Jogando

Multiplayer Online de Gears of War 2: Soluções para conseguir brincar… [Back To Live] [X360]

Bem, não é segredo para ninguém que Gears of War é uma das minhas séries favoritas no Xbox 360. Não me entendam mal, existem muitos outros games que provavelmente são muito melhores, seja no próprio console ou na concorrência. Halo mesmo é um game muito melhor estruturado em termos de desenvolvimento, enquanto Gears vive cheio de bugs e problemas de infraestrutura do sistema de partidas online. Mas pra mim, nada disso é suficiente para impedir que me divirta horrores no game por horas e mais horas (como foi agora neste final de semana natalino).

E o objetivo deste post é exatamente avaliar um pouco o multiplayer de Gears of War 2, depois deste período onde fiquei sem jogá-lo por mais de um ano. Para quem não se recorda, esta não é a primeira vez que comento sobre o problema das partidas de multiplayer online em GoW2, veja um link de um post de 2009 sobre o assunto. Mas o tempo passou e algumas coisas interessantes aconteceram, como o método de forçar a entrada nas partidas no multiplayer e o modo social.

1º Ponto: Como forçar a entrada no multiplayer online para os que não conseguem se conectar?

Gears 2 tem esse problema terrível de conexão. A Epic Games tentou fazer bonito, limitando o sistema de busca por país/região, colocou limites de ping, e tentou deixar o sistema livre de lags e lentidão, mas na real o que ela realmente conseguiu foi banir meio mundo de jogar seu próprio game. É sério isso, eu acompanhei pelo forum oficial e muitos gamers de países da Europa e da América do Sul até hoje reclamam do sistema, que não encontra jogadores e não fecha partidas. E por esse método que já vou explicar, se percebe que muitos gamers destas regiões só conseguem jogar Gears 2 desta forma. E não adianta o estúdio vir dar qualquer tipo de desculpinha dizendo que está pensando no melhor para os fãs, porque aí qualquer um pode lembrar que a Bungie e todos os games de Halo funcionam perfeitamente em qualquer lugar do mundo. E Epic realmente decepcionou meio mundo em GoW2 deixando o sistema incrivelmente pior do que o primeiro game e favorecendo apenas as conexões dos norte-americanos.

Enfim, vamos ao método para se conectar nas partidas do modo ranking. A primeira coisa a se fazer é iniciar o game sem estar conectado na Live. Não carregue nenhum perfil. Ligue o console normalmente, não precisa tirar cabo de internet, nem nada, apenas não carregue o perfil que o console não entrará na Live. E inicie o game desta forma.

Na tela de Start do game, por não estar com nenhum perfil carregado, o game irá pedir que você carregue algum. Cancele, com o botão B, e continue até a próxima tela sem carregar perfil (fico repetindo isso porque é realmente importante que você não esteja na Live). Agora você deve estar na tela do menu principal do game. Escolha multiplayer, outra mensagem relativa ao fato de não estar conectado irá aparecer, continue assim mesmo. Pronto, você está na tela para configurar uma partida de multiplayer, mas como está desconectado, aparece a opção apenas “local”.

Nesta tela clique no botão do meio do controle, aquele com o símbolo do Xbox. E carregue seu perfil e com isso a Live irá se conectar (não saia do game, faça o procedimento sem voltar a dashboard). Aperte novamente o botão do meio do controle para retornar a tela do Gears. O game irá retornar ao menu principal, escolha novamente multiplayer e selecione as opções ranking e o modo Guardian. Coloque para buscar jogadores. Se o processo deu certo, em menos de 4 minutos o game irá carregar os jogadores e a partida irá começar. Se levar mais tempo do que isso, com o botão do meio do controle, saia do seu perfil (desconectando a live assim), sem sair do game, o game retornará novamente para o menu principal, entre no multiplayer sem estar conectado, depois disso repita o procedimento de carregar o perfil, volte automaticamente ao menu principal do jogo, entre em multiplayer e coloque Ranking e Guardian para o busca de partidas.

É um processo estranho, mas bizarramente funciona. Comigo a primeira vez não deu certo, mas ao fazer pela segunda vez funcionou. Depois que a primeira vez funcionar, não precisa repetir o processo a cada partida que terminar, basta colocar buscar de novo que o sistema irá continuar encontrando jogadores e fechando salas. Não sei exatamente o que acontece com o sistema do game para que o método burle o sistema bugado de busca. Talvez ao evitar o carregamento de dados que é feito com o game quando se inicia-o com a Live ligada (note que há sempre há um carregamento de dados antes de liberar o menu principal quando se está conectado) isso evite a restrição de localidade, não sei afirmar ao certo.

Este método só possui duas desvantagens. A primeira é que nestes eventos especiais (como o que está ocorrendo agora no fim de ano), onde a Epic promove partidas com pontos de experiência multiplicadas por determinados vezes, ao usar este método, você adquire sem esse bônus de XP. As experiências são dadas normalmente, mas sem multiplicador. Assim como qualquer outra alteração que a Epic faça nos mapas ou nas partidas durante esse especial. Por exemplo, agora neste fim de ano, todos os jogadores podem usar as armas douradas do game. Ao utilizar este método, elas não são habilitadas. A segunda desvantagem é que esse método funciona com maior frequencia no modo Guardian. Em outros modos como Warzone, Annex etc é mais difícil encontrar jogadores, mesmo que você faça isso. Aparentemente há mais gamers jogando Guardian, por isso é mais fácil encontrar os mesmo, já nos outros modos, a busca pode demorar e não carregar. Eu tentei muito pouco os outros modos, mas as poucas que tentei, não deram certo.

Para quem não se lembra, o modo Guardian é aquele onde o time de 5 jogadores tem 1 líder. Enquanto este não morrer, a partida não acaba, pois os outros membros da equipe continuam retornando a partida. O objetivo é realmente acabar com o líder e depois com o resto do time. É um modo de game legal, pois permite muitos pontos de experiência, e mesmo que você seja um perneta, você continua retornando enquanto o líder não morrer. Eu só não gosto de ser líder, pois precisa jogar na resguarda, sempre escondido e protegido por granadas e outros membros da equipe, e se o inimigo vir em massa, o negócio é sair correndo na esperança de fuga. É um modo divertido ao menos.

E só para dar os devidos créditos, não fui eu quem descobriu este método para se conectar nas partidas. Pelo que pude pesquisar, isso veio lá da comunidade de Gears of War 2 no Orkut. Se o pessoal de lá pegou de outro lugar, já não sei informar.

2º Ponto: O Modo Social!

Este modo foi introduzido na última atualização do game, feita em Maio deste ano. Na época como estava sem Live nem dei bola, mas agora posso dizer que foi uma das melhores atualizações que o game recebeu.

O modo social foi criado para somente os games que possuem todos os mapas do jogo, incluindo os vendidos por DLC. Se você não tem todos os mapas, não consegue usa-lo. Isso é interesante porque no modo ranking é muito difícil jogar com os mapas novos, pois se um único jogador dos 10 que entrarem na partida não tiver nenhum mapa extra, a partida só carrega os mapas simples. É muito difícil sair um mapa do Dark Corners, por exemplo, no ranking. Com isso, as partidas acabam sempre se repetindo nos mesmos mapas e quem tem o conteúdo extra, acaba não aproveitando-o.

Já no social não tem isso, os mapas extras do game entram com frequência, até mais do que os básicos, pois é justamente este o objetivo do modo. Ele também é mais organizadinho do que o modo ranking, possibilitando que você escolha exatamente qual o modo de game quer jogar (Execution, King of Will, Wingman etc). Não tem aquelas opções dobradinhas (King of Hill/Annex) como no ranking.

Outra vantagem é que no modo social, mesmo que o game não encontre jogadores, é possível carregar a partida com bots. Qual a vantagem disso? Bem, sabe o método que ensinei acima e que limita os bônus extras de eventos especiais? No social não precisa fazer esse tal método, assim o game carrega com bots uma partida e você adquire bõnus de XP, pode usar a arma dourada (quando a Epic libera), pode jogar as waves especiais em Horde, etc. Tudo bem que não é bem uma partida multiplayer online, mas por exemplo, eu nunca tinha jogado os mapas Dark Corners, então jogar no social com bots permitiu que tivesse um certo “treinamento” nestes mapas. Que os conhecesse melhor, onde ficam as armas, quais os melhores esconderijos, todos os caminhas e bifurgações destes etc. Sem mencionar as conquistas destravadas por jogar neles e que no modo ranking levaria uma eternidade por eles não sairem com frequencia.

Outra vantagem do modo social é que as pessoas podem entrar a qualquer momento numa partida em andamento. Na quinta-feira passada conheci um jogador brasileiro que estava jogando no Social. O sistema de busca acabou encontrando ele e entrei na sala onde ele estava jogando com bots. Ficamos nós dois jogando. Mais tarde, o Fabio aqui da equipe, entrou na Live e mandei um convide para ele se juntar a nós. O modo social também permite essa entrada de amigos durante a partida, coisa que o modo ranking não permite (apenas que se fecha um time de 5 antes de começar uma partida). Sendo assim, é possível começar uma partida com bots e ao longo da jogatina, ir convidando os amigos para se juntar na partida. E valendo pontos de experiência e conquistas que no modo custom não funcionam.

Reforço novamente que o modo social só funciona se você tem todos os mapas. Sabe quais são todos os mapas de Gears of War 2? Vamos lá:

  • Mapas Básicos: Avalanche, Blood Drive, Day One, Hail, Jacinto, Pavilion, River, Ruins, Security e Stasis.
  • Flashback Pack: Canals, Gridlock, Mansion, Subway e Tyro Station.
  • Combustible Pack: Flood, Gold Rush e Fuel Station.
  • Snowblind Pack: Grindyard, Under Hill, Courtyard e Fuel Depot.
  • Dark Corners Pack: All Fathers Garden, Memorial, Sanctuary, War Machine, Highway, Way Station e Nowhere.

Total: 29 mapas, sendo 10 mapas que vem originalmente com o game, 07 mapas remakes do primeiro Gears of War e 12 mapas inéditos que são vendidos apenas por DLC. Lembrando que atualmente existe na Live o DLC chamado All Fronts, que trás todos os mapas extras do game lançados via download por 800 MSPoints (U$10). Não tem mais a necessidade de comprar os map packs separadamente, basta comprar o All Fronts que o modo social é liberado para uso.

3º Ponto: Mas como baixar os mapas se são bloqueados no Brasil?

Pois é, a Live-Br chegou e nada ainda de qualquer conteúdo relacionado a Gears of War 2. Nada contra a Live-Br, mas continuo horrorizado com o péssimo ritmo de atualizações e de conteúdo, que continua sendo um dos menores de todo o mundo. Mas voltando ao assunto principal, só citei a Live-BR pois quando os mapas de All Fronts forem disponibilizados (se forem), os brasilieiros poderão baixá-los sem qualquer tipo de problema de trava regional, basta criar uma conta na Live-BR, comprar e baixar e depois usar os mapas na sua conta original (seja lá de onde for sua conta – a minha é EUA), conforme expliquei neste link sobre conteúdo compartilhado na Live entre um mesmo console.

Mas enquanto os mapas não chegam na Live-BR existe uma outra alternativa, mais chatinha e complicada, mas pelo menos existe. Como adquiri um novo modelo de Xbox, o slim, acabei com um novo HDD (Hard Disc Drive) e com isso, tive que baixar uma porrada de conteúdo de games novamente e isso inclui os mapas bloqueados de Gears of War 2. Estou dizendo isso porque testei esse método não faz nem três semanas e funcionou sem muitos problemas. Consegui baixar novamente todos os mapas packs que haviam comprado no passado e que ficaram no meu outro HDD do antigo Xbox 360.

Quero deixar bem claro que não sou nenhum gênio quando se trata de informática ou internet. Me viro bem, mas não sou nenhum especialista realmente. Segui o tutorial pela internet e não tive problemas. Se você não conseguir e tiver alguma dúvida, é mais fácil pedir ajuda para quem montou o tutorial. Mesmo que você me pergunte pelos comentários, não vou saber ajudar (provavelmente).

Segui o tutorial criado pelo membro Kopert lá do Portal Xbox (leia clicando aqui). O tutorial é bem didático, muito bem explicadinho. Baixei todos os arquivos que ele menciona lá, instalei tudo sem problemas, testei e deu certo. Mas se você for acompanhar os comentários do tópico lá, irá perceber que muitos tem dificuldade em conseguir o mesmo resultado que eu. vale a pena ler os comentários se você tiver problemas, pois muitos dúvidas já foram sanadas e solucionadas por lá. E vale a pena perguntar por lá pois sempre tem um pessoal que sempre ajuda.

Para não dizer que não fiz nada de diferente do tutorial, eu fiz sim. Primeiro eu baixei os mapas bloqueados, sem nem fazer nada do tutorial. Vai dar erro em 99%. Mas os arquivos já ficam no HDD e isso pouco tempo de download depois de fazer tudo que o tutorial pede para configurar. Após isso, realmente não consegui com a Máquina Virtual e o HotSpot ligados acessar o conteúdo bloqueado no Marketplace na dashboard do console (para completar o download é preciso colocar eles para baixar novamente). Muitos lá comentaram sobre esse erro e que empacaram nessa etapa. Resolvi esse problema indo no PC, entrando no Xbox.com, ativando a minha conta e entrei no Marketplace pelo PC mesmo e selecionei o conteúdo que deveria ser baixado, no caso os mapas bloqueados, ao ligar meu Xbox 360. Fui no X360, liguei a Máquina Virtual e o HotSpot, já com o console configurado para que ele funcionasse corretamente, conectei na Live e lá estava os downloads que selecionei na página do Xbox.com. Todos em 99% (já que tinha baixado eles previamente) e em poucos minutos, todos concluiram em 100%.

Comigo funcionou. Então deixo a dica.

4º Ponto: Evento especial de fim de ano promovido pela Epic Games!

Inicialmente este post seria feito no dia 23 de dezembro, um dia após o começo dos 12 dias de Gears of War 2 promovido pela Epic Games, mas não deu tempo e o final de semana natalino chegou e acabei mais tempo com a família e no videogame do que no PC escrevendo para o blog (um folguinha mais do que merecida, não acham?). Mas ainda dá tempo de comentar pois o evento vai até o dia 02 de janeiro de 2011!

Conforme já mencionado meio por cima nos parágrafos acima, a Epic Games está promovendo estes 12 dias de jogatina online de GoW2. Cada dia, uma novidade, como munição em triplo, waves no Horde com algumas mudanças, partidas clássicas 4 por 4 etc. Enquanto isso, a cada dia o multiplicador de experiência vai aumentando, começou em 12X e no dia 02 de janeiro terminará em 23x de bônus. Além disso, todos os jogadores poderão utilizar a Lancer e Hammerburst dourada nas partidas.

A programação oficial é está aqui (Não traduzi porque algumas não saberia nem como fazer):

1. “On the first day of Gearsmas Epic gave to me, a concussion from a smoke grenade.” Bringing the concuss back for day – Dec 22
2. 2 Flaming Bloodmounts (2 Bloodmounts with Flamethrowers every wave) – Dec 23
3. 3 Extra Clips (3 extra clips of ammo in every weapon) – Dec 24
4. 4 Frag grenades (Frag grenade pickups have 4) – Dec 25
5. 5 Torque Bow Tags (Many rifle creatures carry Torque Bows in Horde) – Dec 26
6. 6 Melee Monsters (All melee creatures Horde) – Dec 27
7. 7 Sires a storming – Dec 28
8. 8 Old School Gears Heads (4 v 4 MP) – Dec 29
9. 9 Boomers Booming (Boomer squads on every wave) – Dec 30
10. 10 Waves of Tickers (all Ticker Horde) – Dec 31
11. 11 Wretches Wretching (Wretches with Shotguns) – Jan 1
12. Some of the above (1, 3, 4, 8, 10) – Jan 2

A informação vem direto do forum oficial do game (link). Lembrando apenas que se você for jogar utilizando o método que expliquei no ponto 1 desta matéria, este evento não irá funcionar, então sem mudanças especiais, sem armas douradas ou multiplicador de bonus. Felizmente no modo social (2º ponto) está tudo funcionando, aparentemente. No dia 23 que joguei a tarde inteira, basicamente pulei de level 23 para level 40 em poucas horas. É um momento ótimo para quem quer pegar as conquistas relacionadas ao level. Na véspera de Natal com a munição em triplo também foi show, jogar sem se preocupar com munição é bacana. Também estou esperando uma certa nostalgia o dia 29, com partidas 4 vs 4, como era em Gears 1.

E já sabem, quem quiser jogar comigo, basta adicionar:

Obs: A próxima matéria da série Back To Live será a resenha de Super Meat Boy! Aguardem!!

Obs 2: Abaixo, um vídeo com a Wave 50 no Modo Horde do mapa Nowhere. Nunca tinha jogado este mapa até algumas semanas atrás e posso dizer que ele é um dos melhores mapas de Gears 2, na minha opinião é claro. Tanto Horde como os outros modos de game, ele é ótimo, muito bem estruturado com área externa, interna e superior, com vários locais para se esconder, proteger e atacar de surpresa. Outro que gostei muito foi memorial, principalmente para o Horde.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!

Artigos relacionados

Fechar