Jogando

Testado: Playstation Network no PSP e Patapon 2 via Download [Positivos e Negativos]

Se você é um dono de um PSP, já deve estar sabendo que para adquirir Patapon 2, deve obrigatoriamente ter uma conta na Playstation Network já que o game não está sendo vendido por UMD por aqui. Já fez isso? O que achou? Algo não funcionou? Vou contar como foi comigo. Após o “continue” e clique, porque vale a pena!

Cadastrando uma conta na PSN através do PSP

Um detalhe é que todo este processo fiz diretamente pelo PSP. Nada de ir no PC, entrar no site da Playstation Network e se cadastrar por lá. Foi tudo feito pelo PSP. Tenho um roteador wireless então meu portátil entra rapidamente online.

Todo o processo de criação de conta é bem didático e funcional. Você escolhe um e-mail, região no mundo [Coloquem Estados Unidos!!], cria um nome de usuário na PSN e endereço [Pegue atrás de qualquer caixinha de game, um endereço nos EUA]. Conta criada, password é salvo para não precisa ficar lembrando e pronto. Estou apto a navegar pela PSN através do PSP.

A Playstation Network no PSP

Antes de propriamente comprar Patapon 2, vale a pena navegar pela loja online e ver como tudo funciona e espiar tudo que ela está oferencendo atualmente. Como naveguei direto pela tela do PSN, nada de jogos de Playstation 3 ali. Tudo que é mostrado é exclusivamente para ser usado no PSP. Se você navegar pelo PC no site da Playstation Network, aí sim verá tudo que tem para PS3 e PSP, cada um em sua categoria é claro.

Mas eu gostei de navegar pelo PSP. As telas carregam rapidíssimas. Nem se compara com a demora do carregamento das páginas do Marketplace do Xbox 360. Só não comparo com as do PS3, porque não possuo o console.

Conteúdos Grátis na PSN valem a pena!!

Outro ponto positivo na PSN é que lá tem conteúdo gratuitos realmente bacanas para os donos de PSP. Eu mesmo baixei lá 4 temas gratuitos. Dois do game LocoRoco e dois de Patapon 2. São temas fantásticamente bonitos. Meu PSP ficou com outra cara depois de instalar eles. Até mesmo os ícones do menu mudam!!

A PSN também oferece alguns demos, inclusive de Patapon 2 e vem recebendo atualizações todas as quintas com mais e mais conteúdos. É verdade que ainda tem pouco coisa que valha a pena ser comprada no momento, mas a lojinha dedicada ao PSP é relativamente nova e só agora está chamando a atenção aos usuários.

De games, notei que Super Stardust Portable a U$ 10. Que parece muito legal. Talvez depois de enjoar de Patapon 2, eu compre o joguinho. Por ora quero esperar a E3 para ver o que mais a Sony irá oferecer ao PSP. Fora isso, a loja tem bastantes games de PSOne já, como Crash Bandicoot, Spyro e até mesmo Street Fighter Alpha.

Super Stardust Portable

Comprar não é tão bacana assim [Negativo]

Agora chegou a parte que me deu dor de cabeça e que me decepcionou: Comprar pela PSN. A rede virtual da Sony aceita cartões de crédito internacionais. Mas não é todo tipo. Pesquisei e vi dezenas e mais dezenas de relatos de brasileiros em que a PSN simplemente não aceita o cartão internacional. O meu, infelizmente, não aceitou. Não sei se é verdade, mas pelo que comentam em foruns e orkut, Mastercard e AMEX tem alta propabilidade de passarem de boa na PSN, mas o Visa constantemente é recusado. O meu cartão é Visa.

Aí o negócio é procurar soluções para o problema. Pesquisei os cartões pré-pagos da PSN e tomei um susto quando vi os preços no Mercado Livre e em alguns sites que vendem eles. Na minha pesquisa em geral eles sairam mais caros do que os Microsoft Points do Xbox 360. Na hora não me toquei que podia ter comprado um que valhesse U$ 20, mesmo que quem o venda não compre esse valor. No ML a maior parte dos vendedores vendem cartões de U$ 50 (a mais de R$ 150 reais).

Aí pesquisei outra alternativa e cai naquele esquema do Entropay. Nem vou colocar o link aqui. Não USEM Entropay. Cai na besteira de usar o sistema e joguei dinheiro no lixo (metaforicamente falando). O sistema basicamente cria um cartão virtual internacional na qual a PSN aceita usar. Pelo PSP não aceitou, mas pelo PC consegui transferir os fundos para minha conta na PSN.

O problema com o Entropay é que você não pode transferir qualquer valor. O mínimo precisa ser U$ 20. Claro que isso ainda custa uma taxa de 4,25% sobre o valor transferido e para piorar, no meu caso eles bloquearam por 30 dias míseros 2 dólares para verificações do sistema. Qual o problema? Fiquei com saldo de 18 dólares e o bendito Patapon 2 custa U$ 19,99 na PSN!!

Soluções: Esperar 30 dias para liberarem meus 2 dólares e aí sim comprar Patapon 2. [Detalhe que se eu importasse a caixinha com o código seria quase o mesmo tempo] ou colocar mais U$ 20 dólares [Valor mínimo do sistema] na bosta do Entropay e o que sobrar eu rezar para que no futuro tenha algo que preste na PSN para que eu possa gastar. Optei pela segunda opção. Resultado da brincadeira? Gastei U$ 40 só para conseguir comprar Patapon 2. Agora tenho U$ 20 sobrando para comprar qualquer coisa futura na PSN. Mas Entropay nunca mais. Comprarei cartões pré-pagos, mesmo que custem mais do que deveriam.

Enfim, o sistema de loja online da Sony deveria sim ser mais camarada. Meus cartões funcionam normalmente para o console da Nintendo. Os Microsoft Points do X360 são um pouco mais baratos. E o gozado é que o único sistema que não usam uma moeda fictícia, acaba meio que sendo sim um dolar fictício já que você não desembolsa U$ 20 dólares para a compra de um jogo. Será sempre um pouco mais. Não curti. É tão xarope quanto no X360. Não há nenhum positivo no sistema de compra pela PSN da Sony.

Enfim, baixando Patapon 2 e as primeiras impressões!

Adicionado fundos na carteira virtual da PSN. Comprei e botei para baixar Patapon 2 direto pelo PSP. Demorou? Sim, aproximadamente 1h30m. O joguinho tem mais ou menos 360MB, não recordo o número exato no momento. Nesse aspecto, a Live é mais rápida, mas talvez a conexão wirelles seja a responsável pela demora. O recomendado é que quando colocar algo grande para baixar no PSP, coloque-o na tomada. Um detalhe,  não percebi melhora alguma no carregamento dos loadings do game. Demora tanto tempo quanto se estivesse no UMD. Jogo baixado, missão cumprida! Hora de ficar viciado novamente!

Patapon 2 é tudo que você esperar e muito mais. O jogo está incrivelmente mais sólido e robusto. Agora você pode controlar com uma precisão absurda a evolução dos Patapons. Qual você quer evoluir, qual o level desejado e qual a forma de Patapon quer. Isso é claro se você tiver os itens permitidos para tal transformação.

Caso você tenha um save de Patapon 1 no memory stick, o game pergunta se você quer exportar todos os itens e dinheiro (ka-ching) que você deixou no game anterior ao novo. Faça isso é claro.

O jogo tem muito mais fases, chefes, armas, acessórios, variações de uma mesma classe de Patapon, tipos de Patapon. Pense dobrado quando pensar em Patapon 2.

O jogo traz uma classe nova chamado Héroi. O único Patapon que se morto em batalha, revive automaticamente após alguns segundos. E este Patapon pode ser de qualquer tipo (lança, espada, arco e flecha etc). Ele é essencial para montar boas estratégias de batalha. Sem mencionar que é o único que tem um power-up especial caso você acerte com precisão de 100% o ritmo da música. Alias o Fever Mode está bem mais consistente na continuação.

O multiplayer não pude testar, mas ele funciona através de Ovos encontrados no single player e também pode ser jogados sozinhos. É bacana jogar mesmo que seja sozinho porque ele libera máscaras e classes para o Patapon herói do game. E isso afeta positivamente a campanha single-player.

No geral Patapon 2 vale todo o esforço de colocar o PSP online, cadastrar-se na PSN e comprar online o game. Certamente, assim como Patapon 1 foi ano passado, Patapon 2 é, na minha opinião, a melhor coisa que o PSP tem desde que foi lançado.

Os chefes estão bem mais fodinhas de serem derrotados.
Este abaixo me deu trabalho.

Vídeo perfeito mostrando algumas mudanças no game, como a tela de evolução dos Patapons, a intro do game, alguns chefes etc etc etc:

Fim!

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios