AssistindoSeriados

Papo de Série #7 [Atualizado!!]

Papo de Série

Mais uma semana que teve bons episódios, algumas séries retornaram após uma semana de pausa, inclui no final do post também uma informação sobre a estréia da sexta temporada de LOST. rapido e direto vamos aos comentários.

The Big Bang Theory – 3×08 – The Adhesive Duck Deficiency:

Mais um ótimo episódio de Big Bang Theory, tivemos duas histórias no episódio e as duas muito boas, Penny e Sheldon indo ao hospital e Raj, Howard e Leonard acampando.

Quando Penny resbala na banheira e machuca o ombro, Sheldon é quem precissa socorre-lá. Sheldon é simplesmente hilário, desde a tradicional batida em todas as portas até chegar no banheiro onde está Penny até as confusões para ajudá-la a se vestir, as cenas dele apavorado dirigindo pela primeira vez na vida e no hospital. mas o que merece grande destaque aqui é Sheldon tentando consolar Penny, é simplesmente uma cena épica, Sheldon chega até tremer.

Na outra história do episódio, no acampamento, Howard sai a procura de mulheres e encontra duas professoras hippies e aceita seus biscoitos, sem perceber que estava com uma erva especial, o resultado disso foi os três nerds simplesmentes chapados com umas conversas de chorar de rir, Raj e Leonard no final debochando de Howard que perdeu a virgindade com a prima foi espetácular.

Um bom episódio, como todo o resto dessa temporada.

How I Met Your Mother – 5×08 – The Playbook:

O Barney que conhecemos e gostamos, está de volta, em definitivo pelo jeito, com todos os seus esquemas e no maior estilo LEGENDARY! Depois do episódio espetacular da semana passada, o episódio dessa semana foi para nos lembrar do bom e velho Barney mulherengo.

O episódio é sobre o livro de cantadas de Barney, que contém uma cantada mais absurda que a outra, por causa disso uma mais divertida que a outra. “SNASA”, “Meu Pênis realiza desejo”, “Lorenzo Von Matterhorn” são alguns dos exemplos, que só Barney faz da certo.

O episódio foi simplesmente muito bem bolado, toda a reviravolta para mostrar que tudo aquilo de ele estar no bar e roubar o livro de cantadas dele seria mais uma cantada para barney, foi simplesmente genial, ainda mais usando a Lily, provando que a mesma deve comer ainda muito feijão para chegar ao nivel de malandragem de Barney.

Um ponto bacana do episódio foi as referências onlines, se colocar Lorenzo Von Matterhorn no Google irá achar todos os sites mostrados no episódio, o que é simplesmente demais! Barney está de volta e isso é muito bom para série, pois o ator que o interpreta é simplesmente fantástico para comédia e sabe fazer muito bem o mulherengo!

Fringe – 2×08 – August:

Fringe está semana foi espetacular, finalmente tivemos um pouco mais de informações sobre o observador e quem é essa figura clássica na série.

O episódio começa mostrando o Observador fazendo anotações e seguindo o seu padrão de todos os outros episódios, eis que o tal padrão é quebrado, nos levando a toda a sequencia de eventos que o episódio mostra.

A história do episódio mostra o Observador sequestrando uma garota comum, Christine Hollis, que teve uma infância traumática, onde seus pais foram mortos em um acidente de carro causado por um grande terremoto. Outra coisa que marcou neste inicio de episódio foi ver que o Observador não era o mesmo de todos os outros episódios e sim outro, o que para alguns pode ser uma surpresa, mas muito boa a idéia deles serem um grupo.

A Fringe Division recebe o caso e resolve ir atrás de maiores informações sobre o Observador e acontece que a Massive Dynamic está envolvida nas informações do careca também. A maior surpresa do episódio foi ver que os Observadores não estavam somente em momentos importantes do “Padrão” e sim em grandes momentos de TODA a história da humanidade.

August, o nome do Observador, salva Christine de um acidente de avião, por isso resolve sequestrá-la. Todos os outros observadores querem saber porque ele fez isso e ele simplesmente responde que ela é importante, coisa que somente August consegue enxergar. O episódio mostrou muito bem esses personagens frios que são os Observadores tendo sentimento, August amava Christine, por isso estava disposto a morrer para dar segurança a Christine, esse fato fez Christine ser importante, foi o primeiro humano a causar a morte de um Observador.

Episódio com muito bons, que trouxe várias coisas novas a mitologia da série.

Supernatural – 5×10 – Abandon All Hope:

Episódio marcante nessa semana de Supernatural, confesso que eu mesmo perdi toda a esperança depois desse episódio, que passou muito bem o clima e teve fatos importantes, como a morte de um personagem e a libertação do segundo cavaleiro do Apocalipse. E pra quem como eu estava reclamando da falta de Lucifer e o fim do mundo, devem estar tão satisfeitos quanto eu.

No episódio fomos apresentados a Crowley, o demônio que estava com a Colt, e para surpresa de todos ele resolveu entregar a arma para os Winchester matarem Lucifer, ótima atuação de Crowley e mostra que Lucifer está nem ai para a humanidade assim como para os demônios. As cenas com Crowley foram ótimas, ele berrando com Dean e falando para ele não errar o tiro em Lucifer foi fantástico.

A história do episódio funcionou muito bem, mostrando diversas situações interessantes como cães do inferno, Castiel falando que hávia no local dezenas de Ceifadores e logo após aprisionado por Lúcifer, Meg reaparecendo, mais um Cavaleiro do apocalipse, a volta e logo após a morte de Ellen e Jo (as duas vão deixar saudades, gostava delas, principalmente de Jo, a atriz sabia interpretar muito bem seu personagem) e com certeza a aparição de mais um cavaleiro da morte fizeram o episódio realmente muito bom.

A morte de Jo e Ellen foi muito emocionante, apesar de ser em vão, já que sabiamos com certeza que a Colt não iria funcionar, tanto porque está muito cedo para acabar a temporada e por favor né, não iriamos esperar que conseguiriam matar Lucifer num episódio chamado “Abandon All Hope”?

Enfim, episódio muito bom, provavelmente agora vamos seguir com a história do apocalipse e Lucifer, pois agora não tem mais como fugir da guerra, com episódios que não mostram a principal trama da série.

Notícia -> ULTIMA TEMPORADA DE LOST TEM DATA DE ESTREIA:

E já temos a data de estréia da ultima e aguardada temporada de LOST, a ABC liberou a informação na quinta feira. LOST agora irá ao ar todas as terças feiras, com o primeiro episódio da temporada, LAX, sendo exibido no dia 2 de feveiro.

——————————————————————-

Enquanto isso na TV Paga:

Peço desculpas por não ter tido tempo de participar semana passado do Papo de Série. Eu tentei com todas as minhas forças, mas quando vagou tempo, achei que já era tarde demais.

Smallville – 9×04 – Echo
Canal Warner

Smallville ficou um pouco mais divertido nestes dois últimos episódios. Quer dizer, não tem muito a ver aquele episódio estilo Resident Evil, mas é inegável que quando misturam zumbis em tudo, fica pelo menos divertido. Já o episódio desta semana com o retorno de Toyman e de mencionarem novamente a morte de Lex Luthor foi um episódio bem montado. Mas essa depressão e culpa que os roteiristas jogaram em cima de Oliver Queen já deu o que tinha que dar. E esse relacionamento de Lois e Clark não é muito original. Já passamos por isso em dezenas de episódios da antiga série da década de 90 Los & Clark. Smallville passa por um momento meio complicado nesse momento, pois começa a sofrer de falta de criatividade e os roteiristas não podem transformar Clark no Superman, literalmente. Ou podem?


Fringe – 2×04 – Momentum Deferred
Canal Warner

AH! Que episódio sensacional de Fringe! Ainda bem que JJ Abrams não continuou pela temporada toda essa enrolação de Olivia sem memória. Isso estava realmente chato e clichê, mas com as revelações da trama, tudo parece realmente melhor. A participação de Leonard Nimoy deixa tudo muito mais bacana. Gozado como no primeiro ano, as coisas indicavam que a Massive Dynamic e Nina Sharp fossem os vilões, mas tudo virou nesse episódio. Uma batalha interdimensional? UAU!


Glee – 1×03 – Acafellas
Canal Fox

Para uma série que tem certa pretenções musicais, o terceiro episódio não foi lá grande coisa. Musicamente falando, nada de bom rolou. Quanto ao enredo… não há muito o que esperar da história de Glee. O sistema de narração melhorou entre o piloto e os episódios seguintes. Mas a série precisa de mais pra me animar. Precisa de uma história mais interessante, de personagens mais marcantes e melhores músicais. O professor de musica é realmente bizarro. Nesse episódio ele praticamente abandonou o coral para montar sua banda, que não durou até o fim do episódio, sendo que ele brigou tanto pelo coral escolar nos dois episódios anteriores. Esquisito. Em compensação a atriz Jane Lynch é um show de bola. Em todas as cenas em que ela aparece, ela manda bem. Melhor performance da série.


The Vampire Diaries – 1×05 – You’re Undead To Me
Canal Warner

Assisti Crepúsculo esta semana no Telecine. Preciso dizer… The Last Vampires é incrivelmente superior. Nossa que filme horrível. Fiquei até mal por ter reclamado do piloto de Vampire Diaries. E o episódio desta semana foi ainda mais bacana, com Elena fazendo de tudo para descobrir o segredo de Stefan e Damon naquele suspense se iria sair ou não de sua prisão. Episódio muito bem montando e agora os personagens começam a fica mais e mais interessante. O legal é que não teve muita lenga lenga de adolescentes neste episódio. Quer dizer, não sei qualé da história do grupinho dos viciados, é a única coisa que ainda não tem o porque de ter no enredo.


Supernatural – 5×05 – Fallen Idols
Canal Warner

Rá! Supernatural continua sendo uma das melhores séries da atualidade. Não tem jeito. Episódio simples, divertido e descontraido. Uma pena que semana passada não pude comentar sobre a viagem de Dean ao futuro, porque foi fenomenal! E olha que mexer com viagens para o futuro é sempre complicado e pode colocar em risco o suspense da trama, mas deu tudo certo, do jeito que os fãs esperavam a meu ver. E quem diria… Paris Hilton se saiu muito bem como o demônio do episódio desta semana.


House – 6×05 – Brave Heart
Canal Universal

House melhorou, mas ao mesmo tempo retrocedeu. Voltou ao que era na terceira temporada. Uma série que faz isso, apesar de atenter o que os fãs pediram, ainda assim é preocupante, pois não conseguem evoluir o enredo. O trio original voltou, e apesar do draminha do Chase por ter matado uma pessoa, ainda assim não consigo torcer pelo personagem. Eu gosto da dinâmica antiga, mas ao mesmo tempo torço por novidade. Quero coisa nova… e não a mesmisse de sempre.


Grey’s Anatomy – 6×03 – I Always Feel Like Somebody’s Watchin’ Me
Canal Sony

Grey voltou à Sony na semana retrasada! Uma série de médicos. Mas uma série com ótimas interpretações e personagens. A história na temporada passada ficou meio perdida com alguns personagens, focando demais na luta da Izzy contra o cancer. As coisas melhoraram nestes três episódios iniciais. Com trama paralelas para todos e uma ótima dinâmica no enredo. Ainda não sei direito o que esperar da nova temporada ou do rumo das histórias, mas certamente é uma ótima série para ver às segundas na Sony. Sabe ser dramática e engraçada na medida certa.


Ghost Whisperer – 5×01 – Birthday Presence
Canal Sony

Estréia de sexta na Sony. Infelizmente ainda não pude assistir. Estou ainda terminando o 4º ano. Não é uma das melhores da atualidade, teve uma queda gigante no início do ano 4, mas sei lá. É uma série para ver de vez em quando. Quando não há nada para se ver na TV. Já foi bacana, principalmente no ano 3 com o professor Rick Payne (Jay Mohr), uma pena que o ator abandonou a série. Vamos ver se na próxima semana eu consigo colocar a série em dia para comentar os eventos mais recentes.


Warehouse 13 – 1×04 – Claudia
Canal Warner

AHHHHHHH! Esqueci de gravar o episódio desta semana. XD

Já baixei pela internet já que a porcaria da Warner aparentemente não reprisa a série no final de semana. Assim que assistir (amanhã provavelmente), editaria aqui! Warehouse 13 vale a pena!!

Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.