código e na edição limitada os códigos vieram colocados fora da caixa e virou baderna. No final de 2 semanas após o lançamento a Microsoft bloqueou o download dos mapas para nossa região e agora só por VPN. Palhaçada é pouca para citar este caso. Enfim, caso você queira efetuar a famosa VPN, mas não tem 2 placas de redes, há uma opção para se fazer com 1 placa e 1 roteador, se lhe interessar, acesse este link. Funciona pois foi assim que baixei meus mapas.

O jogador irá notar algumas mudanças nos mapas do game. Eles estão maiores que os do primeiro jogo, por exemplo, dando mais espaço para o jogador se esconder ou observar de longe o oponente. Há mais armas espalhadas pelos cenários. E alguns mapas também influenciam nas partidas como Avalanche, na qual em determinado momento uma avalanche (dã) toma conta de quase toda a área aberta do mapa, ou em Security, aonde a melhor arma do mapa está protegida por lasers, que são desativados lá do outro lado do mapa, requerendo no mínimo um trabalho em dupla para pegar a arma.

Enfim, os mapas mantém o padrão de qualidade estabelecido e somado aos outros fatores do game, continuam no ponto ideal para o game.

Modalidades!

Gow 2 traz também novidades em relação aos modos das partidas online. Agora existem 8 tipos, não explicarei detalhadamente, apenas um resumo básico:

* Warzone: É o tradicional mata-mata. A novidade desta vez fica a cargo da possibilidade de jogar 5 players em um único time. Os jogadores pediram e a Epic fez. 5 vs 5. As regras realmente não mudaram. Se o jogador cai, o mesmo não se levanta, só com o auxílio de um parceiro. As novidades ficam por conta dos cenários, personagens e armas, que possibilitam novas estratégias.

*Execution: Outro modo puxado do primeiro game. As regras são praticamentes parecidas com a de Warzone, a única diferença é que se o jogador cair, depois de um tempo ele revive sem precisar da ajuda de um companheiro.

* Guardian: Este modo tinha no primeiro game, mas quase ninguém jogava. O extinto “Assassination”, salvo engano. Há apenas um em cada time… um líder. Enquanto este estiver vivo, todos os outros companheiros mortos continuam renascendo. Se o líder morre, aí sim o resto do time quando morrer, não retorna mais. O modo ficou bem mais bacana assim. E um detalhe especial é que agora o time pode ver através de um indicador, onde está o líder do outro time.

*Wingman: Este sim é um modo totalmente novo. São formados 5 times com 2 jogadores. Vence aquele que matar 15 inimigos antes. É um modo bem dificil, pois requer muito trabalho em dupla. Sozinho contra 13 inimigos não é fácil afinal. Ficar parado também não ajuda, pois mesmo que você seja o último ou penúltimo a sobreviver, o que conta é o número que o seu time matou.

* Submission: Outro modo novo e que vem fazendo bastante sucesso no modo público. É um capture a bandeiro remodelado. Não há bandeira, ela foi substituida por um humano controlado pela CPU. Ele atira, mata e faz o estrago. O jogador precisa derrubado, captura-lo e kevar até um ponto do mapa, isso é claro ainda com o outro time oponente tentado dominar o humano e leva-lo ao seu destino. O modo é bem intenso e com muitas mortes.

* Annex: Domine terrotórios! Este é o objetivo do já conhecido Annex. Particularmente, não gosto tanto, acho as partidas looongas demais. Porém em GoW2 achei que elas ficaram um pouco mais rápidas.

* King of the Hill: É o modo Annex melhorado! No outro, os território mudam de lugar a cada 60 pontos. Em King não. O território fica apenas em um determinado local até o fim. É correr, dominar o local e torcer para não perder o domínio. Morreu? Corre para o local de novo e tente derrubar os inimigos. King é mais estratégia, Annex é um pouco de sorte, porque depende muito de onde os locais irão surgir.

* Horde: Finalmente uma das melhores opções para se jogar Gears of War 2! Todos os modos acima, são disputados com 10 pessoas online. Horde conta com apenas 5 jogadores. Aqui é um modo survival cooperativos. São 50 waves, a cada wave vai ficando mais difícil. A cada wave mais e mais inimigos surgem no mapa, controlados pela CPU, para que os 5 jogadores matem todos. A dificuldade vai ficando a cada onda mais e mais insano. As armas depois de coletadas pelo mapa, até surgem depois de um tempo, mas dependendo da situação, é loucura sair de sua posição. Munição também chega a ser preocupante em Horde, já que ela não é infinita, você precisa pega-la dos inimigos ou das caixas de munição espalhadas pelo mapa e tais caixas não são muitas e demoram a aparecer. Eu consegui sobreviver apenas a 12 waves até o momento, foram 40 minutos arrepiantes, de sufoco e de muito trabalho em equipe. É um modo que parece não muito animador em forma de texto, mas na prática, a coisa é altamente insana. Não fique imaginando que apenas os Locusts comuns aparecem em waves. Todos os inimigos estão neste modo, dos mais fracos aos mais fortes, em quantidades imensas. E eles vão surgindo sem dó dos jogadores, se o time não for matando conforme eles vão surgindo, a situação sai completamente fora do controle.

Mais armas e mais mudanças!

Algumas coisas mudaram e ficaram otimas em Gears of War 2. Agora a serra ficou bem mais interessante. Temos os duelos de serras, que ocorre quando 2 oponentes vem com a serra um para cima do outro. Ganha quem apertar o “B” mais rápido. A Lancer [Metralhadora-Serra] ficou mais potente, agora sim ficando mais interessante sua utilização no multiplayer. Além disso temos a Hammerburst, a arma metrlhadora dos Locusts. Ela é um pouco mais potente do que a Lancer, porém os tiros saem da arma em intervalos mais longos. A cada partida de multiplayer é possível escolher começar com a Lancer ou a Hammerburst. Sobre a shotgun leia mais abaixo na parte de acertos e furadas, pois é uma arma que causou polêmica com o fato das metralhadores terem se fortalecido no game.

O jogo também traz 3 tipos de pistolas, não utilizei muito elas no multiplayer, pois não sou bom com tiros lentos, porém certeiros. Cada um tem características próprias apesar de nenhum destaque grandioso na área. Mas eu gostei da gorgon pistol, pois ela atira de forma bem mais rápido, apesar da minha precisão com ela ser horrível.

Há também o escudo! Nas partidas de versus, sem ser Horde, não achei tanta vantagem assim andar com o escudo na mão. O personagem fica lento e só pode atirar com uma pistola. A defensa é realmente boa, mas o ataque deixa a desejar. O bom do escudo [Boomshield] é que você pode fincá-lo no chão e usá-lo como proteção, podendo assim, utilizar as outras armas mais pesadas.

Uma das melhores novidades acaba ficando por conta das granadas. Você ainda começa com a boa e velha granada de fumaça, mas agora com uma diferença, assim que ela explode, se o inimigo estiver próximo, ele toma um baque e cai, dando chance para aniquilá-lo! Ainda o jogo manteve a granada Frag, que explode e acrescentou a Ink, uma granada de veneno, que mata aos poucos quem ficar no meio dela. Ótima para tirar inimigos de cantos e esconderijos de dificil acesso. Outra adição importante é a possibilidade de poder grudar as granadas, qualquer tipo, nas paredes e elas só são ativadas, quando o inimigo chega próximo a elas. É praticamente impossível fugir de uma frag ativada na parede.

Bem, ainda há as armas especiais, não esqueci delas. Sniper e Boomshot estão de volta em vários mapas. Gostei da sniper em GoW 2, ela ficou incrivelmente mais precisa com o visor azul em modo zoom. Torque Bow, o arco e flecha, também está de volta e arrisco dizer que agora está tão procurada quando a sniper. Hammer of Dawn, mais rara, aparece em alguns mapas, como Tyro Station e Jacinto. Mas as novidades mesmo que interessa. Há o lança-chamas, ótimo para acabar afastar muitos inimigos, mas pouco utilizada na pratica pelos jogadores, talvez porque a morte não é instantânea e permite ao queimado, ainda aprontar com o oponente. Uma das mais potentes, porém mais imprecisa é a Mortar, um lança granadas infernal. Com essa arma é possível devastar todo um time com um único tiro se eles estiverem todos juntos. Uma granada é lançado no ar e cai como uma chuva de meteoros num pequeno raio de distância. Por fim, existe a Mulcher, que é uma hiper-mega-super metralhadora, mas salvo engano, esta não tem fixa em nenhum mapa do multiplayer na parte de competições entre times. Se tem ainda não vi. No modo Horde ela existe!

Mais uma novidade bacana são as várias possibilidades de executar um inimigo com três botões diferentes e armas diferentes. São 11 tipos de execuções segundo uma das conquistas do game. Mas o melhor mesmo é poder pegar um inimigo caido de escudo para se defender. Útil em momentos de aperto onde tem inimigo demais perto e você precisa se afastar ou enrolar até seu time chegar. Lembrando que um inimigo pego como escudo não tem mais salvação pelo outro time. Assim que você é pego, você já muda para tela dos mortos.

Falando nessa tela de espectador, ela também está muito melhor! Agora você pode viajar em múltiplos angulos pelo mapa, onde os nicks dos inimigos aparecem de forma precisa e clara. Pode visualizar a camera individual das pessoas do seu time. Ou pode simplesmente andar pelo cenário livremente. Este último é meio complicado de controlar, mas é questão de pegar o jeito.

Creio que fechei as maiores mudanças no multiplayer e suas novidades. Não há realmente grandes reclamações. Há defeitos e bugs aqui e ali, mas é algo normal de um game de lançamento. Muitos reclamaram da demora em achar partidas e a Epic lançou um pago no dia primeiro de dezembro, melhorando a busca, dizem que ficou mais rápido. Eu como só peguei o jogo após o patch não posso afirmar, mas mesmo com alguns problemas aqui e ali, é possível perder horas de multiplayer sem ficar eternamente esperando. A minha dica é caso você não consiga achar logo uma partida é entrar no modo wigman, onde só precisa de 1 outro jogador, jogue umas 2 partidas de wigman e depois vá nos outros modos para ver se a busca não está mais ágil. Nas 5 vezes que fiz isso, melhorou a procura por partidas. E até porque Wigman é rápido, não gasta nem 15 minutos nela.

Multiplayer Co-op do modo campanha!

Este vou deixar para a segunda parte. Mas apenas aviso que é apenas para 2 jogadores. Havia boatos de que seria para mais players, porém existem momentos da história onde apenas Marcus e Dom interagem. Acho que isso seria um empecilho num co-op de 4 jogadores.

Acertos e Furadas

 * Bem, o review trata-se apenas do Muliplayer. Gears of War 2 ainda consegue ser um game onde além de um excelente modo campanha, tem um modo multiplayer que não é um extra a mais, mas uma parte imprescindível pelo sucesso do game. Talvez até mais do que o modo principal.

 * Infelizmente a Epic tentou fazer algo mais dinâmico no sistema de buscas do modo multiplayer e o tiro saiu pela culatra. O sistema é lento e demorado. Fazer a busca por um time para depois procurar um outro é frustante.

 * Em contraponto ao parágrafo acima, genial a possibilidade de poder fechar um time de 5 amigos para jogar partidas no modo público. Essa era uma limitação horrorosa do primeiro game, que foi consertada.

 * Esta não é uma reclamação particularmente minha, mas ele é comum em comunidades online: Duelos de Shotgun foram praticamente extintos. A arma ficou mais fraca em relação a Lancer, e a impressão é que as vezes o tiro não acerta o oponente. De quase 100 partidas disputadas num fim de semana, passei apenas por 2 situações onde duelei com a Shotgun e ambas eu perdi.

 * Horde com certeza é a melhor coisa que poderia acontecer em Gears of War 2. O modo onde 5 amigos ou desconhecidos online se reunem para derrotar dezenas e mais dezenas de inimigos divididos em 50 ondas (waves) é genial.

 * A Epic inseriu muitos modos de multiplayer no game. Isso com certeza é outro fator positivo para mais diversidade online. Agora é muito mais freguente você jogar de tudo um pouco. Ao contrário do primeiro GoW onde apenas Execution e Warzone era jogados. Todos aparecem no sistema de partidas públicas.

 * Mais armas novas, mapas originais e criativos, 5 mapas antigos remodelados… GoW não só traz mais modos e um sistema novo de partidas online, como ainda acrecenta estes detalhes arrematadores. Lança-chamas, morteiros, granadas de gás, possibilidade de grudar as granadas nas paredes e somado as antigas armas do primeiro, deixa tudo muito equilibra. No primeiro game havia aquela disputa imbecil por quem ia pegar a Sniper e quem ia pega a Boom. Agora todos os mapas tem armas especiais de sobra para o todos os 10 jogadores. Alias 10 jogadores! Preciso elogiar isso também?

Finalizando…

Duas palavras? “Mais quantidade”!

Acho que o multiplayer de Gears of War 2 podem ser resumido nestas 2 palavras. O jogo vem com mais mapas, mais armas, mais modos de games, mais opções, mais personagens, mais novidades, mais divertido… bem deu para entender né?

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

Um pouco sobre pôquer e seu aprendizado por observação

O pôquer é um dos jogos de casino que mais cresce, especialmente,...
Read More