Netflix no Xbox 360: testado e aprovado!

Chega de ser escravo de comerciais e horários? Este é o caminho para a TV do futuro?

Foi em setembro a chegada do Netflix no Brasil. O sistema de programas – desenhos, séries e filmes – por streaming através de uma conexão de banda larga já havia chamado a minha atenção, mas estava esperando a chegada do suporte ao Xbox 360 para poder experimentá-lo. Esse suporte finalmente chegou agora no início de dezembro, quando o console finalmente recebeu a sua nova versão de sua dashboard.

Uma das coisas chatas no Netflix é que ele ainda é um serviço que se restringe a determinados tipos de aparelhos e redes. Não basta ter uma TV, é preciso outros complementos eletrônicos para conseguir desfrutar direito do serviço. Claro que sempre há a opção de assistir direto no monitor do PC, mas eu particularmente não consigo chamar algo assim de “assistir TV”. O legal do Netflix é quando você consegue sentar no sofá e ver ele rodando na sua TV enorme, ao invés de ficar na apertada mesa do computador com o monitor a um palmo do rosto.

Mas enfim, faz apenas 4 meses que o serviço chegou no Brasil e as opções para desfrutar filmes e conteúdos sob demanda vêm aumentando. Começou com o PlayStation 3 e o Wii como principais plataformas, mas desde então migrou também para algumas Smart TVs, aparelhos portáteis como certos smartphones e tablets, além do já mencionado Xbox 360. Aliás, o suporte ao sistema da Apple, que permite o uso do Netflix no iPhone, iPad e Apple TV começou há alguns dias atrás. Tudo isso para dizer que a expansão do sistema aqui no Brasil ainda está em andamento.

Então é natural que algumas coisas ainda estejam em fase de crescimento e melhoramento. Ainda assim, após assinar o serviço (que é gratuito no primeiro mês) e colocá-lo no meu xisboca, fiquei tão impressionado que já cogito cancelar a minha TV por assinatura. Claro que há alguns poréns, mas calma que eu chego lá.

Entendendo o conceito…

Vamos começar do início. Primeiro é preciso entender que o Netflix não é um serviço onde o cliente vai sair assistindo filmes e séries recentes lá de fora. O conteúdo dele é mais voltado aos programas antigos, nostálgicos e clássicos. Filmes de Sessão da Tarde, desenhos clássicos, aqueles filmes que você cansa de ver naquelas prateleiras de DVDs das Lojas Americanas a doze pratas. Claro que há muita vantagem nesse tipo de conteúdo.

Muitos destes filmes velhos não passam com frequência, seja na TV aberta ou na paga. Séries antigas que você não tem saco para acompanhar nos horários malucos da tv por assinatura, ou que nem são mais exibidos. Desenhos que você sempre implorou para sair em DVD por aqui mas nunca saíram. Mas apesar do Netflix poder ter pérolas únicas, também tem uma caralhada de lixo; é preciso entender o contexto do serviço: fornecer muita coisa, para todos os tipos bizarros de gostos. E sempre com a ideia de que você jamais vai encontrar aquele lançamento fresquinho nele. Não é um serviço de filmes ou programas novos, é exatamente o contrário.

O bacana é que o serviço custa apenas R$ 15 por mês. Nem mesmo a TV por assinatura mais barata por aí chega a custar perto disso.Você paga 15 Dilmas por mês para ver o que quiser (dentro do cardápio da programação), quantas vezes quiser e na hora que quiser. É um bom negócio. É a TV interativa, aquela onde o telespectador faz seu horário e programação, evitando virar escravo dos canais de TV. Essa liberdade é sensacional!

Digo por experiência, pois faz anos que aboli da minha casa a TV aberta. E minha TV por assinatura tem recurso de gravar a programação, então eu só assisto o que eu quero e quando quero. É uma maravilha chegar em casa e sentar no sofá e ver apenas aquilo que me agrada, saltando incluive os exaustivos comerciais. É a TV do futuro, na minha opinião. O Netflix tem disso.

Velho é a vovozinha. O termo aqui é clássico!

Quanto ao conteúdo, tem muito que se garimpar. Cada vez que entro no serviço sou surpreendido com alguma coisa. E tem coisas que se destacam sobre outras. Todos os episódios de Ducktales, uma das melhores séries animadas da Disney de todos os tempos, completinho com todos seus episódios dublados. E só dá para ver no Netflix, já que na TV aberta uns tempos atrás a Globo estava exibindo todo censurado e picotado, e na TV por assinatura o canal da Disney de alguns anos para cá só sabe exibir Hanna Montana e estas outras séries teen live-action que passo longe. Também gostei muito de ter encontrado o velhão Sonic the Hedgehog, aquele desenho antigão do Sonic quando o Eggman ainda era Robotnik e que teve até uma revista em quadrinhos lançada nos anos 90 aqui no Brasil. Esse desenho é um achado histórico, que nunca pensei que teria a oportunidade de assistir uma outra vez. Também rolam algumas coisas bacanas dos canais infantis da TV paga, como Avatar e Johnny Test.

Filmes então, tem velharias que nem lembravam mais que existiam. Olha Quem Está Falando e Feitiço do Tempo, por exemplo, são engraçados de se assistir depois de tantos anos sem vê-los por aí. Ah, e tem os três filmes da série Pânico! O primeiro filme nunca saiu por aqui em DVD, também vou reassistir tudo de novo no Netflix. Claro que eu não preciso ficar indo voar lá pela década de 80 e 90, tem algumas coisas mais recentes também, como O Procurado (2008), Coraline (2009) e Valiant (2005). Mas sei lá, parece que o me despertou mesmo a atenção são os filmes mais antigos, já que os mais recentes tenho boa parte do que curto em DVD. Conteúdo da Disney tem em peso no Netflix, desde longas animados, séries teens live-action, filmes e por aí vai. Sinto falta de alguns clássicos, mas o que é moderninho e pop da Disney, tem por lá. Os longas animados da DreamWorks também batem cartão no serviço. Achei o máximo ter tropeçado nesse fim de semana num vídeo chamado DreamWorks Holiday Classics, com curtas natalinos de Madagascar, Shrek e Como Treinar o seu Dragão. Alguns dos curtas não são tão antigos assim, o da franquia “Dragons” acabou de ser lançado em BD nos EUA.

Séries ainda não me aprofundei, mas deu para ver que tem muita coisa bacana. Lost e Battlestar Galactica (2005) se destacam, mas tem séries que ainda nem foram concluídas nos EUA, como Castle, Weeds, Californication e Warehouse 13. Claro que nesses casos são apenas os primeiros anos que estão disponíveis, mas já é uma boa para quem nunca viu. Tem também material britânico, como o idolatrado Doctor Who, que por sinal devo começar a assistir via Netflix, já que é uma das séries que a galera sempre fala, mas sempre tive preguiça de correr atrás. E tem velharias também, como Hércules e Sliders (quem se lembra dessa última? Rá! Eu assistia!). Até mesmo hists como Community e Mad Men estão com seus primeiros anos já adicionados. Uma pena que no departamento de séries faz uma falta danada o Netflix ainda não ter contrato com a Fox, porque pra ficar perfeito só falta Simpsons, Buffy, Angel, Firefly, Arquivo X e outros hits de que a Fox possui os direitos de exibição.

Então no Netflix tem mesmo que garimpar. E é sempre bom lembrar que conteúdos são adicionados diariamente. Então se hoje não tem, não significa que amanhã não possa ter. Claro que limitado aos estúdios e empresas com que o serviço já possua contrato (Paramount Pictures, Sony Pictures Television, NBC Universal International Television, ABC Television, CBS Television, MGM, BBC Worldwide e Disney). Eu gostaria muito de ver material da Time Warner (que gerencia conteúdos da Warner, Cartoon Newtwork, Hanna-Barbera e muita coisa gold) e Fox no Netflix. Quem sabe no futuro.

E no Xbox 360, roda sem travadas?

Quando pesquisei sobre o Netflix nos foruns de games por aí, parece que a maior dúvida da galera era se o Netflix realmente roda bonito na TV, sem travar e com uma boa qualidade de imagem. A experiência nesse departamento parece não ter uma resposta unânime. Acho que tudo depende da sua rede. Vi pessoas com 4MB de internet reclamando que não fica bacana, assim como vi outros com 0,5MB de internet dizendo que a imagem é joia.

Aqui em casa a conexão é wireless, através de um roteador linksys (com senha para os vizinhos não chuparem a minha conexão). A internet é pelo Speedy, no plano de 4 mega. Gosto da internet alta, afinal todas as séries, animês e filmes atualmente acompanho baixando pela rede, codando e assistindo através da rede PC – X360 na TV. Nada de ver no monitor, tudo roda bonitinho na minha TV, que é uma LCD de 37 polegadas. Dado os detalhes, e o Netflix?

Comigo rodou perfeitamente. Na conexão sem fio mesmo, imagem em HD (são três barrinhas de HD, em casa o Netflix vai até a segunda barrinha), e jamais travou (já vi dois filmes, uma série e alguns desenhos animados). E ainda dá para navegar na internet enquanto vejo o filme! Não dá para forçar, tipo ficar com trezendos sites carregando no navegador, mas um página por vez, vai sem problema nenhum.  A qualidade da imagem é, inclusive, melhor do que a imagem do meu receptor Sky, que é em SD e por isso fica uma porcaria numa LCD. Impressionante na minha opinião.

O sistema é bem fácil de mexer também. Com várias sugestões na tela principal do programa, tendo opção de busca (que é muito rápido) e o filme não demora nada a começar depois de selecionado. Com exceção dos desenhos, tudo que vi até agora tem opção de legenda ou áudio em português. Lembro que quando o sistema foi lançado muitos reclamaram que o áudio original não era uma opção devido a ausência de legendas. Bem, até o momento tudo que testei tinha opção de ver com legenda em PT-BR sim. E segundo os canais oficiais, parece que a meta do serviço é que tudo seja assim mesmo, com aúdio original e legenda e também dublado. Vai do gosto do cliente.

Só lamento que até o momento não haja uma opção para que o assinante do serviço saiba quais são as novidades do cardápio de opções. Não há em lugar algum, seja no site ou no X360, uma opção de ver as últimas inclusões. O que é meio ridículo, mas tudo bem, o sistema de certa forma é inteligente e monta as sugestões de acordo com o gosto do assinante. Você responde um questionário quando assina, assim como classifica programas já vistos que recalibram constantemente as sugestões pessoais. É de se admirar. A função de integrar ao Facebook e também de ver o que os amigos estão assistindo é bem útil, pois geralmente as porcarias que ninguém assiste somem destas opções.

(Dica que o Mauri aqui da equipe me passou enquanto terminava esta matéria: http://blog.lancamentosnetflix.com.br/ – já é uma ajudona para quem quer ficar de olho nas novidades adicionadas ao serviço.)

Bem, acredito que tenha dado uma geral sobre o Netflix. Gostei mesmo do serviço. Achei extremamente barato R$ 15 por mês, dado a diversidade que já possui com apenas 4 meses do lançamento nacional. Rodou sem problemas na minha rede e com a minha banda larga. A partir de agora, também cogitarei conversar mais sobre adições e novidades que encontrar mexendo nele, assim como programas e filmes clássicos que assistir por ele e repassar aqui no blog tais opiniões e informações. 😉

Mais alguém aqui do blog já testou ou assinou definitivamente o Netflix? Deixem suas impressões nos comentários!

Isso também pode lhe interessar

44 Comentários

  1. Também estou tentado a assinar, ainda mais depois de ver que tem "Avatar: A Lenda de Aang" e "Death Note" sempre tive vontade de assistir DN dublado e nunca consegui acompanhar Avatar direito quando passava na Nickelodeon, tentador, mas algo me diz que o fato de não ter lançamentos não vai ajudar em nada a convencer os familiares.

  2. Muito bom o review do Netflix Thiago,você pode me dar uma informação que é essencial para eu assinar o serviço,já está disponível a melhor série de todos os tempos SEINFELD,desde já obrigado.

    1. Seinfeld não tem (no momento) no cardápio do Netflix. É da Sony, não? Talvez saia mais para frente, é questão do pessoal sugerir e pedir. Em todo caso esta é uma das séries que não faço muita questão, porque tenho ela completinha em DVD. :p

  3. Aqui eu to usando meu mês gratis mas talvez eu assine no final, mas não e so series antigas(classicos)tem tambem umas novas e boas Breaking Bad eu procurava isso na net a uma cara pra assistir mas em resolução boa o netflix me salvo eu queria que tivesse prisonbreak nunca vi o final
    mas na net eu não acho em resolução boa,aqui net de 15m gvt duas barrinha sempre nunca travo acho que depende da localidade das pessoas vai sabe.

  4. Legal demais o post, chefe! Me diz uma coisa, como rola o pagamento? Tem como colocar débito em conta ou inscrever um cartão pra não ficar pagando todo mês?

    E outra, no Netflix dos EUA há conteúdo novo, não? É também só assim como tu disse, com clássicos? Não que eu não ache bom, aliás tenho muito interesse, principalmente por séries americanas que tenho sempre A PREGUIÇA de ficar baixando pra ver no computador.

    Quanto à velocidade… testarei, né. Tenho 15MB aqui e mesmo assim os vídeos do Nintendo Channel travam, por exemplo. XDD

    Ah!! Última coisa: tem séries antigas do tipo Hércules, Xena, etc? Essas coisas que passavam no SBT, sabe? XD Eu curtia pacas quando era menor hahaha.

    1. O pagamento é por cartão de crédito Dakini, você cadastra e fica na sua conta debitando todo mês. Se o valor da mensalidade fosse alto eu talvez não gostasse dessa ideia, já que ficaria azarando meu limite do cartão, mas como é baixo, não liguei muito. Mas também achei estranho, deveria haver outras formas de pagamento sim.

      Não estou muito certo como funciona o Netflix americano, eu sei que tem serviços assim lá fora que vc tem acesso parcial ao conteudo, e novidades ou coisas muito recentes vc pode comprar a parte, como um pay per view de TV Paga. Não sei se o Netflix americano é assim. Também não dá para ter acesso a ele pelo X360. Minha conta é da Live americana, mas o acesso do Netflix é via IP, então ele reconhece que estou no Brasil e me mostra o conteúdo de onde estou. Tem algumas mandingas e truques pra acessar o internacional, mas não faço a menor ideia de como seja e nem se é seguro isso.

      Bléh, as porcarias da Nintendo sempre travavam aqui quando tinha meu Wii. Nintendo não sabe fazer nada que preste nesse departamento. Não é a toa que o suporte online deles é tão fraco.

      Tem coisa antiga sim! Slides é da década de 90. Hércules também está disponível, mas a Xena não (mas eu acho que deve entrar, afinal os direitos de Hercules e Xena devem ser do mesmo lugar). Falando em SBT, tem até Chaves e Chapolim lá.XD – Tem até um conteudo curioso relativo a filmes nacionais. Cidade de Deus e Tropa de Elite estão por lá.

      1. Bacana… thanks pelas infos! E sobre o conteúdo americano, é que eu recebo por e-mail as newsletters da PSN e nelas sempre mostra o que tem de novo no Netflix, e geralmente são filmes ou séries novas, sim. Mas realmente não sei se aí se paga separado ou o quê. Valeu. 😀

  5. Esse desenho é muito bom e se não me engano já foi exibido na Rede Globo e eu acompanhava por lá. Isso pura nostalgia isso mesmo que eu não seja muito velho acabo sentindo falta de alguns desenhos de quando era mais novo como capitão planeta, MIB e o fantasma, mesmo que esse eu não tenha assistido inteiro como a "invasão da terra".

  6. Interessante o serviço. Já é um bom argumento contra a pirataria de filmes, que ganhava pela comodidade. Agora vou me sentir mal em baixar isso tudo, hehe.

    Mas é engraçado pensar que havia Netflix Brasil no PS2 antes do Xbox 360. PS2 mesmo.

  7. Por enquanto para mim o serviço ainda não é interessante(por questões de não ter como fazer pra rodar na tv), mais com o tempo pode vir a ser uma boa.
    Bela iniciativa Thiago de fazer um post sobre isso.

        1. Meu dinheiro atualmente só me permite um vicio e é o de ser otaku. Gosto de jogar casualmente games na casa de colegas(PES e games de luta), mais devo ser sincero que não me fazem falta até por que conhecendo a mim mesmo, sei que a grande maioria dos jogos que vocês jogam não teria paciência para jogar metade deles até o fim. ^.^

          1. Videogames não são mais apenas aparelhos para se jogar games. Acho que este post é um exemplo real disso. Não mencionei, mas o Netflix já começou a adicionar animês em seu conteudo. Death Note e Naruto estão lá. Entre outros menos famosos e até mesmo longas japoneses animados, como o Paprika.

            Meu Xbox 360 é a central de entretenimento da minha casa. Tudp baixado pelo PC passa por ele para ver na TV em qualidade excepcional de imagem (One Piece no monitorzinho apertado do PC? Blergh!), agora tem o Netflix para o conteúdo old-scholl, música eu já escuto direto nele também via pendrive, jogos e também trailers de futuro lançamentos tambem acompanho via aparelho, twitter e facebook estão integrados lá… You tube começou dias atrás, não testei ainda, mas também está no xisboca…

            O 360 atualmente é minha Tv a cabo, meu central musical, meu cantinho dos games por download e por aí vai. Videogame não é apenas um videogame mais.

            Videogame é aparelho cósmico de todo nerd! XD

          2. Tudo que vc escreveu o PC faz, basta eu conectar meu gabinete a TV para isso(pra ver animes na tv nem preciso fazer isso aliás, basta jogar no pendrive e ligar direto a TV) ou seja como eu não me interesso muito por games, acho meio que inutilidade pura eu ter um console quando eu já tenho o PC para fazer tudo que vc escreveu.

          3. Bem, vou ser bem simples.

            "Não é a mesma coisa". O PC é lindo, faz tudo isso mesmo, mas… não é a mesma coisa. E não adianta, isso é algo que só quem tem ambos (console e pc) para entender. 😛

            Mas matamos a discussão por aqui. O post não é sobre quem aparelho é mais pragmático, mas sim sobre um novo serviço para ver TV que é potencialmente um "assassino de Tv por assinatura".

  8. Estou só esperando passar o período de fidelidade para cancelar a Net. As poucas coisas que ainda assisto no modelo tradicional de TV, passam nos canais abertos (ex: A Grande Família e CQC)… futebol assino o SócioPFC… seriados baixo todos da internet… entre ter Telecine e Netflix, eu prefiro o último.

    Aproveitando para recomendar conteúdo no Netflix, assista Breaking Bad Thiago! É na minha opinião uma das séries mais maneiras da atualidade.

    1. É do tiozinho que é professor de quimica e começa a vender droga com um de seus ex-alunos, não é? Bléh, eu comecei a ver essa série a um tempo atrás de dropei… parada demais, cliche demais, me fazia ter sono. Talvez ela tenha melhorado depois, afinal só virou hype na web depois de alguns anos de vida, mas ainda assim, ter que passar pelo começo xaropão dela só me desanima. XD

      1. Também achei o início lento, e a imagem não ajudava (parece ter aquele efeito granulado, filmado com câmera de antigamente), mas resolvi "insistir" mais um pouco e me impressionei demais, diria facilmente que é uma das melhores séries que já assisti. Eu acho o estilo da série um pouco parecido com os filmes do Tarantino (que me amarro!), porém reconheço que muita gente não curte por achar parado, diálogos (aparentemente sem propósito) demais, etc.

        1. Talvez num futuro distante, quando não tiver mais nada pra ver, eu volte com ele. Tem séries que eu vejo com anos de atraso. Como Joan of Arcadia (estou vendo o segundo e ultimo ano) só pra citar alguma coisa. Nip/Tuck eu vi o último ano no mês passado (bela porcaria de final diga-se de passagem).

          1. É uma boa idéia até, pois não fica na ansiedade por novas temporadas! O Breaking Bad já vai acabar na 5ª (a próxima), apesar da 4ª ter tido um "climão de fim".

  9. Estou no primeiro mes gratis e estou impressionado… Ótimo serviço, é o futuro da tv por "assinatura", a NET ja tem o now, que possui varias coisas gratis (camelot, spartacus, desenhos entre outros).
    Pra quem quer uma qualidade de imagem melhor, tem que logar no netflix na web, ir nas configurações e alterar a qualidade. Em casa fico 80% do tempo com 3 barras do HD. Isso é o melhor desse sistema de streaming, se a velocidade de internet cai ele baixa a qualidade da imagem automaticamente e nao trava o que esta sendo exibido (tenho virtua de 10 MB, mas funcionava bem qdo tinha de 5MB).
    Pesquisando no google, vi que no netflix americano tem varios lançamentos deste ano. Mas no Brasil, vai ser dificil lançamentos recentes porque o lobby vai ser muito grande.
    Um colega ganhou 6 meses de NetMovies (concorrrente do Netflix, com a diferença que aluga filmes em midia fisica) gratis por comprar uma smart TV, mas disse que o conteudo on line é beeem menor que o Netflix

  10. Eu acompanhei o NetFlix assim que lançou, vi pelo PC mesmo (meu ps3 é "incapacitado" para conexão), não cheguei a ficar tão empolgado assim, embora concorde que realmente tem sua vantagem. Não gostei da qualidade da imagem… (estou mal a acostumado aos vídeos 720p e 1080p, bem como ao sinal digital da TV aberta), mas é assistível, espero que tenha melhorado desde a epóca que eu vi, afinal foi bem na estréia…

    Torço para que saia um firmware da minha sony bravia, incluindo o serviço nas opções da internet, se sair volto a pensar, mas assinar pelo PC ou PS3 está fora de cogitação no momento.

    1. Que desenho Pedro? Tu dá "reply" num comentário onde estava sendo mencionado Avatar e Death Note e pergunta sobre o Invasão America…. 😛

      Se for que eu disse lá no meu primeiro comentário, é Invasion America (na imagem tem o nome original). Procure pelo nome em inglês ou por Steven Spielberg, já que o desenho é dele.

      😉

  11. thiago, meio atrasado e não sei se você vai poder me ajudar mas lá vai, sabe se tem como acessar a mesma conta em mais de um 360 (ou PS3 no meu caso)? procurei na internet mas não achei nada conclusivo sobre isso :/

    1. Ao mesmo tempo vc quer dizer? E só para acessar a sua conta ou assistir multiplas coisas? Eu li num twitter algum tempo atrás que poderia acessar a sua conta (o cardápio do Netflix) em 5 aparelhos ao mesmo tempo. Já assistir não sei.

      E no site tem um sistema para gerenciar os aparelhos que vc usa para o Netflix. Não entrei nele pra ver como funciona, mas eu já acessei o Netflix de três PCs diferentes, mais o Xbox 360. 😛

      Mas a sua conta do Netflix pode ser usada aonde vc quiser, em qualquer aparelho com suporte. A única limitação deve ser o número de conexões simultâneas mesmo.

  12. Thiago, parabéns! Seu post foi decisivo para eu pelo menos testar o mês grátis (ao terminar este comentário, já estarei me cadastrando!)

    Como não lançaram um Battlestar Galactica num formato decente em DVD (formato de tela despadronizado) e não há planos para lançarem em Blu-Ray, será a minha oportunidade para assistir sem ficar recorrendo a torrents.

    Mas quando vi que tem o Invasão da Terra (Invasion America), fiquei maluco! (como deve ter percebido no meu comentário anterior. Se for dublada, melhor ainda (a voz do protagonista feita pelo Alexandre Moreno é sensacional!). Por vários anos fiquei correndo atrás dessa série sem achar nenhum rip de TV brasileira, o máximo que achei foram alguns fãs legendando, mas o projeto estava bem devagar, agora será minha oportunidade!

    Tinha uma dúvida, mas acho que você meio que já esclareceu: pelo que entendi, você roda a Netflix Brasileira numa Live Americana, certo? Pois não pretendo pagar Gold para Live BR, muito menos migrar para ela. Valeu!

    1. Legal Frank, depois que você testar não deixei de voltar aqui e dizer quais são as suas impressões reais do serviço 🙂

      Quanto a sua dúvida, sim, vc pode rodar o Netflix BR na Live Gold Americana, não tem qualquer problema. Não é obrigatório o uso da Live-BR (ainda bem).

      Valeu 😉

    2. Invasão América? O roteiro é muito bom, mas a animação deixa a desejar… Começei a assistir uns episódios, mas depois fui ver coisa melhor e deixei esse desenho para uma próxima vez. XD

  13. Sobre o monitor, isso é variável… A qualidade do meu é superior à tela da minha TV. XD Por isso que gosto de assistir meus DVDs no PC…

    Ah, e eu me cadastrei no mês grátis só para assistir algumas séries que me deu vontade, mas não resisti e não pude cancelar. O serviço é maravilhosamente bom! Tão bom que já virei garoto-propaganda da Netflix para os meus chegados. XD Duvido que alguém consiga cancelar o serviço depois de começar a desfrutar dele.

  14. estou com um problema , fiz a conta no Netflix ontem , pra acessar pelo PS3 .. mas eu nao consigo fazer login no PS3 … no PC ele faz login normalmente , mas no PS3 ele diz que as informaçoes , email ou senha , estao incorretas … mas esta tudo digitado correto , inumeras vezes e nada ..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.