JapãoJogando

J-Stars Victory Vs chega ao Japão em março!

E esse game vai acabar me fazendo comprar um PS Vita…

Não há muito que explicar, afinal se você é fã de mangás e animês, não tem como não ficar animado com o desenvolvimento desse game. Me recordo que o Nintendo DS teve dois joguinhos assim (Jump Super Stars e Jump Ultimate Stars), mas com gráficos bem simplórios ainda em 2D, usando um enorme roll de personagens da Shonen Jump e era a maior loucura para ter essa pérola. Não acho que será diferente agora com a chegada de J-Stars Victory Vs em março no Japão para PlayStation 3 e PS Vita.

Particularmente me interesso muito mais na versão do Vita, afinal não quero um PS3 nesse fim de sétima geração. E que pena que o jogo, a princípio, não será lançado para PlayStation 4, porque certamente seria uma boa adição na line-up do console caso isso acontecesse. Em todo caso esse é um game que pra mim figura como um system seller, ou seja, um game onde pessoas compram o console somente para poder jogar determinado game. No caso estou me referindo ao Vita.

O portátil da Sony ainda não me parece tão atraente quanto um Nintendo 3DS, já que a Nintendo realmente está empenhada no desenvolvimento de franquias clássicas para seu portátil, vide os recentes sucessos de The Legend of Zelda: A Link Between Worlds e Pokémon X/Y, e no próximo mês tem Yoshi’s New Island, que parece tão promissor quanto o título sugere. Mas a Sony já conseguiu alguns títulos interessantes que eu me interessaria se tivesse um Vita, ainda mais levando em consideração a minha preferência pela Xbox no que diz respeito a consoles de mesa (uma questão de gosto pessoal).

Resta apenas esperar o lançamento do japonês de J-Stars Victory Vs e aguardar para ver se o pessoal desse lado do globo vai conseguir adquirir o game com alguma facilidade. Numa rápida pesquisa no Google, li que o Vita não tem bloqueio de região, então parece que vai ser fácil conseguir jogar o game por aqui. Resta saber se ficaremos com a opção de importar o jogo pela Play-Asia (link da versão PS3 e Vita) ou se vamos conseguir comprar de forma digital na PlayStation Network. Espero que a segunda opção seja possível, já que ando preferindo versão digital do que mídias físicas no caso de portáteis.

Não ter bloqueio de região alias é uma boa vantagem do PS Vita em relação ao 3DS. Afinal sou maluco para jogar os games de One Piece que o 3DS possui lá no Japão (como Unlimited World R), mas o aparelhinho da Nintendo dessa vez possui bloqueio de região e aí complica jogar os joguinhos japoneses. Fora é claro a dificuldade que é jogar um Action-Adventure-RPG em japonês. Falando nisso, hoje é o lançamento no eshop do Nintendo 3DS de One Piece: Romance Dawn (veja trailer abaixo), que é um game que saiu originalmente no PSP em 2012 e em 2013 foi portado para o 3DS no Japão e só agora está chegando por aqui. Claro que os jogos mais recentes que saíram aparentam serem bem melhores, mas ainda assim esse não me parece de todo mal. Acho que darei uma chance pra ele, também para dar um suporte a franquia desse lado do globo e torcer para que os demais venham para o ocidente. Infelizmente não é o mesmo caso de J-Stars Victory Vs, que dificilmente sairá no ocidente devido aos problemas de direitos autorais espalhadas entre várias representantes nos Estados Unidos dos vários universos de personagens da Shonen Jump, motivo pela qual os games de Nintendo DS com essa reunião de personagens da Jump até hoje não saíram fora do Japão.

Fica então algumas perguntinhas: quem aí está interessado em J-Stars Victory Vs e vai jogá-lo? Qual a plataforma irão escolher? E One Piece: Romance Dawn do 3DS: já jogaram ou pretendem pegar a versão americana que está sendo lançada hoje? Quem jogou deixe sua opinião nos comentários, porque realmente estou tentando a comprar. XD

Já no meu caso com J-Stars Victory Vs, esse vai sim me fazer ter um Vita. Mas isso ainda vai demorar um pouco, já que só devo ter verba para o aparelho no final do segundo semestre desse ano (e espero uma queda do preço dele no Brasil). Não vou ter pressa para adquirir ele ainda esse semestre, já que por enquanto minhas plataformas atuais (X360, One e 3DS) já me mantém suficientemente ocupado.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.