Lendo

Livro: Angus – O Guerreiro de Deus!

No dia 21 de Abril  postei sobre o primeiro livro da série Angus (Link do post) e por isso, resolvi dar continuidade e escrever sobre o segundo livro da série: Angus – Guerreiro de Deus. Não vou fazer um resumão do livro (isso se acha em qualquer site) e nem uma crítica, vou apenas comentar sobre o livro e as razões que ele me agrada tanto.

A sinopse oficial do livro é a seguinte:

No ano de Nosso Senhor de 1147, Angus MacLachlan partiu da Escócia e rumou com seus irmãos e compatriotas em direção à Terra Santa. No Oriente, grandes tragédias os aguardam. O socorro dos templários será suficiente? Tem início a Segunda Cruzada e as injustiças mais graves não surgirão das mãos dos muçulmanos, mas principalmente dos monarcas do Ocidente cristão. O mal paira mais uma vez sobre todas as nações. A perfídia contamina as Cortes. A busca pelas riquezas do Oriente cega os cruzados. Angus MacLachlan precisará lembrar das virtudes que repousam no sangue de seus ancestrais e invocar, acima de tudo, a Justiça Divina, a fim de tornar-se um “Guerreiro de Deus”.

Assim como no primeiro livro da série Angus, Orlando Paes Filho transporta o leitor mais uma vez a um período da história repleto de misticismo e fantasia. Através de uma narrativa envolvente e apaixonante, ficamos sabendo dos acontecimentos que foram responsáveis pela fundação do Clã MacLahan e as aventuras do seu mais notável representante: Angus. Que se tornou exemplo de homem honrado e repleto de virtude para todas as gerações do Clã MacLahan.

Além da história bem amarrada o livro possui ilustrações que mantém a qualidade vista no título anterior. Quem teve a oportunidade de ter alguns dos livros em mãos, sabe do que estou falando, quem ainda não viu, pode conferir uma amostra abaixo:

Eu sou suspeito pra falar muito coisa sobre este título, pois foi paixão a primeira leitura. Eu mal terminei de ler o primeiro livro e já fui atrás do segundo. O formato do livro mudou um pouco: diminuiu um pouco de tamanho, mas mantém a media de 300 páginas, repleta de ilustrações coloridíssimas. Para quem já se acostumou com o ritmo da história no primeiro livro e gostou, é um prato cheio, pois o mesmo acontece novamente neste segundo livro. O título consegue deixar o leitor sempre na expectativa de saber o que acontece depois. Tenho o costume de ler antes antes de dormir e sempre acabo perdendo a hora, pois não consigo deixar o livro de lado.

O livro é recomendado para quem gosta de produtos com temática medieval, e que mostram a superação para conseguir seguir em frente após uma grande derrota ou perda, demonstrando com palavras e imagens que devemos sempre confiar em algo maior nos momentos de desespero e fraqueza, pois sempre teremos de onde tirar forças para continuar em frente, mesmo parecendo impossível.

É altamente indicado para aqueles que começaram a acompanhar a série no primeiro livro, onde teve inicio a trajetória de Angus e os seus descendentes, pois mesmo sendo uma história a parte, cita em momento oportunos acontecimentos marcantes da obra anterior que desencadearam eventos no segundo livro e pode vir até a parecer meio superficial para quem não tem noção alguma da série, mas demonstra ser uma continuação competente e carismática para quem já conhece o guerreiro Angus.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Paulo Roberto L. S.

Gamer desde o antigo Master System 3. Leitor de HQs (Marvel/DC) e de Mangás, como atividades extras me dedico a treinar Pokémon e sair em busca de conquistas e troféus.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios