Jogando

Lançamento Live Arcade: Zeit² é divertido, mas parece Indie! [X360]

Post saindo um pouco atrasado esta semana. Na verdade ele deveria ter saído no período desta manhã no blog, mas o servidor fez o favor de deixar o Portallos fora do ar durante todo o tempo que eu tinha disponível para criar todos os meus posts desta quinta. Paciência, lidar com servidor é um dos grandes problemas de espaços na internet pequenos, como a gente. Mas bola pra frente.

Ontem foi dia de lançamento na Live Arcade, porém nesta semana, somente um joguinho fora disponibilizado. Um bem tímido na verdade, produzido por um estúdio independente alemão chamado Brightside Games e distribuido pela Ubisoft. Mas eu sempre gosto de reforçar como é bacana a distribuição de jogos digitais nesta geração, seja no Xbox 360, Playstation 3 ou PC, que anda permitindo o surgimento de vários estúdios independentes no mundo dos games e possibilitando que eles cresçam dentro deste cenário. Dito isso, resolvi baixar e testar Zeit².

E o game até que é divertido, criativo e interessante. É um daqueles shooters de nave, que existem aos montes na Live Arcade, mas tem qualidade com certeza. O diferencial de Zeit² se dá pelo fato de que é permitido ao jogador voltar alguns segundos do game, algo que eu ainda não tinha presenciado num game do gênero por sinal. É basicamente aquele mesmo recurso de games como Prince of Persia, porém ao voltar no tempo, os tiros que você usou previamente, continuam sendo disparados. O retorno no tempo é para permitir que você possa ir para outra direção da tela e pegar aquele outro inimigo que lhe escapou, sem se preocupar com o que você conseguiu da primeira vez. Veja o vídeo que você entenderá melhor.

Claro que o game não tem apenas esta pegada. A energia da nave é reduzida por todos os inimigos que o jogador não conseguir destruir, assim como os próprios tiros também reduzem a energia apenas por utilizá-los. Mas destruir os inimigos rende energia, então se o tiro é usado com cuidado, você acaba com mais energia do que gasta ao utilizá-lo. Percebe que o game tenta equilibrar o fato de alguns recursos facilitarem a jogabilidade. A energia é uma balança durante toda a fase, requerendo sempre atenção do jogador, pois ela muda constantemente. É como se a nave tivesse problema de combustível, atirar demais, gasta combustível, mas você pode recuperá-lo através das naves destruidas e se você não as destruir, são elas quem roubam seu combustível. É uma sacada bem inteligente.

O trial permite jogar o primeiro legal do game, além do turorial. Ele é bem tranquilo e fácil na verdade. Vi alguns tipos bacana de inimigos, uns grandes, outros pequenos, os que perseguem a nave, os resistentes, uns que só morrem quando você retrocede no tempo (e são uns dos mais difíceis), além de ter enfrentado até o fim dos dos chefes do meio de fase. Depois de testado o modo campanha, abriu o modo wave, onde os inimigos vem aos montes e o que conta aqui é a pontuação, quanto de mais longe você os acertar, maior a sua pontuação. E neste modo dá um desespero atirar de longe, gastando energia, e tentando acertar todos (se errar um dá Game Over).

Mas enfim, no geral, achei Zeit² um ótimo game, diverte e tem uma pegada original. Minha única crítica é que talvez ele seja simples demais nos gráficos e na trilha sonora. Pelo menos no que senti jogando o trial. Já vi games da Indie Games da XBLA, aqueles baratos de pequenos estúdios, as vezes feito por uma ou duas pessoas, com a mesma qualidade visual, ou até maior, que Zeit². E daí? Isso reflete no preço: 800 MSPoints (U$ 10) pelo game me parece um pouco demais. Existem tantos games nessa faixa de preço que demonstam uma qualidade técnica bem superior. Pagaria com gosto 400 MSP no game, mas neste preço de lançamento, achei muito exagerado. Ainda vou fazer um post sobre a Indie e alguns games de lá (lembram deste? da Arkedo), mas olhem este website da radiangames, veja os games que eles possuem na Indie por 80 MSP (não digitei errado, é oitenta mesmo), use os banners laterais no site deles para ver imagens e vídeos. Zeit² não é muito diferente do que vejo nestes games. Claro que ele tem mais modos de games e algum tratamento maior, mas por 800 MSP, tem que ter mesmo.

Só para concluir, Zeit² não é um game ruim, pelo contrário, porém acho que pelo que mostra a sua apresentação e refinamento, foi meio prematuro vendê-lo na Live Arcade, junto com outros pesos pesados, por U$ 10. Deveria custar menos.

Obs: Quem for olhar o post da Arkedo que linkei acima, jogue se possível Pixel. Esse game é muito bom, custa apenas 240 MSP (U$ 3). O game deu tão certo que o estúdio recebeu a proposta de lançar esse joguinho no Ipad e no PSP Mini (link). Isso mostra como a Indie pode abrir as portas para pequenos estúdios.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios