Assistindo

Back to the Future Part I: uma história que o tempo não conseguirá apagar de um coração nerd! [1985]

Há algum tempo eu passei a indicar alguns filmes mais antigos aqui no Portallos, falei de Pulp Fiction e Goodfellas, dois grandes filmes da década de 90. Depois disso, eu não pude mais fazer um post desse tipo não por falta de vontade, falta de tempo mesmo. Mas agora, estou de volta para falar de um dos maiores filmes de todos os tempos, um dos grandes ícones da minha geração, sim, Back to the Future Part I, como você já pode notar.

O filme conta com interpretações marcantes de Michael J. Fox e Christopher Lloyd e grandes cenas que ficaram eternizadas. Prepare-se para uma viagem até 1985, uma época em que todo adolescente queria ter um skate, usar tênis da nike e formar uma banda. Vou construir o capacitor de fluxo enquanto você elabora um plano para roubar plutônio dos líbios, combinado? Viajaremos até 1985 e descobriremos que Einstein foi o primeiro viajante do tempo, faremos o maior sucesso do Chuck Berry e saberemos a hora exata em que cairá um raio. Mas tome cuidado, ou você pode acabar se tornando o seu próprio pai!

Trailer:

Sinopse:

Marty McFly (Michael J. Fox) é um típico adolescente americano dos anos 80, usa calças jeans, tênis da Nike, está sempre com um skate em mãos e tem a sua própria banda de rock. As únicas preocupações dele era conseguir que sua banda tocasse no baile da escola e acampar com a namorada no final de semana, até que certo dia o seu amigo e cientista louco, Doutor Brown (Christopher Lloyd), inventa uma máquina do tempo utilizando um carro DeLorean como base. E não é que a tal máquina funciona? Doutor Brown  é assassinado por terroristas e Marty, durante a fuga, acaba viajando no tempo acidentalmente e chega ao ano de 1955, uma viagem de 25 anos até o passado. Agora, a grande questão é que Marty está preso no passado e o único que pode ajudá-lo é o Doutor Brown do passado. Para piorar a situação, Marty interferindo em diversos acontecimentos do passado e pondo em risco o futuro até mesmo a sua própria existência!

No Brasil: De volta para o Futuro
Direção: Robert Zemeckis
Roteiro: Robert Zemeckis, Bob Gale
Música: Alan Silvestri
Gênero: Aventura/Ficção-científica
Origem: Estados Unidos
Ano: 1985
Duração: 115 min
Estrelas: Michael J. Fox, Christopher Lloyd e Lea Thompson

Esse não foi o primeiro filme do Fox, mas foi o que impulsionou a sua carreira de ator. Antes disso ele havia feito apenas alguns trabalhos para a televisão. Uma curiosidade é que a princípio ele não poderia fazer Back to the Future porque estava trabalhando em uma série de TV, outro ator (não lembro quem) foi escalado para o papel de Marty Mcfly e chegou, inclusive, a gravar algumas cenas, mas os produtores do filme insistiram e Michael acabou pegando o papel. Escolha mais que certa.

Creio que grande parte do sucesso de Back to the Future se deve ao fato de ser um filme que fala diretamente com os jovens, a linguagem utilizada, o típico adolescente interpretado pelo Michael J. Fox. Qual adolescente que não gostaria de conhecer um cientista louco que inventasse coisas que funcionassem? Qual muleque nunca quis se tornar um rock star? Viajar no tempo? Ou então dar um soco no valentão da escola e fugir em um skate?

O filme também é recheado de humor e alguns momentos completamente sem noção. Boa parte destes é por conta da excentricidade do Doutor Brown, outras vezes são devido ao talento do Marty em se meter em confusão e piorar a situação cada vez mais. São feitas algumas referências a outras histórias nerds de ficção-científica, como é o caso de Star Wars, por exemplo, que é citado no filme, e até o pai do Marty tinha o sonho de se tornar um escritor Sci-Fi, inclusive.

É impressionante como eu ainda me empolgo assistindo a um filme que eu vi pela primeira vez quando era só um gurizinho. A cena do DeLorean saindo em meio da fumaça ainda me fez brilhar os olhos. Tem uma tomada específica, logo no comecinho do filme, em que Marty passeia de skate pela cidade, pegando “carona” nos carros, ao som de Power of Love (música do vídeo abaixo), que automaticamente me levou de volta à época em que eu assisti e quando dei por mim já estava cantarolando junto. Essas e muitas outras coisas ficaram e ficarão marcadas para sempre na mente de muita gente que teve oportunidade de conhecer essa obra magnífica. Quem não se lembra do capacitor de fluxo? Como esquecer os terroristas líbios ou o Einstein? E claro, o DeLorean todo cheio de geringonça? Eu duvido que algum nerd que se preze não saiba quantas milhas se deve atingir para viajar no tempo! HAHA!

Tem filmes que eu gostava muito, mas muito mesmo quando mais novo só que quando eu procuro rever não é tão bom quanto era naquela época, sabe o tempo dele foi aquele ali, passou. Com Back to the Future isso não aconteceu, o filme ficou imortalizado, assisto com a mesma empolgação de antes e ainda me surpreendo com as cenas, mesmo já sabendo o que vai acontecer. Esse é o encanto da franquia, mesmo depois de 25 do lançamento do seu primeiro filme, ainda continua maravilhoso. Não é a toa que, depois de quase três décadas de existência, será lançado um novo game do título e que esteja sendo tão aguardado. Até mesmo HD externo do DeLorean existe.

O filme rendeu ainda duas ÓTIMAS sequências. A segunda parte foi lançada em 1989 (quatro anos depois da primeira) e a terceira parte da aventura de Marty saiu um ano após, em 1990. O interessante é que o filme manteve o mesmo espírito e melhorou muito nas continuações, houve alguns cortes de elenco e alguns improvisos, é verdade, mas nada que comprometesse a obra como um todo. Bom, mas isso é assunto para outro dia aqui mesmo no Portallos. Nos veremos no futuro. Então, até 2015!

Só mais duas coisinhas, antes d’eu pegar a BR e com o DeLorean. Quem ainda não assistiu ao filme não tem mais desculpa, não é? As férias estão aí, e como nerd não tem vida social, é época de por as séries em dia, ver aqueles filmes pendentes e os animes que você não teve tempo de ver, portanto, aproveite também para assistir esse grande clássico do cinema. Mudando de assunto, para finalizar, há uma edição em blu-ray, em comemoração aos 25 anos (vide trailer lá do começo), que é uma coisa linda, mas não encontrei vendendo em site nacional. Então é isso, quem souber locais de compra pode indicar que eu atualizo o texto.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.