Assistindo

[Cinema 2011] Source Code – Reviva os últimos 8 minutos da vida de alguém!

Source Code

Volta e meia eu assisto um filme muito bom (como “A Origem”) e me pego pensando: quais dos filmes recentes merecem receber o título de clássico? Qual filme atual de terror poderia ser o próximo “O Exorcista”? E qual suspense se compara com “O Bebê de Rosemary”? Harry Potter seria o próximo Indiana Jones? Ok, eu exagerei demais nesse último exemplo, mas vocês sacaram a idéia… De uma coisa eu tenho certeza, um filme atual que merece o título de “clássico” é o pouco conhecido Lunar (Moon, no original). O filme é uma ficção científica (com toques sutis de suspense) de primeira! O filme traz Sam Rockwell como um astronauta, terminando a sua missão de três anos na Lua. Sendo o único humano na estação ele tem apenas a companhia do robô GERTY, até o momento onde ele sofre um acidente e percebe que pode não estar tão sozinho quanto ele pensa.

O filme é ótimo! Tem todo um clima de conspiração e, a partir do momento que acontece uma reviravolta no roteiro, você começa a ficar tão paranóico quanto o personagem na tela! Esse é o primeiro longa-metragem do diretor Duncan Jones e foi elogiadíssimo pela crítica. Jones parece querer nos surpreender novamente com o seu mais novo filme: Source Code. Vejam o trailer:

Sentiram o drama? Deixa eu resumir pra vocês: o código-fonte (ou Source Code) permite assumir a identidade de outro homem durante os últimos oito minutos de sua vida. Com esta tecnologia, o Capitão Colter Stevens (Jake Gyllenhaal) precisa descobrir quem é o responsável pela explosão de um trem, a fim de evitar um segundo atentado. No elenco ainda temos Jeffrey Wright no papel de um cientista, Vera Farmiga como uma oficial de comunicações responsável pelo projeto e a sem-gracinha Michelle Monaghan. O filme parece ser uma mistura de Matrix, com 13º Andar e uma pitada de A Origem. Mal posso esperar!

Source Code irá estreiar nos EUA em Abril de 2011. A estréia nacional ainda não foi confirmada.

PS: Duncan Jones, além de ser um ótimo diretor ainda é filho do David Bowie.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Theo Medeiros

Cinéfilo, gamer, adorador de música e entusiasta tecnológico. Acha que Nescau é melhor que Toddy e que bacon é a oitava maravilha do mundo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.