Ferris Bueller (Curtindo a Vida Adoidado): clássico e imortal! [Personagem que Nós Amamos]

Abri os olhos hoje e pensei: aqui já é feriado, a loja não vai abrir e quem representa o lado bom de um dia de folga? Ferris Buller! Ninguém sabe curtir a vida como esse cara, que mostrou para toda uma geração do que se trata um dia de diversão, estratégias quase militares para fugir das encrencas e a liberdade de espírito!

Ferris convence ao medroso e quadradão Cameron Frye a aproveitar um dia de folga – inventado por ele mesmo! Ou seja: era dia de aula, dia compromissado, mas, se tornou uma aventura de proporções gigantescas, o qual um carro muito caro acaba destruído, que termina numa espécie de Carnaval bem no meio da cidade cantando um bom e velho clássico do Rock and Roll, que acaba com a vida de um diretor de escola bastante frustrado e termina com uma lição para toda a vida, regida pelo diretor – pelo incrível diretor, criados de grandes clássicos dos anos 80, John Hughes.

Mas não é só pela caa de pau e pela capacidade de passar a perna em qualquer obstáculo que tenta fazâ-lo não curtir um dia de folga auto imposto, que nós amamos Ferris Buller! Claro, é por isso e udo e pelo que representa! E ainda digo mais: um personagem tão marcante, que chegou a estagnar a carreira de um ator!

Não é que Matthew Broderick, o ator que interpreta Ferris, tenha parado de trabalhar. É que a partir dali, nada realmente relevante surgiu na carreira do sujeito, que tinha em sua expressão, o jeito de Ferris! Assim, embora tenha deixado Matthew sem muitas esoclhas e/ou sucessos, vale também dizer que deve ser muito legal interpretar um cara que ficaria no inconsciente coletivo de toda uma geração ocidental.

Aliás, digo até que as maluquices de Ferris ultrapassam a geração! Afinal, eu não sou dos anos 80, mas já vi o filme algumas vezes: de “sessão da tarde” e em DVD – esse, que é de meu primo, 5 anos mais novo que eu.

Ferris Bueller é o cara de uma época marcada por “Girls Just Wanna Have Fun”, época essa em que a juventude já aproveitava da liberdade alcançada nas décadas anteriores. Curtindo a Vida Adoidado é um dos filmes dessa época que não tinha pressa nas cenas, em contar e mastigar uma história: era sentar e realmente assistir algo…

Bom, o post tem que ser curtinho também, porque tenho que curtir o resto do dia, afinal! rs, rs.

Isso também pode lhe interessar

14 Comentários

      1. É que eu sou “novinho” ainda XD
        E como não tem locadora perto da minha casa,vou ter que baixar mesmo.
        procurando…
        EDIT:acabei de achar aqui!
        Baixando pra assistir a noite.

  1. Curtindo a vida Adoidado é um dos poucos filmes antigos que quando repetem na sessão da tarde ou em outros canais de filmes eu sento no sofá e paro pra assistir sem nunca me cansar.Ferris Bueller é um idolo para aqueles que como eu matavam várias aulas na escola.

  2. Uns dos melhores filmes que já passou na seção da tarde, em um época que a seção tarde passava coisa boa, esse filme é leve divertido, engraçado, e muito anárquico. Quem nunca quis ser , por pelo menos um dia, o Ferris Bulle e aproveitar um a vida.

  3. Amo esse filme. E por nunca ter tido uma continuação ele ficou mais lendario ainda p mim.
    E duvido que interesse a alguem, mas teve um seriado baseado no filme com pouco epis pq não fez sucesso

  4. Ótima escolha!!
    Carinha descolado, desenrolado, e que sabe como aproveitar a vida!!
    Consegue enrolar seu amigo, enganar o diretor da escola, mente para os pais, e ainda por cima, tem uma namorada bonita legal e que o apoia!!

    Como já diria ele… “A vida passa muito depressa, se não pararmos para curtí-la, ela escapa por nossas mãos.” Portanto… bora aproveitar!! 😛

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.