JogandoVídeos & Trailers

Firefall revelado pela Red 5 Studios: MMO tem Open World futurista e une gamers até a morte! [PC]

Que bela revelação da Red 5 Studios! Há muitas informações sobre o jogo para considerarmos e avaliarmos criticamente, mas já esclareço que o shooter online parece estar maravilhoso! Muitas armas, muitos tiros, muitas mortes e alguma exploração são apenas alguns elementos que tiveram destaque para mim depois que assisti os trailers, principalmente o trailer de gameplay. O designer do jogo foi o mesmo que trabalhou em Tribes e estava trabalhando há algum tempo em Firefall, um shooter online multiplayer que valoriza o trabalho em equipe e um campo de batalha do futuro – literalmente, já que para além de ser futurista, o jogo só será lançado no fim de 2011.

Firefall é um shooter online que leva os jogadores a batalhar em uma Terra do século XXIII ameaçada por criaturas alienígenas chamadas The Chosen que pousam no planeta e por Melding, uma tempestade de energia agressiva. Assim, toda a humanidade terá que se unir em uma batalha até a morte. Adoro jogos com open world, e um shooter online multiplayer com open world tem potencial para ser ótimo! Claro que agora vai depender do desenvolvimento. Já a jogabilidade parece perfeita o suficiente para diversão garantida.

O jogo terá uma modo class-based combat e terá um modo online free-to-play. Será um combate que conceptualmente lembra bastante Resistance. Aquela mesma história de alienígenas invasores que ameaçam a vida humana na Terra. Mas o jogo atrai mais pela jogabilidade e o modo multiplayer online do que pela história. Pelo menos na minha opinião. Confio no jogo e no trabalho de Mark Kern, formador da equipe de desenvolvimento de World of Warcraft. Competição e shooter simples em um único jogo.

Perfeito! O gameplay está aparentemente muito bem elaborado e a dinâmica do jogo adequada ao estilo e tipo de jogo online multiplayer competitivo. À princípio o tamanho do mundo será razoável, embora não se saiba extamanete se será tão grande. Mas achei um mundo em que se esconder seria possível se não houvesse ataques tão seguidos por tantas ameaças. O disparo das armas transmite aquela sensação de controle, embora o jogo não se baseie em realismo. Os gráficos são aceitáveis, mas ferem a vista em alguns momentos para aqueles que relevam o aspecto gráfico (sim, eu relevo e lamento pelos gráficos pois se fossem melhores o jogo seria ainda mais perfeito). A utilização de veículos como naves é básico – ainda bem que não esqueceram de introduzir isso ao jogo. E alguns ataques e movimentos aparentam interessantes de serem executados durante a batalha (aquele salto com a finalização em descida explosiva ficou legal).

Enfim, o jogo agrada bastante mas não chegou a ser impecável aos meus olhos. Até que poderiam pensar em melhorias já que o lançamento do jogo parece bem futurista também (perto do fim de 2011).

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios