Assistindo

Supernatural: Metamorfo com fraldas! Impala e Dean estão de volta na estrada! [6×02] [PdS]

Supernatural: 6ª Temporada, Episódio 2 foi exibido nos EUA dia 1 de Outubro  de 2010: “Two and a Half Men”

Enquanto isso no Brasil: Supernatural é exibido no Brasil pelo canal pago Warner Bros. Atualmente, a Warner Bros está exibindo a 5ª temporada da série sem qualquer data definitiva de estreia para a 6ª temporada (que provavelmente estreará em Novembro.) O horário habitual de exibição da série é 21h, todas as quintas-feiras.

Aviso: Caso ainda não tenha assistido o episódio 2 da 6ª temporada de Supernatural e tenha alergia a spoilers, por favor não continue lendo. Haverá spoilers!

Àqueles que ainda não conhecem o Papo de Série, basta clicar aqui e ficar por dentro do projeto. Depois do “continue”, conversamos mais.

O Rei Metamorfo e seus Filhos!

Depois da decepcionante season premiere, a maioria não reservava muita esperança para o resto da temporada. Então, o episódio 6×02 veio provar exatamente o contrário. Supernatural poderia ter terminado, mas não terminou e, após esse segundo episódio, começo a acreditar que a nova direção tem algum plano que consiga no mínimo uma recuperação válida da qualidade a que estamos acostumados.

Aqueles que esperavam a mesma falta de identidade e o vazio do primeiro episódio foram surpreendidos. E afirmo isso porque estou incluído no grupo de pessoas que não confiava em uma recuperação tão rápida. Antes que façam confusão, esclareço que não estou dizendo que a série recuperou com o último episódio exibido. No entanto, voltou a estrada certa (e com o Impala!)

Desde que a sexta temporada começou, houve muitas novidades mas tudo que caracterizava fortemente a série até o momento foi desmembrado. Felizmente, tudo já está voltando ao seus lugares. Primeiro traço positivo do episódio foi a aproximação mais natural entre Dean e Sam, dando destaque aos diálogos que estabeleceram com alguns momentos bem humorados. Isso estava definitivamente faltando! Assistir Dean cuidando de um bebê foi interessante e o que tornou tudo ainda melhor foi o aproveitamento da oportunidade para mostrar ainda mais a relação dos irmãos Winchester. E acredita, bastava isso para melhorar significativamente o desempenho do episódio.

Educando um bebê monstro: Dois homens e um meio-humano literalmente!

Normalmente temos um “monstro”, ou melhor, criatura sobrenatural maligna e realmente ameaçadora em cada episódio. Contudo, desta vez buscaram uma variação deste traço e transformaram a vítima no próprio monstro. Não preciso dizer o quanto positivo isso foi para o desenrolar da trama. Uma mudança de foco dessa natureza reforça a história porque surpreende, apresenta uma realidade com várias fundos diferentes que se entrelaçam para dar origem a um problema real de solução questionável e discutível. Um metamorfo que engravida mulheres (humanas) para a expansão de sua espécie foi algo genial. E como é que nunca nos perguntamos de onde vêm os metamorfos? Quer dizer, uma explicação da gênese nunca foi dada. Agora já temos uma explicação que mais se assemelha a uma nova dúvida: o Rei Metamorfo!

Ótimo, um novo inimigo era necessário e acho que podemos nos adiantar em dar esse lugar ao Rei Metamorfo, afinal ele não foi morto e parece ser uma ameaça potente. Antes que eu esqueça, é verdade que morreu um membro da família ressuscitada e pouco cativante de Dean (excluindo Sam), mas quase não deu para sentir falta ou qualquer outra emoção. Se alguns aspectos da sexta temporada melhoraram com o episódio 6×02, o carácter cativante da família de Dean não foi um deles. O avô melhorou realmente, mas não tanto e o resto ficou quase no mesmo patamar do episódio passado. E de pensar que o Rei poderia ter matado todos, levando os irmãos à estrada em busca de vingança! Calma, não adoro o avô, mas até gosto da personagem – é possível que a sua evolução melhore a sua participação.

Analisando por outra perspectiva, o diretor parece que está usando alguns elementos do passado: pais mortos por uma criatura sobrenatural poderosíssima que leva os filhos de 6 meses para o servirem; um irmão convocando o outro para voltar a vida de caçador (Dean “convoca” Sam que leva uma vida normal na primeira temporada); um elemento mais velho e experiente da família cuja relação com um dos irmãos Winchester não é tão boa (Dean e o avô, no caso.) E provavelmente, deve haver mais algum fora aos que mencionei.

Regressando ao início do episódio, tenho que admitir que o terror da mãe com o filho nos braços cheios de sangue enquanto alguém (ou algo) os persegue dentro da casa ficou de acordo com o velho espírito da série. Contudo, o episódio não só começou como também terminou maravilhosamente bem.

O Impala está de volta na estrada acompanhado por Dean!

Dean adoptou uma vida normal, com uma família normal, mas o passado de repente se tornou o presente. Tudo desabou. Até aqui tudo bem. Porém, Dean levando uma vida normal simplesmente não tem graça nenhuma! A compreensão exagerada de Lisa também já estava irritando. Ainda bem que Dean voltou à vida que sempre teve, embora com algumas alterações. Já fiquei satisfeito com o impala de qualquer jeito!

Dean: “Ben, mark my words: You will never, ever shoot a gun. Ever!”

A preocupação de Dean com Ben quando ele mexe nas armas, a comparação da conduta de Dean com a conduta do próprio pai teve algum impacto, mas os melhores momentos do episódio foram outros. A relação entre os irmãos mostrou ser indispensável – nem que seja para comprar fraldas e encontrar um metamorfo conhecido no mercado! O Rei dos metamorfos ficou livre para regressar no futuro, o que é bom mas não sei se ele será o suficiente para representar o vilão principal (nem sei se essa é a intenção.) E finalmente, o fim do episódio: Smoke on The Water!

Lisa: “I need you to go.”

Pois é, o ponto alto foi a conversa de Lisa e Dean. Pela primeira vez a compreensão de Lisa me agradou. E mais uma vez regressamos a questão da solidão e do perigo que um caçador carrega com ele próprio. Não que isso seja ruim, ao contrário. E depois da conversa, está decidido: Dean está de volta! (Embora a sua vida fique assustadoramente parecida com a do pai.) Restava apenas vermos novamente velhos amigos e personagens. O primeiro foi o Impala. Sim, Impala está de volta na estrada! Isso merece celebração.

Lisa: “Dean, no offense, but if you don’t walk out that door, I’m gonna shoot you.”

Para completar, o regresso de Castiel seria perfeito, quer dizer, será! No próximo episódio o anjo marca presença e a minha confiança na sexta temporada voltou à vida – quanto tempo durará saberei logo. Vejam a promo do episódio 6×03 (“The Third Man”) abaixo e deixem a impressão que tiveram do episódio 6×02 nos comentários.


Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios