E.X. Troopers – Robozinhos coloridos? Eu quero!

Fui obrigado a reconsiderar!

Rá! Não dei nada por E.X. Troopers quando a Capcom falou que se tratava um spin-off da série Lost Planet, até hoje nunca vi algo que me fizesse sentir vontade de conhecer esse negócio. Logo, não foi muito difícil torcer o nariz pra ele no dia do seu anúncio, ainda mais com essa cara de anime que não lembra em nada a série original.

O problema é que hoje fui ver esse outro trailer e a história mudou drasticamente. Consegui ignorar as tosqueiras no visual dos personagens e acabei adorando o gameplay, já gamei total nesse robô voador. Se bem me lembro, o único jogo no qual provei algo parecido foi Zone Of The Enders do PlayStation 2 e de lá prá cá só deu pra babar naquele jogo foda do Gundam exclusivo do PlayStation 3 que nem com reza braba deve sair por aqui. Ou seja, eu estou órfão de games com porradaria desenfreada entre mechas desde que me conheço por gamer.

Mas com esse E.X. Troopers parece ser mais certeza de que vai rolar uma localização. A jogabilidade não esconde suas limitações, mas dá pra ver que o dinamismo das batalhas tá no ponto certo. Aliado a isso, o que mais me chamou a atenção é o fato do roteirista por trás dele ser nada mais nada menos que o Dai Sato (Cowboy Bebop, Ghost In The Shell e Cashern Sins são familiares pra você?). Sério, eu já desisti de julgar esse livro pela capa, ficarei de olhos atentos, se o jogo pintar por essas bandas é cofre certo pro meu 3DS.

Lembrando que também vai rolar versão para o PlayStation 3 e por algum motivo bizarro nada pro Vita. Se bem que o portátil já está abarrotado de ports, né? Então é melhor que nem venha, a line up tosca dele não vai ficar mais interessante com isso aí não.

Isso também pode lhe interessar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.