Jogando

Resumão da Conferência da Microsoft na E3 2010! Novidades e Decepções…

Pois é, a conferência da Microsoft estava sendo esperada com ansiedade por muitos gamers, incluindo eu. A Microsoft não tem muitos games interessantes para o segundo semestre do ano, tirando Halo Reach e por isso esperava-se alguns anúncios de novos games. Novidades surgiram, mas não as quais a audiência hardcore do console esperava. O que se viu foi uma típica conferência casual, cheio de embromações, omissões e por que não, decepções. Segue após o continue, os pontos chaves da conferência, os anúncios, os vídeos e as informações reveladas. Muita coisa ficou no ar, entre data de lançamentos de games, preços de acessórios, live etc. Conforme os itens forem avançando, irei tocando em cada assunto pertinente.

Atenção: Se os players da Gametrailers derem algum bug quando forem assistir pelo blog, depois do continue. Tipo pedindo uma mensagem com senha e tal, basta clicarem no botão “cancelar” que os vídeos abrem. O site americano está mega sobrecarregado e tem muita coisa bugada por lá no momento que escrevo este post. Mas deve ser temporário claro, até a muvuca da E3 acabar. 😉

Um detalhe, apesar dos pesares, está confirmadíssimo o lançamento da Live no Brasil, ainda em 2010 (se não atrasarem), mas sem informação alguma sobre como funcionará, conteúdo, preço entre outras coisas tão importantes como o simples anúncio. Também comento sobre isso após o continue:

Resumão Ponto-a-Ponto!

* Call of Duty: Black OPS + Exclusividade temporária de DLC: A conferência começou com a apresentação do gameplay do jogo, que no princípio não mostrava muita coisa de interessante, além de belos gráficos. Isso até ser revelado a ogameplay com um helicóptero que deixou todo mundo impressionado. A Microsoft também revelou que firmara acordo com a Activison e que todos os extras e expansões da franquia Call of Duty serão até 2012 sempre lançadas em primeira mão na Live do X360. Não foi mencionado é claro, por quanto tempo é essa exclusividade temporária, de semanas ou meses. O jeito é aguardar e ver. Mas a meu ver, exclusividades assim não significam nada para os gamers de outros consoles. O importante é que elas sejam lançadas. Esperar é o de menos, ainda mais atualmente, com os DLCs saindo cada vez mais e mais cedo entre a janela de lançamento dos games.

* Gears of War 3: Um dos maiores sucessos do Xbox 360 também ganhou uma demonstração ao vivo. E do modo campanha para 4 jogadores cooperativamente, algo que já vinha sendo pedido pelos jogadores desde o primeiro game da série. Aqui muita empolgação, cenários bem maiores, com os personagens podendo trocar de armas entre si, novos inimigos fantásticos, fortes e rápidos e muita ação com tiroteiro. É mencionado um novo modo de game chamado “Beast”, mas o mesmo ainda será revelado. Infelizmente não foi mencionado qualquer beta em torno do multiplayer de Gears of War 3, algo que os fãs da franquia vivem implorando no forum oficial da Epic, para que o estúdio não lance um game cheio de bugs e problemas com o multiplayer, o que de fato aconteceu com Gears 2. Ainda tem tempo para que façam um beta, mas nada disso foi mencionado na conferência.

* Novo Forza com Kinect: A Microsoft mostrou na conferência que está trabalhando junto com a Turn 10 estúdio em colocar o Kinect na franquia Forza. Uma demonstração foi feita na conferência. A princípio cheguei a achar que seria uma atualização para Forza 3, lançado ano passado, porém tido indica que trata-se de um novo lançamento, a chegar apenas em 2011. Decepcionante pra mim o quanto a franquia acaba sendo desgastada com tantos lançamentos em tão pouco tempo, o que mais um novo Forza tem a acrescentar do que o simples porte para o Kinect? Pior ainda se acabar sendo uma versão requentada do lançamento do ano passado. A Microsoft nesse ponto errou ao não explicar com detalhes como este lançamento funcionará. Ah, foi mostrado também uma função, completamente inútil na minha opinião, onde você com o passar de mãos na frente do Kinect, verificar certas partes do carro, incluindo seu interior. Tudo apenas com gestos, mas não vi graça alguma no recurso. Vejam isso no vídeo abaixo:

* Halo Reach: Foi mostrado um belíssimo vídeo de gameplay da campanha cooperativa de Halo Reach. Gráficos superiores a qualquer Halo, muita ação, novas armas (apesar dos mesmo inimigos de sempre), ótimos cenários e efeitos sonoros combinada com uma épica trilha sonora. É realmente para impressionar. Não é à toa que é o melhor game do console do ano de 2010, uma pena que isso também me lembra que é último Halo da Bungie. O que será da franquia depois de Reach? Ah, vale à pena ver o vídeo até o fim e ver o pequeno e rápido gameplay numa nave (bem Star Fox mesmo!), ficou sensacional! Lançamento dia 14 de Setembro! Também está confirmado que Reach terá o modo Firefight (idem ao Horde em Gears of War), o mesmo modo já estava incluso em Halo 3 ODST.

* Metal Gear Solid Rising: Kojima subiu ao palco para apresentar pela primeira vez um dos games anunciados na E3 ano passado e que nada mais foi mostrado desde então. Mas o vídeo não foi tão revelador como muitos esperavam. Não parece estar num estágio muito evoluido de desenvolvimento, tanto que não foi nem sequer mencionado uma previsão de lançamento, nem mesmo um “em 2011”. O jogo parece ser de combate em terceira pessoa, diferente um pouco do tradicional Metal Gear Solid. Alias, este game não é exclusivo para o X360, ele também será lançado para PC e PS3. Mas em certa parte do vídeo, é impressionando o modo como Raiden corta os inimigos e mais ao fim, uma melancia. Não foi mencionado se o game terá suporte ao Kinect, mas parece se encaixar muito bem no conceito do acessório, assim como também funcionaria sem problema algum no PS Move do PS3.

* Codename Kingdoms: Apenas um teaser safado foi mostrado. Um game em parceria com a Crytek (de Crysis). O clima lembra muito God of War. Aparentemente é a tentativa da Microsoft em roubar o pública desta franquia da Sony, o que na minha opinião é impossível, independente do game mal ter sido mostrado. Pra mim parece que será uma tentativa totalmente frustada, resta apenas torcer para que no mínimo seja um um bom jogo. Não deve sair este ano, já que também não mencionaram data de lançamento. Alias a Sony também foi muito criticada 2 anos atrás quando só apresentou um teaser safado de God of War 3 na sua conferência. Uma vergonha, 2 anos depois a Microsoft fazer a mesma coisa e pior ainda com um game parecido com o famoso da concorrência. Criatividade e originalidade andam sendo sacaneadas nesta geração.

* Fable III: Peter Molyneux compareceu à conferência da Microsoft, mas foi uma participação bem modesta desta vez. Nada de mencionar Milo, um dos grandes destaques do Kinect na conferencia do ano passado, que depois foi ridicularizado pela imprensa com o passar do tempo, provavelmente nunca mais iremos ouvir falar de Milo, não me surpreenderia se acabasse sendo engavetado qualquer idéia de transformar aquilo num game. Molyneux revelou a data de lançamento de Fable III, 26 de outubro, entretanto não mencinou nada sobre o suporte ao Kinect ao game, que já havia sido anunciado pelo mesmo faz algum tempo atrás. O suporte continua? Não se sabe. Um novo trailer foi revelado:

* Joy Ride com Kinect: Um dos games anúnciados ano passado junto com os avatares, e que inicialmente seria gratuito a todos os usuários da Live, agora retorna, mas como um lançamento em caixa, que será cobrado dos gamers. Muita falta de respeito isso, pra mim poderia até mesmo ser colocado no bundle com o Kinect, mas cobrado à parte, depois de anunciar que seria gratuito, é uma baita putaria na minha opinião. Não importa se mexeram no game e o adaptaram ao novo acessório. No vídeo é possível ver o gameplay, aonde se joga com um “volante invisível” e com comandos de voz, como BOOST para o turno. Parece divertido, meu problema mesmo é ter virado um game de caixinha. Não acho que seja um joguinho que mereça isso. Eu não comprarei nunca se custar U$ 59,90 (preço da pré-venda).

* Kinect e os games de esporte, aventura e bichos virtuais: Kinect Sports, Kinect Adventures e Kinectimals. Estes foram os três principais games casuais apresentados pela Microsoft. Bem o conceito de casual diz tudo, ainda mais se você assistiu a conferência da Nintendo em 2006, foi idêntico. Kinect Sports é um clone de Wii Sports, mas tem esportes diferentes, como futebol e vôlei, porém boxe e boliche podem ser encontrados no game. Não foi explicado se serão apenas os esportes mostrados no vídeo, talvez haja mais, principalmente porque custará absurdos U$ 59,90. Kinect Adventures é mais parecido com Wii Sports Resorts, contém mais brincadeiras. Há algumas sacadas legais, como o fato do game tirar fotos dos jogadores em poses engraçadas, mas ainda assim não foi revelado muitos games que virá no game, o clássico de bolas apresentado ano passado na E3 está nesse game, por exemplo. Quanto a Kinectimals, nada mais é do que um Nintendogs em alta definição, parece realmente feito para crianças, me pergunto porque a Microsoft não pensou em fazer esse game com os personagens de Viva Piñata, ficaria mais divertido na minha opinião. Se os vídeos parecem montagens, se as coisas não respondem como deve, etc, realmente só quando o Kinect for lançado, cada um poderá dizer o que achou. Pra mim cumpre a função, mas realmente está longe de parecer perfeito. Infelizmente um dos aplicativos que mais gostei ano passado na conferencia, aquele de pintura, não apareceu na conferência deste ano. Enfim, cada um destes games custarem U$ 59,90 é um roubou, uma facada nas costas de cada gamer casual que vai comprar eles. Sem mencionar que Kinect Sports e Adventures poderia muito bem se um único game. Estes games poderia muito bem ser todos disponibilizados via download. Pra mim a Microsoft não está sabendo lidar com os seus produtos. Tudo está caro demais. Sem mencionar que em nenhum momento foi mencionado o preço do Kinect, que segundo rumores, será vendido a U$ 150. Credo!

Durante a conferência foi mencionado que o Kinect será lançado com 15 games à venda (achei pouco). Entre os títulos estava um jogo do Sonic, entretanto nada foi mencionado sobre o mesmo na conferência. Segundo alguns boatos seria uma versão de Sonic Riders. Em breve mais notícias sobre isso.

* Kinect e Your Shape Fitness da Ubisoft: Pense em Wii Fit. Pronto você já sabe do que se trata o game desenvolvido pela Ubisoft. Alias, existe uma versão desse game de exercícios no Wii também. No X360, o game escaneia seu corpo e reconhece suas roupas. Possui vários modos de exercícios e mini-games. Nem vou me extender muito porque vou ter que comentar sobre o mesmo na conferência da Ubisoft. Mas é exatamente o que vocês podem ver no vídeo abaixo:

* Kinect e Dance Central: Produzido pela MTV Games e Harmonix é o que o nome diz, um jogo de dança. Na tela aprece os movimentos que você deve fazer, junto com um personagem ensinado, você faz e ganha pontos. Mesmo conceito usado em games de dança em tapetes ou nos games musicais como Guitar Hero. Não parece grande coisa, mas não me surpreenderia se virasse um sucesso gigantesco no mundo casual. Todos os games do Kinect até aqui serão lançados em novembro deste ano.

* Star Wars exclusivo com Kinect: Esse é um game que foi mostrado com muita controvérsia, isso porque a o vídeo exibido na conferência obviamente é uma montagem. Muitos gamers pela internet se sentem enganados com este tipo de prática. Parceria com Microsoft e Lucasart, o jogo deve sair ano que vem, mas fora o rápido gameplay falso, nenhuma informação realmente relevante chegou a ser mostrado, o que diminuiu e muito o hype em cima do mesmo. Muitos dos efeitos apresentados no vídeo são toscos demais, como os soldados sendo atingidos pelo sabre. Há muito em que trabalhar em cima do jogo Lucasart… muito mesmo.

* Novo Xbox 360: A conferência terminou com a revelação do novo Xbox 360, que não chega a ser uma versão slim e também não recebeu qualquer tipo de novo nome. O console, da imagem que abre este post, tem um HDD de 250GB e suporte a conexão Wi-fi. Ele também está pronto para o Kinect. O que isso significa? O novo modelo terá uma entrada de força que poderá ser ligado o Kinect, enquanto os modelos antigos terão que ligar o Kinect em uma nova tomada atrás da seu rack já cheio de “T” e tomadas, afinal TV, videogame, aparelho de TV por assinatura, DVD player e todas estas bugigangas do mundo moderndo precisam de energia elétrica. O Kinect também, só que no novo modelo do console você liga diretamente nele, nos modelos antigos é necessário um cabo para ligar na tomada. O preço do console novo será de U$ 299, o mesmo preço do Xbox 360 Elite atualmente, porém o Elite vai passar a custar U$ 250 e a versão Arcade, sem HDD custará U$ 149. Todos na conferência ganharam o novo modelo do X36o e o console já está há venda, o que foi realmente a única surpresa da conferência.

* Live no Brasil: Para terminar, foi mencionado rapidamente e quase passou despercebido por todos que a Live, rede online do Xbox 360, será oficialmente lançado em todos os países em que o X360 é vendido oficialmente, assim como o Kinect também será vendido. Isso significa por tabela que o Brasil está incluso na lista destes países. Isso também chegou a ser confirmado pela Microsoft Brasil nesta tarde, com a afirmação de que a rede chega ainda em 2010. Não foi dado qualquer tipo de detalhe quanto a migração de contos, preço das assinaturas gold, quais serão os tipos de conteúdos que teremos ou rescursos da Live, tudo foi anunciado de maneira bem vaga. Não foi mencionado preço do Kinect (já que nem lá fora foi), quando chega ou se o próprio novo modelo do console virá para cá e quando. Apenas sabemos, que a Live chega oficialmente no Brasil em 2010. Mas seja sincero, você ficaria surpreso se isso não acontecesse e isso fossse ser empurrado para 2011 ou até 2012? Eu não ficaria. Temos surporte para algo assim? Tenho minhas dúvidas. Mas a Microsoft disse que vai colocar em todos os países, então certamente estamos na lista. O jeito é esperar mais detalhes sobre tal fato.

E assim termina o resumão. Microsoft totalmente fraca este ano. Sem novos títulos de peso para o segundo semestre, muita pouca coisa revelada para o Kinect, muita coisa vaga. Parece que a empresa não conseguiu terminar seus projetos antes da E3. A Sony fez um serviço muito melhor para o Move na GDC deste ano, e olha que o Move apareceu na E3 ano passado, às pressas, com um protótipo ainda em estágio pra lá de inicial. Enquanto o Natal, na época, parecia bem mais desenvolvido. O que aconteceu com a Microsoft de um ano pra cá? Desanimou? Sei não. Só sei que foi uma decepção total pra mim, em várias áreas e elementos. Nem mesmo a Live no Brasil conseguiu me empolgar. Odeio estas anuncios vagos. Coisas asssim são facilmente canceladas e engavetadas num piscar de olhos. Pior quando mudam, como Joy Ride que de gratuito passou a custar U$ 59,90. Pra mim, a Microsoft fracassou nessa E3… pena.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.