Jogando

Revolução no Modo Multiplayer: Tecnologia 3D derruba Split-Screen! (PS3)

A Sony procura uma dimensão alternativa do modo multiplayer… e não só já encontrou um caminho para atingir o seu objetivo como já registrou um Sistema Multiplayer em 3D! A imagem 3D poderia passar despercebida, mas o 3D estereoscópico não passará!

A Sony finalmente apresenta uma aplicação da tecnologia 3D interessante para além da imagem em três dimensões. Não sou contra o 3D, mas não é sedutor o suficiente para mim. É verdade que a tecnologia permite jogarmos com uma imagem mais real e mergulharmos em uma realidade virtual mais próxima da realidade, mas o 3D já se tornou mais moda do que necessidade – sem contar que a tecnologia ainda é rudimentar e exige a utilização dos óculos! Mas se o 3D for mais funcional do que estético, apoiarei inteiramente a sua integração.

Há realmente alguma outra utilidade para a tecnologia, sem ser a sofisticação da imagem de jogos e filmes? A Sony refletiu sobre o assunto (ainda bem) e surgiu uma utilidade que promete derrubar o Split-Screen que os gamers conhecem bem. Confesso que já estava cansado de jogar com a tela dividida. Quando está dividida em dois já é desagradável, quando está dividida por Sabemos que a Sony cometeu muitos falhas nessa geração, começando pelo preço inicial do PS3, mas a utilização da tecnologia 3D com o propósito de revolucionar o modo multiplayer mostra que a Sony ainda é capaz de revolucionar sem ser às custas das ideias da Nintendo – sim, estou falando do Move que é muito semelhante ao Wii Remote). A Nintendo 3DS terá um 3D mais prático, independente de qualquer acessório (de qualquer óculos específico), mas será que a tecnologia da 3DS permitirá a mesma aplicação que o 3D da Sony no que diz respeito ao multiplayer?

Então, vamos ao que interessa. O sistema de multiplayer registrado pela Sony é um sistema estereoscópico que permitiria teoricamente dois jogadores jogarem ao mesmo tempo, tendo cada um a área total da tela de um mesmo monitor ou televisão. Incrível e interessante, não é? O inconveniente continua sendo o mesmo: a dependência do óculos 3D. Ainda há mais detalhes sobre o 3D estereoscópico! Ele gera duas imagens diferentes que são captadas cada uma por um olho correspondente. Assim, cada jogador jogaria com um outro usando toda a tela, não poderia olhar para o jogo do outro para trapacear, nem para se distrair. A imagem seria recebida pelos óculos 3D dos respectivos jogadores, mas e o som?

Segundo o que consta na patente registrada, o óculos 3D viria com saídas de áudio estrategicamente localizadas para que cada jogador recebesse um som adequado a sua posição em jogo. A contrapartida é que precisamos de uma televisão 3D e, claro, os óculos.

Já imaginou se nos próximos anos, todas as pessoas passassem a usar óculos no dia-a-dia para ver televisões, computadores, outdoors, consolas portáteis, entre outros? É uma visão futurística bem ao estilo do conceito futurístico atual. O melhor seria substituirmos os suportes e realidades físicas por outros virtuais que reduzissem o impacto ambiental humano. Go green!

A questão que ainda martela na minha mente me faz pensar no destino do Split-Screen. A tecnologia do 3D estereoscópico está registrado pela Sony, mas sendo uma revolução forte no modo multiplayer, não dou muito tempo até que as outros empresas de consoles adotem uma tecnologia semelhante, senão igual porém disfarçada. No entanto, não acho que o Split-Screen seja confortável e talvez comprometa mais a experiência dos gamers do que parece. Você não se sente incomodado de certo modo pela Split-Screen?

De qualquer forma, não vale de nada nos precipitarmos. Até termos a tecnologia nas nossas mãos, não podemos ter a certeza se o prometido será exatamente o cumprido. Não consigo imaginar muito a próxima derivação do 3D, mas talvez sejamos surpreendidos com muito mais da tecnologia.

Se quiser conferir as patentes, há duas online. Se estiver interessado, veja a patente 1 e a patente 2.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.