Projeto de lei aprova cota de programação nacional na TV paga. E agora? (Reflexões)

O senado aprovou essa semana um projeto de lei que objetiva incentivar a produção nacional e a concorrência na TV por assinatura.

A concorrência será impulsionada porque, com o projeto novo, operadoras de telefonia poderão oferecer serviços de TV a cabo. A medida abre também a possibilidade de investimento de capital estrangeiro.

E aí entra aquela lei de mercado básica: mais oferta, mais concorrência, melhores serviços e melhores preços.

Bom, esse é o lado positivo, o qual não tenho ressalvas.

Aí vem a parte que se intromete também no conteúdo do que será veiculado:
01- Agora, obrigatoriamente, canais que passam filmes, séries ou documentários, têm de reservar 3 horas e meia por semana, em horário nobre, para veicular programação nacional,
02- A cada três canais, um deverá ser brasileiro e, dentro desses canais, dois devem ter 12 horas de programação nacional de produção independente.

Existe então a cota por canal: que impõe cerca de 30 minutos por dia em horário nobre (como dito), a cota por pacote contratado, que diz que um terço dos canais deve ser brasileiro e a cota dos canais jornalísticos: dois por operadora.

O projeto ainda não foi sancionado: foi aprovado, mas, ainda precisa da assinatura de Dilma… E deve ainda destinar R$300 milhões para a produção nacional.

Mas, se aprovado, como fica? A produção nacional é boa o suficiente? Sinceramente, vejo muita coisa feita por produtoras independentes no Multishow, por exemplo, e são programas fracos, tanto em apelo comercial, quanto em qualidade… (outros muito bons, claro!).

Será que temos produção para preencher essa oportunidade? Desenhos animados nacionais, da mega forte e milionária Turma da Mônica demonstram qualidade muito aquém do necessário para conquistar público, por exemplo, imagine?! Esse ano entrou uma produção em animação no circuito de cinema, uma história educativa, a qual quase ninguém deve ter visto e que, justiça seja feita, só existiu porque teve apoio gigantesco do capital do governo e, ainda assim, costumo ver conteúdo no Amina Mundi incrivelmente superior, produzido por “amadores”!

Não quer dizer que não haja centenas de pessoas criativas e inteligentes precisando de incentivos como esse para produzir de verdade! Mas, será que o dinheiro vai chegar a essas pessoas?

E há ainda o direito de nós, consumidores, de assistirmos ao que quisermos! Se eu pago para ter a TV, e se gosto de Seinfeld, Family Guy (só exemplos), em horário nobre, quem tem o direito de intervir no que eu realmente quero assistir (e posso, porque pago?).

Isso tudo dito e questionado, acredito que é ótimo estimular a produção independente, uma produção que não teria “rabo preso” como a grande imprensa tem, não envolvida em politicagem e compromissada somente com a arte e a qualidade: seja para divertir, entreter ou conscientizar.

Mas, nosso país, sendo como é, vai ultrapassar as barreiras burocráticas e beneficiar a todos, de forma igual? E realmente criar um conteúdo, além das famosas “novelas de exportação”, de qualidade (pelo menos de qualidade técnica)?

Para mim, essa é a maior barreira. Adoro o fato de que o preço pode baixar e a qualidade pode aumentar, no que se refere ao serviço de TV a cabo… Contudo, acredito que eu tenha o direito de assistir à programação americana, japonesa, européia, enfim, porque, afinal, pago por isso e não acho que cabe ao governo regular, muito menos ser esse agente modificador que pretende ser, em um país que, talvez não esteja educado o suficiente para aceitar qualquer conteúdo novo.

Afinal, as leis de incentivo fiscal existem há muito tempo e quantos filmes você assiste no cinema que não tenham um selo Globo Filmes (um exemplo para ilustrar apenas, como uma grande empresa do gênero), por exemplo? Ou projetos diversos, como o blog de Maria Bethânia, que conseguem receber mais de um milhão…

Nada contra! Claro, como dono de empresa, prefiro apoiar o que sei que teria maior retorno…

Enfim, é uma questão complicada. Ligar a TV que você paga e assistir o que não se quer. Só me resta a esperança de que gere mesmo concorrência, de que gere mesmo conteúdo nacional de qualidade ao ponto de me fazer esquecer (pelo menos substituir, vez ou outra) as séries, documentários e filmes que gosto tanto.

Isso também pode lhe interessar

128 Comentários

  1. Caraio , agora apelei , na boa bora começar um movimento contra essa porra , eu pago a porra da tv pra ver o QUE EU EU EU EU QUISER!AGORA VOU SER OBRIGADO A VER ESSE TANTO DE MERDA DE CANAL NACIONAL?K7  O BRASIL TA PERDIDO  cansei de ser censurado a cada esquina . Sinceramente se fizerem isso , cancelo a tv a cabo , e assino o novo sistema de tv que virá no xbox 360. VSF BRASIL país de merda. 

  2. Caraio , agora apelei , na boa bora começar um movimento contra essa porra , eu pago a porra da tv pra ver o QUE EU EU EU EU QUISER!AGORA VOU SER OBRIGADO A VER ESSE TANTO DE MERDA DE CANAL NACIONAL?K7  O BRASIL TA PERDIDO  cansei de ser censurado a cada esquina . Sinceramente se fizerem isso , cancelo a tv a cabo , e assino o novo sistema de tv que virá no xbox 360. VSF BRASIL país de merda. 

  3. “Eu pago a tv a cabo pra ver o que eu quiser”. Bicho, no momento, essa tv a cabo que nós temos não passa NADA do que eu quero!.

    O que eu vejo na tv a cabo é um monte de programa/filme dublado e um monte de propaganda da Colgate. SÓ!

    A tv a cabo brasileira é INCRIVELMENTE RUIM! 

    Esse projeto pode ATÉ MELHORAR a situação, porque piorar é impossível!!!!!

    Eu tou cortando a tv a cabo aqui em casa porque é ruim pra caralho! Vou viver sem ela, e vou viver igual/melhor do que vivo agora. 

    Se essa cota de programação nacional melhorar a coisa, eu volto a assinar no futuro.

    (só pra constar: no canadá as emissoras são obrigadas a reservar 75% do seu tempo para programação produzida localmente. Na inglaterra o percentual é de 50% do tempo. Então antes de dar uma de #ClasseMédiaSofre e gritar “SÒ NO BRASIL MESMO!!!!”, procure se informar)

  4. “Eu pago a tv a cabo pra ver o que eu quiser”. Bicho, no momento, essa tv a cabo que nós temos não passa NADA do que eu quero!.

    O que eu vejo na tv a cabo é um monte de programa/filme dublado e um monte de propaganda da Colgate. SÓ!

    A tv a cabo brasileira é INCRIVELMENTE RUIM! 

    Esse projeto pode ATÉ MELHORAR a situação, porque piorar é impossível!!!!!

    Eu tou cortando a tv a cabo aqui em casa porque é ruim pra caralho! Vou viver sem ela, e vou viver igual/melhor do que vivo agora. 

    Se essa cota de programação nacional melhorar a coisa, eu volto a assinar no futuro.

    (só pra constar: no canadá as emissoras são obrigadas a reservar 75% do seu tempo para programação produzida localmente. Na inglaterra o percentual é de 50% do tempo. Então antes de dar uma de #ClasseMédiaSofre e gritar “SÒ NO BRASIL MESMO!!!!”, procure se informar)

    1. Oi,

      Espero que esteja se referindo ao comentário acima e não ao texto, sinceramente.
      Porque se leu o que realmente escrevi, entendi que tem um contexto e embasamento por ali…

      Porque também afirmei que pago para assistir o que eu quero: se é bom ou ruim, isso é realtivo para quem assisti e o que você procura. Porque você fala de programas dublados, etc, concordo 100% que é horrível com cortes, etc., contudo, há muita coisa legal, em muitos canais distintos.

      E acredito que tenha sido claro em expor os prós e contras, não disse que era censura, inconstitucional, etc. A intenção foi gerar discussão sobre o projeto.

      E por último o fato de outros países seguirem o modelo não significa que seja melhor ou pior, ainda mais quando se trata de Brasil e de incentivos financeiros que sabemos, através da história, que não destinados a quem tem bons projetos e sim para o que é mais viável…

      Espero, realmente, que tenha sido sobre o comentário acima e que não tenha confundido o meu post com um “mimimi” descabido, porque não é isso – e qualquer um que leia tudo, sabe.

    2. Oi,

      Espero que esteja se referindo ao comentário acima e não ao texto, sinceramente.
      Porque se leu o que realmente escrevi, entende que tem um contexto e embasamento por ali…

      Porque também afirmei que “pago para assistir o que eu quero”: se é
      bom ou ruim, isso é realtivo para quem assiste e o que você procura.
      Porque você fala de programas dublados, etc, concordo 100% que é
      horrível, com cortes, etc., contudo, há muita coisa legal, em muitos
      canais distintos.

      E acredito que tenha sido claro em expor os prós e contras, não disse
      que era censura, etc. A intenção foi gerar discussão sobre o PROJETO.

      E por último o fato de outros países seguirem o modelo não significa
      que seja melhor ou pior, ainda mais quando se trata de Brasil e de
      incentivos financeiros que sabemos, através da história, que não
      destinados a quem tem bons projetos e sim para o que é mais viável… O
      PROJETO é muito mais do que o conteúdo, espero que tenha lido isso
      também.

      Portanto, espero, realmente, que tenha sido sobre o comentário acima e
      que não tenha confundido o meu post com um “mimimi” descabido, porque
      não é isso – e qualquer um que leia tudo, em vez de uma leitura dinâmica
      ou que tenha a necessidade de discordar e dar lição, sabe.

      1. sim mas, ele teve um ponto interessante.
        Se paises altamente democráticos como canada e inglaterra reservam até 75% da sua TV para conteudo nacional, será que é TÃO TERRIVEL ASSIM abrir mao dos enlatados americanos e documentarios sobre o acasalamento do leao marinho?

        Concordo com o Mateus quando ele fala que ATÉ PODE sair coisa boa da ai viu.
        Alguem ja parou pra assistir a ótima programação do canal Brasil ultimamente? E os excelentes documentários da TV SENADO? Alguem ja viu UM filme sequer do GENIAL glauber rocha? Não né?
        Poise senhores, talvez precisemos mesmo desse “empurrãozinho” na qualidade da nossa TV.

          1. talvez, só TALVEZ porque eles tem um espaço de 75% na na programação e isso acaba gerando investimento?
            Se não insvestir não vai..

          2. talvez, só TALVEZ porque eles tem um espaço de 75% na na programação e isso acaba gerando investimento?
            Se não insvestir não vai..

        1. 1º: TV inglesa e Canadense é MUITO melhor que a brasileira, isso é FATO. 

          2º: Aaaaah sim, o Grande Cineasta Glauber Rocha #ironia, me desculpe, mas prefiro George Lucas, Coppola, Spielberg, James Cameron, Ridley Scott, Kubrick ;D

          3º Prefiro ver documentários sobre animais (q vc erradamente zoa) do q ver documentários da TV Senado.

          4º: Tenho preconceito sim, n gosto de praticamente nada q vem desse país, e vc está me dizendo q precisamos de um empurrãozinho na qualidade da nossa tv, então vc está querendo dizer que a programação NACIONAL é melhor q a de FORA? POR FAVOR NÉ.

          5º Não adianta querer dizer que o Brasil está adotando os métodos de países desenvolvidos, pq o Brasil NÃO É um país desenvolvido.

          Grato =D

          1. “1º: TV inglesa e Canadense é MUITO melhor que a brasileira, isso é FATO. ”
            TALVEZ, por que os governos deles ja aprovaram uma lei de até 75% de programação nacional?
            Ligou os pontos? investimento… melhoria … qualidade…
            não duvidando do seu intelecto, OBVIO

            – Voce zoa com diretores de respeito (OMFG) e fica revoltado com documentários de animais =) cada vez mais fico impressisonado com sua sagacidade /o
            To começando a duvidar que voce REALMENTE assitiu kubric…

            Pra finalizar, essa sua atitude de “sou apenas um pobre rapaz latino, vou pros EUA lavar prato” eh tão… engracadinho #ironia
            .. esse discurso de anos 80 ja ta TÃO ultrapassado…
            Talvez voce esteve na LUA nos ultimos dois anos e perdeu a crise dos EUA e da europa e o dolar indo 1,50 de real.
            Ja foi o tempo que sair do Brasil e ir lavar prato em nova york era vantagem pra alguem..

          2. “- Voce zoa com diretores de respeito (OMFG) e fica revoltado com documentários de animais =) cada vez mais fico impressisonado com sua sagacidade /o
            To começando a duvidar que voce REALMENTE assitiu kubric…

            Pra finalizar, essa sua atitude de “sou apenas um pobre rapaz latino, vou pros EUA lavar prato” eh tão… engracadinho #ironia
            .. esse discurso de anos 80 ja ta TÃO ultrapassado…
            Talvez voce esteve na LUA nos ultimos dois anos e perdeu a crise dos EUA e da europa e o dolar indo 1,50 de real.
            Ja foi o tempo que sair do Brasil e ir lavar prato em nova yorke era vantagem pra alguem..”

            Você percebe que o cara perdeu o foco quando ele passa dois dos seus três parágrafos falando mal de alguém em vez de discutir o problema…

            Vai dormir Mr Big.

          3. eu zoei QUE diretores de respeito? q eu me recorde só o Glauber Rocha, eu falei mal de q documentários de animais? n foi vc q falou n ? acho melhor vc voltar no meu comentário e ler de novo ;D VC q zuou falando q a gente “prefere ver documentários sobre leões marinhos acasalando do q tv de verdade”, VC falou isso.

            e não se esqueça que Canadá e Inglaterra são países desenvolvidos, e continuo dizendo: esquece os investimentos, a tv inglesa é melhor q a brasileira, com ou sem investimentos, dadas as suas exceções, a tv brasileira ou é cheia de programações CHATAS, ou de novelas (blergh), ou de filmes pseudo intelectuais, o ÚNICO cara q se propos a fazer um filme de verdade foi o Padilha e olha o sucesso q fez, diferente de Glauber Rocha haha 

          4. “eu zoei QUE diretores de respeito? q eu me recorde só o Glauber Rocha,
            eu falei mal de q documentários de animais? n foi vc q falou n ?”

            vitor.. ou voce ta com sono, ou não ta lendo os comentarios…
            volta la e le com calma…
            não ta falando coisa com coisa cara…

          5. amigo, vc q n ta falando coisa com coisa.

            “Se paises altamente democráticos como canada e inglaterra reservam até 75% da sua TV para conteudo nacional, será que é TÃO TERRIVEL ASSIM abrir mao dos enlatados americanos e documentarios sobre o acasalamento do leao marinho? ”

            Aqui vc está falando mal dos documentários de animais.

            “2º: Aaaaah sim, o Grande Cineasta Glauber Rocha #ironia, me desculpe, mas prefiro George Lucas, Coppola, Spielberg, James Cameron, Ridley Scott, Kubrick ;D”

            Aqui eu falo bem dos diretores (com exceção do GRANDE #ironia Glauber Rocha)

            “3º Prefiro ver documentários sobre animais (q vc erradamente zoa) do q ver documentários da TV Senado.”

            Aqui falo que gosto de ver documentários de animais.

            “- Voce zoa com diretores de respeito (OMFG) e fica revoltado com documentários de animais =) cada vez mais fico impressisonado com sua sagacidade /o
            To começando a duvidar que voce REALMENTE assitiu kubric… ”

            E aqui vc fala q eu zoei diretores de respeito e documentários de animais, sendo q eu falo BEM deles.

            Explicadinho assim fica fácil pra vc entender?

          6. amigo, vc q n ta falando coisa com coisa.

            “Se paises altamente democráticos como canada e inglaterra reservam até 75% da sua TV para conteudo nacional, será que é TÃO TERRIVEL ASSIM abrir mao dos enlatados americanos e documentarios sobre o acasalamento do leao marinho? ”

            Aqui vc está falando mal dos documentários de animais.

            “2º: Aaaaah sim, o Grande Cineasta Glauber Rocha #ironia, me desculpe, mas prefiro George Lucas, Coppola, Spielberg, James Cameron, Ridley Scott, Kubrick ;D”

            Aqui eu falo bem dos diretores (com exceção do GRANDE #ironia Glauber Rocha)

            “3º Prefiro ver documentários sobre animais (q vc erradamente zoa) do q ver documentários da TV Senado.”

            Aqui falo que gosto de ver documentários de animais.

            “- Voce zoa com diretores de respeito (OMFG) e fica revoltado com documentários de animais =) cada vez mais fico impressisonado com sua sagacidade /o
            To começando a duvidar que voce REALMENTE assitiu kubric… ”

            E aqui vc fala q eu zoei diretores de respeito e documentários de animais, sendo q eu falo BEM deles.

            Explicadinho assim fica fácil pra vc entender?

        2. 1º: TV inglesa e Canadense é MUITO melhor que a brasileira, isso é FATO. 

          2º: Aaaaah sim, o Grande Cineasta Glauber Rocha #ironia, me desculpe, mas prefiro George Lucas, Coppola, Spielberg, James Cameron, Ridley Scott, Kubrick ;D

          3º Prefiro ver documentários sobre animais (q vc erradamente zoa) do q ver documentários da TV Senado.

          4º: Tenho preconceito sim, n gosto de praticamente nada q vem desse país, e vc está me dizendo q precisamos de um empurrãozinho na qualidade da nossa tv, então vc está querendo dizer que a programação NACIONAL é melhor q a de FORA? POR FAVOR NÉ.

          5º Não adianta querer dizer que o Brasil está adotando os métodos de países desenvolvidos, pq o Brasil NÃO É um país desenvolvido.

          Grato =D

          1. Pedro, voce ta muito na defensiva. A gente TA discutindo irmão…
            relaxa. So expus meu ponto de vista.

          2. Pedro, voce ta muito na defensiva. A gente TA discutindo irmão…
            relaxa. So expus meu ponto de vista.

          3. Aaah! Nem vem pôr lenha nessa fogueira! XD
            Tô nada! Mas, como o autor do post e membro aqui da equipe tenho que zelar para que a qualidade se mantenha e que nunca nos tornemos trolls!

            Aí, às vezes, tenho de ser mais ranzinza que o normal!
            Mas, me divirto muit! XD

          4. Aaah! Nem vem pôr lenha nessa fogueira! XD
            Tô nada! Mas, como o autor do post e membro aqui da equipe tenho que zelar para que a qualidade se mantenha e que nunca nos tornemos trolls!

            Aí, às vezes, tenho de ser mais ranzinza que o normal!
            Mas, me divirto muit! XD

        3. “Alguem ja parou pra assistir a ótima programação do canal Brasil ultimamente? E os excelentes documentários da TV SENADO? Alguem ja viu UM filme sequer do GENIAL glauber rocha? Não né?”

          Desculpe por eu não gostar de assistir TV SENADO e preferir gastar meu tempo assistindo os “enlatados americanos”, mas o dinheiro é meu e eu gasto como eu quiser, nem que seja vendo o acasalamento do leão marinho. Você tem todo o direito de dar sua opinião, mas não tenta me ensinar o que eu devo ou não devo assistir na minha TV porque isso é problema meu.

          1. mas eu tenho todo o direito de ter uma opniao contra, não?
            Eu ate concordo que é invasivo o governo querer mandar na progrmação, mas tambem concordo do jeito que ta continua uma grande porcaria. Que deu certo em outros lugares e pode dar certo aqui tambem.
            E voce? Qual o seu argumento?
            Pro que ate agora vc so mandou o povo calar a boca :/

          2. Argumento pra quê? Pra continuar a ter o direito de pagar pra assistir o que eu quiser sem que o governo imponha essas restrições unilaterais?

            Não, não tenho nenhum… ¬¬

          3. Glauber Rocha, essa é boa hahahahaha e eu ainda falei q prefiro ver os filmes dos diretores q citei acima e ele achou q eu tava zoando os diretores.

          4. ta.. vou explicar bem direitinho:
            Quando falei a diretores de respeito me referia galuber e conteporâneos.
            Eu ELOGIEI as citações aos bons diretores que voce fez.
            Agora.. achei estranho alguem que (supostamente) curte cinema falar mal de (ALGUNS) diretores de respeito (GLAUBER POR EXEMPLO).
            Não consegui entender o “glauber é ruim, kubric é bom”
            Se voce tem preconceito, beleza mano, mas falar de caras bons já é vacilo…

            ficou mais claro?
            cara.. é a ultima vez que interpreto texto.. so fiz pq tava ficando chato ja 😛

          5. ta.. vou explicar bem direitinho:
            Quando falei a diretores de respeito me referia galuber e conteporâneos.
            Eu ELOGIEI as citações aos bons diretores que voce fez.
            Agora.. achei estranho alguem que (supostamente) curte cinema falar mal de (ALGUNS) diretores de respeito (GLAUBER POR EXEMPLO).
            Não consegui entender o “glauber é ruim, kubric é bom”
            Se voce tem preconceito, beleza mano, mas falar de caras bons já é vacilo…

            ficou mais claro?
            cara.. é a ultima vez que interpreto texto.. so fiz pq tava ficando chato ja 😛

      2. sim mas, ele teve um ponto interessante.
        Se paises altamente democráticos como canada e inglaterra reservam até 75% da sua TV para conteudo nacional, será que é TÃO TERRIVEL ASSIM abrir mao dos enlatados americanos e documentarios sobre o acasalamento do leao marinho?

        Concordo com o Mateus quando ele fala que ATÉ PODE sair coisa boa da ai viu.
        Alguem ja parou pra assistir a ótima programação do canal Brasil ultimamente? E os excelentes documentários da TV SENADO? Alguem ja viu UM filme sequer do GENIAL glauber rocha? Não né?
        Poise senhores, talvez precisemos mesmo desse “empurrãozinho” na qualidade da nossa TV.

    3. “Bicho, no momento, essa tv a cabo que nós temos não passa NADA do que eu quero!”. Bom pra você, porém isso não tem nada a ver com o fato de a TV a cabo brasileira ser boa ou ruim porque, no fundo, ta todo mundo cagando um monte pra sua opinião.

      Só pra constar: Nós não estamos no Canada ou na Inglaterra, copiar um modelo internacional sem levar em consideração as características próprias do nosso país (leia-se do nosso povo) é simplesmente burrice. Então, antes de dar uma de “pré-vestibulando que acha que sabe de tudo”, procure adquirir um pouco de semancol e conhecer um pouco melhor a história do seu país, em vez de dar Ctrl+C/Ctrl+V da Wikipedia e vir aqui pagar de sabichão.

      1. “copiar um modelo internacional sem levar em
        consideração as características próprias do nosso país”

        O mundo é feito de padrões internacionais, amigo.
        Nosso modelo de telefonia é copiado de outros paises,
        sistema de TV digital, sistema de TV aberta, até a NOSSA CONSTITUIÇÃO original
        é feita de trechos da constituição italiana e portuguesa.

        Vários países tambem já copiaram leis brasileiras, por incrível
        que pareça, simplesmente porque deu certo.

        Tomar como exemplo algo bom de outro pais não significa
        copiar e colar a lei.

        Voce ao menos tem NOÇÃO de como é o processo de um projeto
        pra virar lei? Passa até ANOS nas comissões, audiências PUBLICAS, discutindo-se
        e adaptando pra realidade Brasileira. O problema é que QUASE ninguém se interessa
        e quando a lei sai, fica todo mundo abismado.

        Aconselho você a pesquisar melhor antes de dar uma de “rebelde
        sem causa” e sair XINGANDO MUITO NO TWITTER

      2. “copiar um modelo internacional sem levar em
        consideração as características próprias do nosso país”

        O mundo é feito de padrões internacionais, amigo.
        Nosso modelo de telefonia é copiado de outros paises,
        sistema de TV digital, sistema de TV aberta, até a NOSSA CONSTITUIÇÃO original
        é feita de trechos da constituição italiana e portuguesa.

        Vários países tambem já copiaram leis brasileiras, por incrível
        que pareça, simplesmente porque deu certo.

        Tomar como exemplo algo bom de outro pais não significa
        copiar e colar a lei.

        Voce ao menos tem NOÇÃO de como é o processo de um projeto
        pra virar lei? Passa até ANOS nas comissões, audiências PUBLICAS, discutindo-se
        e adaptando pra realidade Brasileira. O problema é que QUASE ninguém se interessa
        e quando a lei sai, fica todo mundo abismado.

        Aconselho você a pesquisar melhor antes de dar uma de “rebelde
        sem causa” e sair XINGANDO MUITO NO TWITTER

        1. Eu sei que “o mundo é feito de padrões internacionais”, amigo. Nada se cria, tudo se copia, eu to ligado. Só não acho que falar que tal país reserva 50 ou 75% do horário nobre na sua televisão aberta é justificativa pra gente fazer o mesmo no Brasil. A gente não precisa copiar tudo, é isso que eu quis dizer.

          “Voce ao menos tem NOÇÃO de como é o processo de um projeto pra virar lei?”. Não, não tenho a mínima noção, por isso eu não posso reclamar? Não posso querer pagar pra assistir o que eu quiser porque não sei como que uma lei sai do papel?

          Você me aconselha pesquisar melhor o que exatamente? E se você acha que eu sou um “rebelde sem causa” acho melhor você reler o post, porque eu tenho “causa” mas do que suficiente pra reclamar.

  5. Acho que a gente vai, no minimo, sofrer muito com isso, mas no fundo eu gostei dessa ideia, acredito fielmente que daqui alguns anos veremos conteudo nacional de qualidade, aqueles projetos pequenos que nunca tiveram espaço na Midia por nao serem “Novelas” nem nada do mesmo nivel (Nivel bem baixo, alias, para nao destoar com o nivel cultural do “povo”) finalmente terao suas chances 😀
    Por outro lado, podemos apenas estar nos aproximando de uma overdose de Novelas e Malhações da vida, mas acho que isso vai depender muito do NOSSO nivel de cobraça ^^

    1. Eu acho que é um passo para frente, afinal.
      Se o dinheiro chegar, se for bem controlado, se for bem divulgado e outros muitos “se” que podem afetar muito o resultado final de boa intenção.

  6. Acho que a gente vai, no minimo, sofrer muito com isso, mas no fundo eu gostei dessa ideia, acredito fielmente que daqui alguns anos veremos conteudo nacional de qualidade, aqueles projetos pequenos que nunca tiveram espaço na Midia por nao serem “Novelas” nem nada do mesmo nivel (Nivel bem baixo, alias, para nao destoar com o nivel cultural do “povo”) finalmente terao suas chances 😀
    Por outro lado, podemos apenas estar nos aproximando de uma overdose de Novelas e Malhações da vida, mas acho que isso vai depender muito do NOSSO nivel de cobraça ^^

    1. Também não assisto – só JN de vez em quando. Se esse projeto realmente for pra frente é só baixar Seinfeld, Family Guy, Friends e todo o resto pro PC (melhor do que assistir dublado ou com cortes).

      Eu sei que essa frase já virou piada, mas: brasileiro sempre dá um jeito (e dessa vez com razão). XD

    2. Também não assisto – só JN de vez em quando. Se esse projeto realmente for pra frente é só baixar Seinfeld, Family Guy, Friends e todo o resto pro PC (melhor do que assistir dublado ou com cortes).

      Eu sei que essa frase já virou piada, mas: brasileiro sempre dá um jeito (e dessa vez com razão). XD

  7. Se essa merda  acontecer saio do país
    eles não podem simplismente dizer o que vamos assistir daqui a pouco vira ditadura
    fdps xenofobicos

    por isso que o brasil não vai pra frente

    1. quer dizer que:
      – a corrupção voce atura
      – a violencia tambem
      – a probreza extrema tira de letra.

      AGORA MEXEU NA SUA TV! AI FICA REVOLTADO.
      Realmente, concordo com voce em uma coisa, SO NO BRASIL MESMO!

    2. quer dizer que:
      – a corrupção voce atura
      – a violencia tambem
      – a probreza extrema tira de letra.

      AGORA MEXEU NA SUA TV! AI FICA REVOLTADO.
      Realmente, concordo com voce em uma coisa, SO NO BRASIL MESMO!

      1. “- a corrupção voce atura
        – a violencia tambem
        – a probreza extrema tira de letra.”

        Porque você ta fazendo um monte pra arrumar essa lista ai em cima, né? A única diferença entre você e ele é que ele está revoltado com pelo menos uma coisa, em vez de só ficar sentado na frente do PC dando sermão.

      2. “- a corrupção voce atura
        – a violencia tambem
        – a probreza extrema tira de letra.”

        Porque você ta fazendo um monte pra arrumar essa lista ai em cima, né? A única diferença entre você e ele é que ele está revoltado com pelo menos uma coisa, em vez de só ficar sentado na frente do PC dando sermão.

          1. Quase, só que eu admito que não to fazendo nada e não to passando sermão pra ninguém, só não gosto de ver caras pagando de “hippie de fim de semana” – falando mal de tudo e de todos mas não fazendo nada pra ajudar a melhorar a situação.

        1. Mas hein? Acho que voce ta meio sonolento hoje hein?
          Eu falei justamente isso camarada. Ficar revoltado na internet não resolve muita coisa.
          Achei engraçado a “revolta” do cara e resolvi comentar.
          E voce, alem de xingar muito no twitter, o que ta fazendo?

        2. Mas hein? Acho que voce ta meio sonolento hoje hein?
          Eu falei justamente isso camarada. Ficar revoltado na internet não resolve muita coisa.
          Achei engraçado a “revolta” do cara e resolvi comentar.
          E voce, alem de xingar muito no twitter, o que ta fazendo?

      3. então quer dizer q só pq a corrupção e violência existem a gente n pode ficar puto com outra coisa? me poupe né, ele tem todo o direito de reclamar e ficar puto SIM, esse paísinho não vai pra frente por causa disso, qual o sentido em querer enfiar programação nacional pelas nossas goelas ? impedir que os EUA dominem o Brasil com programação de TV? querer dar valor ao q é nosso? Como se oq é nosso na maioria das vezes n presta ? 

        1. “PAÍS DE MERDA, GOVERNO DE MERDA”
          “e foda-se se vai abrir oportunidades para programas brasileiros de
          qualidade, tenho preconceito, não quero programas brasileiros. ”

          É.. percebe-se que temos muito a aprender com sua infinita sabedoria.
          Mais algum comentário sagaz?

          1. Acorda cara, se o Vitor tem preconceito com programas brasileiros isso é problema dele, ele tem o direito de reclamar assim como você tem o de expor o seu ponto de vista. Se você acha o preconceito dele infantil, ai sim, isso é problema seu.

          2. Ele tem todo o direito de ter preconceito com programas brasileiros, ninguem ta tirando o direito dele de ser iimbecil, ele pode ser 1 imbecil a vontade, o que ele nao pode é tentar contaminar a sociedade com a imbecilidade dele, guarda o preconceito idiota pra voce.

          3. Ele tem todo o direito de ter preconceito com programas brasileiros, ninguem ta tirando o direito dele de ser iimbecil, ele pode ser 1 imbecil a vontade, o que ele nao pode é tentar contaminar a sociedade com a imbecilidade dele, guarda o preconceito idiota pra voce.

        2. “PAÍS DE MERDA, GOVERNO DE MERDA”
          “e foda-se se vai abrir oportunidades para programas brasileiros de
          qualidade, tenho preconceito, não quero programas brasileiros. ”

          É.. percebe-se que temos muito a aprender com sua infinita sabedoria.
          Mais algum comentário sagaz?

      4. então quer dizer q só pq a corrupção e violência existem a gente n pode ficar puto com outra coisa? me poupe né, ele tem todo o direito de reclamar e ficar puto SIM, esse paísinho não vai pra frente por causa disso, qual o sentido em querer enfiar programação nacional pelas nossas goelas ? impedir que os EUA dominem o Brasil com programação de TV? querer dar valor ao q é nosso? Como se oq é nosso na maioria das vezes n presta ? 

  8. Se essa merda  acontecer saio do país
    eles não podem simplismente dizer o que vamos assistir daqui a pouco vira ditadura
    fdps xenofobicos

    por isso que o brasil não vai pra frente

  9. AUHSUHSUH FODA-SE a TV !!

    Tenho INTERNET !!!
    quem tem tv paga é burro pega esses 100 reais q vc gasta com ela e paga uma internet de 10mb pra vc e assiste OQUE VC KIZER E QUANDO KIZER !

  10. AUHSUHSUH FODA-SE a TV !!

    Tenho INTERNET !!!
    quem tem tv paga é burro pega esses 100 reais q vc gasta com ela e paga uma internet de 10mb pra vc e assiste OQUE VC KIZER E QUANDO KIZER !

    1. Não concordo, me perdoe.

      Estou acompanhando seus comentários, concordo com algumas cosias que diz.

      Gostaria que lesse o texto com mais atenção e se posicionasse diante dos argumentos. Acredito até que possa ser um bom caminho, expus muitos argumentos para o PORJETO dar certo e levantei ressalvas que podem fazer com que não funcione bem também…

      Gostaria que ponderass esses fatores e pudesse argumentar diante do que faz esse projeto bom e ruim também, quasi os lados que enxerga como positivo ou negativo, etc.

      Acho mais válido vir aqui e discutir opiniões do que pessoas.

      Acredito que você seja instruído e saiba articular seus pensamentos. E, claro, respeitar a revolta de quem gosta mais da televisão, do entretenimento do que outras coisas, por exemplo… (o que não é o meu caso, por exemplo, afinal, escrevi o post com tom mais político e informativo do que opinativo)….

      Ou talvez você seja um profundo conhecodr de semiótica e psicologia e tenha conseguido interpretar o que pasa na minha mente e sobre as escolhas das imagens na comunicação…

      Enfim.

    2. Não concordo, me perdoe.

      Estou acompanhando seus comentários, concordo com algumas cosias que diz.

      Gostaria que lesse o texto com mais atenção e se posicionasse diante dos argumentos. Acredito até que possa ser um bom caminho, expus muitos argumentos para o PORJETO dar certo e levantei ressalvas que podem fazer com que não funcione bem também…

      Gostaria que ponderass esses fatores e pudesse argumentar diante do que faz esse projeto bom e ruim também, quasi os lados que enxerga como positivo ou negativo, etc.

      Acho mais válido vir aqui e discutir opiniões do que pessoas.

      Acredito que você seja instruído e saiba articular seus pensamentos. E, claro, respeitar a revolta de quem gosta mais da televisão, do entretenimento do que outras coisas, por exemplo… (o que não é o meu caso, por exemplo, afinal, escrevi o post com tom mais político e informativo do que opinativo)….

      Ou talvez você seja um profundo conhecodr de semiótica e psicologia e tenha conseguido interpretar o que pasa na minha mente e sobre as escolhas das imagens na comunicação…

      Enfim.

      1. “Ou talvez você seja um profundo conhecodr de semiótica e psicologia e tenha conseguido interpretar o que pasa na minha mente e sobre as escolhas das imagens na comunicação…”. 

        OMG, acho que eu não via um sarcasmo tão bem colocado desde quando parei de assistir House. Joinha pra você. XD

        1. Tenho assistido muito Family Guy e outras séries americanas (entendeu?)! XD
          Mas, não foi todo provocação, sabe? Quero mesmo saber o que as pessoas argumentam sobre isso em vez de discutirem umas com as outras…

  11. talvez, só TALVEZ porque eles tem um espaço de 75% na na programação e isso acaba gerando investimento?
    Se não insvestir não vai…

    1. Como as coisas são simples na sua cabeça em? Você deveria escrever um livro sobre economia pra ensinar esses políticos brasileiros que não manjam nada, aposto que venderia mais que o Mankiw. Nunca leu o Mankiw? Então não fala nada.

  12. talvez, só TALVEZ porque eles tem um espaço de 75% na na programação e isso acaba gerando investimento?
    Se não insvestir não vai…

  13. “copiar um modelo internacional sem levar em
    consideração as características próprias do nosso país”
    O mundo é feito de padrões internacionais, amigo.

    Nosso modelo de telefonia é copiado de outros paises,
    sistema de TV digital, sistema de TV aberta, até a NOSSA CONSTITUIÇÃO original
    é feita de trechos da constituição italiana e portuguesa.

    Vários países tambem já copiaram leis brasileiras, por incrível
    que pareça, simplesmente porque deu certo.

    Tomar como exemplo algo bom de outro pais não significa
    copiar e colar a lei.

    Voce ao menos tem NOÇÃO de como é o processo de um projeto
    pra virar lei? Passa até ANOS nas comissões, audiências PUBLICAS, discutindo-se
    e adaptando pra realidade Brasileira. O problema é que QUASE ninguém se interessa
    e quando a lei sai, fica todo mundo abismado.

    Aconselho você a pesquisar melhor antes de dar uma de “rebelde
    sem causa” e sair XINGANDO MUITO NO TWITTER

  14. Acho que 300 milhões cairiam muito bem no investimento à educação. Todos esses países que tem o que podemos classificar como “Conteúdo melhor na TV” possuem alto desempenho nos rankings mundiais, enquanto o nosso querido Brasil fica lá perto da zona de rebaixamento, se é que vocês me entendem.

  15. Tentei ler o texto mas n sei se entendi mto bem, me corrijam se eu estiver errado: resumindo, o governo quer abrir essas cotas para tentar valorizar mais a programação nacional sobre o conteúdo do exterior.

    Eh isso? Se sim, sou COMPLETAMENTE CONTRA!
    De novo, tentamos forçar coisas q deveriam vir naturalmente. As produções brasileiras deveriam ganhar mais espaço na TV fechada por mérito próprio, simplesmente porque são programas muito bons, e não porque o governo obrigou as emissoras a transmitirem eles!

    N sei qnto a vcs, mas isso dá até vergonha pra mim, afinal, dá a entender q o nosso povo eh incapaz de produzir algo de alta qualidade, necessitando de ajudas externas para vencer. Eh a situação do aluno q entrou na faculdade pq o pai comprou sua passagem, e n pq ele estudou e passou no vestibular sozinho.

    1. O projeto também tem o quesito de aceitar capital estrangeiro, para impulsionar a concorrência e liberar que operadoras d telefone, por exemplo, também ofereçam o serviço.

      Então, se ai entrar capital estrangeiro assim, tem que ter algo regulando o que se veicula, par anão ficar somente com produções do exterior.

      Você vem de um país, investe, e quer que seja veiculado o que você tem por lá, entende?

      Eu acho que canais brasileiros seriam uma boa. Obrigar até que eles existam, é uma boa. Acho realmente péssimo quando obrigam a colocar programas em horários que antes eram de outros programas. É pegar o Warner Channel, que investe milhões nas séries que produz e dizer que tem que tirar Twio and a Half Men do ar e por outra coisa…

      Eu acho que é um extremo e tanto.

      Assim, em relação as outras cotas, de existirem canais jornalísitcos, etc, eu acho que a´te concordo…

    2. “De novo, tentamos forçar coisas q deveriam vir naturalmente. As produções brasileiras deveriam ganhar mais espaço na TV fechada por mérito próprio, simplesmente porque são programas muito bons, e não porque o governo obrigou as emissoras a transmitirem eles!”. [2]

    3. “De novo, tentamos forçar coisas q deveriam vir naturalmente. As produções brasileiras deveriam ganhar mais espaço na TV fechada por mérito próprio, simplesmente porque são programas muito bons, e não porque o governo obrigou as emissoras a transmitirem eles!”. [2]

  16. caramba…vcs estao sendo totalmente ignorantes. isso é uma questão de proteção cultural. não podemos ficar só comendo merda estrangeira, devemos investir na produção nacional… vejam o caso da frança… é bom começar a pensar um pouco antes de escrever um monte de besteira viu blogueiro, nao esqueça que vc acaba influenciando cabeças-vazias… não chorem crianças ainda vai ter besteirol americano

    1. Olah só, já não tenho mais paciência para revoltadinho sem causa, me desculpe a grosseria.

      Por favor, COPIE E COLE AQUI o trecho em que eu falo algo que seja contra isso (e não tire de contexto frases soltas).

      Levantei os pontos, listei as mudanças até de FORMA DIDÁTICA, justamente para embasar as pessoas.

      Ao final, conclui:
      “Só me resta a esperança de que gere mesmo concorrência, de que gere
      mesmo conteúdo nacional de qualidade ao ponto de me fazer esquecer (pelo
      menos substituir, vez ou outra) as séries, documentários e filmes que
      gosto tanto.”

      Acredito que o projeto pode dar certo e espero que dê certo.

      Se o conteúdo do texto vai incluenciar cabeças vazias, eu não me responsabilizo pela ignorância alheia.

      Inclusive, de pessoas que leram somente o título do texto e algumas linhas dos comentários e criticam o autor de forma ofensiva e imbecil.

      Não vem com palhaçada, por favor. Está aqui uma informação que muita ente nem sabia. O blog é de entretenimento, cabe discutir aqui, portanto.

      E é isso que faço.

        1. “é bom começar a pensar um pouco antes de escrever um monte de besteira
          viu blogueiro, nao esqueça que vc acaba influenciando cabeças-vazias”

          Isso me incomoda.
          Reformule, diga: cuidado com o que se escreve pois pode acabar incluenciando cabeças vazias…

          Não diga que foi besteira, porque não está mal feito.

          1. perceba que o começo do teu texto (o que vc deve saber, é o trecho MAIS LIDO) prega a ideia de que essa restrição seja ruim. Pronto, isso fui o suficiente para impulsionar pessoas que nem sabiam de nada disso a falarem besteira. Quando for tratar de assuntos “polêmicos” como este, nao faça como fez. Isso foi a besteira que vc fez. Meio sensacionalista (nao é bem essa a  palavra mas espero que entenda)

          2. “perceba que o começo do teu texto (o que vc deve saber, é o trecho MAIS LIDO)”. Como assim “trecho mais lido”? Se você não ler o texto inteiro não tem nem o direito de começar a discutir nada, fica a dica.

            “Quando for tratar de assuntos ‘polêmicos’ como este, nao faça como fez. Isso foi a besteira que vc fez.”. Você falou o que ele não deve fazer… Mas como ele deveria ter feito? Como você faria? É fácil criticar, quero ver você fazer melhor.

            Eu acho que é você que está sendo ignorante aqui. Pelo o que eu entendi dos seus comentários, você não leu o texto inteiro – no máximo fez uma leitura dinâmica – e só veio aqui pra xingar qualquer um que goste de “comer merda estrangeira”. Eu acho que antes de mais nada você deveria reler o texto e a discussão de ontem.

            “devemos investir na produção nacional…”. Sério? Infelizmente não é você quem decide isso, o Brasil é um país democrático e você, gostando ou não, tem que aceitar que pessoas como eu querem continuar assistindo programas americanos e não programas nacionais. Além disso, antes de querer discutir assuntos complexos demais pra você, vai estudar – ou você, assim como eu, já fez um curso de economia? Você entende o que significa “investir na produção nacional”? Sabe quais são as consequências disso, como isso afeta o investimento externo brasileiro?

            “é bom começar a pensar um pouco antes de escrever um monte de besteira viu blogueiro, nao esqueça que vc acaba influenciando cabeças-vazias…”. Cara, quem é você pra criticar o Pedro? Você é só um anônimo, e ele é o autor do texto. Como eu disse, se você não gostou do que leu faça melhor, e não simplesmente insulte o autor. A única cabeça vazia influenciada aqui foi você, e isso foi culpa sua por não ler o texto direito.

            Seja qual for a sua opinião sobre o assunto, demonstre o mínimo de respeito pelo autor. Você só ta se envergonhando. Mesmo o Mr Big sabia do que estava falando e entendeu completamente a situação,  por isso apesar de eu e ele possuirmos diferentes pontos de vista – o que é normal – conseguimos discutir sobre o assunto. Você só esta xingando.

            Não vou falar mais nada, pode xingar o quanto quiser, simplesmente não vale mais a pena discutir.

            Ps.: Pedro, você é um santo por aguentar esse tipo de gente.

          3. gente ignorante que vive na internet é foda. antes de mais nada, vai estudar.
            as pessoas (nao sou eu quem diz isso) leem (ou só leem) o inicio do texto.
            pensamento de gente atrasada “só critique se propor algo melhor”… por favor, repito, vai estudar (ah eu li o texto todo… ). Seu ser-desprovido-de-conhecimento, nao sou eu quem diz que devemos investir na producao (cultural) nacional: É A CONSTITUIÇÃO… merdinha o seu curso hein… fez em particular né? acontece…Anônimos não podem criticar um texto nao? qnta falta de inteligência e bom senso..
            HHAhahaHA Não insultei, aconselhei.
            Ps. Quem escreve em blog sabe que tem que aturar todo tipo de gente, até puxa-saco.

          4. Já que você ta tão orgulhoso com a sua faculdade, porque você não compartilha com a gente o nome dela e qual curso você ta fazendo? É muito fácil pagar de sabe-tudo falando que faz uma “federal” – não é você que começou a julgar os outros pelo curso?

          5. gente ignorante que vive na internet é foda. antes de mais nada, vai estudar.
            as pessoas (nao sou eu quem diz isso) leem (ou só leem) o inicio do texto.
            pensamento de gente atrasada “só critique se propor algo melhor”… por favor, repito, vai estudar (ah eu li o texto todo… ). Seu ser-desprovido-de-conhecimento, nao sou eu quem diz que devemos investir na producao (cultural) nacional: É A CONSTITUIÇÃO… merdinha o seu curso hein… fez em particular né? acontece…Anônimos não podem criticar um texto nao? qnta falta de inteligência e bom senso..
            HHAhahaHA Não insultei, aconselhei.
            Ps. Quem escreve em blog sabe que tem que aturar todo tipo de gente, até puxa-saco.

          6. gente ignorante que vive na internet é foda. antes de mais nada, vai estudar.
            as pessoas (nao sou eu quem diz isso) leem (ou só leem) o inicio do texto.
            pensamento de gente atrasada “só critique se propor algo melhor”… por favor, repito, vai estudar (ah eu li o texto todo… ). Seu ser-desprovido-de-conhecimento, nao sou eu quem diz que devemos investir na producao (cultural) nacional: É A CONSTITUIÇÃO… merdinha o seu curso hein… fez em particular né? acontece…Anônimos não podem criticar um texto nao? qnta falta de inteligência e bom senso..
            HHAhahaHA Não insultei, aconselhei.
            Ps. Quem escreve em blog sabe que tem que aturar todo tipo de gente, até puxa-saco.

          7. só me preocupo pq querendo ou nao, o blog é um formador de opiniao. Mas nao tenho mais nada a acrescentar nao. Texto mal feito. fim.

    2. Olah só, já não tenho mais paciência para revoltadinho sem causa, me desculpe a grosseria.

      Por favor, COPIE E COLE AQUI o trecho em que eu falo algo que seja contra isso (e não tire de contexto frases soltas).

      Levantei os pontos, listei as mudanças até de FORMA DIDÁTICA, justamente para embasar as pessoas.

      Ao final, conclui:
      “Só me resta a esperança de que gere mesmo concorrência, de que gere
      mesmo conteúdo nacional de qualidade ao ponto de me fazer esquecer (pelo
      menos substituir, vez ou outra) as séries, documentários e filmes que
      gosto tanto.”

      Acredito que o projeto pode dar certo e espero que dê certo.

      Se o conteúdo do texto vai incluenciar cabeças vazias, eu não me responsabilizo pela ignorância alheia.

      Inclusive, de pessoas que leram somente o título do texto e algumas linhas dos comentários e criticam o autor de forma ofensiva e imbecil.

      Não vem com palhaçada, por favor. Está aqui uma informação que muita ente nem sabia. O blog é de entretenimento, cabe discutir aqui, portanto.

      E é isso que faço.

    3. PRIMEIRO: Portallos é um blog de opinião, e a maioria dos textos expressam opiniões dos autores.

      SEGUNDO: O Pedro tem TOTAL direito de expor sua opinião, o blog é privado, e se vc não gosta disso, VAZA daqui.

      TERCEIRO: “merdas americanas” é? HAHAHAH vc é apenas mais um pseudo-intelectual q gosta de filmes pseudo-cults que tentam mostrar superioridade = filmes boring, séries boring.

      Estou cansado dessas pessoas que acham que temos q dar espaço para programação nacional, por que? As ÚNICAS coisas q prestam por aqui é Tropa de Elite e Cidade de deus, o resto é tudo filme que tenta ser diferente e acaba sendo uma bosta, novelas (blergh) e outras coisas q nem vale a pena comentar.

      EUA tem coisa ruim? TEM, mas coisa boa NÃO falta, e eu tenho TOTAL direito de PAGAR uma tv por assinatura e ver OQ EU QUERO.

    4. Cada um assiste o que quer, é um absurdo fazer com que a produção nacional seja programação obrigatória, eu pago tv por assinatura e quero ver besteirol americano. Se você diz que não insultou ninguém é o único que escreve textos mal feitos aqui pois para todos ficaram claros os xingamentos.

  17. caramba…vcs estao sendo totalmente ignorantes. isso é uma questão de proteção cultural. não podemos ficar só comendo merda estrangeira, devemos investir na produção nacional… vejam o caso da frança… é bom começar a pensar um pouco antes de escrever um monte de besteira viu blogueiro, nao esqueça que vc acaba influenciando cabeças-vazias… não chorem crianças ainda vai ter besteirol americano

  18. caramba…vcs estao sendo totalmente ignorantes. isso é uma questão de proteção cultural. não podemos ficar só comendo merda estrangeira, devemos investir na produção nacional… vejam o caso da frança… é bom começar a pensar um pouco antes de escrever um monte de besteira viu blogueiro, nao esqueça que vc acaba influenciando cabeças-vazias… não chorem crianças ainda vai ter besteirol americano

  19. @Efraimmachado “ainda bem, prefiro a minha federal. pelo menos ela nao anda formando qq um”. Tem razão, pelo jeito ela anda se especializando em formar os ignorantes e rebeldes sem causa.

    1. Esse pessoal não entendeu nada do meu comentário. Nada mesmo incrível.
      O ponto que eu falo é que eu realmente pago por um produto , eu gosto de ver enlatados americanos , isso é um produto privado ,de acordo com o capitalismo não tenho que comprar coisa que não vou gostar de ver.
      Se eu pago pra ver documentários sobre animais , filmes e enlatados americanos é porque gosto , e não to afim de ver TV senado nem fudendo.Afinal isso aqui é uma democracia ou já virou a Korea ?

  20. Cara, primeiramente parabéns pelo post, está realmente muito bom e didático e a meu ver bem imparcial.
    Sinceramente, acho um absurdo este tipo de lei, é simplesmente obrigar emissoras a exibirem programas que não tem mérito para serem exibidos…
    Brasil tem programas de TV que prestam?! Claro que tem, mas eles são como agulha no palheiro e num geral não são aceitos pela grande maioria dos brasileiros que preferem assistir a merda do Zorra Total no sábado a noite do que ligar na TV Senado que eventualmente passa apresentações de orquestras sinfônicas e/ou grupos de música popular…
    Proteção cultural? Cara, no dia em que os programas de tv brasileiros protegerem alguma cultura nossa eu terei imenso prazer em assisti-lo… O que chegou mais perto disso deve ter sido Sítio do Pica Pau Amarelo e alguns poucos programas de culinária… Impor uma programação de péssima qualidade não protege cultura nenhuma, muito pelo contrário…
    Sobre a lei poder criar investimentos para programas de qualidade, cara Brasil tem dinheiro a dar com pau para investir em programas de qualidade há tempos (afinal somos uma das maiores economias mundiais), se não o faz é porque a população não tem interesse em (ou cultura para) assistir tais programas, preferem ver as novelas (-__-)… Os bons programas ficam limitados a horários ridículos e inacessíveis as pessoas que precisam ganhar a vida honestamente trabalhando todo o santo dia.
    Acho que antes de criarem uma lei que obriga a exibição de programações nacionais na TV a Cabo, deveriam estar preocupados com a qualidade do que está sendo exibido em TV aberta (e do que virá a ser exibido na tv a cabo graças a essa lei ridícula), pois se a programação fosse boa, nem seria necessário a TV a Cabo. Precisamos é de um controle de qualidade na programação nacional…
    A meu ver esses R$300 milhões tem aplicações muito mais urgentes em educação, infra estrutura e muitas coisas mais que este país está precisando… Inclusive nas universidades federais já citadas em comentários aqui…
    Cara, não é orgulho nenhum ser estudante de federal no estado atual (e olha que eu sou e me esforcei muito pra entrar!), com esta m**** de infra estrutura sem capacidade para atender o enxame de alunos que o governo empilha lá dentro por um programa que preza a quantidade e não a qualidade do ensino (afinal, não é a toa que os servidores e técnicos estão em greve há 2 meses)… O ensino que vc recebe dentro de uma federal não é em nada melhor do que aquele recebido em uma particular… Então não desmereça o ensino particular, se ele existe é pq o ensino público não é capaz de atender a demanda existente com um mínimo de qualidade aceitável e isso é uma lastima…

    1. Obrigado Ana,

      Acho que vocâ apaga mesmo o fogo daqueles que ainda têm orgulho de estarem em alguma federal, embora seja inegável que algumas faculdades paticualres (como em qualquer serviço) são realmente bem ruins.

      Acho que o projeto de lei é até válido, porém, o Brasil sempre prioriza coisas estranhas. Para um país que fatura mais de um trilhão por ano, 300 milhões é uma fatia pequena.

      Contudo, o dinheiro nunca chega: nem para a cultura, nem para a obras e projetos mais “urgentes”…

      Então, só basta repetir: é esperar e ver se pelo menos vai chegar o dinheiro a quem merece.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.