Jogando

Fugas ousadas, gráficos nem tanto!

Vendo FPS onde não existe? Bem, a culpa não é exatamente minha!

Não me recordo de estar ou não usando os meus óculos quando vi o primeiro teaser trailer de Dishonored, mas ele me parecia um jogo bonito. Daí vieram os trailers da E3 de 2012 e de lá pra cá o meu hype com esse game só diminui. Pra mim a Bethesda está devendo em quesito gráfico aí e não bastasse isso ainda insiste em utilizar a visão de 1º pessoa para um jogo de ação. Não que alguém tenha escrito em algum lugar que jogos como esse devem por lei ter uma perspectiva de 3º pessoa pra dar certo. Vide jogos fodásticos como Mirror’s Edge ou mesmo Skyrim que te permite alternar entre as duas.

A variedade de habilidades que te permitem atuar praticamente do jeito que quiser são um atrativo e tanto e não tenho dúvidas de que o enredo vai se mostrar algo muito bem trabalhado. Mas só isso não basta pra mim, com esses gráficos “mais ou menos” brigando com a linda arquitetura dessa cidade, uma visão de jogo que não me lembrasse mais um FPS certamente me inclinaria a apostar mais nesse jogo.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios