Conferência Nintendo 3DS 2011: no Japão o portátil da BIG N ganha muitas novidades! [TGS 2011]

A conferência da Nintendo que aconteceu hoje teve boas surpresas, e começou emocionante com um vídeo mostrando Link mergulhando para mais uma aventura inesquecível, e então o game designer mais feliz do mundo, Miyamoto, entra no palco portando a Master Sword e o Hylian Shield! Ainda que isso não seja uma novidade, é um gesto que sempre agrada aos fãs e causa impacto na platéia.

Miyamoto falou um pouco sobre Skyward Sword, e no vídeo da demonstração podemos ver novos itens e áreas. Gostei de ver que o Team Zelda trabalhou bem na jogabilidade, tudo está bem mais suave e integrado ao contexto do uso dos movimentos. A palavra que me vem à cabeça quando penso no jogo é “refinado”. O time teve um tempo adequado para estruturar os ambientes, e não é à toa que Skyward Sword será o maior jogo da série, levando cerca de 50 a 100 horas para ser completado, algo raro nos jogos atuais. E olha que após ser finalizado o jogo libera uma opção de começar uma segunda jornada e um modo de batalha só com os chefões! Os novatos na série poderão contar com vídeos que dão dicas de procedimentos, como em Ocarina of Time 3D.

Mas o foco da conferência é o Nintendo 3DS, e para dar sequência à conferência Mestre Miyamoto cedeu seu lugar para o chefão da Big N, Satoru Iwata. Depois de um certo blá-blá-blá, ele finalmente começou a mostrar vídeos e comentar jogos que serão lançados no portátil. Tivemos os óbvios mas também algumas surpresas, o que deu um saldo positivo para a conferência, bem de acordo com o gosto do público japonês, fortalecendo e muito a line-up de jogos do 3DS por lá, seguindo os passos do DS e sua biblioteca bem variada.

Temos vídeos dos conhecidos Mario Kart 7, Luigi’s Mansion 2, Super Mario 3D Land, Paper Mario, Kid Icarus: Uprising, Resident Evil Revelations, Metal Gear Solid: Snake Eater 3D, etc. Mas também tivemos a confirmação de muitos boatos e jogos novos aparecendo, alguns pela primeira em vídeo, como por exemplo Theatrhythm Final Fantasy, Hatsune Miku: Project Mirai, New Love Plus, Bravely Default: Flying Fairy, Fire Emblem, Monster Hunter 3G e… Monster Hunter 4!!! Sim, muitos esperavam isso no PlayStation 3 ou no PS Vita, mas não tem jeito, a nova casa da franquia milionária é o 3DS. E isso é só um aperitivo, vamos fazer mais posts sobre esses jogos conforme novas informações legais forem chegando, e a TGS está começando, então fique ligado aqui no blog!

Continue lendo o post para ver todos os vídeos!

Isso também pode lhe interessar

55 Comentários

  1. Achei sólida a apresentação, mas já estou ficando um pouco cansado da Nintendo lançando sempre os mesmos jogos, e praticamente sem inovar nada entre as versões 🙁 Claro que continuo tendo vontade de jogar, porém a empolgação é bem menor do que outros consoles e portáteis com jogos mais originais. 

    Agora o mais estranho é que mesmo com esta conferência, as ações da Nintendo continuaram em queda no Japão O_o

    1. Hmmm e como poderia ser esse boost inovador? Quanto as ações, as da Capcom e da Square também caíram, isso é normal quando se faz um movimento inesperado, pois todos os investimentos estavam com outro foco. Isso acontece no mundo todo e em vários ramos da indústria, o pessoal está com muito medo de novos e ousados investimentos.

      1. Eu não sou designer, por isso não comento o que deve ou não ser feito nos jogos. Quando digo que sinto uma falta de inovação nos jogos da Nintendo, é apenas uma impressão minha como jogador / consumidor. Agora, acho que um bom caminho seria também criar novas séries.

        Quanto a questão das ações, o que grandes sites noticiam é que se trata de um momento de preocupação muito mais específico da Nintendo ( http://www.joystiq.com/2011/09/13/nintendo-shares-drop-5-percent-following-tgs-showcase/ ou http://www.gameinformer.com/b/news/archive/2011/09/13/nintendo-shares-fall.aspx ), afinal se prolonga faz semanas, e não algo sistêmico.

         

        1. Mas você sabe que não é só uma questão de querer novas IP”s né? Veja só quantas foram craidas nessa geração. Como lidar com as franquias antigas antigas, as atuais, criar novas, e distribuir isso tudo em vários consoles ao mesmo? Esse é o desafio crescente na indústria, e ela não sabe lidar com isso. Na medida que seu público se expande, torna-se mais difícil balancear seu produto/serviço de modo a continuar com o mesmo índice de performance. Um case exemplar é Mario Kart, uma franquia que inova na dose certa e faz mais sucesso que muito jogo da concorrência.

          Sobre ações, o investidor se concentra naquilo que ele acredita que dê maior lucro em menos tempo, então o foco deles é nos devices mobile. Mas não é nada que atrapalhe a Nintendo por agora, a situação financeira é bem saudável, como sempre, e toda a entressafra tem essa característica. Investidores sempre esperam que as coisas corram como eles esperam, qualque sinal de dúvida eles recorrerem a outra operação. O que é um semestre ruim frente à décadas de balanço positivo? Um sinal de alerta, mas o barco tem que continuar…

          1. Só esclarecendo, não acho que a Nintendo vá falir ou qualquer coisa do gênero. Apenas vejo um momento difícil, e esperava que com grandes anúncios sendo feitos, a empolgação fosse ao menos alavancar as ações, como costuma ocorrer na indústria de jogos (pré-E3, pré-TGS, etc).

          2. Só esclarecendo, não acho que a Nintendo vá falir ou qualquer coisa do gênero. Apenas vejo um momento difícil, e esperava que com grandes anúncios sendo feitos, a empolgação fosse ao menos alavancar as ações, como costuma ocorrer na indústria de jogos (pré-E3, pré-TGS, etc).

        2. Mas você sabe que não é só uma questão de querer novas IP”s né? Veja só quantas foram craidas nessa geração. Como lidar com as franquias antigas antigas, as atuais, criar novas, e distribuir isso tudo em vários consoles ao mesmo? Esse é o desafio crescente na indústria, e ela não sabe lidar com isso. Na medida que seu público se expande, torna-se mais difícil balancear seu produto/serviço de modo a continuar com o mesmo índice de performance. Um case exemplar é Mario Kart, uma franquia que inova na dose certa e faz mais sucesso que muito jogo da concorrência.

          Sobre ações, o investidor se concentra naquilo que ele acredita que dê maior lucro em menos tempo, então o foco deles é nos devices mobile. Mas não é nada que atrapalhe a Nintendo por agora, a situação financeira é bem saudável, como sempre, e toda a entressafra tem essa característica. Investidores sempre esperam que as coisas corram como eles esperam, qualque sinal de dúvida eles recorrerem a outra operação. O que é um semestre ruim frente à décadas de balanço positivo? Um sinal de alerta, mas o barco tem que continuar…

      2. Eu não sou designer, por isso não comento o que deve ou não ser feito nos jogos. Quando digo que sinto uma falta de inovação nos jogos da Nintendo, é apenas uma impressão minha como jogador / consumidor. Agora, acho que um bom caminho seria também criar novas séries.

        Quanto a questão das ações, o que grandes sites noticiam é que se trata de um momento de preocupação muito mais específico da Nintendo ( http://www.joystiq.com/2011/09/13/nintendo-shares-drop-5-percent-following-tgs-showcase/ ou http://www.gameinformer.com/b/news/archive/2011/09/13/nintendo-shares-fall.aspx ), afinal se prolonga faz semanas, e não algo sistêmico.

         

  2. Achei sólida a apresentação, mas já estou ficando um pouco cansado da Nintendo lançando sempre os mesmos jogos, e praticamente sem inovar nada entre as versões 🙁 Claro que continuo tendo vontade de jogar, porém a empolgação é bem menor do que outros consoles e portáteis com jogos mais originais. 

    Agora o mais estranho é que mesmo com esta conferência, as ações da Nintendo continuaram em queda no Japão O_o

  3. Essa questão do medo da indústria em focar em novas IP’s é alarmante mesmo. Pegue as 3 grandes e pense em novas IP’s deese ano por exemplo, é uma quantidade pífia. Quantas fraqnuias mudaram radicalmente de estilo ao ponto de oferecer uma nova experiência, algo mais inovador que um set-up de armas e skins novas?

  4. Nada de animador pra mim. Assim como o Andre, eu estou cansando de ver as mesmas coisas vindo da Nintendo. Remakes, jogos que se assemelham entre si. E como a Nintendo depende demais de suas próprias franquias, fica tudo cansativo. Mario Kart 7 com cara de Mario Kart N64, Super Mario Land com cara de Super Mario 64. Luigi Mansion 2 ainda que aparenta limitações identicas ao que já tinhamos no primeiro para Gamecube. Sem falar no Animal Crossing que a cada versão parece ainda mais tedioso. Até mesmo Paper Mario parece “pobre” frente ao que já havia sido feito na excelente versão de Gamecube.

    O 3DS pra mim parece que não consegue a qualidade artistica dos gráficos que o Gamecube conseguia, o que é um pena. Ele parece superior sim ao Nintendo 64, mas não tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo ou riqueza de cenários e detalhes nos games, vide o Mario Land, enquanto no Luigi Mansion 2 muita coisa parece “texturizada” apenas. Nisso o Gamecube era craque. Super Mario Sunshine é uma obra prima nesse sentido. Inovador e belíssimo em visual e gráficos, o Mario do 3DS não parece conseguir nem 10% desse sentimento, assim como o próprio New Super Mario no Wii não me atingiu. Apenas Mario Galaxy mesmo que é genial.

    Dessa lista o que parece novo é Kid Icarus. Visual lindo, lembrando muito um RPG, seres mitológicos, boss gigantes. Lembrou um pouco do sistema de The Legend of Zelda. Um universo próprio, vários tipos de batalhas, seres que ficam na memória e o Kid aparece no gameplay usando vários acessórios, parece então que segue um pouco o esquema de Zelda, o que é bacana, pois ainda mistura estes combates aéreos que me lembra Star Fox. Parece ser um top game do 3DS, mas infelizmente não é o suficiente para me convencer a comprar um aparelho que a Nintendo que logo logo deve inventar uma nova versão, sem mencionar que o jogos da empresa aqui no Brasil ainda estão sendo vendidos num patamar alto demais, ao contrário da boa fase da Microsoft e Sony na República das Bananas. Se a Nintendo não vir para cá de vez, se persistir em vender poucos games oficialmente por aqui e por mais de R$ 150… eu não volto para a plataforma tão cedo, ainda mais sabendo que a concorrência está se esforçando para firmar o pé em solo nacional cada vez mais. Eu não visto mais essa camisa.

    1. Concordo, Unico jogo que eu queria mto jogar é o Kid Icarus.
      Todos jogos de super mario, seja plataforma 2D/3D, Corrida, luta (smash), ate tennis sao legais, mas depois que jogou o primeiro, voce jogou todos, e embora ainda vale a pena jogar todos eles, pois memso nao sendo muito inovadores, sao otimos mesmo assim, é cansativo ver uma lista gigantesca e unicas coisas que valem a pena sao os jogos que ja sabemos como vai ser (os do mundo de mario em geral).

      Nao gosto de Resident evil, Monster hunter pra mim so presta se fosse pra jogar online, e nesse ramo o 3DS ta fora, entao como disse anteriormente, so presta pra mim Kid Icarus de ”OMG queria jogar AGORA!”.

      Nintendo precisa reinventar suas franquias, e precisam de novas IPs, vejam o Kid icarus, foi reinventado e excelentemente.
       

        1. O que mais impressiona é que mesmo sendo o mais do mesmo e vendo tantos remakes, ainda me animo a comprá-los.

          Ainda falta algo fantastico assim como Kid Icarus, mas seria mega fail ter que comprar o tijolo novo analógico para jogá-lo, espero que mantenham tudo sempre opcional para seu uso. Ano que vem deve sair algo do tal Smash Bros, e espero também por essas duas franquias que tu mencionou.

          1. outra franquia interessante de se reviver. mas a real é que a nintendo anda tão preocupada em hardware e acessórios que mal tem tempo de desenvolver seus proprios games, só mario e zelda e olhe lá… o resto precisa pagar para estudios tercerios para cuidar… é diferente da sony por exemplo que tem vários estudios proprios para cuidar de suas franquias. quantos estúdios a nintendo possui? é por isso que suas franquias não crescem… e ficam na mesmisse… não tem sangue novo… é sempre os mesmo esqueletos, fazendo os mesmo jogos de sempre.

          2. Pois é, mas quem aqui está falando de Gears? Como tu não entende muito a franquia (joga mal pacas XD), não deve notar a imensa progressão que existe entre os três games da trilogia… o modos de games (Horda e Beast agora), a evolução dos modos e do formato do multiplayer online e até mesmo a progressão da história. Gears 1 é como o primeiro Super Mario Bros, enquanto Gears 3 tem tudo para ser algo similar a Super Mario Bros 3. Mas é claro que haters não entendem isso.

            De que adianta 10 estúdios se a grande parte só produz mesmisse ou jogos repetidos. Games de esportes do Mario, games casuais etc. Saudades do tempo de Gamecube, quando a Nintendo realmente se esforçava para criar games de verdade e se reinventar.

            10 estúdios e quando mesmo foi que saiu o último Star Fox inédito? o último Pikimin? Quanto tempo demorou até a Nintendo se tocar que Donkey Kong Country deveria voltar?

            E voltando a progressão… estes Marios portáteis em nada lembram a genialidade que, por exemplo, o primeiro Super Mario Land tinha, tão diferente e que atiçava a curiosidade do gamer. Os Marios agora (tirando galaxy) apenas reciclam ideias dos anos dourados da franquia, só lamento. E pensar que fiquei maravilhado com os cenários criados em Mario Sunshine, um game onde a locação é totalmente nova dentro do universo do personagem. Fora a riqueza dos detalhes. Sunshine só perde mesmo para Galaxy. Convenhamos, estes Marios portáteis 3D/2D não possuem 20% do charme dos Marios de consoles…

          3. “Pois é, mas quem aqui está falando de Gears? Como tu não entende muito a franquia (joga mal pacas XD), não deve notar a imensa progressão que existe entre os três games da trilogia… o modos de games (Horda e Beast agora), a evolução dos modos e do formato do multiplayer online e até mesmo a progressão da história. Gears 1 é como o primeiro Super Mario Bros, enquanto Gears 3 tem tudo para ser algo similar a Super Mario Bros 3. Mas é claro que haters não entendem isso.”

            E quem disse que mario não evolui? basta ver a forma como os cenários foram desenvolvidos para esse jogo, TOTALMENTE adaptados e em sintonia com o 3D, isso criará uma jogabilidade totalmente nova e diferente do que foi feito antes. Além das novidades de sempre como novos power-ups e fases que sempre atiçam a vontade do jogador.  

            Mas claro, você não tem um 3DS então não sabe o que isso significa.

            “De que adianta 10 estúdios se a grande parte só produz mesmisse ou jogos repetidos. Games de esportes do Mario, games casuais etc. Saudades do tempo de Gamecube, quando a Nintendo realmente se esforçava para criar games de verdade e se reinventar.”

            Xenoblade, The Last History, Pandora Tower, Endless Ocean, Disaster: Day of Crisis, Kirby Epic Yarn, Metroid Other M, Wario Land Shake it, New Super Mario Bros Wii…… só pra citar alguns. Jogos que ou foram criados nessa geração ou trouxeram uma nova experiência de jogabilidade. Pare de chorar.

            “10 estúdios e quando mesmo foi que saiu o último Star Fox inédito? o último Pikimin? Quanto tempo demorou até a Nintendo se tocar que Donkey Kong Country deveria voltar?”

            Star Fox não vende tanto em comparação aos outros jogos da nintendo mas ela está de olho nas vendas de Star Fox 64 3D (que aliás está sendo muito bem avaliado pela crítica). Se o jogo tiver um bom desempenho, um novo jogo da franquia pode vir. Pikmin foi transferido do Wii para o Wii U por isso, mais cedo ou mais tarde será lançado.

            “E voltando a progressão… estes Marios portáteis em nada lembram a genialidade que, por exemplo, o primeiro Super Mario Land tinha, tão diferente e que atiçava a curiosidade do gamer. Os Marios agora (tirando galaxy) apenas reciclam ideias dos anos dourados da franquia, só lamento. E pensar que fiquei maravilhado com os cenários criados em Mario Sunshine, um game onde a locação é totalmente nova dentro do universo do personagem. Fora a riqueza dos detalhes. Sunshine só perde mesmo para Galaxy. Convenhamos, estes Marios portáteis 3D/2D não possuem 20% do charme dos Marios de consoles…”

            Puta que pariu, você já jogou algum mario de portátil??? New Super Mário Bros (DS) além de ser adorado pelos fãs, foi muitíssimo bem avaliado pela crítica (melhor que a versão de Wii). Não se trata apenas de reciclar, eles pegaram tudo que era de bom nos Mários antigos e adaptaram para os dias atuais. Aliás, sabia que NSMB é O SEGUNDO MÁRIO MAIS VENDIDO DE TODOS OS TEMPOS, SÓ PERDENDO PARA O PRIMEIRO MÁRIO BROS. Muito melhor que essas bostas que a Sony lança para tentar fazer frente com a nintendo como Patapon (sério, que bosta é aquele jogo…).

            E você não tem o menor direito que questionar a capacidade do 3DS afinal VOCÊ NÃO TEM. Qualquer dono de 3DS sabe que os vídeos/imagens mostrados num PC NÃO refletem a verdadeira qualidade do jogo. Na tela do 3DS a qualidade é absurdamente superior. E dizer que o GC tem qualidade superior ao GC é de uma babaquice sem tamanho, o 3DS supera até o Wii em gráficos (tranquilamente), basta ver Resident Evil: Revelations, Monster Hunter Tri G, Kid Icarus, Luigi Mansion 2, Kingdom Hearts DDD, SSF3D entre outros. Nem em sonhos o GC pode mais, tanto que o 3DS deve receber jogos multiplataforma com o Vita (alguns já foram anunciados) que possui gráficos ainda melhores (se aproximando do PS3). Mesmo esses jogos do mário estão muito mais bonitos, inclusive SM3DL que humilha Sunshine. Claro que ele não tem os visuais ensolarados e coloridos do jogo de GC mas se prestar atenção nos mínimos detalhes verá a diferença, mas o ideal é avaliar no próprio 3DS.

            Pra finalizar, acho incrivel você reclamar das franquias da nintendo e para pau para as da Microsoft. AS FRANQUIAS DA MICROSOFT SÃO LIMITADAS, GENÉRICAS E SEM NADA DE INOVADOR. Halo, gears, forza você encontra equivalentes no PS3 com a vantagem deles terem MUITO mais exclusivos e de melhor qualidade. Fora o próprio 360 que igual a microsoft é limitado e cheio de jogos genéricos, principalmente esses shotterzinhos retardados como COD, os verdadeiros cânceres dessa geração. A nintendo está anos-luz a frente disso.    

             

             

          4. “Puta que pariu, você já jogou algum mario de portátil???”

            – Joguei todos Sr., e continuo com a opinião de que são todos inferiores aos Marios de console de mesas. New Mario DS foi a maior frustação de todos os Marios que joguei. Curto e sem sal. Ser o segundo Mario mais vendido de todos os tempos não significa nada, já que na epoca de seu lançamento o DS vendia feito água no deserto. Isso não é padrão para medir qualidade de um game.

            Galera fica achando que não entendo de Nintendo só porque hoje tenho um X360… tsc tsc tsc.

            E vamos então continuar fazendo de conta que o 3DS gera sim os mesmos gráficos que o Vita. Ok, faz de conta. Lembro que tinha uma conversinha assim quando o Wii saiu (“ele não é tão inferior assim, nada a ver chamar de Cube 2.0”), e tanta gente mordeu a lingua quando viram que os gráficos eram só aquilo mesmo.

            Mario 3DS ser mais bonito que Mario Sunshine? Tá sei. Opinião é tua mesmo, a minha vc já sabe.

            Acho lindo quando alguem vem argumentar e chamar de “lixo” ou “bosta” a concorrência, achando que isso vai inferiorizar tudo e deixar a Nintendo mais bonita na fita. OK, beleza.

          5. Ah esqueci. “Star Fox não vende” – Que papinho mais sem sentido!! Quando foi mesmo que a Nintendo lançou Star Fox de verdade para sustentar isso? A franquia basicamente só possui tres games… o primeiro, o do N64 e Assault do Cube. Este último já sofreu de baixas vendas porque o cube era um console que mal vendia. O SF Commando de DS era um lixo, com aquele sistema de mapinhas na tela inferior do console. Falar que Star Fox não vende é tão sem sentido… a Nintendo nunca apostou de verdade na franquia, desde o 64 para sustentar algo assim.

            Não vende mesmo, afinal, não sai jogo. Se não sai, não tem o que vender. XD

            Por sinal, Star Fox Assault é um excelente game. Peca em alguns fatores, mas é fabuloso. Gamecube foi o último videogame de verdade da Nintendo.

          6. HAUHAUHUAHUHAHUUHA LOL foram lançados 6 Star Fox..

            “A franquia basicamente só possui tres games”

            Não curtiu os outros 3 e por isso eles não existem… GREAT

          7. Pois é… falta um pouco mais de interpretação de texto né Mauri? o “basicamente” não está ali de bobeira na frase.

            Star Fox adventures é um spin-off (excelente por sinal), assim como vc não classifica um Mario Tennis como um Mario Bros principal. Star Fox 64 3DS nem preciso falar que é um remake ou seja, o mesmo jogo reciclado. E quanto a Star Fox Command citado no comentário como referencia a um dos jogos que não se encaixam na trilogia principal é tão escroto e sem graça que deveria ser esquecido por todos.

            Rá! Piada é vc vir falar que existem 6 Star Fox…

          8. Ah, é assim… eu não gosto de um jogo da franquia… portanto, ele não conta. “Basicamente” só contam aqueles que eu gosto. Eu preciso interpretar texto, e você aprender a contar. Diga o que tu quiser, são seis jogos. FATO.

          9. Sei lá acho besteira falar isto, Titulos da nintendo não importa o estúdio, sempre é de qualidade, assim como os da Sony. Não defendo só uma empresa, gosto muito da nintendo e da Microsoft, com o vita começarei a gostar da Sony, como plataforma hoje PC pra mim é o melhor. E vamos combinar né Thiago, a microsoft ta fraquíssima de franquias, a Unica que é dela eh o Halo(De verdadeira expressão)! Hoje em dia a industria em geral só fica lançando remakes e continuações para suas franquias. A nintendo é uma das poucas, que lança uma franquia de cada tipo por console. Sei lá o Thiago antes costumava a ser mais sensato, e menos cri-cri. Kkkkkk E outra falar que os graficos de 3DS estão ruins e que são piores que o cube, é porque você realmente não jogou 3DS, me desculpe. Para mim em muitos aspectos os graficos do 3dS estão de igual para igual ao Wii. 😛

          10. Legolinos, isso é uma questão de opinião. O Wii pra mim é um Gamecube 2.0, graficamente ele é pobre demais, só que o Cube quando saiu era o que tinha de melhor em gráficos. E cara sério que vc acha esse Mario Land tão bonito quanto Mario Sunshine? Se a comparação é injusto, basta comparar Paper Mario do Cube com o do 3DS. Ah cara não é ser cricri, eu estou dando argumentos. Pra mim a Nintendo que eu amava no SNES, N64 e Cube morreu no dia que lançou o Wii… só ficou pequenos resquicios de tempos em tempos…

            Quanto a Microsoft, não sei porque ficam colocando ela na conversa. Eu disse que as franquias do X360 são melhores que os da Nintendo? Que a Microsoft está fazendo melhor com suas IPs? Não disse. A Microsoft está errando muito com seus exclusivos, mas antes errar e trazer algo diferente, do que ficar como a Nintendo, reciclando Mario e Zelda sempre, deixando congelados outras franquias, ou desenvolvendo a conta gotas. A Microsoft bomba Halo porque é uma franquia realmente online, que pode ser lançado anualmente, como Call of Duty, porque o que conta é a experiencia online e não o single player, é diferente de um Zelda (não dá pra deixar Zelda anual)… ainda assim vc vê sim a progressão entre algumas franquias da empresa, ainda que algumas tenha dado errado (Crackdown 2, p exemplo). E a Microsoft arriscou algumas coisas nessa geração (Crackdown, Alan Wake, Kameo, fora os games do Kinect que estão chegando – The Gunstringer parece foda, eu gostei demais da demo – e os XBLA da Microsoft Studios). Plataformas como X360 e PS3 vc não pode só olhar os games de caixinhas, precisa ver o conteudo dos games online tb. Nesse sentido a Microsoft está mandando bem demais nessa geração. Enfim, não era minha intenção puxar sardinha pra Microsoft, foi vc que puxou o assunto pra cá.

            Se Sony ou Microsoft tb não andam mandando bem nesta geração, não é desculpa para a Nintendo fazer o mesmo. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

          11. “Legolinos, isso é uma questão de opinião. O Wii pra mim é um Gamecube 2.0, graficamente ele é pobre demais, só que o Cube quando saiu era o que tinha de melhor em gráficos. E cara sério que vc acha esse Mario Land tão bonito quanto Mario Sunshine? Se a comparação é injusto, basta comparar Paper Mario do Cube com o do 3DS. Ah cara não é ser cricri, eu estou dando argumentos. Pra mim a Nintendo que eu amava no SNES, N64 e Cube morreu no dia que lançou o Wii… só ficou pequenos resquicios de tempos em tempos…”

            Você vê alguns vídeos de baixa qualidade no Youtube e já se dá o direito de questionar a qualidade de SM3DL? Isso não é argumentar e sim faltar com a verdade. Ri

            “Quanto a Microsoft, não sei porque ficam colocando ela na conversa. Eu disse que as franquias do X360 são melhores que os da Nintendo? Que a Microsoft está fazendo melhor com suas IPs? Não disse. A Microsoft está errando muito com seus exclusivos, mas antes errar e trazer algo diferente, do que ficar como a Nintendo, reciclando Mario e Zelda sempre, deixando congelados outras franquias, ou desenvolvendo a conta gotas. A Microsoft bomba Halo porque é uma franquia realmente online, que pode ser lançado anualmente, como Call of Duty, porque o que conta é a experiencia online e não o single player, é diferente de um Zelda (não dá pra deixar Zelda anual)… ainda assim vc vê sim a progressão entre algumas franquias da empresa, ainda que algumas tenha dado errado (Crackdown 2, p exemplo). E a Microsoft arriscou algumas coisas nessa geração (Crackdown, Alan Wake, Kameo, fora os games do Kinect que estão chegando – The Gunstringer parece foda, eu gostei demais da demo – e os XBLA da Microsoft Studios). Plataformas como X360 e PS3 vc não pode só olhar os games de caixinhas, precisa ver o conteudo dos games online tb. Nesse sentido a Microsoft está mandando bem demais nessa geração. Enfim, não era minha intenção puxar sardinha pra Microsoft, foi vc que puxou o assunto pra cá.”

            Então é melhor errar e lançar um monte de lixo do que algo que mesmo não trazendo nenhuma revolução é MUITÍSSIMO bem feito e adorado por crítica e fãs?? E vem dizer que Halo e COD não são genéricos?? Continuo rindo.

            “Se Sony ou Microsoft tb não andam mandando bem nesta geração, não é desculpa para a Nintendo fazer o mesmo. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.”

            A nintendo está muito bem nessa geração e a vitória do Wii e do DS nas vendas provam isso.

          12. “A nintendo está muito bem nessa geração e a vitória do Wii e do DS nas vendas provam isso.”

            – eu não sou acionista da Nintendo. Se ela vende horrores, não me interessa. Eu sou gamers e quero jogos, apenas isso. Não é porque a Globo tem um dos maiores ibobes do brasil com suas novelas que eu sou obrigado a ver e gostar. Não sou maria vai com as outras. Tenho gosto e opinião formada. Se a Nintendo atualmente produz quase nada que gosto, de nada adianta vender milhões.

            Antes o “lixo” de um Call of duty online do que um New Mario com meia dúzia de fases e pouca expressividade. O que salvou o Mario de Wii nessa geração foi Galaxy. New Mario é ridículo, independente de quanto tenha vendido.

            qualidade é qualidade. vendas é vendas. e opinião é opinião. Não sei porque vc tem que ser o dono da verdade amiguinho. Deixa quem não curte, não curtir. Não precisa ofender a concorrencia para ressaltar as vantagens da plataforma que vc gosta. Eu posso falar bem da Microsoft ou da Sony sem precisar humilhar outras plataformas.

    2. Concordo, Unico jogo que eu queria mto jogar é o Kid Icarus.
      Todos jogos de super mario, seja plataforma 2D/3D, Corrida, luta (smash), ate tennis sao legais, mas depois que jogou o primeiro, voce jogou todos, e embora ainda vale a pena jogar todos eles, pois memso nao sendo muito inovadores, sao otimos mesmo assim, é cansativo ver uma lista gigantesca e unicas coisas que valem a pena sao os jogos que ja sabemos como vai ser (os do mundo de mario em geral).

      Nao gosto de Resident evil, Monster hunter pra mim so presta se fosse pra jogar online, e nesse ramo o 3DS ta fora, entao como disse anteriormente, so presta pra mim Kid Icarus de ”OMG queria jogar AGORA!”.

      Nintendo precisa reinventar suas franquias, e precisam de novas IPs, vejam o Kid icarus, foi reinventado e excelentemente.
       

  5. Nada de animador pra mim. Assim como o Andre, eu estou cansando de ver as mesmas coisas vindo da Nintendo. Remakes, jogos que se assemelham entre si. E como a Nintendo depende demais de suas próprias franquias, fica tudo cansativo. Mario Kart 7 com cara de Mario Kart N64, Super Mario Land com cara de Super Mario 64. Luigi Mansion 2 ainda que aparenta limitações identicas ao que já tinhamos no primeiro para Gamecube. Sem falar no Animal Crossing que a cada versão parece ainda mais tedioso. Até mesmo Paper Mario parece “pobre” frente ao que já havia sido feito na excelente versão de Gamecube.

    O 3DS pra mim parece que não consegue a qualidade artistica dos gráficos que o Gamecube conseguia, o que é um pena. Ele parece superior sim ao Nintendo 64, mas não tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo ou riqueza de cenários e detalhes nos games, vide o Mario Land, enquanto no Luigi Mansion 2 muita coisa parece “texturizada” apenas. Nisso o Gamecube era craque. Super Mario Sunshine é uma obra prima nesse sentido. Inovador e belíssimo em visual e gráficos, o Mario do 3DS não parece conseguir nem 10% desse sentimento, assim como o próprio New Super Mario no Wii não me atingiu. Apenas Mario Galaxy mesmo que é genial.

    Dessa lista o que parece novo é Kid Icarus. Visual lindo, lembrando muito um RPG, seres mitológicos, boss gigantes. Lembrou um pouco do sistema de The Legend of Zelda. Um universo próprio, vários tipos de batalhas, seres que ficam na memória e o Kid aparece no gameplay usando vários acessórios, parece então que segue um pouco o esquema de Zelda, o que é bacana, pois ainda mistura estes combates aéreos que me lembra Star Fox. Parece ser um top game do 3DS, mas infelizmente não é o suficiente para me convencer a comprar um aparelho que a Nintendo que logo logo deve inventar uma nova versão, sem mencionar que o jogos da empresa aqui no Brasil ainda estão sendo vendidos num patamar alto demais, ao contrário da boa fase da Microsoft e Sony na República das Bananas. Se a Nintendo não vir para cá de vez, se persistir em vender poucos games oficialmente por aqui e por mais de R$ 150… eu não volto para a plataforma tão cedo, ainda mais sabendo que a concorrência está se esforçando para firmar o pé em solo nacional cada vez mais. Eu não visto mais essa camisa.

      1. quem disse que as outras empresas tambem inovam sempre, só que a nintendo só aposta nas mesmas franquias de sempre, a sony e a microsoft possuem grandes franquias a cada geração, xbox(Halo, Forza), xbox 360(Gears), playstation 2(God of War, killzone), playstation 3(Uncharted, LittleBigPlanet, Heavy Rain).

        1. apoio o argumento. a galera fica respondendo na defensiva, ninguem está falando da concorrencia…  o que se está sendo falado é sobre a nintendo… não é uma questão se do outro lado do muro a coisa está melhor… essa discussão sobre as franquias da Nintendo e como elas as utiliza veem desde o N64… não tem nada a ver com o que anda sendo feito em outras plataformas.

        2. Você fala como se esses jogos fossem inovadores…

          São apenas jogos bem sucedidos em seus respectivos gêneros e bem feitos, mas nada que os torne revolucionários. Baixe a bolinha.

          1. Fanboy é a pior coisa que existe, o cara se ofende quando faz alguma critica a nintendo, cada um que me aparece

  6. Love PLUS? Hatsune Miku? Creeedo! Assim fica difícil hein, tbm não me animei muito com os novos games anunciados, essa conferência da Nintendo foi mais pra japonês ver mesmo. Vejo mais game bobo que jogo de verdade nesse portátil. Mas enfim, nem por isso vou abrir mão do meu querido Super Mario, Mario Kart e tudo de bom que a Nintendo produz incessantes vezes, ano a ano. As outras duas da trindade fazem o mesmo, porque a Nintendo não pode alavancar a moral do portátil com o que tem de melhor e depois apostar em coisas novas? Se o 3Ds ainda tem muita lenha para queimar, não vou perder tempo crucificando a plataforma em seus primeiros momentos de vida, sei do que a Big N é capaz e ainda espero tanto continuações de suas franquias mais famosas como IPs novas, e com apelo mais ocidental se assim for possível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.