E3 2019Jogando

Hitman Absolution: devagar e sempre continua sendo o lema do agente 47, porém… [Ressaca E3]

Hitman está de volta e apesar de Absolution não ter sido muito festejado na E3 deste ano ele também ganhou alguns vídeos novos. Neles não há muito que você, fã fiel de Hitman, já não tenha visto. Muita cautela, silêncio e mortes rápidas, bem rápidas. Não que isso impeça você de sair atirando em todo mundo e promover uma sessão muito louca de tiro ou mesmo um certo nível a mais de adrenalina no game, mas fique certo de que assim as coisas podem ficar um pouquinho mais difíceis. Já que o agente 47 não gosta de muito barulho.

Lembrando que nesta edição da franquia o agente 47 não estará realizando missões através de um extenso catálogo de vítimas a matar, mas sim correndo contra o tempo numa perseguição que vai durar todo o jogo, com direito a cartaz de procurado pela cidade e tudo. A prévia da E3 não nos deu tantos detalhes quanto gostariamos de ter para saber o quanto este Hitman será diferente dos anteriores, mas ao menos os belos gráficos e os sombrios cenários dão uma revitalizada incrível no game, que promete muitas mortes de todas ou quase todas as formas possíveis.

De acordo com alguns relatos de quem viu a demo na E3, o novo Hitman pode se tornar um pouco mais linear que seus antecessores, talvez pelas várias cutcenes cinematográficas que a história vai ter, forçando você a seguir alguns scripts e chegar no local aonde a cena crucial deve acontecer. Em contrapartida o game tem uma trilha sonora que sabe embalar com muita competência os diversos momentos da trama.

A promessa de uma história mais profunda sobre o carequinha vestido para matar também continua de pé e mais do que matar sorrateiramente, o agente  vai ter que rebolar um pouco mais desta vez e mostrar que destreza e agilidade também fazem parte das suas habilidades. Enquanto um trailer mais detalhado sobre tudo isso não sai, ficamos com a pequena prévia da E3.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.