Indicações e Resenhas de LivrosLendo

Percy Jackon: O Ladrão de Raios; e uma tempestade de clichês!

O primeiro livro da série foi lançado há um tempo, eu sei. Mas, como essa semana saiu mais uma continuidade da série e o filme daqui a pouco sai em locadoras etc, eu resolvi fazer uma retrospectiva e falar de todos os livres desse medíocre autor: sim, eu li todos eles – porque pra falar sobre, a gente tem que saber!

Bom, este é o tipo de história que, quando chega na metade (e a depender da pessoa, até mesmo antes disso), já se sabe o que vai acontecer até o final. Já se sabe quem são os vilões, quem são os falsos vilões, quais as superações de coragem em que a trilha sonora aumenta e todo mundo diz: “ôôôhhh!”, os dramas pessoais de cada personagem e tudo aquilo que sustenta a fórmula dos Blockbusters.

Acham que exagerei? Então, vamos lá: Percy Jackson é criado pela mãe e por um padastro “malvado”. O pai verdadeiro, é claro, não se sabe onde está. Percy tem problemas na escola e tem apenas um amigo. Quando descobre um pouco sobre quem realmente é – alguém especial, com poderes especiais -, ele acaba em uma espécie de acampamento, magicamente escondido, com regras próprias e que tem casas especias para cada um (só faltou o chapéu de Hogwarts!).

Bom, aí as coisas vão acontecendo e o trio resolve sair em uma aventura que poderia ter sido evitada, com cenas de ação que também poderiam ter sido evitadas, com escolhas um pouco mais inteligentes (tipo, não voltar por um caminho que você que está sendo seguido por milhares de monstros só para ver um ponto turístico, sabe?) Coisas assim…

Não dá pra esconder que achei um pouco besta demais. Sabia que era só para entreter mesmo, algo juvenil para ler antes de dormir, mas, nivelou por baixo  exageradamente… E estou falando do livro, da “história completa” e não da adaptação.

Tenho que dizer uma coisa, meio pessoal, eu sei, mas tá meio que entalado: é impressionante o que um bom trabalho de marketing faz. Os 4 livros da série Pecry Jackon e Os Olimpianos que foram lançados no Brasil já venderam mais de 150 mil cópias por aqui! Isso é uma quantidade gigantesca, quando se trata de livros no nosso país. Não sou defensor de que TODO livre tenha que ser uma obra de arte e tal, mas, este livro especificamente… E ele ainda ganhou vários prêmios no exterior. Eu li e posso citar (em uma próxima ocasião) uns 4 ou 5 livros no mesmo estilo que apresentam uma trama muito melhor articulada e interessante.

De qualquer forma, ao filme, se acrescentam os bons efeitos especiais, o fato dos personagens terem ficado todos mais velhos e as piadinhas bem americanas em momentos de perigo que a gente já conhece e já sabe que vai dá certo no final. E o Gran Finale: na versão dublada, o amigo metade bode de Percy diz ao Deus do Inferno, em pessoa: “você tem a pegada Zé Ramalho”!!

Percy Jackson e o Ladrão de Raios.
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrinseca
N. Páginas: 400
Custo On-line: R$21,30

Isso também pode lhe interessar

Pedro Duarte

Jornalista apaixonado por todas as coisas que existem. Deve ser isso! Não há nada de novo que não demonstre interesse imediato em conhecer: ler, assistir, escutar, experimentar. Tentando viver um pouquinho de tudo por dia e passar a experiência aos nossos leitores!
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.