AssistindoMiscelâneaReflexões & Opiniões

Superman | Os dilemas de um Herói (Reflexão)

Reflexão realizada sobre a letra de uma canção

Os seriados americanos de forma geral, costumam apresentar primorosas trilhas sonoras. Um exemplo clássico é já encerrada Smallville. Pelo menos nas temporadas que acompanhei era nítida a qualidade das músicas selecionadas para cada episódio. Em minha opinião as três primeiras temporadas foram as melhores, em todos os sentidos, inclusive na trilha sonora. Sendo ainda mais específico, dentre todas as músicas tocadas, a mais especial é uma cujo título está diretamente vinculado a série. Ela é Superman, da banda Five For Fighting.

Após o continue lendo, apresentarei uma breve reflexão sobre a letra dessa música e as dificuldades presentes no cotidiano dos heróis (reais e imaginários). Me acompanhem…

Talvez vocês não a conheçam pelo nome, mas certamente já devem tê-la ouvido por aí. Seja na própria Smallville, seja em outras séries, ou em Filmes (como Vida Bandida). Com sua melodia doce e calma, aliada a uma ótima interpretação do vocalista da banda Five For Fighting, Superman é uma verdadeira canção.

A música impacta até mesmo aqueles que desconhecem a língua inglesa, porém, para entender a complexidade tratada nos simples versos ali cantados, é fundamental conhecer sua letra, por isso, segue abaixo uma versão legendada da mesma, cantada pela banda que a criou.

Quando se fala em música, é difícil obter traduções legítimas sem que parte do encanto seja perdido. Sempre um ou outro verso parece fora do contexto, soando como uma simples frase pra dar volume. Superman (a música) não é uma exceção quanto a isso, mas de forma geral, pode-se dizer que sua letra fala das dificuldades em ser um super-herói. As crises existenciais que se têm em razão do lado psicológico ser extremamente afetado pelo peso de carregar consigo a esperança e os sonhos de uma nação.

A música nos apresenta um Superman carente. Carente em relação a si próprio. Um herói que se indaga sobre a forma como leva sua vida. Que têm consciência de que mesmo parecendo forte perante os outros, é fraco para com ele mesmo. Alguém que possui muitos medos, e não sabe muito bem o que fazer em relação a isso. O típico medo de quem não consegue prever o futuro.

É fácil perceber que a angústia retratada no homem de aço, é compartilhada por todos nós. Sem distinções, porém, em menor escala, o peso da responsabilidade individual perante a sociedade também abala a nós, reles mortais. A canção nesse ponto coloca em um mesmo patamar o herói e o cidadão. Pode-se dizer que todos nós somos heróis, afinal, compartilhamos dos mesmos medos e provações que o cara da capa vermelha. Ter medo, não é algo negativo, e ninguém está livre desse sentimento. O importante, no caso, é o modo como encaramos esse desafio. Por isso é válida a reflexão. Como nós lidamos com nossos medos? É possível administrá-los e continuar vivendo em busca da felicidade (É preciso!)? Até que ponto somos diferentes uns dos outros?

Existe uma versão em português dessa música cantada pela extinta dupla Sandy e Júnior, que foi batizada de Super-Herói (Não é Fácil). Nessa versão foi mantida a essência da canção original, sendo a letra muito bem adaptada à nossa boa e velha Língua Portuguesa, uma pena que a voz do ilustre cantor não seja aquela maravilha… mas de qualquer forma, vale ouvi-la pela letra.

Para terminar, uns versos de reflexão:

Parece absurdo, mas tente aceitar
Que os heróis também podem sangrar.
Posso estar confuso, mas vou me lembrar
Que os heróis também podem sonhar.

Enfim, ninguém é perfeito, nem seus heróis, sejam eles imaginários ou não. É preciso respeitar as limitações de cada um, por isso, reflita antes de idolatrar qualquer pessoa.

O crédito da imagem que abre o post vai para o usuário SUPERMAN3D do DeviantArt.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Mailson SHiN

Adorador de muitas coisas que nem sempre possuem relação. O que me ocupa nas horas vagas? De forma simples e compacta? Lá vai: Cinema (Filmes), Games, Animes, Mangás, Música (Engenheiros do Hawaii / Pouca Vogal), Tecnologia, Computadores. O que me ocupa nas horas "não-vagas"? Contabilidade e Legislação Tributária. Uma coisa leva à outra... ou talvez não.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios