Prévia: Tio Patinhas nº 558 – Jan/2012

Edição com três enormes histórias italianas!

Dando sequências as prévias da linha Disney do mês, hoje trago Tio Patinhas. Alias, estou preocupado com a distribuição aqui em Jacareí das revistas Disney. Hoje fui novamente nas bancas e ainda não encontrei nenhuma das mensais em lugar algum. Tomara que Minnie e Pateta não me deem a dor de cabeça que tive com Disney Jumbo. Bem, antes destas duas, ainda tenho a prévia do Zé Carioca no bolso, então ainda não vou me estressar. Enfim, a prévia aqui segue o esquema das prévias anteriores, mas sempre repetindo: a primeira página você confere acima, enquanto as demais estão após o “continue lendo”.

 Tio Patinhas nº 558 – Jan/12

  1. O Sequestro do Tio Patinhas (25 págs) (2010) (Inducks)
    Roteiro: Fausto Vitaliano
    Desenho: Corrado Mastantuono
  2. Futebol X Compras (GAG) (2009) (Inducks)
    Roteiro: Marco Berti
    Desenho: Roberto Vian
  3. Superpato e as Notas Fora da Lei (25 págs) (2010) (Inducks)
    Roteiro: Stefano Petruccelli
    Desenho: Paolo Mottura
  4. O Sabor da Derrota (GAG) (2009) (Inducks)
    Roteiro: Marco Berti
    Desenho: Roberto Vian
  5. O Bico do Coração (26 págs) (2011) (Inducks)
    Roteiro: Niccolò de Mojana
    Desenho: Marco Mazzarello

Uma edição muito bacana este mês. Isso porque ela saiu um pouco da fórmula que vinha seguindo há incontáveis meses. Uma edição só com material italiano. São duas HQs que foram capas em Topolino, a maior revista Disney do país da bota e uma terceira que ganha um destaque por outro motivo (já explico qual). Três HQs longas, com mais de 20 páginas cada, que preenchem toda a edição, sobrando espaço apenas para mais duas GAGs (histórias de uma única página), que por sinal, também são italianas. Não que seja contra o material dinamarques que sai na revista ou até mesmo a restauração das primeiras HQs norte-americanas do Peninha. Só estou dizendo que variar um pouco é sempre bom. Um mês de folga então para HQs de outros países e dos clássicos do Peninha. Mas espero sim que esse material volte já no próximo mês.

Destaque para o Superpato, que depois de uma fase que me deu nos nervos no primeiro semestre de 2011, o alter-ego heróico do Donald surge numa belíssima HQ com traço e cores do brilhante Paulo Mottura. Na verdade ela é uma continuação da HQ que saiu na Tio Patinhas de dezembro (O Segredo do Tenor Distraído). Muito boa a iniciativa de colocar as duas em meses coladas por aqui, enquanto lá fora, uma demorou quase um ano depois para sair. Vale a pena também mencionar a última história, O Bico do Coração, que tem uma curiosidade interessante: ela é uma paródia de uma série famosa na itália chamada “Boris” (coloque no Google). Isso estraga a leitura dela por aqui? De forma alguma, mas isso explica porque a mudança nas atitudes e nos nomes dos personagens, apesar deles manterem suas personalidades originais. Gostei da ousadia da Abril em trazer essa HQ para o Brasil, assim como gosto do vasto elenco de personagens de Patópolis que participam dela. Opa, e antes que eu me esqueça, a primeira HQ é do Fausto Vitaliano, um dos melhores roteiristas da casa Disney na Itália, na minha opinião. Ele é o criador de Donald Duplo, só dar um exemplo do talento da figura.

Uma edição diferente e caprichada. Italiana, mas com diversidade na linha narrativa. Não é sempre que encontramos uma Tio Patinhas assim.

Isso também pode lhe interessar

2 Comentários

  1. [Não que seja contra o material dinamarques que sai na revista ou até mesmo a restauração das primeiras HQs norte-americanas do Peninha. Só estou dizendo que variar um pouco é sempre bom. Um mês de folga então para HQs de outros países e dos clássicos do Peninha. Mas espero sim que esse material volte já no próximo mês.]

    As produções dinamarquesas e italianas de hqs Disney seguem propostas distintas, mas se eu tivesse que escolher, escolheria a italiana, por uma simples questão de maior identificação. A dinamarquesa segue uma linha mais tradicional ligada ao legado do Barks. Barks é o máximo, mas a produção italiana é melhor justamente por ser mais ousada na minha opinião.

    Com relação às hqs clássicas do Peninha feitos pela dupla Hubbard e Kinney, realmente ainda faltam um bom número delas para serem publicadas, inclusive uma que registra o primeiro encontro do Peninha com ninguém menos que o Pato Eurico, também criado pela genial dupla.

    [Vale a pena também mencionar a última história, O Bico do Coração, que tem uma curiosidade interessante: ela é uma paródia de uma série famosa na itália chamada “Boris” (coloque no Google). Isso estraga a leitura dela por aqui? De forma alguma, mas isso explica porque a mudança nas atitudes e nos nomes dos personagens, apesar deles manterem suas personalidades originais. Gostei da ousadia da Abril em trazer essa HQ para o Brasil, assim como gosto do vasto elenco de personagens de Patópolis que participam dela. Opa, e antes que eu me esqueça, a primeira HQ é do Fausto Vitaliano, um dos melhores roteiristas da casa Disney na Itália, na minha opinião. Ele é o criador de Donald Duplo, só dar um exemplo do talento da figura.]

    Também fiquei surpreso com a publicação desta hq típica da Disney Itália, que adora histórias reunindo a família dos patos e amigos mais chegados. Tem uma cartunista chamada Silvia Ziche que tem longas histórias desse mesmo tipo.

    Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.