Jogando

Dead Island em 20 minutos: Sobrevivência? Terror? Pânico? Para onde eles foram mesmo? [PS3/X360/PC]

Uma ilha paradisíaca, cheia de palmeiras, repleta de belos coqueiros, água azul como o céu que se perde no horizonte do oceano e biquinis a granel. Mas o que poderia dar errado no meio de tanta beleza? Eu não faço a menor idéia, mas a Techland diz que um bando de zumbis invadindo a festa seria uma boa. E pensando assim, eis que temos 20 minutos de gameplay de Dead Island, demonstrando melhor como a barra de stamina interfere na performance de seus movimentos, como está ambientação do game e as armas que estão disponíveis num primeiro momento da jogatina.

Mas infelizmente me decepcionei um pouco, não sei se essa é a versão definitiva do game, mas se for, algumas coisas deveriam ser revistas na minha humilde opinião. Começando pela trilha sonora ou melhor dizendo… a falta dela. Senti que faltou um toque de suspense nessa coisa toda. Mesmo estando sozinho (a) numa ilha isso não quer dizer que o realismo exija que você atravesse os diferentes ambientes e enfrente uma horda de zumbis sem ao menos uma trilha de fundo para entrar no clima.

Apesar de serem somente 20 minutos, o jogo já aparenta ser muito repetitivo, a menos que uma variedade muito boa de armas esteja disponível ou seja possível criar, a graça de perambular por aí esperando um zumbi dar as caras vai ser muito chato. Tem de haver uma boa história que amarre todas essas situações e torne as coisas diversificadas.  A personagem controlada no vídeo é outra decepção do jogo. A trama trata da sua sobrevivência numa situação jamais vista antes (ou você costuma ver zumbis passeando pela sua rua todo dia?) e mesmo assim ouvimos sempre uma frase feita a cada morte (Get out… i kill you!!! Muito bem Rambo). Particularmente, acho que seria muito mais legal ouvir os suspiros do (a) protagonista, passando aquela sensação de medo e desespero das situações, mas tudo o que eu vi foi uma mestra em artes com espada de madeira se virando com um pedaço de pau. Será que eu entendi tudo errado depois de ver aquele maravilhoso trailer?

Até as falas dos zumbis morrendo ou de pessoas pedindo ajuda são melhores do que ouvir o Chuck Norris de saias destruindo tudo a pauladas. E só para não dizer que o jogo é um completo marasmo, os gráficos ao menos fazem a lição de casa direitinho. Mostrando que a ambientação não poderia ser mais linda. O lance da barra de stamina ficou bem mais claro agora. A cada corrida ou mesmo um pulo, parte da sua vitalidade vai embora, mas durante os rápidos combates com zumbis isso parece fazer pouca diferença, já que ela cai muito devagar.

Com uma arma de verdade nas mãos até que a coisa fica mais divertida, já que você tem liberdade para atirar diretamente na cebeça ou retardar a aproximação do zumbi atirando em seus pés. Porém como já foi dito que encontrar um simples revólver será muito difícil, esses momentos de prazer serão muito escassos.Também achei legal a parte dentro do carro (Carmageddon com zumbis?), a visão de denro dele ficou ótima e ao menos nesses pontos a intenção de transmitir realismo e provocar imersão se mantém.

No mais, é rezar para que essa versão seja só uma prévia do que vem por ai. Pois esperava algo mais puxado para o terror com boas doses de realismo no que diz respeito ao medo dos humanos frente os zumbis, mas tudo o que foi mostrado mesmo é um “ande e atire ou decepe o primeiro que aparecer pela frente”. A propósito, qual é a do pedaço de madeira que dá choque hein? Essa eu não entendi.

Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.